jobmobile.org logo
Android app on Google Play

Jobmobile News - Notícias do mundo do trabalho



 

Voltar para a Página de Notícias




 

Combinação vencedora do concurso 87/2017

31-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/1eGMyX864Ac/317566-combinacao-vencedora-do-concurso-872017







Exército pode colaborar mais no apoio de emergência mas precisa de mais financiamento

31-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/U-aSlKIt9IE/317536-exercito-pode-colaborar-mais-no-apoio-de-emergencia-mas-precisa-de-mais-financiamento







Santander Totta apoia a criação da nova Unidade de Transplante de Medula do IPO Lisboa

31-Outubro-2017 - universia.net



O Santander Totta lançou a campanha Login Solidário para angariar fundos para o IPO, doando 0.50€ por cada novo Cliente Digital angariado até ao final de novembro. INSCREVA-SE NO PORTAL DE VOLUNTARIADO AJUDAMOS ENTRE AQUI O Santander Totta lançou a campanha Login Solidário , através da qual o Banco irá atribuir 0,50€ ao Instituto Português de Oncologia de Lisboa por cada novo login na App ou na página de internet (NetBanco) do Santander Totta. Numa primeira fase serão doados 15.000 euros ao IPO de Lisboa, montante que servirá para ajudar a remodelar a sua Unidade de Transplante de Medula Para que continue a manter-se na vanguarda da atividade médica, científica e assistencial, será construída uma nova Unidade, mais ampla, com 12 quartos de isolamento, com os mais altos níveis de segurança e conforto para os doentes, e as melhores condições de trabalho para os profissionais de saúde . A Unidade de Transplante de Medula do IPO Lisboa é um centro altamente diferenciado e especializado na colheita e transplantação de células da medula, o único procedimento que permite tratar pessoas com determinado tipo de leucemias e outras doenças graves do sangue e do sistema imunitário . Esta Unidade celebra este ano 30 anos, ao longo dos quais foi pioneira em todos os aspetos de transplantação de células hematopoiéticas e realizou cerca de 2.000 transplantes. Campanha realiza-se até 30.11.2017 e destina-se aos Clientes do Santander Totta que se tornem Clientes Digitais O apoio do Santander Totta  a esta iniciativa insere-se na sua política de sustentabilidade de apoio à saúde, em que o Banco estabeleceu parcerias com alguns hospitais e associações que trabalham no âmbito da saúde. Já conhece o Ajudamos? Clique na imagem e informe-se de que forma pode ajudar ou ser ajudado:



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/destaque/noticia/2017/10/31/1156346/santander-totta-apoia-criacao-nova-unidade-transplante-medula-ipo-lisboa.html







Como incluir o trabalho como voluntário no currículo

31-Outubro-2017 - universia.net



Se faz voluntariado saiba que pode ser uma mais valia para o seu currículo, basta saber como descrever as atividades que desenvolve no seu currículo INSCREVA-SE NO PORTAL DE VOLUNTARIADO AJUDAMOS ENTRE AQUI Certamente já ouviu dizer que fazer voluntariado lhe pode valer pontos extra no currículo. Não acredita? Um em cada cinco empregadores contrata funcionários que prestam serviços de voluntariado Um estudo divulgado recentemente pelo LinkedIn revela que um em cada cinco empregadores contrata funcionários que prestam serviços de voluntariado. No entanto, não basta apenas dedicar-se a algumas causas, há que saber articular esse serviço e apresentá-lo no seu currículo de modo a revelar-se uma mais valia para quem o vai contratar . Veja como adicionar as atividades de voluntariado no currículo: Liste todas as competências adquiridas ou desenvolvidas nas suas atividades enquanto voluntário Por onde começar? Comece por listar todas as competências adquiridas ou desenvolvidas nas suas atividades enquanto voluntário. Para além do crescimento pessoal, enquanto voluntário pode desenvolver ou partilhar diversas competências procuradas pelo mercado de trabalho. Se exerceu o cargo de tesoureiro  numa determinada associação ou evento, por exemplo, se já coordenou equipas de recolha ou distribuição de alimentos, como por exemplo para  a Reefood  ou a Cruz Vermelha , desenvolveu competências de logística, organização e liderança. Reflita um pouco e anote as competências que consegue não só identificar como comprovar e quantificar ao transcrevê-las no seu currículo. Deixe o trabalho falar por si. O trabalho que executa enquanto voluntário vai favorecê-lo quando estiver à procura de emprego. Não sendo garantia total para conseguir emprego vai certamente destacá-lo de outros candidatos a uma vaga e igualde de circunstâncias. Basta que deixe a sua experiência falar por si. O que NÃO fazer? Incluir ações de voluntariado em  organizações pouco claras ou de cariz polarizador O trabalho voluntário realizado a favor de organizações consideradas polarizadoras, como seitas religiosas ou com um âmbito pouco claro, pode diminuir as hipóteses de contratação, pois ainda que este tipo de sentimentos não deva interferir nas relações de trabalho, caso o recrutador não simpatize com a causa em questão poderá colocar entraves à sua contratação. Por isso, escolha bem as causas que apoia. Escolha ONGs ou IPSS dentro da sociedade civil cujas causas idóneas e que estejam em conformidade com aquilo em que acredita. Associar voluntariado e relações familiares? Ainda que não haja nada a apontar, ao associar o trabalho voluntário à sua família no currículo, arrisca a que este não seja bem visto pelos especialistas de recrutamento. Lembre-se que deverá incluir apenas o trabalho de voluntário enquadrado com a vaga que pretende conquistar, deixando de fora experiências que, ainda que sejam muito válidas, nada acrescentam ao seu currículo. Já conhece o Ajudamos? Clique e informe-se de que forma pode ajudar ou ser ajudado:



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/cultura/noticia/2017/10/31/1156320/incluir-trabalho-voluntario-curriculo.html







As Cadeiras do Curso de Vida da Matobra vão ajudar Associação Cavalo Azul

31-Outubro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



No dia em que se assinala o 51º aniversario da Matobra e na sequência do sucesso que a iniciativa teve no ano anterior, foi lançada a 2ª edição d’ As[...] O post As Cadeiras do Curso de Vida da Matobra vão ajudar Associação Cavalo Azul aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/as-cadeiras-do-curso-vida-da-matobra-vao-ajudar-associacao-cavalo-azul/







Cáritas de Coimbra vai recolher bens nos dias 2 e 3 de novembro

31-Outubro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



  As campanhas de recolha de bens continuam a ser essenciais para dar continuidade ao trabalho realizado pelo Centro de Apoio Social (CAS) da Cáritas Diocesana de Coimbra. Vai ser[...] O post Cáritas de Coimbra vai recolher bens nos dias 2 e 3 de novembro aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/caritas-coimbra-vai-recolher-bens-nos-dias-2-3-novembro/







´Queres vir comigo para o Estrela?´ O Zé disse logo que sim e largou tudo

31-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



Em entrevista à TSF, Manuel Fernandes recorda o início da carreira de José Mourinho. O treinador que, até chegar a treinador principal, foi adjunto, preparador físico, tradutor e observador de jogos.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/dxNOKVbtYJ8/queres-vir-comigo-para-o-estrela-o-ze-disse-logo-que-sim-e-largou-tudo-8886165.html







Funcionários hospitalares vão ganhar mais por trabalhar fora de horas

31-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



As unidades de saúde integradas no sector empresarial do Estado vão passar a poder formar Centros de Responsabilidade Integrada. Essas equipas vão poder trabalhar fora de horas, recebendo 35% a 55% dos valores de consultas, exames e procedimentos cirúrgicos.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/saude/detalhe/funcionarios-hospitalares-vao-ganhar-mais-por-trabalhar-fora-de-horas







Governo responde a Bruxelas com descida dos juros e subida do ´rating´

31-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



Mário Centeno diz a Dombrovskis e Moscovici que não estão a considerar, nos seus cálculos, a reforma estrutural que está em curso em Portugal. O Governo dá como exemplo o malparado.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/financas-publicas/detalhe/governo-responde-a-bruxelas-com-descida-dos-juros-e-subida-do-rating







Mourinho Félix: Movimentos com zonas offshores é algo com que temos de aprender a viver

31-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



Questionado sobre se olha com preocupação para estes números, o secretário de Estado das Finanças disse que "as transferências para offshores são operações que, desde que cumpram os regimes fiscais vigentes, são autorizadas".



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/mourinho-felix-movimentos-com-zonas-offshores-e-algo-com-que-temos-de-aprender-a-viver







Sindicato da CGTP diz que Novo Banco tem de reduzir 500 trabalhadores até 2021

31-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



Os sindicatos têm opiniões distintas sobre o que vai acontecer ao Novo Banco: o afiliado da UGT e o independente não vêem nada de muito preocupante; o da CGTP acredita que se vai continuar a despedir para ter lucros.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/banca---financas/detalhe/sindicato-da-cgtp-diz-que-novo-banco-tem-de-reduzir-500-trabalhadores-ate-2021







Rui Cardoso Martins escreve peça de teatro

31-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



O autor de "O osso da borboleta" e "Levante-se o réu outra vez" está a preparar um novo trabalho que deverá ser apresentado no Teatro Nacional D. Maria II.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/v08NFUj5Qas/rui-cardoso-martins-escreve-peca-de-teatro-8883895.html







Indústria paulista projeta crescimento pelo nono mês seguido

31-Outubro-2017 - ebc.com.br



A indústria paulista registra expectativa - pelo nono mês consecutivo - de aumento na atividade no setor, segundo levantamento divulgado hoje (31) pela Federação e pelo Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp e Ciesp). O estudo apontou 51,7 pontos em outubro, avanço de 0,6 ponto na comparação com setembro. Pelas regras do levantamento, resultados acima de 50 pontos, como os obtidos nos últimos nove meses, indicam expectativa de aumento da atividade industrial para o mês. Entre os indicadores, a condição de mercado subiu para 55 pontos em outubro contra 53,6 pontos de setembro. A variável de vendas também avançou, saindo de 52 pontos para 53. O indicador de estoque apresentou elevação marcando 48 pontos, ante os 45,7 pontos do mês anterior. O indicador de emprego teve variação negativa caindo de 52,4 para 52,4 pontos. Resultados para emprego acima de 50 pontos sugerem expectativa de contratações para o mês. Nível de atividade O nível de atividade da indústria paulista avançou 0,2% em setembro na comparação com agosto. No acumulado de 12 meses, houve retração (-0,1%) e, na comparação anual, o índice subiu 6,7%. O resultado de setembro foi fortemente influenciado pelas vendas reais que subiram 3,4% no período. Entre os setores pesquisados, os destaques foram produtos químicos: alta de 0,6% em setembro. As horas trabalhadas na produção desse setor subiram 0,5%. O indicador que mede o nível de atividade na metalurgia básica avançou 3,6% no mês. As horas trabalhadas na produção e as vendas reais subiram 1,8% e 7,1%, respectivamente. O setor de máquinas e equipamentos teve alta de 0,7% em setembro, com horas trabalhadas na produção subindo 2,4% e vendas reais cedendo 2,3%.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/industria-paulista-projeta-crescimento-pelo-nono-mes-seguido







Meirelles: exclusão de beneficiários do Bolsa Família é para prevenir fraudes

31-Outubro-2017 - ebc.com.br



O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, em audiência pública no Senado Marcelo Camargo/Agência Brasil O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse hoje (31) que a exclusão de beneficiários do programa Bolsa Família têm como objetivo evitar fraudes no programa. Em meio a elogios ao Bolsa Família, Meirelles disse que essa medida têm como base auditorias feitas no programa. O Bolsa Família é fundamental. Nós apenas estamos prevenindo fraudes. Não se pode confundir fraude com política social, disse o ministro ao destacar que a partir de políticas sociais básicas, a política mais duradoura é criar empregos, disse ele durante audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado. Meirelles destacou que é por meio de uma política de geração de empregos que o governo atua de forma a dar condições de uma vida adequada para as pessoas. Perguntado sobre os riscos de o Brasil voltar a integrar o Mapa da Fome, Meirelles disse que o que levou o Brasil a essa situação foi a recessão, causada pela queda do emprego e da renda no país. Meirelles comentou também as recentes alterações das regras de tributação dos fundos de investimento exclusivos. É uma questão de isonomia tributária do mercado de capitais. Qualquer brasileiro que entrar em fundo de investimento aberto tem tributação. Alguém com mais recursos que aplique em fundo exclusivo paga menos imposto. Isso não está correto, argumentou o minsitro.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/meirelles-exclusao-de-beneficiarios-do-bolsa-familia-e-para-prevenir







Brasil recuperou exportações e efeito da Carne Fraca é desprezível, diz Maggi

31-Outubro-2017 - ebc.com.br



Brasília - O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, durante audiência pública na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados Marcelo Camargo/Agência Brasil Quase oito meses após a Operação Carne Fraca, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, disse que os volumes e os valores das vendas da carne brasileira foram recuperados no mercado internacional. Segundo o ministro, o efeito da Carne Fraca na balança comercial "é desprezível neste momento". Maggi participou hoje (31) de audiência pública na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados, para apresentar as medidas adotadas pela pasta após a operação. De acordo com os dados apresentados por Maggi, logo após a operação, a média diária das exportações desses produtos caiu de aproximadamente US$ 60 milhões para US$ 74 mil nas primeiras semanas. Segundo ele, o mercado se recuperou. "Depois dessa confusão da Carne Fraca, não só ministro, mas associações, tivemos que voltar nesses mercados e reafirmar nossos compromissos, reafirmar que o sistema brasileiro é bom, é forte e tem condições de continuar no mercado mundial". De 93 compradores, 90 estão com o mercado aberto. Desses, 33 estão com o comércio regular e 56 estão com suspensão parcial ou inspeção reforçada. Pelo menos 25 países fecharam o mercado e acabaram abrindo posteriormente. Três países não retomaram as importações: Zimbábue, Trindade e Tobago e Santa Lúcia. A República do Congo integrava essa lista até ontem (30), mas o ministro diz que o país já se comprometeu a retomar as compras. Segundo o ministério, os mercados atualmente abertos representaram cerca de US$ 14,21 bilhões ou 99,8% dos valores exportados em carnes, no ano de 2016. As restrições impostas às exportações de carnes do Brasil foram retiradas pelos principais compradores do produto brasileiro. "Na União Europeia agora 100% dos contâineres são abertos e são feitas análises para ver se estão em conformidade. Mesmo com esse rigor, não tivemos problemas maiores", disse o ministro. Em relação aos países que seguem fechados, Maggi diz que enviou uma carta na semana passada a cada um deles explicando o contexto atual e dizendo que espera que voltem a importar o produto brasileiro. Operação A Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal, teve início em 17 de março deste ano e desarticulou um esquema de corrupção envolvendo fiscais agropecuários e donos de frigoríficos nos estados do Paraná, Minas Gerais e Goiás. Segundo as investigações da PF, os fiscais alvos da operação recebiam propina das empresas para emitir certificados sanitários sem fiscalização efetiva da carne, o que permitia a venda de produtos com prazo de validade vencido. Logo que a operação foi deflagrada, o Brasil recebeu 374 comunicados oficiais envolvendo demandas de 93 países. "Montamos uma força tarefa para esclarecer parte a parte, país a país o que estava acontecendo. O máximo de transparência é necessário para que não se perca nenhum mercado", disse Maggi aos parlamentares. O ministério suspendeu as autorizações para a produção e a exportação de todos os estabelecimentos citados na Operação. Ao todo, foram citadas 21 empresas e recolhidas 762 amostras para análise. Dez delas apresentaram problemas mais graves que poderiam afetar a saúde dos consumidores, como a presença, em sete delas, da bactéria Salmonella , em hambúrgueres. Segundo Maggi, as unidades onde foram encontradas irregularidades foram suspensas. Outras 69 apresentaram inconformidades como excesso de amido na salsicha ou adição de água além do permitido em frangos. As demais 683 não apresentaram quaisquer irregularidades. O Ministério informou que ao final das investigações, quatro frigoríficos foram interditados. Dois voltaram a operar e os outros dois tiveram o registro cancelado. Servidores Após a Operação, o ministério afastou 33 servidores e instaurou 11 processos administrativos disciplinares. Os servidores envolvidos que ocupavam cargos de chefia foram exonerados. O ministério deverá publicar um decreto para retirar das superintendências a responsabilidade pela fiscalização de abatedouros. "O superintendente não responderá mais por essa parte, vai ficar absolutamente técnico o processo, afastando essa questão política, interferência. Isso está fazendo com que os países compradores olhem com bons olhos e essa atitude está reforçando o sistema". Além disso, diante da dificuldade da pasta em fazer novos concursos para ter mais fiscais atuando, a ideia é otimizar os recursos disponíveis. Segundo Maggi, será feita uma avaliação de taxas que poderiam ser cobradas e não estão sendo para que possam compor um fundo para pagar hora extra aos servidores. "O Brasil vai continuar crescendo, mas não vai conseguir, com o quadro de pessoas, atender as plantas [frigorífico ou abatedouro] que estão disponíveis nesse momento. Temos que olhar para dentro dos nossos sistemas e dizer que temos que fazer mudanças. Contratamos uma consultoria e queremos verificar o que é papel do Estado e o que poderia a iniciativa privada tocar sem o Estado. Vamos apresentar nova forma de fazer isso", acrescenta Maggi.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/brasil-recuperou-exportacoes-e-efeito-da-carne-fraca-e-desprezivel-diz







Indicadores mostram recuperação da economia, diz presidente do Banco Central

31-Outubro-2017 - ebc.com.br



Após dois anos de recessão, conjunto dos indicadores de atividade econômica mostra sinais compatíveis com a recuperação da economia brasileira, diz o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn Wilson Dias/Agência Brasil O presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfjan, disse hoje (31) que a redução da inflação, a queda na taxa de juros e a melhoria das condições do mercado de crédito têm propiciado a recuperação da economia brasileira. Após dois anos de recessão, o conjunto recente dos indicadores de atividade econômica mostra sinais compatíveis com a recuperação atual da economia brasileira. Depois de um crescimento de 1% no primeiro trimestre, no segundo semestre, subiu 0,2%, e o consumo cresceu 1,4% no segundo semestre. Foi o primeiro resultado positivo do consumo desde 2014, destacou Goldjfan em audiência na Comissão Mista de Orçamento (CMO). Goldfjan ressaltou que a inflação no país deve alcançar o patamar de 4,3% em setembro do ano que vem, taxa ainda abaixo da meta atual de 4,5% ao ano. Em 12 meses, a inflação acumulada é apenas 2,5%. Ao longo dos próximos meses, até dezembro, acredito que vai chegar em 3,2% e, em setembro de 2018m a 4,3%. A meta do Banco Central é 4,5%. A perspectiva é que, de uma inflação baixa hoje, de 2,5%, devagarzinho vá voltando para a meta. O mais importante é que a inflação sai de quase 11% para 2,5%. Segundo Goldfjan, o processo de flexibilização monetária continuará dependendo da evolução da atividade econômica, do balanço de riscos e possíveis reavaliações das estimativas de ciclos e projeções das expectativas de inflação. Uma vez que a inflação cai, o juros caem. A taxa Selic, que estava em 14,25%, caiu para 7,5%. A última queda foi de 0,75 ponto percentual, que foi adotada na reunião da semana passada. Para a próxima reunião do Copom, caso o cenário básico evolua conforme o esperado, o comitê vê, nesse momento, como adequada uma redução moderada na magnitude da flexibilização monetária, destacou. O presidente do BC reiterou a importância das reformas para a manutenção da recuperação da economia brasileira. Nesta manhã, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, também defendeu o pacote de ajuste fiscal do governo, em audiência na Comissão de Assuntos Econômicos, do Senado. Nesse sentido, quero ressaltar que a continuidade dos ajustes e reformas, em particular, da reforma da Previdência. É importante para o equilíbrio da economia, com consequências favoráveis para a inflação, a queda da taxa de juros estrutural e para recuperação sustentável da economia brasileira, concluiu. Cenário externo Na audiência, o presidente do Banco Central fez também um balanço do cenário internacional para contextualizar o atual momento econômico do país. Nos últimos tempos, o cenário internacional, de forma geral, tem sido favorável a economias emergentes e ao Brasil. A atividade econômica mundial está melhorando, está se criando emprego nos principais países e, ao mesmo tempo, não temos uma pressão em demasia das condições financeiras das economias avançadas, disse. A economia global está crescendo e os juros se mantêm relativamente baixos. Isso contribui para manter o apetite ao risco em relação às economias emergentes, proporcionando um ambiente mais sereno no mercado de ativos brasileiros, acrescentou.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/indicadores-mostram-recuperacao-da-economia-diz-presidente-do-banco-central







Rio perdeu R$ 657 milhões em turismo por causa da violência, diz CNC

31-Outubro-2017 - ebc.com.br



Panorama do Rio de Janeiro com destaque para as montanhas do Corcovado (esquerda) e o Pão de Açúcar (centro, ao fundo) Arquivo/Marcello Casal Jr/Agência Brasil O turismo no Rio de Janeiro perdeu R$ 657 milhões em consequência da criminalidade entre janeiro e agosto deste ano. O dado é parte de um levantamento da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). O montante equivale ao faturamento de 8,9 dias do turismo local. O segmento de bares e restaurantes sofreu mais da metade do prejuízo: R$ 332,1 milhões. Também tiveram perda os segmentos de transportes, agências de viagens e locadoras de veículos (R$ 215,5 milhões, ou 32,6% do total). hotéis, pousadas e similares (R$ 97,7 milhões, ou 14,8%) e atividades culturais e de lazer (R$ 14,7 milhões, ou 2,2%). A violência foi responsável por 29% da perda total de faturamento do setor no período, que chegou a R$ 2,3 bilhões. O turismo também sofre impacto de outros fatores, relacionados à conjuntura econômica. Para Fabio Bentes, chefe da Divisão Econômica da CNC, a piora do mercado de trabalho brasileiro até o início de 2017 limitou a capacidade de consumo por parte dos turistas nacionais, que reduzem os gastos com lazer para equilibrar o orçamento familiar. E, mesmo com a reação lenta do emprego e a queda da inflação nos últimos meses, ainda não vemos efeitos da retomada na demanda por serviços turísticos, disse. Segundo estimativa da CNC, para cada aumento de 10% na criminalidade, a receita bruta das empresas que compõem a atividade turística do Estado recua, em média, 1,8%. O estudo identifica que a sensibilidade ao aumento da violência no estado é maior nos segmentos mais dependentes do turismo, tais como hospedagem (-1,9%) e transporte (-2,0%). Já nos segmentos de alimentação e serviços culturais e de lazer, mais ligados à prestação de serviços a residentes, o aumento de 10% na criminalidade no Estado reduz suas receitas em 1,7% e 1,5%, respectivamente. De janeiro a setembro de 2017, o setor perdeu 10.237 postos de trabalho com carteira assinada. No mesmo período do ano passado, a perda a havia sido menor: 6.823 postos.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/rio-perdeu-r-657-milhoes-em-turismo-por-causa-da-violencia-diz-cnc







Presidente da Petrobras diz que parceria com BP pode envolver troca de ativos

31-Outubro-2017 - ebc.com.br



O presidente da Petrobras, Pedro Parente, disse hoje (31) que a parceria que a estatal está negociando com a petrolífera britânica BP deverá envolver a troca de ativos entre as empresas. Certamente é um modelo que envolveria a possibilidade de trocas de ativos, mas a discussão está muito preliminar. Não estou anunciando que já tem isso colocado. Mas seria um pouco nessa linha, disse Parente, após palestra na Associação Comercial do Rio de Janeiro, no centro da capital fluminense. Mais cedo, a Petrobras divulgou comunicado ao mercado sobre a assinatura de carta de intenções com a BP para identificar e avaliar conjuntamente oportunidades de negócio, envolvendo ativos ou empreendimentos no Brasil e no exterior. O documento prevê cooperação nas áreas de exploração e produção, refino, transporte e comercialização de gás, GNL, trading de petróleo, lubrificantes, combustível de aviação, geração e distribuição de energia, renováveis, tecnologia e iniciativas de baixa emissão de carbono, visando ao desenvolvimento de uma potencial aliança estratégica entre as companhias, diz a nota. Segundo Parente, um dos primeiros objetivos da parceria com a BP foi alcançado durante o leilão do pré-sal, na semana passada, para a exploração de duas áreas. Na terceira rodada de licitação sob o regime de partilha de produção, a companhia brasileira adquiriu direitos de exploração e produção para o bloco Alto de Cabo Frio Central, em um consórcio 50%-50% com a BP. e para o bloco Peroba, juntamente com a CNODC, em um consórcio de 40% para Petrobras, 40% para BP e 20% para CNODC. Mas há também um interesse muito grande na parceria estratégica com a BP no que diz respeito ao tema do gás, [para] nos permitir aumentar a participação do gás no portfólio da Petrobras, afirmou o executivo. Também [há interesse] em uma eventual parceria na compra e venda de derivados e o próprio petróleo bruto, em que eles têm uma experiência muito grande, e [isso] pode beneficiar a Petrobras nesse sentido. Lava Jato Sobre os acordos que têm devolvido recursos desviados da estatal desde o início da Operação Lava Jato, Parente afirmou que a companhia vai trabalhar para recuperar todos os valores que puder. Segundo o executivo, a empresa recebeu ontem mais R$ 82 milhões, mas destacou que a dívida da Petrobras chega a quase US$ 90 bilhões. Esses R$ 82 milhões é cerca de 0,3% [da dívida]. Não estou dizendo que R$ 82 milhões é pouco. Quando comparado com o tamanho da nossa dívida, nós temos ainda um grande trabalho pela frente. Em nota divulgada na noite dessa segunda-feira (30) , a Petrobras informou ter recebido, por meio de ressarcimento de valores, desde o início da Lava Jato, em 2014, mais de R$ 800 milhões. O executivo destacou que a estatal está em trajetória de recuperação, mas afirmou que a companhia precisa reduzir sua dívida, ainda muito alta. Estamos trabalhando de maneira muito seletiva, escolhendo com muito cuidado onde queremos investir, acrescentou.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/presidente-da-petrobras-diz-que-parceria-com-bp-pode-envolver-troca-de







Mesmo com retomada econômica, desemprego ainda deve demorar a cair, aponta Ipea

31-Outubro-2017 - ebc.com.br



Apesar da retomada do nível de atividade econômica no país, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) avalia que ainda é prematuro falar em tendência à queda da taxa de desemprego. A informação consta da 63ª edição do Boletim Mercado de Trabalho, divulgado hoje (31) pelo instituto. No trimestre encerrado em setembro, a desocupação atingiu o índice mais baixo do ano, de 12,4% , segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) o que representa um recuo de 0,6 ponto percentual em comparação com o segundo trimestre, finalizado em junho. De acordo com os técnicos do Ipea, a efetiva redução do desemprego é prejudicada por ao menos dois motivos. Primeiro, porque a maior oferta de vagas de trabalho está concentrada no setor informal. Segundo, porque é normal que os efeitos da recuperação econômica demorem a se refletir no mercado de trabalho. Jovens continuam sendo as principais vítimas do desemprego Arquivo/ABr Com base na taxa média de desemprego medida pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), do IBGE, o boletim do Ipea aponta que a taxa de desemprego aumentou 2,3 pontos percentuais (p.p.) no primeiro semestre de 2017, em comparação ao mesmo período de 2016, passando de uma média de 11,1% para 13,4%. Enquanto o primeiro semestre do ano registrou uma média de 89,6 milhões de pessoas ocupadas, no mesmo período de 2016 a taxa era de 90,7 milhões de trabalhadores ocupados. Conforme já registrado nas duas últimas edições do boletim, os jovens entre 14 e 24 anos são as principais vítimas do desemprego . A taxa de desocupação nesse grupo, atingiu 30,4% no primeiro semestre deste ano, um aumento de 3,8 pontos percentuais em relação ao mesmo período de 2016. Entre os adultos de 25 a 59 anos e entre os idosos (acima de 60 anos), também foi constatada elevação no valor médio das taxas de desemprego entre os primeiros semestres de 2016 e de 2017. Para o primeiro grupo, a variação média entre os dois períodos foi de 2 pontos percentuais. Já para a população acima dos 60 anos, a taxa de desemprego aumentou, em média, 1 ponto percentual. Detalhamento Regionalmente, o Nordeste apresentou a maior variação da taxa média de desemprego durante o primeiro semestre de 2017 em comparação ao mesmo período do ano anterior, com um crescimento de 3,1 ponto percentual. Comparando o segundo trimestre deste ano quando são identificados indicadores condizentes com um eventual início de recuperação do mercado de trabalho com os três meses anteriores, as regiões Norte e Centro-Oeste registraram as maiores quedas na taxa de desemprego. Considerando o quesito gênero, o aumento no valor médio das taxas de desemprego foi praticamente o mesmo para homens (2,1 p.p.) e mulheres (2,4 p.p.) quando comparados os resultados de janeiro a junho deste ano e o mesmo período de 2016. Os trabalhadores com ensino fundamental completo e que ainda não concluíram o ensino médio foram os mais impactados por esse aumento na taxa média de desemprego durante o primeiro semestre do ano. A partir de dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados ( Caged ), divulgado pelo Ministério do Trabalho, o boletim destaca que, no segundo trimestre de 2017, o número de contratações superou o de demissões pela primeira vez desde o quarto trimestre de 2014. Além disso, os resultados dos dois primeiros trimestres de 2017 se aproximaram muito dos registrados nos dois primeiros trimestres de 2016, sinalizando uma interrupção na trajetória de quedas. Melhora no rendimento médio Além disso, o Ipea aponta que, no primeiro semestre deste ano, o rendimento médio dos trabalhadores foi de R$ 2.054,62, valor 2,5% superior ao calculado para o mesmo período do ano passado. No boletim divulgado hoje, os técnicos afirmam que este foi o indicador a apresentar o melhor resultado comparativo. Nos últimos anos, os principais indicadores vinham registrando uma trajetória de deterioração das condições do mercado de trabalho, no Brasil, concluem os técnicos do Ipea. Entretanto, os dados mais recentes para o segundo trimestre mostram uma série de movimentos que interrompem essas trajetórias negativas [] podendo indicar o início de um processo de recuperação.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/mesmo-com-retomada-economica-desemprego-ainda-deve-demorar-cair-aponta-ipea







Justiça suspende liminar e viabiliza leilão da Cedae nesta quarta-feira

31-Outubro-2017 - ebc.com.br



Decisão do presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), desembargador André Fontes, suspendeu liminar que impedia o leilão para viabilizar a venda da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae). A venda da empresa pública estadual, marcada para esta quarta-feira (1º), tem previsão de levantar R$ 2,9 bilhões e é uma das contrapartidas ao empréstimo concedido pelo governo federal ao Rio de Janeiro O dinheiro é aguardado pelo governo estadual para colocar em dia o pagamento de servidores ativos e inativos, pensionistas e empresas fornecedoras de produtos e serviços, normalizando o fluxo financeiro do tesouro estadual. As informações foram divulgadas pelo TRF2. A liminar contrária à realização do leilão havia sido concedida na última sexta-feira (27) pelo juiz José Carlos da Silva Garcia, da 3ª Vara Federal de Niterói, em ação ajuizada pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Purificação e Distribuição de Águas e em Serviços de Esgotos e Similares de Niterói e Região. No entanto, o governo do Rio de Janeiro recorreu para garantir a venda da Cedae. O juiz de primeira instância havia sustado a realização do pregão entendendo que a medida violaria o artigo 44 Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). A norma veda "a aplicação da receita de capital derivada da alienação de bens e direitos que integram o patrimônio público para o financiamento de despesa corrente, salvo se destinada por lei aos regimes de previdência social, geral e próprio dos servidores públicos". Porém, o presidente do TRF2 entendeu que o artigo 65 da LRF trata da situação de calamidade pública reconhecida pelo Congresso Nacional, no caso da União, ou pelas Assembleias Legislativas, no caso dos estados e municípios. Em sua decisão, ele explicou que, nessa hipótese, algumas limitações legais podem ser suspensas. O desembargador afirmou que sua decisão objetiva evitar grave lesão à ordem pública e à segurança jurídica com o adiamento do pagamento dos vencimentos e proventos de servidores ativos e inativos, além de pensionistas. Com efeito, a manutenção da suspensão do pregão presencial representaria mais um contratempo a postergar ainda mais a finalização de procedimento que viabilize o pagamento de verbas de evidente caráter alimentar, escreveu o magistrado em sua decisão. A venda da Cedae foi aprovada pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) como forma de socorrer as finanças do estado. No entanto, a medida é polêmica, pois além da companhia ser superavitária, o valor da água poderá subir para os consumidores, com o fim de subsídios estatais para as camadas mais pobres da população.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/justica-suspende-liminar-e-viabiliza-leilao-da-cedae-nesta-quarta-feira







Técnicos do Ipea apontam risco de crescimento das ações trabalhistas com reforma

31-Outubro-2017 - ebc.com.br



Técnicos do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) apontam que, se as instâncias de representação dos trabalhadores não forem fortalecidas, a reforma trabalhista não só prejudicará os trabalhadores como poderá causar diversos problemas para o Poder Público, incluindo o possível aumento de processos na Justiça do Trabalho e a queda na arrecadação de impostos. Isso porque o cenário pode inviabilizar a negociação coletiva, pontro central da nova legislação, que entra em vigência no próximo dia 11. O tema foi discutido em artigos na 63ª edição do Boletim Mercado de Trabalho e em entrevistas durante o lançamento do documento, ocorrido hoje (31) . Para o economista Sandro Sacchet, ao mesmo tempo em que procuraram conceder maior peso à negociação coletiva, estabelecendo que os acordos negociados entre sindicatos e empregadores deve prevalecer sobre a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), os legisladores acabaram enfraquecendo o principal representante dos trabalhadores, ou seja, os sindicatos (que perderam a contribuição sindical compulsória), sem deixar claro como deverão atuar os comitês de empresas e comissões de fábricas. Além disso, na avaliação do técnico, a reforma também procura restringir o acesso dos empregados à Justiça do Trabalho. Ao mesmo tempo em que concede um grande peso à negociação coletiva, a reforma contém inúmeros pontos que enfraquecem o poder de barganha dos trabalhadores e sindicatos, principalmente na questão sobre jornada de trabalho, declarou Sacchet, que é doutor em economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ). Alternativa à judicialização Ao abordar os conflitos laborais e a atuação da Justiça Trabalhista, o pesquisador André Gambier defendeu que as organizações representativas dos trabalhadores podem significar uma alternativa à judicialização das eventuais desavenças entre patrões e empregados. Desde que mais representativas e enraizadas nos locais de trabalho, essas organizações podem colaborar para o desenvolvimento de uma abordagem preventiva dos conflitos, capaz de evitar que estes sejam dirigidos à Justiça do Trabalho, onde sua resolução é demorada e dispendiosa para empregados, empregadores e para o próprio Estado, sugeriu Gambier, doutor em sociologia pela Universidade de São Paulo (USP) e especialista em Direito do Trabalho. Ocorre que a mais recente iniciativa de reestruturar as organizações de trabalhadores mostra-se limitada e restrita. Há muitas dúvidas se a Lei 13.467 será capaz de modificar tais organizações neste sentido. E, sem isso, é difícil cogitar alternativas para a resolução de conflitos laborais que não passem pela Justiça do Trabalho. Necessidade da reforma Em seu artigo para o boletim, Sacchet enfatiza que não discute se havia ou não necessidade de alterar a legislação trabalhista, mas sim a forma como a Lei 13.467 foi aprovada. Para o técnico do Ipea, o texto da lei aprovada está repleto de contradições, podendo gerar consequências contrárias aos três principais benefícios esperados pelos entusiastas da reforma: crescimento do nível de emprego formal. mais segurança jurídica para empregadores e trabalhadores e aumento da produtividade. Acho que, possivelmente, nenhum destes três pontos serão atingidos. Pode até ser que sejam alcançados, mas não considero que as condições para garantir isso estejam efetivamente postam pela reforma, disse Sacchet, enfatizando que o sucesso da reforma trabalhista depende fundamentalmente do fortalecimento da representação dos trabalhadores na negociação. Caso não se consiga preservar o poder de barganha dos trabalhadores, deve-se esperar uma ampliação das desigualdades. Já o doutor em desenvolvimento econômico pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Tiago Oliveira, que é bolsista da Diretoria de Estudos e Políticas Sociais do Ipea, destacou que as mudanças na legislação vão repercutir também no mercado laboral no campo. Tanto as mudanças mais amplas, que estimulam a terceirização e introduzem novas formas de contratação, quanto as mudanças mais específicas, relacionadas à jornada de trabalho, aos intervalos e ao pagamento das horas de deslocamento entre casa e trabalho, por exemplo, serão provavelmente utilizadas para regularizar e amplificar práticas comuns no meio rural que estavam sujeitas a sanções, alerta Oliveira. Impactos negativos Oliveira elenca uma série de possíveis impactos sobre as relações de trabalho estabelecidas no campo, como jornadas de trabalho mais extensas, período de descanso mais curtos e salários mais baixos. Além disso, ele teme pela repercussão negativa sobre os contratos de trabalhos informais, uma vez que a legislação trabalhista mais severa sempre serviu de parâmetro para a fiscalização do setor informal. A reforma vai no sentido de valorizar a negociação coletiva, o que é desejável, desde que isso venha acompanhado pelo fortalecimento do ente que vai representar o elo mais frágil da negociação, que são os trabalhadores. A reforma não fez isso. Ela apenas tira o peso legal da regulação do trabalho no Brasil, eleva o valor da negociação coletiva ao passo que enfraquece os sindicatos, aponta o economista, defendendo o pagamento da contribuição sindical compulsória por todos os trabalhadores mecanismo legal abolido com a reforma trabalhista. Esta proposta tinha que vir acompanhada por uma discussão sobre a estrutura sindical no Brasil, pois as pessoas precisavam entender que a contribuição era cobrada de todos porque os efeitos das negociações coletivas beneficiava a toda a categoria, seja o trabalhador filiado ou não.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/tecnicos-do-ipea-apontam-risco-de-crescimento-das-acoes-trabalhistas-com







Balanço do IV Congresso Nacional do Judo

31-Outubro-2017 - cision.com



28 e 29 de outubro de 2017 Universidade de Coimbra O IV Congresso Nacional do Judo, após dois dias de trabalhos sobre a modalidade, contou com várias Palestras e Debates sobre diversas temáticas que visam o desenvolvimento do Judo Nacional. Um evento que decorreu no Auditório da Reitoria da Universidade de Coimbra. O último dia arrancou com uma vertente cultural, uma comunicação sobre “Coimbra e Conímbriga” do Dr. Vitor Silva. Seguiu-se a intervenção do Dr. Fausto Martins de Carvalho (Agraciado na noite anterior, na Gala de Aniversário da FPJ, com a graduação de 8º Dan) sobre “A



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/federacao-portuguesa-de-judo/r/balanco-do-iv-congresso-nacional-do-judo,c636449767710000000







O abandono do trabalho - em especial o requesito do animus extintivo

31-Outubro-2017 - rcaap.pt





Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.14/23263







Kratovo: está escolhida a nova Marcoussis da seleção na Rússia

30-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



O centro de estágio fica a 50 quilómetros de Moscovo e a 10 do Aeroporto Internacional Zhukovsky, que a comitiva lusa vai utilizar para se deslocar para as cidades-sede da competição.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/D08GHF9Mp28/mundial2018-portugal-vai-ficar-em-kratovo-nos-arredores-de-moscovo-8883576.html







Ministro da Ciência quer resolver precariedade do emprego científico até final de 2019

30-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/dXSp8_MVBqs/317441-ministro-da-ciencia-quer-resolver-precariedade-do-emprego-cientifico-ate-final-de-2019







PSD vai propor reposição do anterior regime fiscal para trabalhadores independentes

30-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/4iNNrGXLKy4/317427-psd-vai-propor-reposicao-do-anterior-regime-fiscal-para-trabalhadores-independentes







Rui Rio e Santana Lopes no campeonato dos afectos do PSD e do país

30-Outubro-2017 - publico.pt



Os dois candidatos na corrida à liderança reuniram-se com os deputados do PSD em Braga. Ambos falaram muito de afectividade, um termo que está de regresso ao léxico político pela mão de Marcelo.



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/10/30/politica/noticia/rui-rio-e-santana-lopes-no-campeonato-dos-afectos-1790882







A valorização do voluntariado num currículo

30-Outubro-2017 - universia.net



Fazer voluntariado vai destacar o seu currículo  INSCREVA-SE NO PORTAL DE VOLUNTARIADO AJUDAMOS ENTRE AQUI Acredite ou não, as empresas valorizam muito o trabalho voluntário  dos candidatos. Quando temos 400 candidaturas a uma vaga, muitas vezes apenas 50% cumprem com todos os requisitos exigidos. Depois desta primeira triagem os técnicos de recrutamento começam a comparar experiências, sejam elas profissionais, curriculares ou pessoais, como por exemplo experiências em Erasmus ou programas idênticos , voluntariado , movimentos associativos, etc. Empresas comparam experiências diferenciadoras nos currículos dos candidatos As nossas experiências moldam a nossa personalidade, as nossas competências e a nossa visão sobre o mundo e a vida. A prática de voluntariado promove a nossa formação pessoal, ao mesmo tempo que nos dá bagagem para enfrentarmos os desafios do dia a dia e as exigências do mercado de trabalho e, acima de tudo, também faz parte da responsabilidade social de cada um de nós. Quem dedica parte do seu tempo ao voluntariado, desenvolve competências muito procuradas pelas empresas  como, por exemplo, responsabilidade, liderança, boa comunicação e capacidade de trabalhar em equipa. Ao dedicar-se a causas sociais, através do voluntariado social está ainda a apurar a sua sensibilidade, humanidade e proatividade  – características essenciais para lidar com os problemas do dia a dia de uma empresa. De que forma o voluntariado social o vai destacar num processo de recrutamento? Perante dois candidatos com um perfil profissional muito idêntico, o facto de se dedicar ao voluntariado vai funcionar como forma de desempate. Regra geral, estas pessoas são mais organizadas , pois têm que saber equilibrar muitos bem as várias vertentes da sua vida pessoal e profissional para conseguirem cumprir com tudo aquilo com que se comprometem. De que forma é que os desempregados também beneficiam ao dedicarem-se ao voluntariado? Quando se está à espera pela primeira oportunidade de emprego, ou se teve a infelicidade de cair numa situação de desemprego, ficar parado à espera que uma oferta de emprego lhe bata à porta, não é a melhor atitude . Aposte na aquisição de novas competências, e o trabalho voluntário, além de ser uma ocupação para esse período, pode ajudá-lo na conquista de um emprego, por exemplo, através do networking que vai fazendo , ainda que muitas vezes de uma forma inconsciente. Como posso introduzir no meu currículo  o meu contributo na área do voluntariado social? Se ainda não tem qualquer experiência profissional de relevo, como por exemplo um estágio, pode colocar os trabalhos de voluntariado, assim como eventuais projetos da faculdade e restantes atividades relacionadas com a profissão que deseja seguir. Se já teve outras experiências profissionais, pode inserir o voluntariado no tópico “outras informações” – como dado complementar. Não se esqueça de identificar a instituição que ajuda, colocando o nome da instituição, período de participação e principais funções e competências desenvolvidas. Já conhece o Ajudamos? Clique e informe-se de que forma pode ajudar ou ser ajudado:



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/cultura/noticia/2017/10/30/1156319/valorizacao-voluntariado-curriculo.html







Esquerda procura solução engenhosa para recibos verdes

30-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



O Orçamento do Estado fica fechado daqui a um mês e, à esquerda, ainda não há uma ideia precisa sobre como ultrapassar o problema do "novo" IRS dos recibos verdes, uma proposta que apanhou toda a gente de surpresa e que está a movimentar vários grupos de influência.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/esquerda-procura-solucao-engenhosa-para-recibos-verdes







STCP e Metro do Porto só contam pagar 17% do reclamado pelos privados

30-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



O Tribunal de Contas critica o ajuste directo nas subconcessões da STCP e do Metro do Porto, mas também como foram anulados os contratos. Os privados estão a exigir 23 milhões, mas as empresas provisionaram menos de quatro.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/transportes/detalhe/stcp-e-metro-do-porto-so-contam-pagar-17-do-reclamado-pelos-privados







É tempo de ´arregaçar as mangas´ e reforçar compromisso com os cidadãos

30-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



"Temos sete meses até ao próximo verão", lembra Marcelo Rebelo de Sousa. O trabalho deve começar já.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/4NHKGAE_RwQ/e-tempo-de-arregacar-as-mangas-e-reforcar-compromisso-com-os-cidadaos---pr-8882905.html







FPF e Liga chegam a acordo para vídeo-árbitro até ao final da época 2018/19

30-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) chegaram hoje a acordo para o prolongamento do projeto vídeo-árbitro até ao final da temporada 2018/2019, anunciaram as duas organizações.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/ZRZUgwQe9zw/fpf-e-liga-chegam-a-acordo-para-video-arbitro-ate-ao-final-da-epoca-201819-8883580.html







Santana promete ousadia e afetos, Rui Rio aposta na racionalidade

30-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



Os dois candidatos foram ouvidos pelos deputados do PSD nas jornadas parlamentares do partido, em Braga



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/Dl_dTKehAEw/o-meu-programa-exige-sonho-e-ousadia-8884098.html







Terá a sociedade ´o direito de considerar Neto Moura mau profissional´?

30-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



O juiz da Relação do Porto está a ser alvo de um linchamento público? A questão foi discutida esta segunda-feira no Fórum TSF.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/qaIP8pGtIAI/tera-a-sociedade-o-direito-de-considerar-neto-mouramau-profissional-8883638.html







Inflação do aluguel acumula queda de 1,41% nos últimos 12 meses

30-Outubro-2017 - ebc.com.br



Em outubro, o índice usado como base para reajustar o aluguel variou 0,20% Arquivo/Agência Brasil O Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M) encerrou outubro com variação de 0,20%, resultado abaixo do registrado em setembro último (0,47%) . No mesmo mês de 2016, o índice tinha alcançado 0,16%. No acumulado desde janeiro, houve queda de 1,91% e nos últimos 12 meses, o índice caiu 1,41%. Este último é que serve de base de cálculo para a renovação dos contratos de aluguel. O levantamento é feito pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV), com dados coletados entre os dias 21 do mês anterior e 20 do atual. A pesquisa mostra que o recuo foi influenciado pela desaceleração no setor atacadista. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) passou de uma alta de 0,74% para 0,16%. De janeiro a outubro, o IPA teve queda de 4,37% e em 12 meses, recuo de 3,86%. Entre os grupos que mais contribuíram para a redução estão os produtos agropecuários, com queda acumulada em 12 meses de 16,68%. Em outubro, o grupo matérias-primas brutas foi negativo em 1,05% ante uma alta de 1,81%, no mês anterior. Tiveram destaque as commodities (produtos primários com cotação no mercado internacional) minério de ferro (de 7,88% para -8,28%), bovinos (de 8,89% para 0,76%) e mandioca (de 1,97% para -0,53%). Já os dois componentes restantes do IGP-M indicaram recomposição de preços. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) passou de um recuo de -0,09% para uma alta de 0,28% e o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) teve variação de 0,19%, ante 0,14% no mês anterior.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/inflacao-do-aluguel-acumula-queda-de-141-nos-ultimos-12-meses







Meirelles defende aprovação da reforma da Previdência ainda este ano

30-Outubro-2017 - ebc.com.br



Brasília - O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, concede entrevista ao programa Por Dentro do Governo , da TV NBR Antonio Cruz/ Agência Brasil O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse hoje (30) que aprovar a reforma da previdência em 2018, ano eleitoral, seria difícil. Ele defendeu a aprovação da proposta ainda em 2017 durante entrevista ao programa Por Dentro do Governo , da TV NBR , produzido pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, com a participação de emissoras de rádio de todo o país e com perguntas enviadas pelas redes sociais. O próximo ano é eleitoral. É difícil a aprovação de medidas desse porte no próximo ano. É muito importante que seja feita [a aprovação] neste governo. Teremos eleição ano que vem. Haverá um novo governo tomando posse. Qualquer governo terá que fazer [a reforma]. Se não for feita agora, será o primeiro desafio do próximo governo, disse, acrescentando que a reforma é importante para manter as condições de crescimento econômico. Para Meirelles, o governo tem condições de conseguir a aprovação da reforma da Previdência, mesmo depois do placar de votação na Câmara dos Deputados sobre a denúncia contra o presidente Michel Temer. Meirelles defendeu que são questões diferentes. Existem muitos parlamentares que votam de uma maneira e agora poderão votar de outra. São duas coisas completamente diferentes, disse em entrevista a jornalistas, após participar do programa. Durante o programa na TV NBR , o ministro disse ainda que a projeção oficial atual de crescimento da economia no próximo ano é de 2%, mas deverá ser revisada. Vamos fazer uma revisão proximamente, mas não me supreenderia se estiver acima de 3% de crescimento para o ano de 2018, explicou. Voltamos a crescer e agora de uma maneira forte e consistente. Atravessamos a maior recessão da nossa história e uma crise dessa profundidade tem os seus efeitos que se prolongam por algum tempo, afirmou o ministro. Acrescentou que a população pode ainda não perceber, por ainda haver grande número de desempregados. Entretanto, o desemprego está diminuindo, assegurou. Inflação Questionado sobre o aumento do preço da gasolina, o ministro da Fazenda disse que o reajuste é influenciado pelo mercado internacional de petróleo e pelos custos da Petrobras para extração e distribuição. Durante a entrevista, Henrique Meirelles destacou ainda que o custo de vida está subindo menos que os salários em média. Há um ganho no poder de compra dos trabalhadores. A inflação nos últimos meses subiu 2,5%. É uma das mais baixas da história do Brasil. E os salários têm subindo acima disso, disse. Reforma tributária Ao ser questionado sobre a ausência de tributação sobre grandes fortunas, Meirelles afirmou que na reforma tributária haverá debate envolvendo o imposto sobre patrimônio. Além disso, segundo ministro, a ideia é simplificar a tributação para que o cidadão possa pagar de maneira mais simples e em menos tempo. E as empresas terão um sistema mais eficiente de pagamento, menos caro, disse. Ajuste fiscal para 2018 O ministro da Fazenda disse que o governo ainda avalia se as medidas de ajuste fiscal para 2018 serão enviadas ao Congresso Nacional por medida provisória ou projeto de lei. Durante a semana, estaremos discutindo se será medida provisória, que é mais eficiente e mais rápida, ou será por projeto de lei como deseja a liderança do Legislativo. Mas isso é questão de uma conversa democrática que está em andamento. Se não for medida provisória, vamos ter que trabalhar como regime de urgência, afirmou Meirelles após participar do programa Por Dentro do Governo , da TV NBR . Na semana passada, o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, reuniu-se com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) , para explicar o conteúdo das novas medidas que devem compor a peça orçamentária do ano que vem. São três medidas: o adiamento dos reajustes das carreiras de alto nível do governo as mais bem remuneradas , o aumento da contribuição previdenciária dos servidores que ganham mais de R$ 5 mil por mês e a tributação dos fundos exclusivos para gestão de grandes fortunas. Somadas, elas impactam mais de R$ 15 bilhões para 2018., disse Oliveira. Refis O ministro Henrique Meirelles disse também que não descarta a prorrogação do prazo de acesso ao novo Programa Especial de Regularização Tributária (Pert, mais conhecido como novo Refis) , mas sugeriu que as empresas façam a adesão o mais rápido possível. Minha sugestão é que as empresas apresentem sua adesão hoje, o mais rápido possível. Caso haja necessidade, pode haver uma prorrogação. Sugiro fortemente a todas as empresas a não ficarem apostando nisso [na prorrogação], destacou. O prazo de adesão ao programa vai até amanhã (31). (*) Texto alterado às 9h12 para acréscimo de informações (*) Texto alterado às 9h29 para acréscimo de informações (*) Texto alterado às 9h51 para acréscimo de informações



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/meirelles-defende-aprovacao-da-reforma-da-previdencia-ainda-este-ano







Arrecadação com leilão do pré-sal pode chegar a R$ 600 bi nas próximas décadas

30-Outubro-2017 - ebc.com.br



As duas rodadas do pré-sal das bacias de Santos e Campos, realizadas na semana passada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), poderão proporcionar à União, aos estados e municípios arrecadação em torno de R$ 600 bilhões pelas próximas três décadas, superando em cerca de R$ 200 bilhões os valores inicialmente estimados pela agência. A informação foi dada hoje (30) pelo diretor-geral da ANP, Décio Oddone, ao participar da 13ª International Conference Brazil Energy and Power 2017, no auditório da Fundação Getulio Vargas, em Botafogo, na zona sul do Rio. Oddone disse que a agência precisou recalcular os valores inicialmente estimados de arrecadação para o governo porque percentuais relativos ao óleo lucro ofertado pelas petrolíferas na 2ª e 3ª rodadas de blocos no polígono do pré-sal terem superaram muito as projeções iniciais da ANP. Houve casos em que o ágio oferecido [sob a forma de óleo lucro] ao governo chegou a mais de 200%. Aí, nós tivemos que recalcular as nossas estimativas inciais. E elas indicavam que a União, estados e municípios receberiam ao longo de mais de 30 anos de contrato cerca de R$ 400 bilhões em royalties , participação especiais, tributos e óleo lucro. Mas, com o ágio obtido, tivemos que recalcular o valor, e a nova previsão indica que a arrecadação total ao longo das próximas três décadas posteriores ao início da produção pode chegar a R$ 600 milhões, afirmou. Êxito do leilão Oddone disse que a ANP reguladora nunca duvidou do sucesso das duas rodadas, embora alguns tenham duvidado. Eu nunca tive dúvida sobre o êxito do leilão, mas tinha gente que tinha, porque só olhava para o bônus de assinatura, e aí dizia que a arrecadação tinha sido menor do que a esperada. E a arrecadação total, ao longo dos próximos 30 anos, será avassaladoramente superior as nossas previsões iniciais. O diretor da ANP o fato de que as estimativas ainda levam em conta premissas relativas aos riscos inerentes às atividades de exploração e produção de petróleo. Nós pedimos para o pessoal da ANP recalcular [os valores] a partir das alíquotas [o percentual do óleo] ofertadas pelas empresas no leilão usando as mesmas premissas utilizadas antes. E é claro que nada garante que isso vá se concretizar, pois trata-se de uma atividade de risco, e ninguém sabe se o petróleo estimado vai ser encontrado. Oddone destacou, no entanto, que foram mantidas as condições estimadas anteriormente, com as novas alíquotas ofertadas nos dois leilões, e o resultado foi R$ 200 bilhões superior. E, no novo cálculo, dá uma média aí de R$ 7 bilhões por ano. Você bota aí cinco a sete anos para começar a produção. Então, essa será a arrecadação pelas próximas três décadas, concluiu. Cessão Onerosa Em entrevista após participar da sessão de hoje do 13º Brazil Energy and Power, Oddone adiantou que a ANP deverá divulgar nos próximos dias o volume de óleo existente na cessão onerosa área envolvida no contrato da União com a Petrobras para a exploração de 5 bilhões de barris de óleo equivalente sem licitação na área do pré-sal por ocasião da capitalização da companhia, em 2010. Na ocasião, o governo repassou 5 bilhões de barris de petróleo à Petrobras sob o sistema de cessão onerosa, no qual a estatal pagou antecipadamente pela reserva e, após declarar o projeto comercialmente viável, começou a discutir o real valor do reservatório. A ANP contratou uma empresa certificadora para atestar o tamanho da área que, hoje, sabe-se ser superior ao volume envolvido no acordo do governo com a estatal. Oddone não quis adiantar o volume apurado na área, mas admitiu que uma das possibilidade será a de o governo leiloar o volume excedente aos 5 bilhões de barris. Vamos divulgar proximamente a estimativa que a ANP tem [em relação ao volume total do óleo existente na cessão onerosa] e que foi revisada pelo empresa de consultoria que contratamos para avaliar a real quantidade de petróleo existente na área da cessão onerosa, informou Oddone, que não quis antecipar o volume de óleo existente. Eu não não vou antecipar volume, mas, quanto ao excedente, se vai ser leiloado, ou não, é uma decisão da União", disse. Segundo Oddone, o governo agora vai fazer um seminário para discutir a questão do gás não convencional (folhelho shale gas) com todos os agentes envolvidos. Tem um potencial significativo, e a estimativa é de haver centenas de trilhões de pés cúbicos de reservas desse gás não convencional no Brasil. Então, vamos estudar se, e como, nós vamos seguir em frente na exploração desses recursos, mas é outra decisão que tem que ser tomada conscientemente junto à sociedade e que também é uma questão de política energética, acrescentou.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/arrecadacao-com-leilao-do-pre-sal-pode-chegar-r-600-bi-nas-proximas-decadas







Michel Temer assina medidas provisórias do ajuste fiscal

30-Outubro-2017 - ebc.com.br



O presidente Michel Temer assinou hoje (30) duas Medidas Provisórias (MP) para cumprir o ajuste fiscal. A informação foi confirmada pelo ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Dyogo Oliveira, em entrevista à imprensa. Juntas, as medidas devem injetar nos cofres da União cerca de R$ 13,2 bilhões. O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, anunciou que o presidente assinou MPs do ajuste fiscal Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil Uma das medidas é a alteração na contribuição previdenciária, de 11% para 14%, para servidores públicos com salários acima de R$ 5 mil. Quem ganha acima desse valor terá uma nova tributação, mas somente em referência ao valor que ultrapassar o limite estipulado. Assim, se o servidor ganha R$ 6 mil, a nova tributação incidirá apenas sobre R$ 1 mil. Na mesma medida provisória, está previsto o adiamento do reajuste para servidores públicos em 2018. Há uma medida que traz postergação dos reajustes previstos para 2018 para o conjunto de categorias do governo federal que são as mais bem remuneradas e que tinham anteriormente feito um acordo de reajuste por um período de quatro anos, disse o ministro. A outra MP altera a tributação do Imposto de Renda (IR) sobre fundos financeiros fechados, chamados de fundos exclusivos. Destinados a grandes clientes, esses fundos, que são fechados e não têm livre adesão, pagavam, até meados de agosto, Imposto de Renda apenas no fechamento ou no resgate das cotas. O imposto , então, passou a ser cobrado todos os anos, como ocorre com os demais fundos de investimento. Agora, haverá um aumento nessa tributação. A tributação dos fundos exclusivos têm impacto de R$ 10,3 bilhões bruto. No entanto, como se trata de imposto de renda, uma parte tem que ser compartilhada com estados e municípios através do FPM e FPE [Fundos de Participação de Estados e Municípios]. Portanto, restando um saldo líquido para a União de R$ 6 bilhões, explicou Oliveira. Somados a isso, a União prevê uma economia de R$ 5 bilhões com a postergação dos reajustes, além de um aumento de receitas de R$ 2,2 bilhões com o aumento da contribuição previdenciária. Refis Também está prevista uma Medida Provisória para prorrogar a adesão ao Programa Especial de Regularização Tributária (Pert), conhecido como novo Refis. O Palácio do Planalto confirmou que a MP será assinada pelo presidente, o que precisa ocorrer até amanhã (31), quando termina o prazo de adesão. Michel Temer continua em São Paulo, onde se recupera de um procedimento cirúrgico.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/michel-temer-assina-medidas-provisorias-do-ajuste-fiscal







Comitê de especialistas confirma que recessão terminou no fim de 2016

30-Outubro-2017 - ebc.com.br



O Comitê de Datação de Ciclos Econômicos (Codace), grupo independente formado de economistas brasileiros, identificou que terminou em dezembro passado a recessão que vinha ocorrendo no país há 11 trimestres consecutivos, compreendidos entre o segundo trimestre de 2014 e o quarto trimestre de 2016. O primeiro trimestre de 2017 já é uma volta de um período de crescimento, apontou hoje (30) o economista Paulo Picchetti, da FGV, e um dos membros do Codace. Para chegar a essa conclusão, o comitê analisou um conjunto grande de séries relacionadas a níveis de atividades, abordando temas como emprego, investimentos, comércio, serviços, entre outros. Cada membro do comitê tem modelos, tem maneiras de interpretar essas séries. Mas a ideia é que você tem um comportamento consistente de retomada do nível de atividade em várias séries e não só em uma delas. De acordo com o Codace, a recessão de 2014/2016 foi a mais longa entre as nove datadas pelo comitê a partir de 1980, empatada com a de 1989/1992, no governo Fernando Collor, em termos de número de trimestres, e superior à crise do início da década de 1980 em termos da queda acumulada na taxa de variação do Produto Interno Bruto (PIB) do período. De acordo com o Codace, a perda acumulada do PIB nos 11 trimestres de 2014 a 2016 atingiu 8,6%, a maior desde 1980. Na recessão de 1981/1983, o PIB registrou queda de 8,5%, com base em dados das Contas Nacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Lentidão O comitê constatou ainda que a recuperação da economia brasileira tem sido lenta. Paulo Picchetti observou que mesmo olhando os dois primeiros trimestres de 2017, que tiveram crescimento, o acumulado de expansão nesses seis meses atinge 1,3%. Comparado à crise de 2008/2009, a saída da recessão naquela ocasião estava em um ritmo bem mais forte, acima de 3% nos dois trimestres já seguintes, informou o economista. Daqui para a frente, Picchetti sinalizou que o Brasil está com um desafio grande de sustentar esse crescimento, principalmente no que diz respeito à necessidade imperativa de ajuste fiscal. A gente tem condições para continuar o crescimento e, eventualmente, até aprofundar, aumentar esse crescimento que está retomando, mas tem aí um desafio grande envolvendo tanto a política como a economia, para que você viabilize o ajuste fiscal que garanta isso ser sustentável, manifestou. Codace O Codace é um comitê independente criado em 2008 com a finalidade de determinar uma cronologia de referência para os ciclos econômicos brasileiros, estabelecida pela alternância entre datas de picos e vales no nível da atividade econômica, informou a assessoria da Fundação Getulio Vargas. O comitê é formado por sete membros com notório conhecimento em ciclos econômicos. Ele é integrado pelos especialistas Affonso Celso Pastore (coordenador), Edmar Bacha (diretor), pelos professores João Victor Issler (FGV), Marcelle Chauvet (Universidade da Califórnia), Marco Bonomo (Insper) e Paulo Picchetti (FGV) e pelo pesquisador Regis Bonelli (FGV). * Texto e título alterado para retirar vinculação direta do Codece à FGV. Apesar de originado da Fundação Getúlio Vargas, é um comitê autônomo.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/comite-de-especialistas-da-fgv-confirma-que-recessao-terminou-no-fim-de







Santana Lopes diz que não é tempo de ´questões de Alecrins e Manjeronas´

30-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



Santana Lopes defendeu este domingo que "o país precisa que todos remem para o mesmo lado".



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/amlAK8jC_1M/santana-lopes-diz-que-nao-e-tempo-de-questoes-de-alecrins-e-manjeronas-8881788.html







Conselheiros preocupados pela falta de funcionários e pela segurança dos utentes nos consulados

29-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/yYLK6_zNqLk/317322-conselheiros-preocupados-pela-falta-de-funcionarios-e-pela-seguranca-dos-utentes-nos-consulados







Gestão da avalanche de turistas e de atividades de mar em curso na Figueira da Foz

29-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/yGbj16QFqtU/317335-gestao-da-avalanche-de-turistas-e-de-atividades-de-mar-em-curso-na-figueira-da-foz







Presidente da APS: ´É altura de discutirmos a criação de um novo PPR´

29-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



A poupança está em níveis baixos e a APS pretende revitalizar o segmento dos PPR, pedindo um benefício fiscal para quem poupa. Outra aposta é a poupança mista, de empresas e trabalhadores, para a reforma.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/banca---financas/detalhe/presidente-da-aps-e-altura-de-discutirmos-a-criacao-de-um-novo-ppr







Lewis Hamilton, a pop star da Fórmula 1

29-Outubro-2017 - publico.pt



O rapaz pobre de Stevenege já é tetracampeão de Fórmula 1 e está no auge das suas capacidades. Encontrou o equilíbrio entre a sua atarefada vida pessoal e profissional



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/10/29/desporto/noticia/lewis-hamilton-a-pop-star-da-formula-1-1790704







Ligações fluviais Seixal-Cais do Sodré podem sofrer perturbações na 2ª feira

29-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



Uma "avaria imprevista" de um dos navios vai implicar a "supressão de carreiras e a irregularidade de horários".



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/wsFlb8ADHpw/ligacoes-fluviais-seixal-cais-do-sodre-podem-sofrer-perturbacoes-na-2a-feira-8881570.html







Site vai reunir informações sobre crédito orientado para microempreendedores

29-Outubro-2017 - ebc.com.br



Um banco virtual de informações lançado na semana passada ajudará a disseminar referências sobre uma forma de crédito voltada a trabalhadores autônomos e empresários com baixo faturamento: o microcrédito produtivo orientado (MPO). A iniciativa foi da Universidade de Brasília a pedido do Ministério do Trabalho, que divulgará os conteúdos em sua página na internet . A página conterá normas, leis, artigos, documentos e informações úteis a interessados no tema. Além do banco virtual, o site do ministério será reestruturado para mostrar mais conteúdos a microempreendedores, tomadores desses empréstimos, e a instituições financeiras e organizações de crédito que atuam na concessão desses financiamentos. Também será realizado um curso de formação com agentes de crédito. O objetivo é qualificar o trabalho dessas pessoas, que têm papel importante nessas ações. Na concessão de financiamentos de forma orientada, o agente avalia as necessidades do tomador e sugere caminhos. O microcrédito produtivo contribui para que as pessoas melhorem a renda. Ele é uma ação que promove cidadania para a população de baixa renda. Estamos trabalhando no sentido de tratar e coordená-lo com ações de inclusão financeira e política pública, afirma Lucilene Santana, coordenadora do Programa de Geração de Emprego e Renda do Ministério do Trabalho. Financiamentos especiais O Microcrédito Produtivo Orientado (MPO) envolve um tipo especial de financiamento para empreendedores com faturamento bruto de até R$ 200 mil por ano. Os recursos vêm do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), do orçamento do governo federal e de parte dos 2% dos depósitos à vista que instituições financeiras são obrigadas a repassar ao Banco Central. As verbas são oferecidas por bancos públicos (como a Caixa Econômica Federal), por cooperativas de crédito e por um tipo de instituição financeira denominada Sociedade de Crédito ao Microempreendedor. Essas sociedades não podem captar diretamente do público, mas podem receber repasses de bancos, de fundos oficiais e de Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip). O público-alvo do MPO compreende um segmento que tem crescido na crise. Segundo a Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a redução do desemprego de mais de 14% para 13% neste ano decorreu da ampliação da quantidade de trabalhadores sem carteira e por conta própria, que somam, respectivamente, 10,7 milhões e 22,5 milhões de pessoas. Iniciativas Um exemplo do funcionamento do microcrédito produtivo é o projeto Crediamigo Comunidade, do Banco do Nordeste do Brasil (BNB). A iniciativa consiste em uma linha específica para pessoas de baixa renda com o objetivo de oferecer alternativa a quem encontra dificuldades para obter empréstimos pelas vias tradicionais. Esse tipo de financiamento atende a grupos de pessoas, denominadas Bancos Comunidade, de 11 a 30 pessoas residentes na mesma localidade. O grupo encarrega-se de pedir o financiamento e de assumir a responsabilidade pela garantia oferecida. Os empréstimos têm períodos curtos e valores crescentes, como uma forma de estimular a avaliação constante do andamento dos negócios e da viabilidade financeira. Em 2016, o Crediamigo chegou a 2 milhões de clientes ativos. No total, foram desembolsados R$ 7,9 bilhões em mais de 4 mil empréstimos com valor médio de R$ 1,9 mil. As principais atividades financiadas, segundo o projeto, foram relacionadas ao comércio.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/site-vai-reunir-informacoes-sobre-credito-orientado-para







Aprovadas alterações ao Código Deontológico dos jornalistas

29-Outubro-2017 - sapo.pt



Votaram 347 jornalistas com carteira profissional válida, num universo de 5.746.



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/96962/aprovadas-alteracoes-ao-codigo-deontologico-dos-jornalistas?utm_source=rss







Projeto de estruturas de um edifício em betão armado

29-Outubro-2017 - rcaap.pt



Trabalho de natureza científica para obtenção do grau de mestre em engenharia Civil na área de especialização em Estruturas.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.21/7447







Contributo para a avaliação da ingestão de carotenoides pela população portuguesa com base na sua determinação analítica em amostras representativas: efeito da sazonalidade

29-Outubro-2017 - rcaap.pt



Trabalho final de mestrado para obtenção do grau de mestre em Engenharia Química e Biológica.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.21/7448







Reflexões em torno da querela Peter Sloterdijk e Jurgen Habermas

29-Outubro-2017 - rcaap.pt



Este trabalho pretende analisar a discussão pública entre dois intelectuais alemães: Peter Sloterdijk e Jurge Habermas que, através de cartas públicas na imprensa Alemã, apresentaram teses diametralmente opostas sobre a eugenia e o futuro do humanismo. Os ecos da controvérsia surgem após o escândalo lançado por P. Sloterdijk na conferência dedicada a Heidegger e Lévinas em Julho de 1999 no Castelo de Elmau.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.3/4464







Relatório de atividade profissional

29-Outubro-2017 - rcaap.pt



Relatório de atividade profissional de mestrado em Optometria Avançada



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/1822/46880







Galactose-conjugated photosensitizers for targeted cancer photodynamic therapy

29-Outubro-2017 - rcaap.pt



A Terapia Fotodinâmica (do inglês Photodynamic Therapy, PDT) tem sido aplicada com bastante sucesso no tratamento de doenças oncológicas. Esta terapia baseia-se na utilização conjunta de luz e de um agente fotossensibilizador (do inglês photosensitizer, PS) para gerar reações citotóxicas no tecido tumoral. A vasta gama dos PSs usados na clínica para o tratamento de cancro apresenta baixas solubilidade em meios fisiológicos e seletividade para as células tumorais. Este projeto surge de uma colaboração entre químicos e bioquímicos e tem como objetivo principal o desenvolvimento de novos PSs conjugados com moléculas de galactose para serem reconhecidos por proteínas com afinidade por galactose sobrexpressas nas células tumorais. Numa primeira fase foram avaliadas as propriedades fotoquímicas e –físicas dos novos conjugados. Na presença de características reveladoras de um potencial terapêutico, o seu potencial em PDT foi avaliado em diferentes modelos biológicos. No primeiro capítulo desta dissertação faz-se uma introdução ao uso da PDT no tratamento de doenças oncológicas e ao potencial em PDT de PSs conjugados com galactose. No segundo capítulo, descreve-se a síntese de PSs ligados a unidades dendríticas de galactose ou a galactose através de conjugação ao carbono-3 deste açúcar. No terceiro capítulo, foram realizados estudos in vitro com as linhas celulares do cancro da bexiga HT-1376 e UMUC- 3 (células em monocamada), para avaliar o potencial fotodinâmico de uma ftalocianina conjugada com unidades dendríticas de galactose (PcGal16). As proteínas galectina-1 e GLUT1 demonstraram estar envolvidas no uptake da PcGal16 pelas células tumorais. Posteriormente, no quarto capítulo, foi demonstrado que as vias de endocitose mediadas por clatrina e cavéolas são importantes na internalização da PcGal16. Estudos ao nível celular revelaram que a foto-toxicidade em células HT-1376 resistentes à PDT pode ser aumentada por alteração das vias endocíticas. O potencial biológico in vitro e in vivo de uma porfirina conjugada com unidades dendríticas de galactose (PorGal8) é descrito no quinto capítulo deste trabalho. O uptake e a fototoxicidade da PorGal8 são superiores na linha tumoral UM-UC-3 que contém níveis elevados da proteína galectina-1. Os estudos in vivo, utilizando as células UM-UC-3 para indução do tumor, comprovaram o efeito terapêutico da PorGal8 após PDT. No sexto capítulo, aborda-se um tratamento repetido de PDT com uma clorina conjugada com unidades dendríticas de galactose (ChlGal8), como uma abordagem terapêutica promissora em células HT-1376 resistentes à terapia. No sétimo capítulo, descreve-se o potencial anticancerígeno de uma porfirina conjugada com galactose através do carbono-3 (Por-C3-Gal4) em células de cancro de cólon HCT-116, de cancro da mama MCF-7, de cancro da bexiga UM-UC-3 e de cancro cervical HeLa, tanto em monocamadas como em esferoides.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10773/18653







A mulher com cancro do colo do útero: diagnóstico de necessidades de reabilitação sexual

29-Outubro-2017 - rcaap.pt



Trabalho de projeto no âmbito do Mestrado em Enfermagem de Reabilitação apresentado na Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Viana do Castelo



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/20.500.11960/1933







Vettel conquista ´pole´ no México

28-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



O alemão bateu o recorde do circuito e conquistou a 50.ª 'pole position' da carreira. Hamilton, com terceiro tempo na qualificação, pode sagrar-se campeão já este domingo.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/ShSqOAbMIfc/vettel-conquista-pole-no-mexico-8880085.html







Médico e professor Sobrinho Simões alerta para perda de qualidade na formação médica

28-Outubro-2017 - sapo.pt



O médico e investigador Sobrinho Simões considera que Portugal está "a perder qualidade" na formação médica e diz que também há um afastamento entre hospitais, universidades e institutos de investigação.



Link para o texto completo:
 
http://noticias.sapo.pt/nacional/artigo/medico-e-professor-sobrinho-simoes-alerta-para-perda-de-qualidade-na-formacao-medica_23182843.html







Sobrinho Simões alerta para perda de qualidade na formação médica

28-Outubro-2017 - publico.pt



Médico recebeu o Prémio de Mérito da Competência em Gestão dos Serviços de Saúde, instituído pela Ordem dos Médicos.



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/10/28/sociedade/noticia/sobrinho-simoes-alerta-para-perda-de-qualidade-na-formacao-medica-1790658







Raquel André: Coleccionadora de Intimidades

28-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



A sua colecção é peculiar. Raquel André colecciona pessoas. Junta as suas memórias, os seus gestos, as suas palavras. Mostra-as depois em palco. Tudo isso é efémero. À imagem do seu trabalho.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/weekend/detalhe/raquel-andre-coleccionadora-de-intimidades







Camionistas exigem mais dinheiro e melhores condições de trabalho

28-Outubro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



Motoristas dos distritos de Aveiro, Coimbra e Viseu reunidos em plenário da Federação dos Sindicatos dos Transportes e Comunicações (FECTRANS) reivindicaram hoje aumentos salariais para os 30.000 profissionais do setor[...] O post Camionistas exigem mais dinheiro e melhores condições de trabalho aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/motoristas/







CICLO CONCERTOS COIMBRA - 3º CONCERTO

28-Outubro-2017 - cision.com



Natural de São Paulo, Lucas Thomazinho conquistou diversos primeiros prémios no Brasil desde os nove anos de idade.  Recentemente ganhou o 2º Prémio e o Prémio do Público no I Concurso Internacional de Piano Teresa Carreño, em Miami. Foi premiado no V Concurso Internacional BNDES de Piano, no Concurso Internacional de Interpretação Pianística da obra do compositor Osvaldo Lacerda e no PIANALE International Academy e Competition na Alemanha. Foi solista com orquestras como a Filarmónica de Minas Gerais e a Sinfónica de Campinas. Tocou em diversos locais, incluindo MUBE – Museu



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/iii-ciclo-de-concertos-de-coimbra/r/ciclo-concertos-coimbra---3_-concerto,c636446945090000000







Evidências científicas para uma escolha consciente entre diferentes formulações de alcachofra

28-Outubro-2017 - rcaap.pt



A alcachofra (Cynara scolymus L.) é uma planta medicinal com reconhecidas propriedades antioxidantes e hepatoprotetoras [1]. Neste trabalho, pretendeu-se avaliar o valor nutricional da alcachofra bem como a sua composição em açúcares, ácidos orgânicos, ácidos gordos e tocoferóis. Estudou-se ainda a bioatividade de três formulações baseadas nesta planta (infusões, comprimidos e xaropes), nomeadamente as atividades antioxidante, antitumoral e antimicrobiana. Uma vez que as suas propriedades terapêuticas são muitas vezes atribuídas à sua composição em compostos fenólicos, analisou-se também o perfil fenólico das diferentes formulações [2]. Os hidratos de carbono (69 g/100 g) foram os macronutrientes mais abundantes das folhas secas analisadas. A frutose (2 g/100 g) foi o único açúcar detetado na amostra. Os ácidos orgânicos presentes em maior concentração foram o ácido oxálico (2,0 g/100 g), o quínico (1,3 g/100 g) e o málico (1,0 g/100 g), mas foram ainda encontrados os ácidos cítrico (0,3 g/100 g) e fumárico (vestígios). Observou-se uma prevalência de ácidos gordos saturados (88%), com a contribuição significativa do ácido palmítico (47%). O ?-tocoferol (12 mg/100 g) foi o mais abundante das três isoformas encontradas na amostra, seguido pelo ß- e a-tocoferol (0,9 e 0,07 mg/100 g, respetivamente). A infusão de alcachofra revelou a melhor atividade antioxidante (valores de EC50 entre 0,1 e 2,1 mg/mL) e foi a única formulação capaz de inibir o crescimento de uma linha de células tumorais humanas HepG2 (carcinoma hepatocelular; GI50 = 52 µg/mL), apesar da toxicidade também observada em culturas primárias de células de fígado de porco, PLP2 (GI50 = 72 µg/mL). Esta formulação revelou ainda atividade antimicrobiana em isolados clínicos com elevados perfis de resistência como a Escherichia coli, Escherichia coli produtora de ß- lactamases de espectro estendido (ESBL), Staphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA), e Pseudomonas aeruginosa com MICs de 125; 125; 31,3 e 500 mg/mL, respetivamente. Todas as formulações apresentaram o flavonoide luteolina-7-Oglucorónido (5640; 0,7 e 2,6 µg/g na infusão, no xarope e nos comprimidos, respetivamente). A infusão revelou a maior concentração de compostos fenólicos (15 mg/mL). De um modo geral, a alcachofra revelou ser uma boa fonte de compostos fenólicos com diversas formulações a revelar propriedades bioativas.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10198/13754







O papel do enfermeiro especialista na equipa de coordenação do acesso vascular arteriovenoso :

28-Outubro-2017 - rcaap.pt



Em 2015, em Portugal, 11514 doentes IRC realizavam tratamento de HD onde no primeiro tratamento, nos doentes incidentes, o AV prevalente foi o CVC em 51% dos doentes, seguindo-se muito aproximadamente a FAV em 41% dos doentes. Relativamente aos doentes prevalentes, o tipo de acesso prevalente é a FAV em 73,1%. Logo, é imperativo que as equipas de enfermagem que diariamente prestam cuidados aos doentes IRC, detenham o conhecimento adequado para uma correta avaliação e gestão do AV de forma a garantir a sua patência, e consequentemente, serem capazes de desemprenhar funções de promoção de saúde a doentes com maior longevidade de vida e com idade avançada quando iniciam as TSFR. O modelo de Nola J. Pender, o modelo de promoção da saúde, baseia-se na conceção de promoção da saúde, definida pelas atividades direcionadas para o desenvolvimento de recursos que mantenham ou intensifiquem o bem-estar da pessoa. O objetivo do estudo de investigação consiste em identificar o grau de conhecimento que as equipas de enfermagem detêm na temática da vigilância e monitorização do AV, e desta forma, justificar a necessidade um enfermeiro especialista numa equipa de coordenação do AV. Desenvolveu-se um estudo descritivo, enquadrado na investigação qualitativa, sendo o método de colheita de dados, um questionário com resposta fechada. O mesmo foi aplicado a enfermeiros prestadores de cuidados em 4 unidades de HD públicas e privadas, o qual se admitiu suficiente pelo tempo disponível para a realização do estudo. O procedimento escolhido para análise de dados foi a análise estatística de conteúdo. Podemos concluir com este estudo, que a formação contínua e a existência de protocolos de gestão do AV são essenciais à prestação de cuidados de enfermagem aos IRC, na temática do AV, justificando assim, a necessidade de um enfermeiro especialista numa equipa de coordenação do AV que suprima as necessidades identificadas.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.26/19146







Educação para a saúde ao doente renal crónico durante a sessão de hemodiálise como medida para a promoção do seu autocuidado

28-Outubro-2017 - rcaap.pt



A elaboração do presente trabalho insere-se no âmbito da Unidade Curricular Estágio com Relatório, do 6º Curso de Mestrado em Enfermagem, Área de Especialização em Enfermagem Médico-Cirúrgica, Área de Intervenção Nefrológica. Segundo a Direção Geral de Saúde (DGS, 2012), Portugal tem vindo a apresentar elevada incidência e prevalência da Doença Renal Crónica (DRC), sendo a maior da Europa, e com uma tendência de crescimento superior à média dos países da OCDE. Neste sentido, o enfermeiro perito em nefrologia deve proporcionar a melhor assistência, com especial ênfase no apoio, na educação, na prevenção de complicações e na reabilitação, estimulando a independência e o autocuidado (EDTNA/ERCA, 1999). A hemodiálise, enquanto método de tratamento da DRC, requer para a sua realização um acesso vascular que requer cuidados específicos que têm que ser transmitidos e apreendidos para que este se possa tornar um agente de autocuidado. Assim, apresenta-se um estudo norteado pela teoria do autocuidado de Orem, descritivo de abordagem quantitativa em que se procurou avaliar o conhecimento dos doentes relativamente ao autocuidado com o acesso vascular, especificamente a higienização do membro do acesso vascular antes do tratamento, assim como a adesão e eficácia da ação que visa o controlo de infeção, através de um processo educativo realizado pela equipa de enfermagem. Foi realizado com utentes com doença renal crónica em programa de hemodiálise numa Unidade na periferia de Lisboa cujo acesso vascular para realizar o tratamento seja uma fístula arteriovenosa ou uma prótese arteriovenosa. A colheita dos dados foi realizada através de questionários e observações não participantes numa amostra de 117 doentes. Ao avaliar os resultados observou-se que existiu uma aquisição de conhecimentos acerca do autocuidado através do processo educativo implementado, no entanto, continua a verificar-se um déficit de autocuidado quanto à auto-higienização do membro do acesso vascular destes utentes, sendo atribuído possivelmente a fatores pessoais, motivacionais, ambientais ou até mesmo culturais.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.26/19147







Metodologia e processo de treino: as bases para a construção do modelo de jogo, no escalão de sub-15 do Vitória Sport Clube: relatório de estágio em futebol realizado no Vitória Sport Clube - Campeonato Nacional de Juniores “C”

28-Outubro-2017 - rcaap.pt



Não há dúvidas: no presente, o futebol é um desporto que move multidões! É um desporto que apaixona milhões de pessoas. Essa paixão induz aos jovens a procurarem clubes que lhes permitam ter o prazer de praticar a modalidade, num contexto de competição. No entanto, cada vez mais os clubes, com maior organização e com mais poderio financeiro, desejam ter os melhores jovens praticantes da modalidade nas suas escolas de formação, para que estes se desenvolvam enquanto seres humanos e como jogadores, com o intuito de um dia se tornaram rentáveis financeira e desportivamente ao clube, quando o seu processo de formação estiver concluído. Ao longo desta formação são utilizados métodos e processos, por parte dos treinadores que permitem aos jovens decidirem melhor perante o contexto de jogo, com o objetivo de os melhorar desportivamente. O documento revela quais as metodologias e processos utilizados na conceção do treino, tendo em consideração todo um modelo de jogo defendido no escalão de Iniciados A, do Vitória Sport Clube, onde o estágio e todas as atividades desenvolvidas ao longo de todo o ano foram realizadas. A equipa competiu no Campeonato Nacional de Juniores “C”



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.5/14199







Exercício físico em contexto comunitário e clínico para pessoas idosas do concelho de Oeiras, Programa para prevenção de obesidade sarcopénica

28-Outubro-2017 - rcaap.pt



O presente relatório foi desenvolvido no âmbito da unidade curricular de Estágio do 2º ano de Mestrado em Exercício e Saúde, na Faculdade de Motricidade Humana (FMH), e refere-se ao trabalho efetuado na Câmara Municipal de Oeiras (contexto comunitário) e no ACES Lisboa Ocidental e Oeiras (contexto clínico) no ano letivo 2015/16. O trabalho consistiu essencialmente na avaliação, prescrição e implementação de programas de exercício para pessoas idosas. Apresenta-se todavia também uma proposta para a integração da avaliação/prescrição na prevenção/tratamento da obesidade sarcopénica em contexto comunitário e /ou clínico. No documento é efetuado o enquadramento do envelhecimento da população e, consequentemente, da emergência da adoção de estratégias que visem uma melhoria da qualidade de vida da população idosa, nomeadamente a prática de atividade/exercício físico, reforçando a sua importância nas alterações decorrentes do processo de envelhecimento e na saúde. No final do período de estágio foi possível concluir que os objetivos propostos foram alcançados, valorizando os conhecimentos adquiridos a nível profissional e pessoal



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.5/14202







O alojamento turístico como serviço de interesse económico geral: o caso do alojamento local em Portugal

28-Outubro-2017 - rcaap.pt



É objeto deste artigo questionar e responder se o serviço de alojamento turístico pode ser entendido como um serviço de interesse económico geral e de ordem pública. À visão tradicional do alojamento turístico como mero contrato de hospedagem retribuído entre dois sujeitos privados, acrescenta-se uma função de interesse público.Tal função enriquece a doutrina internacional e o estudo da regulação do alojamento turístico e do Direito do Turismo em geral, permitindo acrescentar-lhes uma dimensão jurídica pública, própria das novas dinâmicas da economia de rede. Para comprovação da tese, apresenta-se um estudo de caso: a regulação jurídica da evolução do alojamento local em Portugal, uma atividade centenária com crescimento exponencial nos últimos anos e que constitui um sucesso na oferta empresarial de alojamento turístico neste país.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.1/10142







Combinação vencedora do concurso 43/2017

27-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/X9lcZXnEGvA/317281-combinacao-vencedora-do-concurso-432017







Combinação vencedora do concurso 86/2017

27-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/aYglmzhGZwM/317280-combinacao-vencedora-do-concurso-862017







Em directo. Rio Ave-Sporting

27-Outubro-2017 - sapo.pt



Segunda metade em curso, no Estádio dos Arcos



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/96891/em-directo-rio-ave-sporting?utm_source=sapo







Estudo português. Os peixes também têm emoções

27-Outubro-2017 - sapo.pt



A equipa liderada pelo investigador Rui Oliveira escreve que a formação de emoções, "considerada uma capacidade complexa, poderá estar associada a mecanismos mais simples do que se pensava".



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/96907/estudo-portugues-os-peixes-tambem-tem-emocoes?utm_source=rss







Aprenda a fazer boas escolhas e a tomar as melhores decisões

27-Outubro-2017 - universia.net



Todos os dias somos chamados a decidir sobre as mais pequenas coisas: datas de conclusão e entrega de trabalhos, fecho de contratos, estabelecimento de prazos, mapear diferentes prioridades, etc REGISTE O SEU CV GRÁTIS REGISTE AQUI Antes de decidir sobre o que quer que seja deverá, para além de refletir bastante sobre o assunto, ter em consideração alguns pontos-chave  para que mais tarde não se venha a arrepender da sua decisão. Saiba então o que ponderar: Coloque na balança os prós e os contras da sua decisão Nem sempre as nossas decisões são unânimes. Quantas vezes não vacilamos e não nos sentimos indecisos perante determinada decisão? No entanto, torna-se imperativo ponderar muito bem os prós e os contras da sua decisão, para que decida de forma consciente e segura. Pondere bem todos os pratos da balança e analise se os benefícios valem mesmo a pena, mesmo perante as dificuldades com que se vai deparar pelo caminho. Quando estiver certo da sua decisão, avance sem medo! Confie mais em si Por vezes é assaltado por sensações que, ainda que muitas vezes não saiba bem explicar porquê, lhe dizem para se retrair. Nestas situações seja mais confiante e ao ponderar as suas decisões  acredite nos seus instintos.  Tente prever a mudança Ao tomar uma decisão imagine tudo aquilo que esta possa acarretar. Por exemplo, e imaginando que está a ponderar mudar de emprego , pense: imagina-se no seu novo emprego? E como passará a ser a sua nova rotina? Parece-lhe bem? Se essa visão for positiva pode considerar aceitar ou avançar com a candidatura a esse novo emprego, porque acredita que lhe trará um futuro promissor, mas se as dúvidas lhe turvam a visão, não lhe permitindo visualizar o que quer que seja, e quem sabe ainda o deixam angustiado, talvez seja preferível manter-se para já onde está. Não se deixe vencer pelo medo Tomar decisões implica muitas vezes grandes mudanças, e nem sempre estamos preparados para isso. De facto, o medo pode mesmo ser o pior vilão na hora de tomar uma decisão, pelo que se torna mesmo imperativo refletir muito bem sobre a sua decisão. No entanto, não deixe que seja o medo a guiar as suas decisões, impedindo-o de concretizar o que quer que seja que tenha vontade de fazer. Ou seja, seja sensato mas ao mesmo tempo ousado, para que consiga destacar-se dentro do mercado de trabalho .  Tenha um plano B, C e - porque não - D? Por melhor que lhe pareça a sua decisão inicial, esta poderá eventualmente acabar por revelar-se uma má escolha e terá que estar preparado para resolver esse problema e até mesmo redefinir os seus planos . Por isso, além de considerar se deve ou não realizar determinada escolha, deve também pensar em planos alternativos. Desta forma dificilmente terá apanhado desprevenido e poderá seguir com a sua carreira tranquilamente, uma vez os obstáculos não são assim tão grandes como inicialmente aparentavam. Quer saber mais? Veja todas as notícias



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/destaque/noticia/2017/10/23/1156179/aprenda-fazer-boas-escolhas-tomar-melhores-decises.html







IPN “dá a mão” a novas ideias para negócios no meio rural

27-Outubro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



Já arrancou a segunda edição do Concurso de Ideias de Negócio “Smart Rural Contest”, promovido pela Incubadora do Instituto Pedro Nunes, no âmbito do projeto “Smart Rural, Smart HIESE”, que tem[...] O post IPN dá a mão a novas ideias para negócios no meio rural aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/ipn-da-mao-novas-ideias-negocios-no-meio-rural/







Militares prolongam vigilância no terreno até terça-feira

27-Outubro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



As 87 patrulhas diárias de militares dos três ramos das Forças Armadas vão prolongar o trabalho no terreno até terça-feira para vigilância e dissuasão dos incêndios florestais devido às previsões[...] O post Militares prolongam vigilância no terreno até terça-feira aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/patrulhas-militares-prolongam-vigilancia-no-terreno-ate-terca-feira/







Segunda rodada do pré-sal termina com três dos quatro blocos contratados

27-Outubro-2017 - ebc.com.br



A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) fechou contratos de partilha na produção para três dos quatro blocos oferecidos na 2ª Rodada de Licitação, realizada no fim da manhã de hoje (27). Os blocos contratados renderam R$ 3,3 bilhões em bônus de assinatura e a previsão de R$ 304 milhões em investimentos. O primeiro bloco ofertado, Sudoeste de Tartaruga Verde, na Bacia de Campos, não recebeu oferta inicialmente. O bloco chegou a ser oferecido mais uma vez no fim da rodada, segundo as regras divulgadas na semana passada pela ANP, mas novamente não houve oferta. Em seguida, o bloco Sul de Gato do Mato, na Bacia de Santos, foi arrematado por um consórcio formado pela Shell (80%) e Total E P do Brasil (20%). As empresas ofereceram 11,53% da produção excedente de óleo para a União, equivalente ao percentual mínimo previsto no edital do leilão. No regime de partilha, que vigora nos contratos do pré-sal, o excedente em óleo é o percentual de produção que as empresas oferecem para a União. O leilão estabelece um percentual mínimo (de oferta), e o consórcio que apresenta a maior oferta vence a disputa. No caso do Entorno de Sapinhoá, também na Bacia de Santos, houve disputa entre dois consórcios com participação da Petrobras. O vencedor foi o consórcio em que a estatal tinha participação de 45%, com 30% da Shell e 25% da Repsol Sinopec, com uma oferta de 80% do percentual mínimo excedente. A proposta representou ágio de 673,69%. No bloco Norte de Carcará, também houve disputa, e o consórcio formado pelas companhias Statoil (40%), ExxonMobil (40%) e Petrogal (20%) fez a melhor proposta, com 67,12% de excedente em óleo para a União. A Shell fez uma oferta sozinha, mas ofereceu 50,46% de óleo retornável. O ágio oferecido pelo consórcio vencedor, nesse caso, foi de 209,99%. 3ª Rodada A Agência Nacional do Petróleo está dando início neste momento à oferta dos quatro blocos para exploração e produção de petróleo no polígono do pré-sal. Estão sendo ofertados blocos localizados nas bacias de Campos e Santos, envolvendo os prospectos de Pau Brasil, Peroba, Alto de Cabo Frio-Oeste e Alto de Cabo Frio-Central. O bônus de assinatura para os prospectos da 3ª Rodada totalizam R$ 4,35 bilhões. Nessa rodada, a Petrobras manifestou o direito de preferência para atuar como operadora em dois dos quatro blocos: Peroba e Alto de Cabo Frio Central,



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/segunda-rodada-do-pre-sal-termina-com-tres-dos-quatro-blocos-contratados







Petrobras não podia se dar o luxo de perder blocos arrematados, diz Parente

27-Outubro-2017 - ebc.com.br



O presidente da Petrobras, Pedro Parente, explicou na tarde de hoje (27) que as ofertas elevadas dos consórcios com participação da estatal nos leilões do pré-sal buscavam garantir os contratos, em um cenário em que os concorrentes eram empresas de grande porte e que demonstravam interesse nos blocos. A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) realiza leilão de blocos do pré-sal Tomaz Silva/Agência Brasil "Esse é um processo em que você tem que ter duas informações fundamentais. A primeira é: qual é o máximo que você está disposto a pagar. E essa discussão leva em conta o resultado que se espera desse campo e um processo que tem uma governança e é aprovado pelo conselho da empresa", disse Parente. "A segunda informação relevante é o grau de competição nos leilões. O que observamos é que eram só grandes empresas globais e um alto grau de interesse. Nessa situação, não podíamos nos dar o luxo de perder as oportunidades, razão pela qual fomos nos valores que estávamos autorizados a pagar". A Petrobras participa dos consórcios que arremataram três dos seis leilões que receberam propostas na segunda e na terceira rodadas de partilha da produção de petróleo e gás natural no pré-sal, realizadas hoje (27) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Na terceira rodada, a estatal participou do consórcio que arrematou o bloco de Peroba, na Bacia de Santos, com a CNODC e a BP Energy. O percentual de excedente em óleo oferecido para a União foi de 76,96%, contra 65,64% e 61,07% das outras propostas. O bloco teve o maior ágio da rodada, com a proposta 454,07% acima do mínimo exigido no edital. No bloco de Alto de Cabo Frio Central, também na terceira rodada, a Petrobras e a BP Energy ofereceram um excedente de 75,86% o percentual mínimo exigido era de 21,38%. Na segunda rodada, o consórcio liderado pela Petrobras fez a maior oferta dos dois leilões pelo bloco do entorno de Sapinhoá: um excedente de óleo de 80%, que representou um ágio de 673,69% sobre o mínimo exigido pelo edital. Parente explicou também por que a Petrobras não fez proposta pelo bloco Norte de Carcará, que exigia o maior bônus de assinatura e também o maior percentual mínimo de óleo excedente. Ele lembrou que a Petrobras venceu sua parte no campo há um ano e meio e não faria sentido mudar de posição agora e voltar a ele para a produção na camada pré-sal. "Embora seja um campo de altíssima qualidade, tem características que não são parecidas com os demais blocos que temos no pré-sal", afirmou, acrescentando que o bloco iria requerer investimentos de R$ 8 bilhões a R$ 10 bilhões, além de equipamentos de um padrão diferente dos utilizados em outros campos. "É um campo que tem pressão muito elevada e um grau de CO 2 [gás carbônico] muito elevado, o que nos levaria a ter que investir em equipamentos específicos." O presidente da Petrobras disse ainda que a empresa continuará a apostar na qualificação de seu portfólio nas próximas rodadas, marcadas para o ano que vem, estudando o retorno esperado e o risco de cada uma das áreas.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/petrobras-nao-podia-se-dar-ao-luxo-de-perder-blocos-arrematados-diz-parente







Serviços do Estado vão passar a pagar para fiscalizar doenças dos funcionários

27-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



Os serviços do Estado vão passar a pagar à ADSE pela fiscalização das doenças ou dos acidentes de trabalho. Os preços foram publicados esta sexta-feira em Diário da República.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/servicos-do-estado-vao-passar-a-pagar-para-fiscalizar-doencas-dos-funcionarios







Dyogo Oliveira diz que vitória de estrangeiras favorece exploração do pré-sal

27-Outubro-2017 - ebc.com.br



A vitória de empresas estrangeiras nos leilões de exploração do pré-sal reforça o acerto do fim da Petrobras como operadora única dos poços, escreveu o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, em uma sequência de comentários na rede social Twitter. Ele postou que a abertura da concorrência favorece a exploração da camada do pré-sal e contribui para a criação de empregos. A vitória de empresas estrangeiras reforça o acerto em abrir o leilão para a participação de outros operadores explorarem o pré-sal sem a Petrobras, escreveu o ministro. Ele destacou que, das oito áreas ofertadas, três foram arrematadas por consórcios liderados pela Petrobras e três ficaram nas mãos de petroleiras estrangeiras. Segundo o ministro, o resultado da segunda e terceira rodadas dos leilões, que arrecadou R$ 6,15 bilhões, com ágio médio de 264,4%, foi bem-sucedido, com percentuais elevados de participação do óleo que ficarão nas mãos do Estado. O resultado contribuirá na geração de empregos de alta complexidade, renda e é demonstração de confiança das empresas nacionais e internacionais, destacou o ministro. Dyogo Oliveira, no entanto, disse que a União poderia arrecadar mais no curto prazo, caso o regime fosse de concessão, não de partilha. No entanto, o modelo utilizado no leilão, que é o regime de partilha, não favorece recuperação de receita para União este ano em favor do recebimento de petróleo no futuro, concluiu o ministro Dyogo Oliveira. No regime de concessão, usado nos poços tradicionais de petróleo, o consórcio vencedor é dono de todo o petróleo extraído, mas paga royalties e participação especial ao governo. No regime de partilha, o Estado é dono da maior parte do petróleo extraído e só recebe o dinheiro ao vender o combustível no mercado. As empresas ficam apenas com o óleo necessário para cobrir os custos de exploração e de uma parcela do lucro. CNI A Confederação Nacional da Indústria (CNI) considerou positivo o resultado dos leilões do pré-sal. Para a entidade, o sucesso nos leilões fortalece a economia do país. O resultado dos leilões confirma o potencial do Brasil para investimentos estrangeiros na área de petróleo e colabora para a recuperação da economia brasileira e a retomada dos empregos, destacou a confederação em nota. Para a CNI, o fim da obrigatoriedade de a Petrobras ser a operadora única na área do pré-sal favoreceu a concorrência e elevou a arrecadação dos leilões. Mesmo com os baixos preços do petróleo, em razão da sobreoferta, os campos ofertados no pré-sal são atraentes para o capital estrangeiro em razão do alto potencial de produtividade, concluiu a nota da entidade. Firjan Para o Sistema Firjan, os leilões do pré-sal confirmaram o início de um novo ciclo de investimentos e reforçaram a disposição do governo brasileiro com o cumprimento do calendário regular de leilões. Por meio de nota, a entidade informou que a periodicidade dos leilões traz previsibilidade para que a indústria possa planejar seus investimentos, "fator chave para que o Brasil garanta sua atratividade no cenário mundial. É essencial a inserção da indústria nacional nos investimentos de petróleo e gás, como forma de também gerar demanda por energia e produtos derivados do próprio mercado, numa economia circular virtuosa". De acordo com a Firjan, as rodadas desta sexta-feira marcaram também o primeiro leilão para exploração do pré-sal brasileiro depois do fim da cláusula de obrigação do operador único na Lei da Partilha. Acrescentou que o fim do operador único evita que a rede de fornecedores trabalhe com apenas um único cliente, reduzindo a vulnerabilidade econômica do país e, por isso, vital para a retomada do crescimento da indústria. Na nota, a Firjan esclarece que a identificação das demandas de bens e serviços, "necessárias para o desenvolvimento dessas áreas estratégicas, é fundamental para que as empresas do encadeamento produtivo possam produzir nos patamares desejáveis, com escala necessária para a indústria do petróleo e gás alcançar maior produtividade. "O Rio de Janeiro será o principal favorecido com o desenvolvimento das áreas arrematadas durante o leilão, já que mais da metade destas áreas fazem fronteira com o estado", concluiu a nota.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/dyogo-oliveira-diz-que-vitoria-de-estrangeiras-favorece-exploracao-do-pre







Leilões do pré-sal arrecadam R$ 6,15 bilhões e vendem 75% da área ofertada

27-Outubro-2017 - ebc.com.br



Os dois leilões de áreas do polígono do pré-sal das bacias de Santos e Campos, constantes da 2ª e 3ª rodadas realizados hoje (27) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) conseguiram arrecadar para os cofres da União R$ 6,15 bilhões em bônus, vendendo seis dos oito blocos ofertados o equivalente a 75% de toda a área ofertada. Vão ainda propiciar R$ 760 milhões em investimentos nos próximos anos. O resultado foi comemorado pelo ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, e pelo diretor-geral da ANP, Décio Oddoni. Para o ministro, as duas rodadas registraram resultados acima da expectativa e recolocaram o Brasil no cenário mundial do petróleo, além de trazer investimentos para o país. A previsão é que os blocos leiloados vão propiciar R$ 760 milhões em investimentos nos próximos anos. Agência Brasil O resultado excelente obtido hoje é fruto do trabalho desenvolvido, e mostra acima de tudo a confiança retomada junto às grandes empresas internacionais. Os percentuais de óleo excedentes ofertados pelas empresas ultrapassaram em muito o que esperávamos. Eu estou muito feliz com o sucesso estrondoso do leilão. Sobre a possibilidade de o Congresso vir a promover mais mudanças na Lei de Partilha, o ministro disse que o leilão atestou o êxito das alterações na lei, mas que o governo está aberto a sugestões que levem ao aperfeiçoamento das regras dos leilões. Para Décio Oddoni, as duas rodadas de hoje demonstraram que o Brasil está de volta ao cenário do mercado de petróleo mundial. Na 2ª Rodada, o ágio do excedente em óleo ofertado alcançou 260,98%, e na 3ª Rodada, 202,18%. A 1ª Rodada de Partilha, realizada em 2013, que ofereceu a área de Libra, teve ágio zero, uma vez que a área foi arrematada pelo excedente em óleo mínimo definido no edital. Para a ANP, o sucesso das rodadas reflete as mudanças regulatórias realizadas pelo governo brasileiro, que tornaram o ambiente de negócios no País mais atraente a empresas de diferentes portes, e a própria atratividade das áreas, uma vez que o pré-sal brasileiro possui um dos maiores potenciais de reservas a serem desenvolvidas no planeta. Entre os aprimoramentos na legislação, está o fim da obrigatoriedade de a Petrobras ser operadora única no pré-sal, abrindo oportunidade para a entrada de outras empresas. De acordo com a legislação atual, a Petrobras tem o direito de preferência para atuar como operadora nos blocos do pré-sal. A empresa optou por ser operadora no bloco unitizável (com jazidas adjacentes a campos ou prospectos de reservatórios que ultrapassam a área contratada) ao Campo de Sapinhoá (Entorno de Sapinhoá), da 2ª Rodada, e também nos blocos de Peroba e Alto de Cabo Frio - Central, da 3ª Rodada. Nos três blocos, as ofertas vencedoras foram de consórcios liderados pela própria Petrobras. 2ª Rodada Na 2ª Rodada de Licitação, realizada no fim da manhã de hoje (27), os blocos contratados renderam R$ 3,3 bilhões em bônus de assinatura e a previsão de R$ 304 milhões em investimentos. O primeiro bloco ofertado, Sudoeste de Tartaruga Verde, na Bacia de Campos, não recebeu oferta inicialmente. O bloco chegou a ser oferecido mais uma vez, no fim da rodada, segundo as regras divulgadas na semana passada pela ANP, mas novamente não houve oferta. Em seguida, o bloco Sul de Gato do Mato, na Bacia de Santos, foi arrematado por um consórcio formado pela Shell (80%) e Total E P do Brasil (20%). As empresas ofereceram 11,53% da produção excedente de óleo para a União, equivalente ao percentual mínimo previsto no edital do leilão. No caso do Entorno de Sapinhoá, também na Bacia de Santos, houve disputa entre dois consórcios com participação da Petrobras. O vencedor foi o consórcio em que a estatal tinha participação de 45%, com 30% da Shell e 25% da Repsol Sinopec, com uma oferta de 80% do percentual mínimo excedente. A proposta representou ágio de 673,69%. No bloco Norte de Carcará, também houve disputa, e o consórcio formado pelas companhias Statoil (40%), ExxonMobil (40%) e Petrogal (20%) fez a melhor proposta, com 67,12% de excedente em óleo para a União. A Shell fez uma oferta sozinha, mas ofereceu 50,46% de óleo retornável. O ágio oferecido pelo consórcio vencedor, nesse caso, chegou a 209,99%. 3ª Rodada Na 3ª rodada também foram ofertados quatro blocos para exploração e produção de petróleo no polígono do pré-sal: Pau Brasil, Peroba, Alto de Cabo Frio-Oeste e Alto de Cabo Frio-Central. O bônus de assinatura para os prospectos da 3ª Rodada totalizam R$ 4,35 bilhões. Nessa rodada, a Petrobras manifestou o direito de preferência para atuar como operadora em dois dos quatro blocos: Peroba e Alto de Cabo Frio-Central. No regime de partilha, que vigora nos contratos do pré-sal, o excedente em óleo é o percentual de produção que as empresas oferecem para a União. O leilão estabelece um percentual mínimo (de oferta), e o consórcio que apresenta a maior oferta vence a disputa. Estiveram presentes no evento os diretores da ANP, ex-diretores e autoridades, além do ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Wellington Moreira Franco, e do presidente da Petrobras, Pedro Parente.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/leiloes-do-pre-sal-arrecadam-r-r-615-bilhoes-e-vendem-75-da-area-ofertada







Consórcios arrematam três dos quatro blocos do pré-sal na 3ª rodada

27-Outubro-2017 - ebc.com.br



Consórcios de empresas petrolíferas arremataram três dos quatros blocos oferecidos hoje (27) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) na Terceira Rodada de Partilha na produção do pré-sal. O leilão ofereceu áreas em que ainda é necessária atividade exploratória e acumulou um bônus de assinatura de R$ 2,85 bilhões, com uma previsão de R$ 456 milhões em investimentos. O único bloco que não recebeu propostas foi Pau Brasil, na Bacia de Santos. Com os bônus de assinatura da segunda e terceira rodadas, somados, o governo federal arrecadou R$ 6,15 bilhões. O primeiro bloco ofertado pela ANP, Peroba, na Bacia de Santos, recebeu propostas de três consórcios. O vencedor tinha 40% de participação da Petrobras, 20% da CNODC e 40% da BP Energy. O percentual de excedente em óleo oferecido (para a União) foi de 76,96%, contra 65,64% e 61,07% das outras propostas. O bloco teve o maior ágio da rodada, com a proposta 454,07% acima do mínimo exigido no edital. No regime de partilha, que vigora nos contratos do pré-sal, o excedente em óleo é o percentual oferecido pelas empresas à União, para poder produzir nos blocos. O leilão estabelece um percentual mínimo, e o consórcio que apresentar a maior oferta vence a disputa. No segundo bloco, Alto de Cabo Frio Oeste, na Bacia de Santos, apenas o consórcio liderado pela Shell (55%) apresentou proposta, e arrematou com o percentual mínimo de excedente em óleo, 22,87%. Fazem parte do grupo de empresas a QPI Brasil (25%) e a CNOOC Petroleum (20%). O terceiro bloco ofertado, Alto de Cabo Frio Central, na Bacia de Campos, recebeu propostas de dois consórcios, com a vitória do dividido meio a meio entre a Petrobras e a BP Energy. As empresas ofereceram um percentual de excedente em óleo de 75,86%, quando o percentual mínimo exigido era de 21,38%. O ágio sobre o mínimo exigido no edital foi de 254,82%.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/consorcios-arrematam-tres-dos-quatro-blocos-do-pre-sal-na-3a-rodada







CNI: Índice de ociosidade da construção civil está em 42%

27-Outubro-2017 - ebc.com.br



Ociedade é fruto da baixa atividade no setor, diz CNI Antonio Cruz/Arquivo/Agência Brasil A construção civil apresentou, em setembro, um nível de ociosidade alto, com 42% das máquinas e equipamentos e pessoal parados. De acordo com a Sondagem Indústria da Construção, divulgada nesta sexta-feira (27) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), a ociosidade é fruto da baixa atividade do setor. O levantamento mostra que o nível de utilização da capacidade de operação do setor de construção civil ficou em 58% em setembro. De acordo com a CNI, o índice de evolução do nível de atividade ficou em 46,4 pontos em uma escala de 0 a 100 pontos. O resultado obtido em setembro é 0,3 ponto inferior ao registrado no mês de agosto. Ainda segundo a sondagem, o indicador relativo ao número de empregados recuou para 45,2 pontos, ficando 0,6 ponto abaixo do de agosto. Nessas escalas, valores abaixo de 50 pontos indicam queda na atividade e no emprego. As dificuldades, no entanto, não parecem ter prejudicado a confiança dos empresários, uma vez que o Índice de Confiança do Empresário da Construção aumentou pelo terceiro mês seguido, ficando acima de 50 pontos margem que separa o otimismo do pessimismo em outubro. Nesse quesito, o índice ficou em 53,8 pontos. O resultado está acima da média histórica, de 52,6 pontos. Na avaliação da CNI, o indicador demonstra otimismo do empresariado com as condições da economia e das empresas nos próximos seis meses. A alta é explicada pela melhor avaliação do componente de expectativa, que aumentou 0,6 ponto entre setembro e outubro, passando de 57 pontos para 57,6 pontos. O indicador referente às condições atuais manteve-se estável, em 46,1 pontos, e continua a indicar piora das condições correntes de negócios, diz o levantamento da CNI. Em nota, a economista da CNI Flávia Ferraz considera a redução dos juros e a recuperação gradual da economia decisivas para a melhora da confiança dos empresários do setor. "A construção depende muito de financiamentos e, com a queda dos juros, caem os custos dos empréstimos para os compradores de imóveis e para as empresas que precisam de financiamentos", afirma Flávia. Segundo a CNI, os empresários estão apostando na recuperação das atividades do setor, com o indicador de intenção de investimentos subindo para 30,4 pontos, valor 2,8 pontos superior ao registrado em outubro de 2016. Entre os problemas apontados pela pesquisa estão a carga tributária, com 32,3% das menções. a demanda interna insuficiente (30,6%). a falta de capital de giro (27,7%.). e a taxa de juros elevada (27,2%). A Sondagem Indústria da Construção de setembro foi feita entre 2 e 17 de outubro com 615 empresas (204 de pequeno porte. 287 de médio; e 124 de grande porte.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/cni-indice-de-ociosidade-da-construcao-civil-esta-em-42







O NATAL ACABA DE CHEGAR À NOTE!

27-Outubro-2017 - cision.com



Link com imagens: https://we.tl/mvp6eNe82v (https://na01.safelinks.protection.outlook.com/?url=https%3A%2F%2Fwe.tl%2Fmvp6eNe82v&data=02%7C01%7CCristina.Neto%40cision.com%7C034ad3ac560e4e59721808d51c57697f%7C887bf9ee3c824b88bcb280d5e169b99b%7C1%7C0%7C636446084130782340&sdata=ehze2KarRb1rAMU0msc0drnYoXIYUVDKJZ1jjQGYZ%2Bs%3D&reserved=0) Já está a pensar nos preparativos para o Natal? Na note! é possível encontrar ideias fantásticas para ajudar a completar a lista de presentes da quadra mais mágica do ano! Seja para oferecer nos jantares da empresa, àquela colega de trabalho, ou mesmo



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/note-/r/o-natal-acaba-de-chegar-a-note-,c636446153590000000







Intervenção individualizada na Trissomia 21 e identidade social no grupo escolar : Estudo de Caso

27-Outubro-2017 - rcaap.pt



Este trabalho, intitulado de Intervenção individualizada na Trissomia 21 e identidade social no grupo escolar, assume-se como um projeto de investigação com uma metodologia de estudo de caso. Insere-se na unidade curricular de Seminário Projeto – área Problemas Cognitivos e Motores do Curso de Pós-graduação em Educação Especial da Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti. Ao estudar um grupo social escolar (turma), procuram compreender-se as noções de identidade social e de pertença que contribuem para os processos e relações interpessoais e grupais das crianças com Trissomia 21 e dos seus pares. A pertinência deste interesse investigativo é fundamentada nas necessidades verificadas no Agrupamento de Escolas do autor, face às recentes políticas avaliativas, das quais se destacam os fatores de Diferenciação de apoios educativos e das medidas específicas de integração dos alunos com Necessidades Educativas Especiais. Assim, quanto à organização e estrutura, este trabalho fundamenta-se, numa primeira parte de enquadramento teórico, com um primeiro capítulo sobre a Trissomia 21: conceptualização, síntese histórica, epidemiologia e etiologia, rastreio pré-natal e diagnóstico, genética e tipos, sinais invariáveis e caraterísticas, desenvolvimento e intervenção e princípios educacionais. O segundo capítulo do enquadramento teórico remete para o tema da identidade social: Teoria, categorização social continuum interpessoal-intergrupal, diferenciação intergrupal, mobilidade social e mudança social e a articulação da identidade social e o grupo escolar. A segunda parte do trabalho é a componente empírica do estudo de caso subdividida em: enquadramento da metodologia (onde se destaca o desenho inicial da investigação), problema e objetivos da investigação, construção da amostra, metodologias, anamnese (resumo) e percurso escolar, caraterização da realidade pedagógica, procedimentos e resultados. Nas considerações finais, encontram-se as limitações e/ou obstáculos à investigação e as propostas ou desafios do profissional que, com este projeto, culmina o curso supracitado e principia novas responsabilidades educativas.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/20.500.11796/2518







Relatórios de Estágio realizado na Farmácia da Vilarinha e no Hospital Universitário Virgen de las Nieves

27-Outubro-2017 - rcaap.pt





Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10216/107694







Análise e Melhoria do Processo Produtivo da Empresa Manitowoc

27-Outubro-2017 - rcaap.pt



Hoje em dia, a flexibilidade é cada vez mais exigida às organizações, de forma a responderem eficientemente aos variados pedidos dos clientes. A implementação de ferramentas Lean requer uma grande transformação na cultura da empresa, mas, por outro lado, acarreta enormes vantagens e dota-a de uma grande capacidade de adaptação. 5S é a base dos sistemas de produção Lean. Não se trata apenas de uma ferramenta de limpeza da área de trabalho, trata-se de um método de triagem, organização, limpeza e padronização que visa, não só a melhoria do processo produtivo, mas também promover o hábito das boas práticas laborais e pessoais. O presente trabalho reflete o estágio realizado em contexto industrial na empresa Manitowoc Crane Group Portugal, consistindo, essencialmente, na análise do sistema produtivo, com o objetivo de encontrar soluções Lean para os problemas existentes. Este projeto tem o propósito de melhorar as células de produção de forma a torna-las um local mais seguro para trabalhar e, ao mesmo tempo, construir uma base para implementação de outras atividades de melhoria no futuro. Foi desenvolvido um planeamento de todas as tarefas a executar, iniciando-se o trabalho pela criação de toda a documentação necessária, calendarização e definição de áreas, células piloto, equipas e fluxo de operações, visando a implementação semanal da metodologia 5S através de atividades kaizen. Este processo iniciou-se nas duas Células Piloto, de forma a verificar se o planeamento estava em perfeitas condições para se avançar, e, posteriormente, implementado célula a célula em toda a área produtiva. Todas as células têm as suas especificidades e por isso, semanalmente, foram identificados problemas, estudadas soluções e implementadas as melhorias, de forma, não só a seguir a metodologia 5S, as também, a melhorar o processo com outras ferramentas e ações necessárias, como por exemplo, Gestão Visual ou alterações de layout. Pretende-se que estas ferramentas implementadas nas células de produção permitam melhorar a segurança nos postos de trabalho, aumentar a produtividade e eliminar ou reduzir ao máximo o desperdício. Tendo por base a ideologia Lean “fazer mais com menos”, as melhorias realizadas não trazem despesas significativas, porém, com o seu impacto é possível reduzir a quantidade de erros, melhorar a qualidade do produto final, aumentar a performance, aumentar a confiabilidade nos prazos de entrega e, consequentemente, aumentar a moral e o orgulho dos trabalhadores.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.22/10351







Epidemiologia de ß-Lactamases Adquiridas do tipo AmpC em Isolados Clínicos Humanos de Enterobacteriaceae

27-Outubro-2017 - rcaap.pt



Os ß-lactâmicos constituem antibióticos de primeira linha no tratamento de infecções causadas por Enterobacteriaceae, mas a resistência a estes compostos tem aumentado progressivamente, sendo uma das principais causas a produção de ß-lactamases. Nestas incluem-se as AmpC adquiridas (qAmpC), cujos genes codificantes coexistem habitualmente com genes de resistência a outros antibióticos na mesma plataforma genética, limitando as opções terapêuticas. O objectivo global do presente trabalho consistiu em analisar a contribuição da expansão clonal e da transferência horizontal de genes na disseminação de Enterobacteriaceae produtoras de qAmpC (sem AmpC indutivel). Foram analisados 675 isolados clínicos provenientes de 5 instituições de saúde Portuguesas (Norte e Centro). A identificação bacteriana e a avaliação da susceptibilidade aos antibióticos foram realizadas por métodos universalmente aceites. A caracterização das qAmpC incluiu a realização do teste do ácido borónico, o teste do duplo sinergismo entre cefoxitina e a ceftazidima ou a cefotaxima, e a identificação de genes blaqAmpC por PCR e sequenciação. Efectuou-se também a análise da estrutura populacional, da transferibilidade de blaqAmpC, e análise plasmídica. O ambiente genético em torno dos genes blaqAmpC foi também pesquisado (PCR, sequenciação). A expressão de AmpC foi observada em 59% (59/100) dos isolados identificados como presumíveis produtores de qAmpC, detectando-se apenas entre os isolados resistentes à cefoxitina (66%, 59/89). Em 50% (50/100) dos isolados detectaram-se dois tipos distintos de genes blaqAmpC, identificados como blaDHA-1 (94%, n=47/50) e blaCMY-2 (6%, n=3/50). A co-produção de ß-lactamases de espectro alargado (ESBLs), predominantemente do tipo SHV, é comum entre os isolados produtores de qAmpC. Reportam-se associações de genes blaqAmpC e blaESBL nunca antes descritas. Em todos os isolados produtores de qAmpC se observou fenótipo de multirresistência, verificando-se elevadas taxas de resistência à maioria dos antibióticos: canamicina (98%), tobramicina (96%), sulfonamidas (96%), ceftazidima (94%), cefotaxima (88%), aztreonamo (84%), ciprofloxacina (82%), trimetoprim (80%), cloranfenicol (78%) e tetraciclina (70%). Os antibióticos com menores taxas de resistência foram: o meropenemo (0%), o imipenemo (4%), a cefepima (8%), a tigeciclina (8%) e a amicacina (26%). Genes blaDHA-1 ocorreram em diferentes espécies, K. pneumoniae (n=41), K. oxytoca (n=4) e E. coli (n=2), durante todo o período de estudo e na maioria das instituições analisadas, verificando-se uma grande diversidade clonal (n=14). Entre os isolados de K. pneumoniae produtores de DHA-1 foram identificados os clones ST11 (n=14, 2 tipos de PFGE) e ST443 (n=1), nos quais se confirmou a presença de blaDHA-1 em plasmídeos não transferíveis pertencentes ao grupo de incompatibilidade IncR (50kb e 180 kb, respectivamente). Em K. oxytoca e E. coli blaDHA-1 detectou-se em plasmídeos não transferíveis pertencentes ao grupo de incompatibilidade IncHI2 (300 e 350 kb, respectivamente) Estas associações nunca antes foram descritas. Genes blaCMY-2 ocorreram apenas em E. coli (n=3), durante o período 2006-2007 e apenas em duas das instituições analisadas, verificando-se a presença de distintos clones (n=3) pertencentes ao grupo filogenético B1. Em dois clones, um dos quais da linhagem clonal ST101, blaCMY-2 foi encontrado em plasmídeos conjugativos de incompatibilidade IncK de 80 kb, enquanto no terceiro clone (B1-fumC65) blaCMY-2 se detectou em plasmídeos não transferíveis de incompatibilidade IncA/C2 de 150 kb. A epidemiologia de isolados produtores de qAmpCs em Portugal é complexa, parecendo envolver a disseminação de clones e/ou plasmideos no caso de blaDHA-1, e predominantemente plasmídeos, mas também sequências de inserção do tipo ISEcp1 no caso de blaCMY-2.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10284/6221







A influência do envolvimento físico na aptidão aeróbia, adiposidade, hábitos alimentares e participação desportiva em alunos dos 5º e 7º anos da RAM

27-Outubro-2017 - rcaap.pt



O presente estudo pretende analisar a influência que o Envolvimento Físico circundante à Escola tem, nos níveis de Aptidão Aeróbia e Adiposidade, consumo de determinados produtos alimentares (Alimentos Processados, Bebidas Açucaradas, Frutas e Hortícolas), Historial Desportivo e Participação desportiva em alunos do 5º e 7º ano de escolaridade da Região Autónoma da Madeira. Metodologia: Participaram no presente estudo 1275 sujeitos, de ambos os sexos, provenientes de 4 escolas da RAM, tendo sido avaliados nos seguintes parâmetros: a) Composição Corporal (Peso, Altura, Prega Tricipital, Prega Geminal e Perímetro da Cintura Médio); b) Aptidão Aeróbia (Vaivém); c) Historial Desportivo e Participação Desportiva; d) Comportamentos Alimentares (Consumo, Conhecimento e Atitudes Alimentares). A percentagem de Massa Gorda (%MG) foi calculada através da equação de Slaughter et al. (1988) e os sujeitos classificados em níveis de Adiposidade de acordo com as categorias de risco de Lohman (1987). Todos os participantes foram igualmente categorizados ao nível do estado nutricional através dos valores de referência apresentados por Cole et al. (2000 e 2007), para o Índice de Massa Corporal. Os dados referentes ao historial desportivo, participação desportiva e os comportamentos alimentares (Wilson et al., 2008) foram determinados através da aplicação de questionários. O Envolvimento Físico caracterizou-se por observação directa das características dos espaços circundantes às escolas (raio de 800m) e por entrevista aos funcionários / proprietários dos estabelecimentos alimentares. Resultados: Verificamos a existência de 84 estabelecimentos alimentares num raio de 800m, em que aproximadamente 91,7%, oferecem alimentos processados e bebidas açucaradas. Relativamente à população 1 em cada 3 apresenta excesso de peso ou obesidade, 60% apresenta uma aptidão aeróbia abaixo da zona saudável, e 47% possui a Educação Física como única actividade física organizada e regular. Em média consomem 8 alimentos processados e 10 bebidas açucaradas por semana. Através da regressão logística constatamos que a escola revelou-se um preditor (OR:1,254; 1,0451,504) de %MG alta ou muito alta assim como o historial desportivo (OR:1,212; 1,0701,373).



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.13/1670







Relatório de estágio: relatório da pratica especializada em enfermagem de saúde mental e psiquiatria

27-Outubro-2017 - rcaap.pt



O presente relatório contempla uma reflexão crítica referente aos Ensinos Clínicos I, II e III realizados no âmbito do Curso de Pós-Licenciatura em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria da Escola Superior de Enfermagem de Leiria, bem como à minha atividade profissional atual. Os objetivos consistem em refletir acerca das intervenções realizadas ao longo dos ensinos clínicos, tendo por base uma prática de enfermagem especializada, bem como contribuir para o desenvolvimento e inovação em Enfermagem, através da realização de um estudo de investigação intitulado: "O impacto da psicoterapia na diminuição da ansiedade em doentes deprimidos". A depressão é considerada pelo Plano Nacional de Saúde 2000-2010 como um problema primordial de saúde pública, em que uma em cada quatro pessoas em todo o mundo sofre, irá sofrer ou sofreu de depressão, assim como um em cada cinco dos utentes dos cuidados de saúde primários portugueses se encontra deprimido aquando da primeira consulta. O estudo realizado é quantitativo do tipo longitudinal, quase experimental antes e depois, sem grupo de controlo. Caracteriza-se pela aplicação de um questionário de avaliação de dados sociodemográficos e clínicos de cada utente, bem como da escala HDA, seguindo-se a aplicação de 8 sessões de psicoterapêuticas individual e, por fim, aplicação final da escala HDA para avaliação da depressão e ansiedade. A amostra consistiu numa amostra não probabilística constituída por doentes com diagnóstico de depressão que se encontravam internados no serviço de psiquiatria do Hospital Distrital de Santarém. No tratamento de dados foi utilizado um estudo quase experimental tipo pré-teste, pós-teste, sem grupo de controlo, com recurso a uma metodologia de estudo de caso múltiplo, contemplando uma investigação aprofundada de cada indivíduo, num total de 4 casos. Concluiu-se que nos casos apresentados, uma abordagem cognitivocomportamental apresentou um impacto positivo na redução da ansiedade, bem como na depressão, nos doentes com diagnóstico de depressão.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.8/2751







Perceções da língua em uso e da gramática normativa no contexto escolar e social.

27-Outubro-2017 - rcaap.pt



As primeiras comunicações escritas (desenhos) de que há notícias são das inscrições nas cavernas 8.000 anos a. C.. Desde então, compreendeu-se que a comunicação é uma atividade essencial para a vida em sociedade, pois através dela os seres em geral partilham diferentes informações e experiências. Este processo de comunicação consiste na transmissão de informação entre um emissor e um receptor que descodifica (interpreta) uma determinada mensagem. A mensagem pode ser em formato variado: podem ser gestos, sons, uma língua natural (português, inglês, espanhol, etc.), e transportada até o destinatário através de um canal de comunicação. Para que a mensagem alcance o seu destinatário são necessários alguns elementos: emissor, receptor, código, mensagem, canal e referente. Em se tratando da comunicação verbal, quer seja oral ou escrita, há que se respeitar as regras gramaticais estabelecidas por uma língua materna. Para isso, justifica-se a realização deste Projeto de Pesquisa, que é composto de três capítulos. No primeiro, destaca-se a cidade de São Luís, onde localiza-se a escola na qual realizei minha prática de ensino. No segundo capítulo fazse a descrição do processo de prática de ensino supervisionada. No terceiro capítulo consta a pesquisa realizada acerca da linguagem popular e da gramática normativa. A pesquisa levanta a hipótese de que a linguagem informal deve ser valorizada dentro do processo da comunicação. Em contrapartida, há que se explorar largamente o domínio da gramática normativa, através dos variados objetos culturais, a fim de que ludicamente suas regras sejam assimiladas e tornem-se parte do vocabulário natural dos usuários.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10314/3801







Metro de Lisboa só terá toda a frota em 2018

26-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



O Metro de Lisboa só prevê que a disponibilidade operacional da sua frota seja retomada no início do segundo semestre de 2018. Quanto à autorização para contratar 10 novos trabalhadores não aponta datas.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/transportes/detalhe/metro-de-lisboa-so-tera-toda-a-frota-em-2018







IADE – Universidade Europeia acolhe competição na área do Jornalismo Digital e da Inovação

26-Outubro-2017 - universia.net



Competição reúne no IADE – Universidade Europeia jornalistas, programadores e designers para o desenvolvimento de protótipos de notícias sobre os incêndios florestais A partir de sexta feira e até sábado, dia 28 de outubro, o IADE–Universidade Europeia  vai ser palco de uma competição na área do Jornalismo Digital e da Inovação promovido pela Global Editors Network (GEN), pela Associação Portuguesa de Imprensa e pelo jornal Público, com o apoio do Google News Lab. E quipas compostas por profissionais e  estudantes do IADE – Universidade Europeia Esta é a primeira etapa da 6ª Edição do Editors Lab  e vai decorrer no Campus do IADE – Universidade Europeia, em Santos, com o principal objetivo de desafiar jornalistas, programadores e designers das principais redações para uma intensa competição em jornalismo digital . Às equipas compostas por profissionais, juntar-se-á uma equipa de estudantes do IADE – Universidade Europeia. Cada equipa – composta por um jornalista, um programador e um designer - idealiza e constrói o formato jornalístico ideal e que poderá compreender experiências interativas e visuais, jogos e novas ferramentas que ajudem a aproximar os órgãos de comunicação social dos seus públicos. Esta edição terá como tema central os incêndios florestais e os projetos em competição vão ser avaliados de acordo com a qualidade editorial, utilidade para a audiência, funcionalidade e possibilidade de implementação/concretização . A competição contempla também outras atividades como workshops . Assim, no dia 27 de outubro, os participantes podem assistir a debates sobre os seguintes temas: “Como é que as tendências do Google podem ajudar a acrescentar valor e qual a importância da verificação de notícias de última hora” (11:00)  de Millán Berzosa  “Quando o incêndio deflagra: como é que o jornalismo digital pode ajudar a salvar vidas?” (12:00) Rina Tsubaki Para Carlos Rosa, diretor do IADE – Universidade Europeia, “o apoio e a associação ao Editors Lab faz todo o sentido pela aproximação aos nossos cursos das áreas tecnológicas, de Design e Ciências da Comunicação  e pela experiência única que irá proporcionar aos nossos estudantes. Estamos a preparar os profissionais do futuro e, naturalmente, estaremos sempre ao lado de projetos que promovam a excelência das áreas em que atuamos”. Fundada por profissionais de meios de comunicação de prestígio internacional, a Global Editors Network tem como objetivo capacitar os editores e chefes de redação para a inovação, quebrando as barreiras entre os meios de comunicação tradicionais e os meios digitais . Leia mais notícias Universia sobre o  IADE - Universidade Europeia .



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/cultura/noticia/2017/10/26/1156302/iade--universidade-europeia-acolhe-competicao-area-jornalismo-digital-inovacao.html







Como escrever uma boa carta de motivação

26-Outubro-2017 - universia.net



Ao candidatar-se a uma oferta de emprego deve sempre que possível acompanhar o seu currículo de uma carta de motivação ou de apresentação e ainda que se trate de um documento pessoal e como tal personalizado, algumas características são transversais e devem estar presentes. REGISTE GRATUITAMENTE O SEU CURRÍCULO ENTRE AQUI Por que razão devo criar a minha carta de motivação? Cada vez mais os processos de recrutamento implicam o preenchimento de um formulário online, ou no caso dos portais de emprego da rede Trabalhando , ao candidatar-se a uma oportunidade de emprego, na entrega de um formulário previamente criado pelo utilizador que lhe permite também anexar uma carta de motivação que vai personalizar ainda mais a sua candidatura, acabando por se destacar dos restantes candidatos. Para que serve a Carta de Motivação? A carta de motivação não é mais do que um documento que deve ser enviado juntamente com o currículo aquando de uma candidatura a um emprego. É um passo fundamental para que, quem está do outro lado, analise e perceba verdadeiramente o motivo pelo qual a pessoa se candidata a uma oportunidade de trabalho. Nos portais da rede Trabalhando http://www.trabalhando.pt/, ao candidatar-se a uma vaga de emprego está a permitir o acesso ao seu currículo e respetivos anexos: Foto , carta de motivação, cartas de recomendação , certificados, vídeo-curriculo, etc. Dicas para uma boa carta de motivação Não deverá ter mais do que 500 palavras, o equivalente a cerca de 3 parágrafos curtos; Não deverá ser manuscrita, pois corre o risco de se tornar ilegível ou de transmitir uma ideia de desleixo; Sem erros gramaticais. Use e abuse de corretores automáticos disponíveis gratuitamente online e se necessário faça uma pesquisa online. A linguagem deverá ser simples e direta; Deve apresentar os dados pessoais do candidato no topo da página do lado direito; Deve ser dirigida a uma pessoa e não apenas a uma empresa; Deve identificar claramente qual a vaga à qual se está a candidatar, explicando as suas motivações para integrar a empresa; Deve destacar os aspetos positivos do perfil do candidato que respondam aos pedidos verificados no anúncio de emprego; Deve acima de tudo ser original. A sua carta de motivação deve acima de tudo ser original. Assim, ao redigir a sua carta de motivação comece por fazer o seguinte esquema: Quais os seus pontos positivos? Se o foco incidir na sua experiência profissional, dedique um parágrafo à explicação do seu percurso e das principais competências adquiridas; se ainda não tem experiência de trabalho, foque-se no seu percurso académico, destacando atividades diferenciadoras como ações de voluntariado, atividades em núcleos de estudantes, participação no programa Erasmus, etc. Coloque-se no lugar do empregador e e xplore as seguintes questões de forma apelativa e concisa: O que gostaria de ler? Qual o seu melhor argumento de venda? Por que razão deve ser contratado? Introduza um elemento do seu perfil pessoal: Voluntariado - faz? Principais hobbies? - cinema, leitura, desporto É um pai ou mãe orgulhoso? Gosta de acampar?  Faça uma pequena menção a estas atividades extracurriculares, mas atenção, não se alongue demasiado. O objetivo e desvendar um pouco o seu “lado B”, facto que pode ser valorizado por algumas entidades empregadoras. Não se limite a demonstrar o quão benéfico para a sua carreira seria poder trabalhar na maior empresa do setor X, Y ou Z. Tem que ir mais além e demonstrar que também para a empresa será uma mais-valia contar com as suas competências na equipa. Sempre que se candidate a uma oferta de emprego , releia a sua carta de motivação e adapte o seu discurso. Lembre-se: a personalização é fulcral para conseguir atingir os seus objetivos, ou seja, conseguir uma oportunidade de emprego! E se está à procura de uma oportunidade de emprego, ou de enriquecer o seu currículo  com um estágio profissional remunerado , consulte também as oportunidades divulgadas na rede Trabalhando. Registe-se e mantenha o seu currículo atualizado para que possa candidatar-se às ofertas disponíveis. Quer saber mais? Veja todas as  notícias



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/destaque/noticia/2017/10/26/1156264/escrever-boa-carta-motivacao.html







Mistério dos salários baixos força BCE a saída lenta

26-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



Estímulos recorde que já levaram o balanço do BCE para 4,3 biliões de euros, sete milhões de empregos criados e uma recuperação a ganhar força não estão a conseguir acelerar os aumentos salariais na Zona Euro, e sem eles não há inflação sustentada. Este quebra cabeças ajuda a explicar a retirada lenta de estímulos pelo banco central.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/politica-monetaria/detalhe/misterio-dos-salarios-baixos-forca-bce-a-saida-lenta







Marcelo: ´Passo a vida a colar tudo´

26-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



O Presidente da República continuou hoje nos trabalhos manuais no segundo dia da deslocação ao grupo oriental do arquipélago dos Açores, mas agora no corta e cola, e confessou passar a vida a colar tudo.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/politica/detalhe/marcelo-passo-a-vida-a-colar-tudo







Governo Central tem segundo maior déficit primário para setembro em 21 anos

26-Outubro-2017 - ebc.com.br



A pressão de despesas obrigatórias, como o adiantamento do décimo terceiro da Previdência Social, diminuiu o ritmo de queda do déficit primário (resultado negativo nas contas do governo antes do pagamento dos juros da dívida pública). Segundo números divulgados hoje (26) pelo Tesouro Nacional, o Governo Central Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central fechou o mês passado com déficit de R$ 22,725 bilhões. Este é o segundo maior déficit registrado para o mês, só perdendo para setembro do ano passado. O valor é 12,2% inferior ao resultado negativo de R$ 25,239 bilhões no mesmo mês de 2016, em valores corrigidos pela inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). No entanto, em agosto, o déficit tinha caído 52,7% em relação ao mesmo mês de 2016, também em valores corrigidos pela inflação. Nos nove primeiros meses do ano, o déficit atingiu R$ 108,533 bilhões, o pior resultado da história para o período desde o início da série histórica, em 1997. Segundo a Lei de Diretrizes Orçamentárias, o Governo Central precisa fechar 2017 com déficit primário de R$ 159 bilhões. O déficit acumulado até agora, no entanto, está influenciado pela antecipação de precatórios, títulos que o governo emite para pagar sentenças judiciais transitadas em julgado (quando não cabe mais recurso). Tradicionalmente pagos em novembro e dezembro, eles passaram a ser pagos em maio e junho, piorando o resultado em R$ 18,1 bilhões. O Tesouro decidiu fazer a antecipação para economizar R$ 700 milhões com juros que deixam de ser atualizados. De acordo com o Tesouro Nacional, não fosse a antecipação, o déficit primário acumulado de janeiro a setembro totalizaria R$ 90,4 bilhões, abaixo do resultado negativo de R$ 101,2 bilhões registrado nos nove primeiros meses de 2016. Receitas e despesas Outro fator que impulsionou o déficit primário nos nove primeiros meses do ano foi o crescimento de despesas obrigatórias, principalmente com a Previdência Social e o gasto com os reajustes do funcionalismo público. De janeiro a setembro, as receitas líquidas subiram 0,2%, descontada a inflação oficial pelo IPCA. A pequena alta decorreu da renegociação de dívidas de contribuintes com a União, do aumento de tributos sobre combustíveis e da recuperação da economia. As despesas totais, no entanto, cresceram 0,7%, também considerando o IPCA. A alta foi puxada pela Previdência Social e pelo funcionalismo público. Os gastos com os benefícios da Previdência Social subiram 6,8% acima da inflação nos nove primeiros meses do ano, por causa do aumento do valor dos benefícios e do número de beneficiários. Por causa de acordos salariais fechados nos dois últimos anos e da antecipação dos precatórios, os gastos com o funcionalismo acumulam alta de 10,3% acima do IPCA de janeiro a setembro. As demais despesas obrigatórias acumulam queda de 7,4%, também descontada a inflação oficial. O recuo é puxado pela reoneração da folha de pagamento, que diminuiu em 24,4% a compensação paga pelo Tesouro Nacional à Previdência Social, e pela queda de 26,4% no pagamento de subsídios e subvenções. Também contribuiu para a redução o não pagamento de créditos extraordinários do Orçamento ocorridos no ano passado, que não se repetiram este ano. As despesas de custeio (manutenção da máquina pública) acumulam queda de 8,2% em 2017, descontado o IPCA. A redução de gastos, no entanto, concentra-se nos investimentos, que totalizam R$ 25,447 bilhões e caíram 36,5% de janeiro a setembro, em valores também corrigidos pela inflação. Principal programa federal de investimentos, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) gastou R$ 15,777 bilhões de janeiro a setembro, redução de 43,8%. O Programa Minha Casa, Minha Vida executou R$ 1,968 bilhão, retração de 60,2% na comparação com o mesmo período do ano passado. Essas variações descontam a inflação oficial.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/governo-central-tem-segundo-maior-deficit-primario-para-setembro-em-21-anos







Pesquisa da CNI mostra que período de demissões na indústria está perto do fim

26-Outubro-2017 - ebc.com.br



O fim das demissões na indústria está perto do fim. A avaliação é da Confederação Nacional da Indústria (CNI), que divulgou hoje (26) a Sondagem Industrial de setembro. O indicador registra que o número de empregados na indústria alcançou 49 pontos em setembro, valor próximo aos 49,1 pontos registrados em agosto. O índice varia de zero a 100 pontos e, quando está abaixo dos 50 pontos, mostra queda no emprego. Como está próximo da linha divisória, o índice indica que o fim das demissões está se consolidando, diz a CNI. A pesquisa mostra também que, depois da forte alta de agosto, a produção diminuiu em setembro, registrando 48,1 pontos. Embora ainda esteja abaixo da linha divisória dos 50 pontos, o índice é superior aos 45,8 pontos registrados no mesmo mês do ano passado. Quanto à capacidade instalada da indústria, embora os resultados indiquem que a indústria está em recuperação, a utilização média da capacidade instalada ficou em 66% em setembro, um ponto percentual abaixo do registrado em agosto. Perspectivas A pesquisa mostra ainda que as perspectivas dos empresários do setor industrial para os próximos seis meses são positivas. Os indicadores de expectativas para a demanda, a compra de matérias-primas e as exportações continuam acima dos 50 pontos, que separa o pessimismo do otimismo. Isso indica, avalia a CNI, que os empresários esperam o aumento da demanda, da compra de matérias-primas e da quantidade exportada nos próximos seis meses.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/pesquisa-da-cni-mostra-que-periodo-de-demissoes-na-industria-esta-perto-do







Conselho do BNDES aprova repasse de R$ 17 bilhões ao Tesouro Nacional

26-Outubro-2017 - ebc.com.br



O Conselho de Administração do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou a transferência de R$ 17 bilhões ao Tesouro Nacional, informaram hoje (26) em nota conjunta os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Dyogo Oliveira e o presidente da instituição financeira, Paulo Rabello de Castro. A liquidação antecipada poderá ocorrer parcial ou totalmente sob a forma de títulos públicos. Independentemente da forma de pagamento, a Dívida Bruta do Governo Geral DBGG será reduzida no exato montante liquidado pelo BNDES, diz a nota. Neste ano, o BNDES já devolveu R$ 33 bilhões ao Tesouro e restavam os R$ 17 bilhões para concluir o total de R$ 50 bilhões, previsto para este ano. A devolução é uma liquidação antecipada de parcela da dívida do banco com a União. Esta antecipação não afeta a estrutura patrimonial do BNDES, nem sua capacidade de financiar projetos que irão garantir a retomada sólida do ritmo de crescimento da atividade econômica brasileira, diz a nota. Do ponto de vista contratual, acrescenta a nota, a possibilidade de antecipação foi construída a partir de cláusula específica, comum aos contratos firmados entre a União e o BNDES. Novas antecipações Segundo a nota, para 2018, o Conselho de Administração do BNDES vai estudar a possibilidade de antecipar o pagamento de recursos adicionais à União. Tal antecipação terá reflexos importantes sobre a percepção dos agentes econômicos quanto à real capacidade do país em estabilizar o seu endividamento, elevando as expectativas destes em relação à economia e trazendo benefícios para todos os envolvidos na operação, diz a nota. A medida foi adotada levando em consideração que o cenário atual é desafiador, exigindo medidas adicionais ao ajuste orçamentário em curso para garantir a estabilização da dívida pública no médio prazo, segundo o comunicado.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/conselho-do-bndes-aprova-repasse-de-r-17-bilhoes-ao-tesouro-nacional







Secretária do Tesouro nega discussões sobre venda de parte de ações da Caixa

26-Outubro-2017 - ebc.com.br



Secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi (Marcelo Camargo/Agência Brasil) Não existem discussões dentro do governo sobre uma eventual abertura de capital (venda de parte das ações na Bolsa de Valores) da Caixa Econômica Federal, disse hoje (26) a secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi. Segundo a secretária, que também é presidente do Conselho de Administração do banco, a equipe econômica discute apenas a adequação da estatal ao regime de sociedade anônima e um eventual empréstimo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para aumentar a segurança da instituição financeira. Por lei, a Caixa é uma empresa 100% pública, sem ações na bolsa. Embora o regime de sociedade anônima torne possível a entrada da estatal no mercado de ações, como ocorre com o Banco do Brasil, a secretária disse que não existe nada decidido e que a proposta tem como objetivo apenas melhorar a transparência da administração do banco. Não há discussão de IPO [sigla em inglês para oferta de ações na bolsa] do banco de forma alguma. Não se trata de uma transformação do banco em sociedade anônima, mas de uma adequação à nova Lei das Estatais, que pede mais transparência. A legislação das sociedades anônimas prevê regras como regulamentação de demonstrações de balanço. A discussão é sobre governança [regras de transparência na administração]. É uma questão tranquila, ainda em estudo, declarou. A secretária do Tesouro ressaltou que qualquer discussão sobre abertura de capital da Caixa precisa passar pelo Congresso, porque exige alteração na lei e não compete ao Conselho de Administração do banco. A Caixa é uma empresa sólida, líquida e tem feito ajustes operacionais importantes nos últimos meses. O lucro cresceu 70% no primeiro semestre. O tipo societário dessa empresa é o que melhor se ajusta à empresa, um banco grande, com função social relevante e função de mercado importante, disse. FGTS Ana Paula Vescovi confirmou que a equipe econômica vai pedir ao Tribunal de Contas da União (TCU) para analisar a viabilidade de o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) emprestar R$ 10 bilhões à Caixa para o banco cumprir as exigências mínimas de capital previstas para entrarem em vigor em 2019. Daqui a dois anos, os critérios internacionais de segurança dos bancos ficarão mais rígidos, e as análises detectaram insuficiência de capital para atender aos requisitos. Segundo a secretária, os R$ 10 bilhões do FGTS permitiriam ao banco cumprir, com pequena folga, o volume mínimo que precisa ficar parado no caixa da instituição e não pode ser emprestado. O aporte do BNDES ocorreria na forma de bônus perpétuos, em que a Caixa recebe o dinheiro do FGTS e paga juros ao fundo. A Caixa tem um plano de enquadramento de capital. Mais de R$ 6 bilhões já foram ajustados. Outros instrumentos estão sendo propostos para que sejam levados até 2019. A operação com o FGTS exige uma adequação regulatória. O fundo mostrou-se interessado, mas os instrumentos só serão adotados se avaliados como pertinentes pelas partes que negociam e se adequarem à lei e às normas bancárias, explicou. O socorro do FGTS, destacou a secretária, não diminuiria os recursos para os financiamentos das faixas 1 e 2 do Minha Casa, Minha Vida, feitos com dinheiro do Orçamento Geral da União. BNDES Outra medida em estudo, confirmou a secretária, é a devolução ao BNDES de uma carteira de empréstimos com recursos do banco de fomento operados pela Caixa. Ela, no entanto, disse que a devolução depende de negociações porque os recursos passariam a compor o capital do BNDES, que também precisa cumprir as regras de segurança internacional. Antes da crise financeira global de 2008, os bancos tinham de manter imobilizados R$ 8 para cada R$ 100 emprestados. A reserva protege as instituições financeiras caso todos os clientes queiram sacar dinheiro em momentos de turbulência. Uma regra de transição prevê o aumento desse limite, até 2019, para um intervalo entre R$ 10,50 e R$ 13 para cada R$ 100 emprestados.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/secretaria-do-tesouro-nega-discussoes-sobre-venda-de-parte-de-acoes-da







Aprovação da reforma da Previdência interessa a todos os partidos, diz Meirelles

26-Outubro-2017 - ebc.com.br



O ministro da Fazenda, Henrique Meireles, disse hoje (26) que este é o momento de aprovar a reforma da Previdência, principalmente para os partidos que pretendem estar no poder em 2019. É interesse de todas as áreas políticas a aprovação da reforma da Previdência agora, neste governo, porque todos aqueles partidos que aspiram estar no poder em 2019, acredito que estarão muito melhor, se vieram a ganhar, independente qual o partido que seja, se a reforma da Previdência já tiver sido aprovada. Na avaliação de Meirelles, os parlamentares que votarem a favor da reforma da Previdência poderão usar isso como plataforma eleitoral para a campanha de 2018. Na medida em que a votação dessas reformas todas e o avanço da economia levam à criação de empregos, à inflação mais baixa, levam portanto à melhora do padrão de vida de todos, eu acredito que isso é uma excelente plataforma eleitoral para todos os parlamentes que aprovam o governo. Para o ministro, se a reforma não passar no Congresso agora, terá que ser apresentada novamente por quem governar o Brasil a partir de 2019. Se não for agora, certamente terá que ser enfrentada em 2019 porque a trajetória atual de despesas é insustentável. Meireles participou de uma reunião-almoço da Câmara Brasil-Alemanha no início desta tarde em São Paulo. Ele veio direto para o encontro após se reunir pela manhã com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Segundo Meirelles, a expectativa do governo é que a reforma da Previdência seja aprovada pela Câmara de acordo com o relatório do deputado Arthur Maia (PPS-BA), relator da proposta na comissão especial da Casa que analisou o tema. Vamos defender a reforma como foi aprovado na comissão especial, um projeto que acredito que está equilibrado. Já foi modificado uma série de questões e que portanto eu acho que é o projeto que está na linha em condições de ser discutido seriamente e ser aprovado. Emendas Perguntado por jornalistas sobre a liberação de R$32 milhões em emendas parlamentares para viabilizar a rejeição das duas denúncias contra o presidente Michel Temer na Câmara, Meirelles afirmou que a medida não representou impacto no Orçamento. Não impacta, o nosso Orçamento para 2017 e 2018 não muda, nós temos uma meta fiscal de [déficit] R$159 bilhões para o ano de 2017 e R$159 bilhões para 2018, isso está se mantendo. O ministro da Fazenda disse estar confiante no crescimento da economia e atribuiu a retomada à queda dos juros. A inflação mais baixa, melhor para todos, aumenta o poder de compra da população, aumenta a estabilidade e, em consequência disso, o juro mais baixo. E não só os juros estão caindo em termos nominais, mas também o risco está caindo, nós temos hoje o menor juro real em décadas. Tudo isso impulsiona o consumo e os investimentos e é uma das razões porque o país está voltando a crescer.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/aprovacao-da-reforma-da-previdencia-interessa-todos-os-partidos-diz







CNBB repudia e classifica de desumana portaria sobre trabalho escravo

26-Outubro-2017 - ebc.com.br



O secretário-geral da CNBB, dom Leonardo Steiner Marcelo Camargo/Arquivo/Agência Brasil A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) classificou nesta quinta-feira (26) de desumana e considerou um retrocesso a Portaria 1.129 do Ministério do Trabalho, que alterou as regras para classificação e combate ao trabalho escravo. Tal iniciativa elimina proteções legais contra o trabalho escravo arduamente conquistadas, restringindo-o apenas ao trabalho forçado com o cerceamento da liberdade de ir e vir. Permite, além disso, a jornada exaustiva e condições degradantes, prejudicando assim a fiscalização, autuação, penalização e erradicação da escravidão por parte do Estado brasileiro, disse em nota a CNBB, que repudiou a portaria. O secretário-geral da CNBB, dom Leonardo Steiner, disse que a medida diminui a força no combate ao trabalho escravo por mudar a definição do que seja essa prática e os modos de averiguação e punição. Para o bispo, as pessoas não devem ser tratadas como objetos de ganância. A pessoa humana tem a sua grandeza, tem a sua dignidade, e nós todos, eu creio, como sociedade brasileira, queremos cuidar dos nossos irmãos e irmãs que trabalham e trabalham em um trabalho pesado, que nós não desejamos que seja forçado. A nota da CNBB reconhece a importância da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de suspender a portaria da escravidão, conforme intitula a confederação, e destaca que o país tem o dever de repudiar qualquer retrocesso ou ameaça à dignidade e liberdade da pessoa humana. Vice-presidente da CNBB, dom Murilo Krieger alertou que essa defesa não deve ser feita apenas pelos bispos, mas assumida por todos os que, conscientes de seus direitos, devem assumir o seu protagonismo perante as realidades do mundo. Tudo aquilo que fizermos de forma pacífica e dentro do que o Estado de Direito permite é válido, e não podemos ficar só esperando soluções vindas do alto, no sentido de altas autoridades, mas temos que mostrar que, como cidadãos, temos o direito de nos manifestar. Investigação Apesar de suspensa pelo STF, a portaria que propôs mudanças nas regras de combate ao trabalho escravo continua provocando reações. Na quarta-feira (25), o Conselho Nacional dos Direitos Humanos (CNDH) decidiu instaurar comissão de apuração de condutas e situações contrárias aos direitos humanos para investigar o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira. Esta é a primeira vez que o colegiado abre um procedimento apuratório, recurso previsto na Lei 12.986/2014, regra que criou este órgão de Estado. Segundo o CNDH, a abertura do procedimento decorre das ações reiteradas adotadas pelo ministro, desde o início de sua gestão, que criam dificuldades ao processo de erradicação do trabalho escravo no país, como na ação voltada à não publicação da lista suja e, mais recentemente, com a publicação da Portaria MTB nº 1.129/2017. O ministro ainda não foi notificado.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/cnbb-repudia-portaria-sobre-trabalho-escravo-e-estimula-manifestacoes







Gastos de brasileiros no exterior aumentam 32,6% em setembro

26-Outubro-2017 - ebc.com.br



Os gastos de brasileiros no exterior chegaram a US$ 1,716 bilhão, em setembro, e acumularam US$ 14,145 bilhões nos nove meses do ano, informou hoje (26) o Banco Central (BC). Os resultados superaram em 32,6% e em 15,9%, respectivamente, os gastos registrados em iguais períodos de 2016. As despesas mensais foram as maiores para o período desde setembro de 2014, quando ficaram em US$ 2,377 bilhões. O chefe adjunto do Departamento Econômico do BC, Renato Baldini, explicou que o dólar mais barato que no ano passado estimula as viagens ao exterior. Ele acrescentou que a recuperação da economia ainda é gradual e deve influenciar as viagens ao exterior ao longo do tempo. A recuperação da atividade é um fator que justifica o aumento dos gastos com viagens, mas a taxa de câmbio é um fator mais determinante, disse. Baldini disse ainda que não se espera grandes variações na taxa de câmbio nos próximos meses. Já as despesas de estrangeiros em viagem no Brasil ficaram em US$ 407 milhões, em setembro, e em US$ 4,360 bilhões de janeiro ao mês passado. Com os gastos de brasileiros no exterior maiores que os de estrangeiros no país, a conta de viagens internacionais ficou negativa em US$ 1,309 bilhão, no mês passado, e em US$ 9,785 bilhões, no acumulado do ano. Os dados das viagens internacionais fazem parte da conta de serviços (viagens internacionais, transportes, aluguel de equipamentos, seguros, entre outros) das transações correntes. Em setembro, o país registrou superávit em transações correntes, que são as compras e as vendas de mercadorias e serviços e transferências de renda do país com o mundo. O resultado positivo ficou em US$ 434 milhões. No mesmo mês de 2016, houve déficit de US$ 504 milhões. No acumulado deste ano, as transações correntes registraram saldo negativo de US$ 2,706 bilhões, contra US$ 13,590 bilhões em igual período de 2016. A conta de serviços costuma registrar saldo negativo. Em setembro, o déficit ficou em US$ 2,879 bilhões e nos nove meses, em US$ 24,335 bilhões. Por outro lado, o superávit comerciale chegou a US$ 4,918 bilhões, no mês passado, e a US$ 51,224 bilhões, de janeiro a setembro. O balanço das transações é formado também pela conta de renda primária (lucros e dividendos, pagamentos de juros e salários) que apresentou saldo negativo de US$ 1,995 bilhão, em setembro, e de US$ 31,318 bilhões, no acumulado do ano. A conta de renda secundária (renda gerada em uma economia e distribuída para outra, como doações e remessas de dólares, sem contrapartida de serviços ou bens) ficou positiva em US$ 390 milhões, em setembro, e em US$ 1,723 bilhão, no acumulado do ano. Quando o país registra saldo negativo em transações correntes, precisa cobrir esse déficit com investimentos ou empréstimos no exterior. A melhor forma de financiamento do saldo negativo é o investimento direto no país (IDP), porque recursos são aplicados no setor produtivo do país. Em setembro, esses investimentos chegaram a US$ 6,339 bilhões e acumularam US$ 51,758 bilhões, nos nove meses do ano. Baldini destacou que a tendência é de continuidade do processo de redução do déficit em transações correntes, que deve ficar abaixo da projeção do BC de US$ 16 bilhões deste ano.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/gastos-de-brasileiros-no-exterior-aumentam-326-em-setembro







São Paulo e Rio de Janeiro puxam a alta do custo da construção no país

26-Outubro-2017 - ebc.com.br



O custo da construção compõe a inflação que serve de base para o reajuste do aluguel Arquivo/Antonio Cruz/Agência Brasil O Índice Nacional de Custo da Construção do Mercado (INCC-M) acelerou, ao passar de 0,14% (em setembro) para 0,19% (em outubro). Houve elevação de preços no grupo materiais, equipamentos e serviços (de 0,37% para 0,44%). Em relação à mão de obra, o índice médio ficou em -0,01% (ante -0,04% no mês anterior). No acumulado do ano, o INCC-M teve alta de 3,59% e, nos últimos 12 meses, de 4,15%. Essa taxa é calculada em sete capitais (Salvador, Brasília, Belo Horizonte, Recife, Rio de Janeiro, Porto Alegre e São Paulo) pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV), reunindo as variações e preços apuradas entre os dias 21 do mês anterior e 20 deste mês. Ela serve de referência para atualização dos valores das construções de habitações e também faz parte do conjunto de dados do Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M), utilizado na correção dos contratos de aluguel. O aumento da taxa em outubro foi influenciado pela evolução dos preços em São Paulo (de 0,13% para 0,25%) e Rio de Janeiro (de -0,33% para 0,15%). Já na demais localidades, o índice desacelerou: Salvador (de 0,19% para 0,13%), Brasília (de 0,39% para 0,24%), Belo Horizonte (de 0,22% para 0,11%), Recife (de 0,28% para 0,24%) e Porto Alegre (de 0,19% para 0,08%). Entre os itens que ajudaram a pressionar a taxa estão os materiais para estrutura (de 0,56% para 0,92%). Também subiram os materiais para acabamento (de 0,16% para 0,26%), com destaque para o segmento de pintura (de 0,12% para 0,86%).



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/sao-paulo-e-rio-de-janeiro-puxam-alta-do-custo-da-construcao-no-pais







Continente Bom Dia do Norteshopping celebra 19 anos

26-Outubro-2017 - cision.com



Foi há 19 anos que, com a abertura do Norte Shopping, também o Continente Bom Dia no interior do centro comercial abria portas pela primeira vez. Desde 21 de outubro de 1998 que a população Matosinhos conta com o Continente Bom Dia no Norte Shopping, na Rua Sara Afonso e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 82 colaboradores. Manuel Vieira,  diretor da Loja Continente Bom Dia Norte Shopping, refere que “Matosinhos recebeu o nosso primeiro hipermercado e, em 1998, voltámos a acreditar no investimento nesta zona. Desde então, procurámos ter um importante papel



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-bom-dia-do-norteshopping-celebra-19-anos,c636445144380000000







Continente Vila Real celebra 25 anos

26-Outubro-2017 - cision.com



Foi há 25 anos que Vila Real recebeu o primeiro hipermercado Continente. Desde 28 de outubro de 1992 que a população Vila Real conta com o Continente no Lugar da Borralha e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 155 colaboradores. Cesar Moreira, diretor da Loja Continente de Vila Real, refere que “em 1992 acreditámos no investimento em Vila Real e, desde então, procurámos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no enorme potencial de crescimento desta região. Festejamos agora 25 anos, um quarto de século, o que traduz a forte presença



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-vila-real-celebra-25-anos,c636445405890000000







Boas práticas de liderança em Ciências Biomédicas Laboratoriais

26-Outubro-2017 - rcaap.pt



Tal como poucas tarefas importantes podem ser realizadas em trabalho individual, também são poucas as equipas laboratoriais que podem atingir grandes objetivos sem liderança. Liderar é o ato que enriquece o potencial da equipa, sabendo-se que a liderança está relacionada com motivação/produção/produtividade, o que torna relevante a identificação de estilos e estratégias que modelam a eficiência do líder. É nosso objetivo caracterizar os estilos de liderança mais usuais e apresentar as estratégias mais adequadas para o líder se tornar mais eficiente no contexto da sua atividade, de acordo com a literatura científica. Kurt Lewin definiu 3 estilos de liderança: autocracia, democracia e laissez-faire. No primeiro, o líder toma decisões e determina as metodologias de trabalho sem ouvir a equipa, sendo dominador/pessoal em elogios e críticas. O líder democrático acompanha reuniões de equipa para discutir objetivos, tendendo a comportar-se como um membro normal, aconselhando e sugerindo alternativas. É objetivo e apresenta factos nas críticas/elogios. O líder laissez-faire dá liberdade na realização dos trabalhos e definição de prazos, fazendo breves comentários sobre as atividades e participando pouco nos debates. Estudos realizados concluem que a autocracia, centrada no líder, produz maior quantidade de trabalho e é apropriada para rápida tomada de decisão. A democracia, centrada em líder/equipa, apresenta maior qualidade no trabalho que progride mesmo na ausência do líder, garantindo satisfação no trabalho e produtividade elevada. No laissez-faire, centrado no colaborador, as tarefas desenvolvem-se com oscilações e ocorrem discussões pessoais com perda de tempo, podendo verificar-se individualismo. Pode estar associado a elevada produtividade e satisfação profissional num contexto estável e com uma equipa muito eficiente. As estratégias que tornam o líder mais eficiente passam por conhecer os seus variados papéis, conseguindo lidar com o desconforto da liderança e tratando assertivamente a equipa. Não deve fugir das suas responsabilidades, gerindo a toxicidade de colaboradores. É fundamental fazer formação robusta e seguir as melhores estratégias de liderança. No passado acreditou-se que o líder já nascia com essa personalidade. Atualmente, considera-se que existe vantagem na aprendizagem/treino dos diferentes estilos de liderança. A melhor liderança varia consoante a equipa e o contexto, o que implica que o líder tenha que se reinventar constantemente, aplicando, caso a caso, as mais eficientes estratégias de liderança.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.21/7440







O Jornalismo Económico como forma de Jornalismo Especializado

26-Outubro-2017 - rcaap.pt



Tendo em conta a pertinência desta temática que é o Jornalismo Económico e a escassez de evidências empíricas relativas ao seu papel na comunicação social, o presente estudo tem como objetivo analisar que influência tem a economia no jornalismo e o papel decisivo dos jornalistas especialistas. Dado que só há poucos anos o Jornalismo Económico se começou a evidenciar perante os meios de comunicação social e no interior das redações, sendo notório o seu crescimento até aos dias de hoje, é importante compreender de que forma este se fomentou em Portugal e, perante todos os seus desafios e vicissitudes, de que igual forma começou a atrair cada vez mais profissionais da área e o próprio público. O presente trabalho assenta, primeiramente, numa pesquisa literária que se centrou na recolha de informação acerca do surgimento e desenvolvimento do Jornalismo Económico em Portugal. Num segundo momento foi realizada uma metodologia de um estudo de caso, o perfil do Jornal de Negócios, a partir da análise quantitativa de dez jornais, no sentido de se avaliar a forma de como está organizado. Os resultados obtidos após a conclusão deste estudo, evidenciam que este género de jornal económico centra-se principalmente em temáticas de cariz económico, financeiro e político-social, com atores principais como os políticos, os empresários e os especialistas, o principal interesse para um público, também ele, cada vez mais especializado em economia.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10284/6218







Contribuições do processo de criação e construção de jogos para o ensino e aprendizagem da matemática

26-Outubro-2017 - rcaap.pt



Este trabalho visa investigar se o processo de criar e construir jogos que abordam conteúdos matemáticos, proposto aos alunos, pode contribuir para o processo de ensino e aprendizagem e, se existirem, que contribuições seriam essas. Considerando que o ensino da matemática precisa melhorar diante dos péssimos rendimentos dos alunos em avaliações nacionais e internacionais, acredita-se que esta pesquisa pode contribuir de forma relevante para que os professores que ensinam matemática, na busca pela melhora da aprendizagem de seus alunos, ao refletir sobre como ensinar esta disciplina, possam neste trabalho encontrar caminhos e/ou alternativas que os ajudem no planejamento de suas práticas pedagógicas. A pesquisa tem como objetivos identificar aspectos inerentes ao processo de criar e construir jogos que abordem conteúdos matemáticos e a relação dos mesmos com a aprendizagem desta disciplina. A metodologia usada é a qualitativa na modalidade de estudo de caso, realizada numa sequência pedagógica intitulada “O Dia do Desafio” com a coleta de dados baseada na entrevista semiestruturada e na observação participante aplicadas a alunos de segundos e terceiros anos do ensino médio de uma escola da rede pública do Estado de Sergipe-Brasil. Como resultados verificou-se a insatisfação dos alunos com a metodologia tradicional, ou seja, somente aulas expositivas e resoluções de exercícios, mas também se constataram as contribuições do processo de criar e construir jogos matemáticos para uma aprendizagem significativa do aluno em relação à disciplina matemática e também para sua formação enquanto indivíduo pertencente a uma sociedade.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10284/6219







Tradução e adaptação do questionário de validade das avaliações dos estudantes ao ensino e aos professores

26-Outubro-2017 - rcaap.pt



A avaliação do ensino superior é prática comum nas instituições, a realizada pelos estudantes aos pro-fessores nem sempre é isenta de enviesamentos. Objetivos: Traduzir e adaptar o questionário de vali-dade das avaliações dos estudantes aos professores. Conhecer a opinião dos estudantes acerca da vera-cidade das avaliações que fazem aos professores. Metodologia: Tradução e validação do questionário de validade das avaliações dos estudantes aos professores, segundo a metodologia tradu-ção/retroversão, com posterior análise de conteúdo da clareza e da pertinência dos itens, seguido das estatísticas resumo dos resultados obtidos no questionário. A amostra é constituída por 406 estudantes do Curso de Licenciatura em Enfermagem. Cumpriram-se os procedimentos éticos e legais. Os dados foram tratados no programa IBM SPSS Statistics, versão 22. Resultados: Analisou-se a pertinência e clareza da linguagem utilizando o coeficiente de validade de conteúdo (CVC) com recurso ao cálculo da média das atribuições a cada item, ao total e ao valor de erro. Em relação à pertinência da lingua-gem, CVC = 0,999, e à clareza, CVC = 0,888. As estatísticas resumo dos resultados mostraram que 99,3% dos estudantes consideram dever avaliar os professores. Para 86,7% essa avaliação deve ocor-rer em todas as unidades curriculares e semestres, considerando 70,7% dos estudantes que os profes-sores avaliados vêm a ser melhores professores. 70,7%. Por seu lado, 81,8% e 93,8%, respetivamente, afirmam nunca ter atribuído pontuações mais elevadas e mais baixas ao professor. A exatidão das ava-liações feitas é, segundo os estudantes, de 63,29%. Conclusão: Foi dado um contributo à análise de uma variável pouco estudada. Este instrumento não substitui outros, mas complementa os métodos de avaliação. O processo de preenchimento de formulários deve encorajar professores e estudantes a re-fletir sobre a sua experiência de avaliação.



Link para o texto completo:
 
http://web.esenfc.pt/?url=huPsOrDB







Mitigação das causas geradoras de defeitos em peças metálicas injetadas de caráter estético

26-Outubro-2017 - rcaap.pt



A realização deste trabalho inseriu-se no âmbito de um estudo de otimização dos parâmetros de injeção de uma peça estética em liga Zamak, a obter através de uma única operação de fundição injetada. A fundição injetada consiste, fundamentalmente, na injeção de um metal fundido para o interior das cavidades de um molde permanente. O trabalho foi realizado em parceria com a empresa PR-Metal, Lda., na Maia, a qual teve uma presença ativa neste estudo, já que todas as alterações necessárias foram implementadas por esta. Com vista a obter peças de Zamak sem defeito, e com uma boa aparência estética, foi necessário estudar o problema para depois tentar encontrar a melhor solução possível. Assim, recorreu-se ao estudo da fundição, em particular da fundição injetada, e do material, para depois efetuar uma análise concreta do problema e traçar o caminho a seguir. Ao longo do trabalho, para resolução do problema, foram realizadas simulações numéricas através do software SolidCast™, estudo do fluxo do material no molde e correspondentes linhas de fusão, realizados ensaios empíricos no molde tendo em conta os resultados das simulações e a correspondente variação de parâmetros, alterações efetivas no molde, entre outros passos, até chegar ao resultado final apresentado. De salientar que, no final, se conclui essencialmente que são necessárias elevadas pressões de injeção para obter peças bem compactadas, bem como se deve ter em conta a presença de gases, temperatura de material e o próprio material a usar para produzir as peças desejadas. De referir também que, sem a existência de uma pressão de manutenção, a acomodação do material nas cavidades tornar-se-ia deveras mais difícil.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.22/10346







Relatórios de Estágio realizado na Farmácia Henriques e no Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, EPE- Vila Real

26-Outubro-2017 - rcaap.pt





Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10216/107655







Análise energética e estudo de modificações para melhorar o desempenho energético do edifício PDF do IPP

26-Outubro-2017 - rcaap.pt



A presente dissertação pretende analisar e demonstrar através de um caso de estudo, o impacto dos edifícios no consumo de energia. E assim demonstrar como a utilização de equipamentos energeticamente eficientes e a implementação de sistemas fotovoltaicos para a produção de energia elétrica, permitem reduzir a dependência energética do exterior, reduzir as emissões de CO2, contribuir para o desenvolvimento sustentável, reduzir os custos energéticos dos consumidores e ao mesmo tempo aumentar o conforto nos edifícios. Apesar da grande maioria das empresas já terem entendido a importância e as vantagens da eficiência energética, ainda são poucas as que têm implementado planos e estratégias para melhoria do seu desempenho ambiental e energético. É neste contexto que surge esta dissertação, com o objetivo principal de realizar uma avaliação energética a um edifício, para que assim seja possível compreender a necessidade de alterar a forma de encarar a energia. O caso de estudo foi efetuado para o edifício PDF localizado no campus do ISEP. Através de uma auditoria energética foi possível verificar e recolher informação sobre vários problemas e fatores que originam os elevados consumos de energia. A primeira etapa da dissertação passou pela caracterização do edifício e os seus consumos, determinando as suas necessidades anuais de energia. Assim pretendeu-se reunir informação de forma a compreender quais as principais áreas de atuação e as medidas que devem ser implementadas. Desta forma foram investigados e propostas várias soluções para os diferentes tipos de problemas e anomalias. Com a desagregação dos consumos de energia elétrica verificou-se que a iluminação e climatização são os principais consumidores de energia. Foi ainda desenvolvido um projeto de automação para o edifício com o objetivo de aumentar o conforto dos utilizadores e diminuir os desperdícios de energia, com a monitorização dos espaços e o aproveitamento da iluminação natural. No projeto do sistema fotovoltaico para produção de energia em autoconsumo, foram projetadas todas as fases, assim como a especificação de materiais, de forma a garantir que a veracidade dos dados de produção de energia, sendo ainda efetuada a simulação de produção ao longo dos diferentes meses do ano e de 25 anos com uma queda de 1% ao ano. Para viabilizar as soluções apresentadas foi efetuado uma análise económica para calcular o retorno do investimento necessário, para as diferentes soluções propostas, servindo assim de apoio para uma futura decisão. Com este trabalho, pretende-se sensibilizar a população sobre as questões práticas associadas ao correto dimensionamento de soluções que contribuam para a eficiência energética dos edifícios, em linha com a recente imposição legislativa pela União Europeia, em que todos os edifícios novos até ao final de 2020 devem enquadrar-se neste conceito.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.22/10345







Formação inicial de professores: a supervisão pedagógica no âmbito do processo de Bolonha

26-Outubro-2017 - rcaap.pt



«O livro de Elza Mesquita e Maria do Céu Roldão tem por objeto os modelos de supervisão, enquadrando-os no processo de formação inicial de professores e trazendo ao leitor a perspetiva dos estudantes sobre a prática pedagógica supervisionada. Trata-se de uma obra importante porque retoma a ideia de modelo, aqui também tomado como cenário que enquadra a ação pedagógica e a ação supervisiva, e porque, valorizando a voz dos 'futuros professores', faz emergir racionalidades que atravessam distintos modelos e os atualizam no campo da docência. Neste estudo, sobreleva-se ainda a utilização de um conjunto de comportamentos interpessoais observáveis que corporizam um determinado perfil de supervisão e são agrupados em três dimensões: uma dimensão 'didática', uma dimensão 'experiencial' e uma dimensão 'democrática'.» (Joaquim Machado)



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10198/14567







Educação intergeracional, na sociedade do conhecimento: agenda europeia e políticas nacionais

26-Outubro-2017 - rcaap.pt



Em 2012 o Ano Europeu do envelhecimento ativo e da solidariedade entre gerações colocou na ordem do dia as questões do envelhecimento ativo e da intergeracionalidade e teve como objetivo responder aos desafios de uma sociedade europeia envelhecida e reduzir o risco do conflito geracional. Procurou, igualmente, chamar a atenção para os desafios das mudanças demográficas e sociais e para a importância do contributo dos idosos para a sociedade, bem como incentivar os decisores políticos e todas as partes interessadas na tomada de medidas para a criação de condições necessárias ao envelhecimento ativo e ao reforço da solidariedade entre as gerações. Reconhecendo, na sequência de uma investigação sobre o uso das tecnologias digitais da sociedade do conhecimento em contexto intergeracional, a importância que a aprendizagem intergeracional tem em todos os domínios da sociedade em geral e da educação em particular, esta comunicação pretende responder às seguintes perguntas: que lugar tem a educação intergeracional na agenda europeia, na sociedade do conhecimento? Que influência tem nas políticas educativas nacionais? Problematizar o que tem sido desenvolvido na área da educação intergeracional, implica ter em conta as diferentes orientações e princípios que têm fundamentado a atuação estatal nesta matéria e o modo como tem sido percecionada pelas entidades europeias, assim como as respetivas orientações, servindo de referência à análise do contexto português. O período que dedicaremos à nossa pesquisa será entre 2012 e 2017, abrangendo assim o Ano Europeu 2012 e a atualidade, através da análise de documentos que orientam as políticas europeias e nacionais em relação à intergeracionalidade e ao impacto direto sobre a educação. A metodologia que orienta este estudo é de natureza qualitativa, de corte interpretativo, com vista a identificar convergências e tensões entre as políticas europeias e nacionais. A análise de conteúdo desses documentos permitirá aferir das políticas e estratégias educativas impulsionadoras de uma abordagem intergeracional que contemple a função das tecnologias digitais emergentes nas formas de aprender ao longo de toda a vida das pessoas. Procura-se, também, indagar de que modo a promoção de dinâmicas intergeracionais com tecnologias digitais de informação e conhecimento permite intensificar (ou não) as relações entre gerações, promover o envelhecimento ativo e perspetivar novas práticas de aprendizagem ao longo da vida.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10198/14565







Perspetivas de Harmonização dos Sistemas de Organização do Conhecimento nas Organizações (poster)

26-Outubro-2017 - rcaap.pt



Na sociedade contemporânea prolifera uma multiplicidade de Organizações com diversas funções, sujeitas a constantes alterações. Imbrincada numa rede dinâmica e complexa, a organização e gestão da informação tornou-se um ativo estratégico de valor maior. Neste contexto, pelo foco da interdisciplinaridade conferida pela Ciência da Informação (CI), enquadra-se o presente estudo, com relevância para os Sistemas de Organização do Conhecimento (SOC). Com vista a atingir uma maior viabilidade entre os diferentes SOC nas Organizações, propõe-se como objetivo observar e refletir sobre a possibilidade de harmonização dos SOC, de modo transversal às Organizações para facilitar a transição de dados entre os diferentes sistemas e garantir, em simultâneo, a integração e interoperabilidade semântica da informação, interna e externamente, sem constranger os processos de trabalho e a dinâmica organizacional nos seus diferentes contextos. Para compreender os modelos, padrões e estruturas das Organizações contemporâneas, bem como saber o que são e como evoluíram os SOC, partiu-se de um paradigma qualitativo exploratório com recurso à revisão da literatura, centrada na pesquisa dos termos conjugados: “interoperabilidade”, “Sistemas de Organização do Conhecimento” e “Organizações”, bem como “harmonização” e “Sistemas de Organização do Conhecimento”, na base de dados Web of Science (WoS), para o período compreendido entre 2007 e 2017, de modo a contribuir para o desenvolvimento e maturação da harmonização dos SOC nas Organizações. Embora os projetos e iniciativas desta natureza sejam ainda insuficientes, o que nos impediu de chegar a conclusões substanciais, as tendências indicam novas formas de organizar a informação nas Organizações, assentes em vários SOC, mas sem deixar de atender, porém, à sua interoperabilidade



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10316/44112







Escritórios de advogados e expansão do capital monopolista

26-Outubro-2017 - rcaap.pt



O conceito sistema de poder, se analisado ao nível de um país como Portugal, traduz-se em muitos e diversos intervenientes, com diferentes perspetivas e diferente dimensão interventiva. Ora, na presente fase da vida nacional, marcada por uma feroz tentativa de expansão do domínio do capital monopolista, nacional e internacional, e pelo consequente aprofundamento da exploração dos trabalhadores, é relevante perceber o papel dos escritórios de advogados enquanto intervenientes do sistema de poder ao serviço – de forma direta ou indireta – desse capital monopolista.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.2/6687







Relatório de Estágio: Smartlinks

26-Outubro-2017 - rcaap.pt



Desde o advento da Internet, com a maior disponibilidade de informação encontrada online, há uma crescente predisposição para que os consumidores de determinados produtos e serviços estejam melhor informados e conscientes das motivações a estes subjacentes, tornando o apelo e fidelização de novos clientes um desafio constante para o agente que os disponibiliza no mercado, requerendo, desta forma, novas maneiras de comunicar e alcançar o público-alvo pretendido. Neste enquadramento, o Marketing Digital surge como ferramenta que não deve ser descurada pelas empresas, uma vez que com uma boa aposta online e um ‘diminuto’ investimento, se comparado com as tradicionais formas de comunicação, é possível alcançar um maior número de potenciais interessados, o que se traduz num maior volume de vendas e, consequentemente, de receitas. O presente trabalho é fruto do estágio curricular desenvolvido na empresa Smartlinks, em Alfragide, no âmbito do curso de Mestrado em Marketing Digital, com a duração de 240horas. No decorrer do estágio tive a oportunidade de utilizar algumas ferramentas internas, tais como: Majestic, ferramenta de link intelligence para SEO e o Moz, conjunto de ferramentas que permitem analisar e melhorar a performance de um website, com o intuito de pôr em prática algumas técnicas offline correspondentes à área de Search Engine Optimization. Por outro lado e, sem o uso de ferramentas internas, foi-me dada a oportunidade de redigir artigos para bloggers e diretórios, de acordo com os conteúdos exigidos pelas mais variadas empresas (Enetural, JivoChat, FengShui, entre outras) De uma forma geral, o presente estágio contribuiu positivamente não só na obtenção de novos conhecimentos nesta área como também para adquirir/melhorar algumas competências tais como a responsabilidade, capacidade de adaptação, criatividade, competência e eficiência. No final do relatório, encontra-se uma análise crítica, apresentando algumas dificuldades e sugestões, observadas no decorrer do estágio curricular.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.26/19107







Reflexão de estágio na TM Collection

26-Outubro-2017 - rcaap.pt



Dissertação de Mestrado em Design, com a especialização em Design de Moda apresentada na Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa para obtenção do grau de Mestre.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.5/14186







Redução de Tempos de Preparação de Trabalho em Operações de Maquinagem no Fabrico de Ferramentas de Estampagem

26-Outubro-2017 - rcaap.pt



O aumento da competitividade na indústria metalomecânica, aliada à nova tendência de produção de produtos costumizados, obriga à sua adequação estratégica. Um dos principais factores a observar é a minimização do tempo de produção, para garantir quer o cumprimento de prazos quer a minimização dos custos. Consequentemente, é necessário manter os tempos não produtivos tão baixos quanto possível. Na indústria de maquinagem de peças únicas, o tempo de setup tem um peso muito grande no tempo não produtivo pelo que é de grande interesse a sua redução. O objetivo deste trabalho, realizado em parceria com a MCG mind for metal, é a redução dos tempos de setup, nomeadamente do tempo de preparação de trabalho, para aumento de produtividade na indústria de maquinagem de produtos únicos. Para a concretização deste objetivo foi desenvolvida uma metodologia que inclui a aplicação de práticas para reduzir os tempos de preparação de trabalho nos equipamentos individuais e em todo o processo de obtenção de cada componente específico, promovendo assim o aumento da produtividade na fabricação de ferramentas de estampagem. Desenvolveu-se ainda um novo sistema de fixação das peças, rápido e simultaneamente rigoroso, baseado nos sistemas zero point existentes no mercado. Com a aplicação da metodologia criada e com a introdução das práticas propostas para reduzir os tempos não operativos conseguiu-se aumentar consideravelmente a produtividade de todo o sistema. Verificou-se um aumento na taxa de ocupação em todas as máquinas, entre 3% e 23%. Foram ainda realizados ensaios de validação do sistema de fixação desenvolvido (zero point MCG) e verificou-se uma redução do tempo de setup de 50%. A implementação do zero point MCG em todos os equipamentos que constituem o sistema produtivo das ferramentas de estampagem poderá significar uma redução do tempo de setup em pelo menos 40%.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10362/24543







Jovens, educação e trabalho contributos para a análise dos percursos sócio-profissionais de diplomados universitários

26-Outubro-2017 - rcaap.pt



Esta tese tem por objecto de estudo a análise sociológica da transição dos jovens diplomados do ensino superior ao trabalho, inserindo-se na temática das relações entre o sistema educativo e o sistema económico. Este estudo foi levado a cabo junto de jovens licenciados pela Universidade de Aveiro no ano lectivo de 1991/92 em duas fileiras de formação distintas: Engenharias e Ciências. Aborda-se, por um lado, a questão da mobilidade social, tendo como contextualização os fenómenos de aumento da procura social de educação e de democratização do ensino registados em Portugal nas décadas recentes. Procura-se, por outro lado, traçar as trajectórias profissionais dos jovens diplomados e detectar as diferenças na qualidade dos empregos por eles experimentados, por forma a caracterizar as suas transições ao trabalho. Analisa-se ainda a problemática do ajustamento entre as competências formadas pela universidade e as competências requeridas no desempenho profissional dos diplomados.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10773/18624







Infocomunicação mediada tecnologicamente nas experiências cicláveis: o caso da Murtosa ciclável

26-Outubro-2017 - rcaap.pt



A presente dissertação centra-se no estudo do potencial da mediação tecnológica no âmbito da exploração ciclável de recursos naturais e patrimoniais. A evolução da tecnologia e a crescente facilidade de acesso a meios infocomunicacionais criaram janelas de oportunidade em diferentes domínios. Comunicar, informar e conhecer tornaram-se processos mais acessíveis e refinados. Neste âmbito, as ferramentas de comunicação móvel – baseadas em tecnologias mobile – trouxeram consigo um conjunto de novas experiências com perspetivas de aplicabilidade válidas em diferentes campos. O contexto particular das atividades cicláveis de lazer, introduzidas num determinado ecossistema, representam um desses campos onde a eficiência da mediação tecnológica poderá reconfigurar as experiências aí vividas. Para o concelho da Murtosa – situado no distrito de Aveiro – as deslocações em bicicleta são um fenómeno facilmente observável. Alimentadas pela adequada morfologia do território, as viagens cicláveis são um elemento da rotina dos murtoseiros. Esta particularidade do concelho conduziu a um investimento autárquico na construção de ciclovias e de infraestruturas dedicas à prática ciclável – contextualizadas no projeto “Murtosa Ciclável”. Este cenário cria espaço para se estudar a adaptação da infocomunicação mediada tecnologicamente nas experiências que aqui se vivem, com destaque para as que se relacionam com a exploração dos recursos naturais e patrimoniais em contextos de lazer. Neste seguimento, esta dissertação pretende entender de que forma é que a mediação tecnológica, suportada em tecnologias mobile, poderá contribuir para a fruição do ecossistema da “Murtosa Ciclável”. Esta investigação contempla, para além de uma revisão da literatura, um trabalho empírico que se inicia com uma abordagem qualitativa ao estudo, na qual será realizado um conjunto de entrevistas. Pretende-se averiguar, junto dos entrevistados, o conjunto das suas necessidades em contextos de exploração e fruição ciclável dos recursos a fim de se encontrarem respostas adequadas para as mesmas através da utilização do potencial mediador da tecnologia. As respostas para estas necessidades irão figurar num protótipo de baixa fidelidade com capacidade de exemplificação de propriedades funcionais e com uma interface gráfica detalhada. Este pretende demostrar o potencial da infocomunicação mediada tecnologicamente na resposta às necessidades num ecossistema de uso real. O protótipo em questão foi ainda submetido a uma avaliação heurística feita por especialistas da área das tecnologias da comunicação que destacarão potenciais problemas de usabilidade, sugerindo melhorias nesse sentido. A última contribuição do trabalho passa pela proposta preliminar de um modelo de base heurística para a mediação infocomunicacional em ecossistemas cicláveis – um contributo inovador para área científica da Comunicação Multimédia.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10773/18625







O Cachalote : relatório de projecto final da curta-metragem

26-Outubro-2017 - rcaap.pt



Este relatório tem o objectivo de apresentar todo o processo de trabalho para a realização da curta-metragem de animação realizada no âmbito do Mestrado de Animação por Computador. Será apresentado ao longo deste documento todo o processo desde a apresentação da ideia original que, após todo o trabalho de desenvolvimento, deu origem à curta metragem “O Cachalote”, passando pela produção da animação 2D e como esta foi trabalhada a par da animação 3D, até à pós-produção que envolveu a parte em 2D. Este foi um trabalho de grupo desenvolvido no último ano do Mestrado em Som e Imagem – especialização em Animação por Computador, e teve como objectivo apresentar uma curta metragem de animação que envolvesse duas técnicas de animação distintas, contudo que estivessem em harmonia, quer seja no aspecto visual quer na animação. Através deste documento o leitor ficará a saber que meios foram utilizados para a realização da animação e de que forma o grupo trabalhou de modo a que os dois universos, 2D e 3D, coexistissem de modo que no decorrer da animação os espectadores não sentissem uma quebra no momento de passagem entre os mesmos. Este é um documento que explica a forma como a parte da animação 2D foi trabalhada e como é que todo o aspecto visual bidimensional se desenvolveu de modo a que estivesse de acordo com o restante da curta-metragem. Todo o processo é descrito passando pelas fases iniciais da produção até à finalização do projecto e montagem.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.14/23184







Eu confesso : relatório de projeto final

26-Outubro-2017 - rcaap.pt



As comunidades terapêuticas têm, desde a segunda metade do século XX, vindo a desempenhar um papel cada vez mais incontornável ao nível da reabilitação de pessoas cujas vidas, em algum momento, se desviaram do seu curso de saúde natural. Vistas em alguns casos como um complemento de outros tratamentos, e em outros como opção única para a recuperação e reestruturação destas vidas, assumem-se como lugar de encontro e partilha, e seguem os seus próprios modelos terapêuticos e suporte ideológico. O presente relatório reporta ao projecto final da especialização em Cinema e Audiovisual, no contexto do Curso de Mestrado em Som e Imagem, na Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa. Para a realização deste projecto, desenvolvido ao longo de seis meses, decidi abordar o trabalho levado a cabo por uma comunidade terapêutica carismática, colocando o foco na Pessoa em reabilitação. Dessa decisão resultou o documentário intitulado "Eu confesso", realizado na Instituição Desafio Jovem, mais propriamente na comunidade terapêutica de Cucujães. O texto que se segue aparecerá estruturado de forma a elucidar não só sobre o tema em questão, e os seus contornos, como sobre as dificuldades e exigências específicas que decorreram desta escolha e acabaram por conduzir algumas das minhas opções mais técnicas, obrigando-me, ao mesmo tempo, a reflectir sobre a importância e especificidade de cada papel envolvido na produção cinematográfica, e que aqui, por força das circunstâncias, me vi obrigado a assumir sozinho.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.14/23185







Liga Portuguesa Contra o Cancro recruta Voluntários para Peditório Nacional

25-Outubro-2017 - universia.net



Aproxima-se a data do Peditório Nacional e a Liga Portuguesa Contra o Cancro está a recrutar voluntários para todo o país. INSCREVA-SE NO PORTAL DE VOLUNTARIADO AJUDAMOS ENTRE AQUI De 1 a 5 de novembro realiza-se mais um Peditório Nacional da Liga Portuguesa Contra o Cancro. Milhares de voluntários  vão sair à rua, de norte a sul do país, devidamente identificados com o colete da instituição e com os cofres lacrados, individualizados e com o símbolo da LPCC. A ação decorrerá em locais distintos como centros comerciais, igrejas, cemitérios, supermercados e principais ruas de diferentes cidades, de norte a sul do país, sob a orientação dos respetivos Núcleos Regionais da LPCC - Norte, Centro, Sul, Açores e Madeira. Peditório Nacional realiza-se de  1 a 5 de novembro   Se tem disponibilidade para se juntar especificamente a esta causa, inscreva-se aqui no portal Ajudamos . Inscreva-se para participar como voluntário(a) pontual no peditório, que decorre de 1 a 5 de novembro de 2017. A participação pode ser feita à medida da sua disponibilidade, podendo ocorrer durante os 5 dias ou apenas num período . Este é um repto que a Liga faz a todos os cidadãos para que se juntem a esta causa, tornando-a maior e mais abrangente, no objetivo de fazer da luta contra o cancro um exemplo nacional de entreajuda e de solidariedade. A Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) é uma organização da sociedade civil com vários objetivos dirigidos para a problemática da doença oncológica. A efetividade da sua ação advém, por um lado, da fundamental ação do seu Voluntariado, que intervém quer na comunidade, quer na humanização da assistência ao doente oncológico e, por outro, das contribuições recebidas através de donativos que permitem custear os aspetos materiais de apoio ao doente e o desenvolvimento das iniciativas de promoção da saúde e de prevenção da doença. Cristiano Ronaldo, o melhor do mundo, apoia também esta causa: Leia ainda mais notícias sobre voluntariado .



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/cultura/noticia/2017/10/25/1156291/liga-portuguesa-contra-cancro-recruta-voluntarios-peditorio-nacional.html







Como é que a Geração Z encara o mercado de trabalho e quais as implicações mais diretas

25-Outubro-2017 - universia.net



Quais as especificidades da relação dicotómica entre a Geração Z e o mercado de Trabalho? O que procuram, o que valorizam na forma de trabalhar e quais as necessidades de adaptação das empresas para que consigam reter novos talentos? REGISTE O SEU CV GRÁTIS REGISTE AQUI A Geração Z refere-se aos jovens que nasceram entre os anos 1994 e 2010 e ao desenharmos o seu perfil como trabalhadores, verifica-se que estamos perante uma geração diferente das anteriores. A Atrevia  e a Deusto Business School  analisaram o perfil dos colaboradores da Geração Z  e concluíram: Estes jovens não querem só trabalhar num local estável e ganhar um bom salário. As experiências são uma variável importante, e quando pensam na empresa ideal, procuram uma que esteja próxima da sua maneira de entender o mundo. Questionados sobre ideias de progressão de carreira, revelam que não querem chegar a diretores, mas sim adquirir conhecimentos e experiências que os tornem uma referência. A formação, requalificação contínua e rotação funcional são mais importantes e procuram variedade, mudanças de função e projetos, com objetivos desafiadores e motivantes. O trabalho, longe de ser o meio de subsistência é para esta geração uma atividade motivadora que deve estimular intelectualmente, aumentando a capacidade de superação e melhoria contínua. Quando analisam um novo emprego a conciliação  é o mais importante, seguindo-se o bom ambiente e o desenvolvimento pessoal, valores que se sobrepõem a um bom salário  ou até mesmo à notoriedade e ética da empresa. As empresas devem por isso destacar-se pelo bom ambiente de trabalho, e permitir a conciliação e desenvolvimento de carreira. Quanto ao empreendedorismo , 36,2% consideram ideal montar a própria empresa. 24,6% querem trabalhar por conta de outrem, 15,9% por contra própria e apenas 9,3% querem ser funcionários públicos. 14% admitem ainda não saber o que preferem. Implicações para as empresas Esta será a geração que vai alavancar o teletrabalho e a flexibilidade horária . Pelo que se torna urgente que as empresas adotem novas formas de organizar o trabalho e medir a produtividade. Além de dimensão cultural e igualdade de género, para ter equipas coesas será necessário que as empresas saibam desenvolver habilidades de liderança transgeracionais . A capacitação de managers alinhados e sensibilizados para esta diversidade geracional será a chave para a verdadeira mudança na Gestão de Pessoas. A Internet e as redes sociais são os principais canais de comunicação da Geração Z , onde procuram emprego e formação, interagem com marcas, empregadores e uns com os outros. Por isso, a Gestão de Pessoas vai ter de se tornar mais digital e com um diálogo contínuo. 100% digitais e sabem colaboradores são peritos em usar o poder da Internet, podendo revelar-se bons aliados ou uma forte oposição a uma marca, online . A adaptação passa por alinhar os colaboradores com os valores corporativos. Só desta maneira poderão os empregadores criar um vínculo de compromisso com a empresa, que permitirá a integração de formas mais flexíveis de trabalho, para além de favorecer a retenção de talento. Consulte as ofertas de emprego disponíveis na rede Trabalhando Portugal , atualize o seu currículo e deixe a sua candidatura nas vagas mais adequadas ao seu perfil. Quer saber mais? Veja todas as  notícias



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/emprego/noticia/2017/10/27/1156256/geracao-z-encara-mercado-trabalho-quais-implicaces-diretas.html







Trabalhadores podem voltar a financiar o ´pé-de-meia´ da Segurança Social

25-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



O ministro Vieira da Silva quer voltar a ter uma parte das quotizações para segurança social entregue ao Fundo de Estabilização Financeira da Segurança Social.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/SSxdHpJlcrg/trabalhadores-podem-voltar-a-financiar-o-pe-de-meia-da-seguranca-social-8872132.html







Portugal precisa de mais energia renovável

25-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



A APREN pediu ao Governo a criação de condições para serem construídas mais centrais eólicas e aguarda agora resposta.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/energia/detalhe/portugal-precisa-de-mais-energia-renovavel







Os riscos do OE 2018

25-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



Não defendo o aumento da tributação das empresas numa altura em que é necessário continuar a criar emprego. Mas, se esse erro vier a ser consagrado no OE, então que se minimize o mesmo.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/opiniao/colunistas/carlos-bastardo/detalhe/os-riscos-do-oe-2018







Continente Loureshopping celebra 12 anos

25-Outubro-2017 - cision.com



Foi há 12 anos que Loures recebeu o Continente. Desde 27 de outubro de 2005 que a população de Loures conta com o Continente no Loureshopping, na Urbanização Quinta do Infantado e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 204 colaboradores. António Carreiro, diretor da Loja Continente Loureshopping, refere que “desde 2005 que acreditamos no investimento em Loures e, desde então, procurámos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no enorme potencial de crescimento desta região. Festejamos agora 12 anos, o que traduz a forte presença que



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-loureshopping-celebra-12-anos,c636444276720000000







Relatório de estágio: the Yeatman Oporto

25-Outubro-2017 - rcaap.pt



Dissertação de mestrado, Direção e Gestão Hoteleira, Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo, Universidade do Algarve, 2017



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.1/10122







Arte multimédia e curadoria : análise de questões curatoriais e museológicas no âmbito da arte dos novos média e estudos de caso

25-Outubro-2017 - rcaap.pt



This master thesis explores the specificities of multimedia and new media art, and the curatorial practice’s conditions. It synthesizes the several elements of multimedia art and develops chronologically the emergence and evolution of the various components, internationally and in Portugal. It focuses on the historical influences that mark the present, passing through the relationship between the new media art and the art museums. The research also centers on the specific problems of the medium with implications for its incorporation, presentation and preservation. It also tries to include the side of the contents, the artists and their references to clarify this artistic practice. For this study a more practical approach was taken, with the analysis of a set of case studies, highlighting the extracurricular internship in curatorial assistance and production of the Second Nature exhibition, at the Museum of Art, Architecture and Technology (MAAT), which complemented the research. This study focuses on the artists of new media, Portuguese and international, as well as curators, presenting what Portuguese museums have being done in the field of curatorial practice and in the investment of new technologies. This dissertation also proposes to understand how the problems of multimedia art diverge from the previous artistic practice, contributing to the study and debate of the medium, especially in the national scene



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10451/29382







Relatório de estágio na agência de publicidade FNYHoW

25-Outubro-2017 - rcaap.pt



O presente relatório refere-se ao processo de estágio curricular realizado pelo aluno André Alexandre de Oliveira Leite, na agência de publicidade FNYHoW, que teve início em Outubro de 2012 e se estendeu até à presente data. O documento apresenta todo o percurso do aluno na empresa, abordando três áreas temáticas que remetem para esta experiência profissionalizante. Primeiramente é feita uma contextualização da entidade de acolhimento, aprsentado o espaço no qual está inserida, a queipa de trabalho e os objectivos definidos. Posteriormente é apresentada uma invetsigação acerca do perfil do novo consumidor, do ponto de vista do marketing, analisando a forma como a Internet veio alterar os hábitos de consumo e de que forma a publicidade pode tomar partido deste meio. O foque estará essencialmente nas redes sociais, especialmente no Facebook. nma terceira e última parte do documento são descritos e analisados seis projectos realizados ao longo do período de estágio e é feita uma abordagem acerca do carácter profissionalizante do mesmo através de um comentário crítico e reflexivo. Deste modo, pretende-se demosntrar a forma como foram atingidos os objectivos e todas as competências desenvolvidas, com o intuito de cumprir os requisitos para a obtenção de grau de mestre em Publicidade.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.26/10309







Competências profissionais, parâmetros curriculares e áreas de formação mais relevantes para a empregabilidade dos Técnicos de Anatomia Patológica, Citológica e Tanatológica em Portugal

25-Outubro-2017 - rcaap.pt



Introdução: A empregabilidade é a capacidade de o indivíduo adquirir e manter um emprego, mudar de funções numa organização ou obter um novo emprego, de modo a atingir plena satisfação profissional. Esta capacidade implica que o trabalhador desenvolva ativamente um leque de competências que o tornem atrativo para o mercado de trabalho, fomentando a proatividade para criar ele próprio oportunidades de emprego. O mercado de trabalho globalizado e competitivo condiciona a empregabilidade, tornando-se importante conhecer a preparação mais adequada para o satisfazer. Objetivo: descrever competências profissionais, parâmetros curriculares e áreas de formação mais relevantes para a admissão de Técnicos de Anatomia Patológica, Citológica e Tanatológica (TAPCT) nas instituições empregadoras. Material e métodos: numa abordagem quantitativa recorreu-se a um questionário em formato on-line, tendo-se inquirido 101 empregadores. Os resultados foram tratados com estatística descritiva simples. Resultados: verificou-se que 71% dos inquiridos trabalhavam em instituições públicas e 80% na área da saúde. 34% dos inquiridos consideram que a sua instituição carece de TAPCT. As principais formas de primeiro contacto profissional são: realização de estágios (19%), conhecimentos pessoais (12%) e candidatura espontânea (10%). As competências pessoais mais valorizadas foram responsabilidade (86%), capacidade de trabalho em equipa (81%) e capacidade de organização (64%). Os parâmetros curriculares mais apreciados foram: habilitações técnico-científicas (90%), experiência profissional (78%) e formação pós-graduada (56%). As áreas de formação consideradas prioritárias são: Macroscopia (66%), Patologia Molecular (62%) e Citopatologia Não-Ginecológica (41%). Conclusão: Empregadores de diferentes esferas de ação valorizam um conjunto de competências comum: trabalho em equipa e responsabilidade. As competências técnico-científicas, a experiência profissional e a formação pós-graduada são os parâmetros curriculares mais valorizados, sendo que, relativamente a esta última, as áreas de Macroscopia e Patologia Molecular são as principais. Estes dados são importantes para a gestão profissional dos TAPCT.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.21/7439







Promoção da originalidade nos trabalhos académicos na UAb

25-Outubro-2017 - rcaap.pt



Este texto foi elaborado no âmbito das funções do Grupo de Trabalho para a Promoção da Originalidade dos Trabalhos Académicos na UAb, onde se alertam os estudantes para a necessidade de cumprir a lei dos Direitos de Autor, referenciando sempre os trabalhos ou frases que não são de sua autoria. Refere-se ainda a existência do software Turnitin, disponível na Plataforma Moodle, recurso importante para a verificação da originalidade dos textos (trabalhos, fóruns, etc.) submetidos na Moodle.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.2/6686







Estudos morfométricos em modelos experimentais de fibrose: quando os investigadores pretendem transformar uma imagem histológica num dado estatístico

25-Outubro-2017 - rcaap.pt



A quantificação de imagens histológicas é frequentemente requisitada em investigação biomédica. Muitos dos métodos utilizados são morosos, dificilmente reprodutíveis e com grande subjectividade. Neste trabalho pretendeu-se descrever e validar metodologias de medição de fibrose mais objectivas, reprodutíveis e de fácil execução com recurso ao software Image J. No modelo de fibrose hepática foram comparadas as percentagens obtidas numa secção total e em várias ampliações. Para a fibrose de miocárdio, foi criada uma macro e validada a sua reproductibilidade intra e inter-observacional. Na fibrose hepática, não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas (p > 0,05), mas a correlação revelou-se mais forte entre os resultados obtidos na fotografia da secção total e nas duas fotografias a 40x (r = 0,963). No caso da fibrose do miocárdio, não foram encontradas diferenças significativas entre os resultados obtidos manualmente e com a macro (p > 0,05). Em relação à variabilidade inter-observador, a macro revelou-se um método menos varíavel ao apresentar índices de correlação mais elevado entre observadores que a medição manual. A utilização do ImageJ permitiu a definição de metodologias em dois modelos de fibrose que permitiram uma medição objectiva, reproductível e de maneira menos laboriosa.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10437/8260







Identificação de Porphyromonas gingivalis e Prevotella intermedia isoladas de pacientes com doença periodontal e análise das resistências antimicrobianas

25-Outubro-2017 - rcaap.pt



A cavidade oral é um dos locais do organismo humano que revela a mais complexa e heterogénea população microbiana, da qual fazem parte mais de meio milhar de espécies bacterianas. A doença periodontal (DP) é uma patologia oral de origem bacteriana caracterizada por um estado inflamatório que começa por afetar o tecido gengival e cuja progressão leva frequentemente à perda de dentes na idade adulta. As gengivites e periodontites são das patologias periodontais que surgem com maior predomínio na rotina da clinica dentária. A identificação do microbioma responsável por este tipo de patologias é extremamente importante na adoção de medidas mais eficazes, quer de tratamento, quer de prevenção. Certas estirpes de bactérias de Gram negativo têm sido encontradas de forma consistente em lesões periodontais, nomeadamente as espécies Porphyromonas gingivalis e Prevotella intermedia. Estas bactérias são de Gram negativo, anaeróbias estritas, imóveis, não esporuladas e produtoras de pigmento negro. A identificação destes microrganismos pode ser realizada pelos métodos convencionais, sendo tecnicamente complexos, dispendiosos e morosos ou por diversas técnicas de biologia molecular, nomeadamente a Polymerase Chain Reaction (PCR). A prevenção e o controlo das doenças periodontais residem na eliminação do biofilme microbiano, através de hábitos de higiene oral e tratamento mecânico local. No entanto, em alguns tipos de DP torna-se necessário o uso de antisépticos e/ou antibióticos. A identificação das espécies bacterianas implicadas na DP permite a prescrição do antibiótico específico, uma vez que se tem verificado uma tendência para a abordagem terapêutica empírica o que tem conduzido para um aumento da resistência aos antibióticos, particularmente nas espécies do género Porphyromonas e Prevotella. Face ao exposto e à escassa informação acerca da identidade de estirpes bacterianas em infecções periodontais em Portugal e eventuais resistências desenvolvidas realizou-se um estudo preliminar de pesquisa das estirpes produtoras de pigmento negro, nomeadamente P.gingivalis e P. intermedia e da pesquisa da suscetibilidade antimicrobiana aos antibióticos ß-lactâmicos, metronidazol, clindamicina e tetraciclina; assim como também, a pesquisa de enzimas ß-lactamases. Neste trabalho foram analisadas 42 amostras de isolados subgengivais provenientes de pacientes com periodontites, da clínica dentária da Faculdade de Ciências da Saúde, da Universidade Fernando Pessoa, Porto. Das 42 amostras, apenas 14 tiveram crescimento de colónias com pigmento negro. Destas, 57,1% foram identificadas como P. intermedia, 28,6% eram P. gingivalis e 14,2% pertenciam a outras espécies pigmentadas. Relativamente à prova de sensibilidade antimicrobiana, verificou-se que todas as amostras de P. intermedia foram sensíveis aos antibióticos testados, embora 14,3% de Prevotella spp tenha-se mostrado resistente à penincilina, amoxicilina, clindamicina e tetraciclina. Nenhum dos isolados da espécie P. gingivalis mostrou resistência aos agentes antimicrobianos ensaiados. A pesquisa de ß-lactamases revelou que apenas 2 amostras tinham capacidade para a produção destas enzimas. Os dois métodos utilizados neste trabalho mostraram-se eficazes no conhecimento das espécies bacterianas intervenientes na DP. Contudo, no método clássico várias amostras perderam viabilidade durante o processo de congelação, inviabilizando a sua cultura. Por outro lado, os métodos moleculares amplificaram todas as amostras tendo-se demonstrado como previsto uma técnica rápida e precisa. As estirpes isoladas de P. gingivalis e P. intermedia foram sensíveis a todos os antibióticos testados, ao contrário do referido na literatura. Este resultado pode dever-se à reduzida amostragem deste estudo. Da avaliação destes resultados preliminares é nossa proposta em estudos futuros alargar significativamente a amostragem, bem como a amplificação direta do ADN bacteriano colhido nas bolsas periodontais, de forma a não existir seleção cultural dos agentes microbianos. O estudo da suscetibilidade antimicrobiana com recurso a técnicas de biologia molecular é, também nossa proposta para a contribuição de uma maior sensibilidade e precisão de resultados.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10284/6217







A perceção dos pais sobre a importância da introdução da alimentação no desenvolvimento da fala

25-Outubro-2017 - rcaap.pt



A alimentação, mais concretamente a mastigação na infância, é importante para a fala. Em ambas as funções são recrutados os mesmos grupos musculares, tal como referem os estudos de Gomes, et alli., (2011) e Green, et alli., (2000). A escolha do método de alimentação a introduzir na criança (tradicional ou Baby Led Weaning ), que caberá em primeira instância aos pais, poderá ter um impacto sobre o funcionamento do sistema estomatognático, uma vez que definirá uma consistência alimentar concreta (Tanigute, 2005). Partindo destes pressupostos, foi realizado um estudo transversal cujos principais objetivos foram caracterizar o perfil de pais com crianças entre os 4 e os 18 meses e explorar a sua perceção sobre a importância da introdução da alimentação na fala. A amostra incluiu 297 pais de crianças com um desenvolvimento neurotípico e que tinham iniciado a introdução da alimentação complementar. Para a recolha de dados foi construído um questionário de autorresposta designado por Escala de Perceção dos Pais sobre a Importância da Alimentação na Fala (EPPIAF) que apresentou alta confiabilidade (a= .86) e foi disponibilizado em formato online. Na análise das diferenças entre grupos de pais relativamente aos valores da pontuação global da EPPIAF, não foram observadas diferenças significativas com exceção do item que diz respeito à exploração dos alimentos. Na análise das diferenças relativas às habilitações literárias observou-se que os pais com níveis superiores de escolaridade apresentam resultados superiores na EPPIAF. Ao analisar a associação entre o resultado global da EPPIAF e a situação profissional dos pais, não se verifica uma relação estatisticamente significativa. A experiência parental analisada com referência ao número de filhos, apresentou uma correlação negativa estatisticamente significativa com a pontuação global da EPPIAF, sendo que a um maior número de filhos parece corresponder uma menor importância atribuída à relação entre a alimentação e fala.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10284/6216







Oitenta e cinco empresas destruídas e 450 trabalhadores afetados em Oliveira do Hospital

24-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/QpnzAMOCmEE/316902-oitenta-e-cinco-empresas-destruidas-e-450-trabalhadores-afetados-em-oliveira-do-hospital







Ajudamos.pt é a nova plataforma da Comunidade de voluntariado social

24-Outubro-2017 - universia.net



O Universia, apoiado pelo Banco Santander Totta, lança hoje a plataforma Ajudamos.pt – www.ajudamos.pt - uma rede de portais que divulga projetos de voluntariado, nos quais qualquer pessoa pode registar-se e candidatar-se. INSCREVA-SE NO PORTAL DE VOLUNTARIADO AJUDAMOS ENTRE AQUI O Santander Totta apoia o Ajudamos.pt , um projeto de responsabilidade social da Rede Universia, que é lançado hoje em Portugal . Trata-se de uma rede de portais onde as IPSS, as Associações e as Instituições de Ensino Superior  que queiram promover estas iniciativas junto dos seus estudantes podem divulgar as suas ofertas de voluntariado de forma simples e gratuita, tendo acesso a uma ampla base de voluntários. Registe-se e candidate-se às necessidades de voluntariado destas associações A plataforma é aberta a qualquer pessoa que queira registar-se e candidatar-se às ofertas, no entanto, está principalmente focada ao público universitário, uma vez que as Instituições de Ensino que já aderiram à comunidade de emprego Trabalhando.pt  serão também convidadas a integrar a plataforma. Com o arranque do Ajudamos.pt, é dado um passo em frente na criação de uma comunidade de voluntariado universitário com ofertas nacionais e internacionais. Nesta primeira fase do projeto, a plataforma conta com os portais da Liga Portuguesa Contra o Cancro e da Cruz Vermelha Portuguesa , bem como da Universidade Nova  e da Universidade de Lisboa . As rádios RFM e Mega Hits, que são as media partners deste projeto As rádios RFM e Mega Hits, que são as media partners deste projeto, têm também os respetivos portais, com os objetivos de promover as práticas de voluntariado junto dos seus públicos, bem como de divulgar as ofertas de voluntariado existentes na rede Ajudamos.pt.  Nas próximas semanas, o Instituto Politécnico de Setúbal integrará igualmente a plataforma Ajudamos.pt e, no final do ano, novas Instituições de Ensino Superior, bem como a Associação Acreditar , passarão a fazer parte do projeto. O Santander Totta investe anualmente cerca de €7 milhões na área de Responsabilidade Social e Corporativa. Até ao final do terceiro trimestre, o Banco apoiou 80 associações, em projetos de educação, proteção de menores, saúde, incapacidade, inclusão social e cuidado a idosos, com um impacto direto em mais de 17.600 pessoas. O Banco também contribui para o desenvolvimento de alguns projetos de Voluntariado Universitário que já foram lançados e estão a decorrer, tais como o SolidarISA, o Saúde Porta a Porta, o Hospital da Bonecada e o Marca Mundos, entre outros. A 2ª edição do Prémio de Voluntariado Universitário arrancou agora  e as candidaturas podem ser entregues até sexta-feira, 27 de Outubro.



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/destaque/noticia/2017/10/24/1156292/ajudamos-pt-nova-plataforma-comunidade-voluntariado-social.html







Sindicatos marcam greve na Efacec contra “despedimentos” mas empresa contesta

24-Outubro-2017 - publico.pt



Paralisação foi convocada para denunciar as "pressões que a empresa está a fazer para despedir vários trabalhadores".



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/10/24/economia/noticia/sindicatos-marcam-greve-na-efacec-contra-despedimentos-mas-empresa-contesta-1790158







IPC é parceiro de projeto europeu sobre formação em competências verdes

24-Outubro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



O Politécnico de Coimbra (IPC) é o parceiro nacional no projeto Aprendizagem ao longo da vida para o desenvolvimento sustentável. O projeto visa reforçar o papel das instituições de ensino superior[...] O post IPC é parceiro de projeto europeu sobre formação em competências verdes aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/ipc-parceiro-projeto-europeu-formacao-competencias-verdes/







Universidade de Aveiro apoia os seus diplomados na entrada no mercado de trabalho

24-Outubro-2017 - universia.net



Iniciativa da Universidade de Aveiro, o Fórum 4e, concebida para criar oportunidades para facilitar a inserção profissional dos seus diplomados comemora 17ª edição   REGISTE GRATUITAMENTE O SEU CURRÍCULO ENTRE AQUI Durante o Fórum 4e, a realizar-se na Universidade de Aveiro  nos dias 24, 25 e 26 de outubro, finalistas e Alumni da Universidade de Aveiro vão poder assistir a apresentações de empresas, workshops, espaços de networking e entrevistas de emprego. O Fórum 4e, assinala este ano a sua 17ª edição e conta com o apoio da Associação Académica da UA (AAUAv) . Esta iniciativa tem como objetivo aproximar os alunos e antigos alunos da UA do mercado de trabalho , seja através da promoção do contacto com empresas/instituições empregadoras ou do fomento de ações promotoras da sua capacidade empreendedora e de criação do próprio emprego. As 60 empresas participantes nesta edição de 2017 do Fórum 4e procuram quadros técnicos altamente qualificados para colaborar em projetos ambiciosos e exigentes e confiam que na UA vão encontrar as pessoas que procuram. Entre estas empresas estão nomes coma Bosch, a Critical Software, o Grupo Visabeira, a Vodafone e a Jerónimo Martins. Durante o evento, para além das entrevistas de emprego , os alunos e diplomados pela UA poderão não só assistir às apresentações das empresas regionais e nacionais presentes como também contactar, de forma informal, com os representantes de todas elas. No final do programa de cada dia, haverá workshops e conferências organizadas pela Associação Académica da UA e por alguns núcleos de estudantes . Entrevistas As empresas vão ainda realizar um conjunto de entrevistas de emprego durante a sua presença no Fórum 4e aos alunos e alumni da UA, que tenham previamente enviado as suas candidaturas e que foram selecionados pelas empresas. Conferência e workshops Com temas ligados à empregabilidade  e à valorização profissional, alunos e alumni da UA terão oportunidade de assistir a uma conferência e participar em workshops durante os dias de realização do Fórum 4e. Apresentações e networking Alunos e alumni terão oportunidade de assistir às apresentações das empresas, em formato pitch, e ficar a conhecer as oportunidades que estas têm para oferecer. No final das sessões, durante o coffee-break, alunos e alumni poderão interagir com os representantes das empresas, aproveitando para entregar o seu curriculum vitae e conhecer melhor as empresas. A Universidade de Aveiro é uma das 31 universidades portuguesas que integram a rede Universia em Portugal e uma das 1407 a nível ibero-americano. Consulte também o nosso  portal de mobilidade . Leia também mais notícias sobre a  Universidade de Aveiro Quer saber mais? Veja todas as  notícias



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/destaque/noticia/2017/10/24/1156271/universidade-aveiro-apoia-diplomados-entrada-mercado-trabalho.html







Rui Vieira de Castro é o novo reitor da Universidade do Minho

24-Outubro-2017 - universia.net



Rui Vieira de Castro é o novo reitor da Universidade do Minho para o período 2017-2021. REGISTE GRATUITAMENTE O SEU CURRÍCULO ENTRE AQUI O professor catedrático do Instituto de Educação da Universidade do Minho  foi eleito esta terça-feira de manhã por maioria dos membros do Conselho Geral. A tomada de posse realiza-se no mês de novembro no salão medieval da Reitoria, no Largo do Paço, em Braga. No seu programa de ação são valorizadas como prioridades estratégicas para os próximos anos a oferta de uma educação superior de elevada qualidade, através de projetos inovadores em diferentes modalidades formativas e orientados para públicos diversificados, a consolidação internacional da investigação científica realizada na Universidade , assegurando a sua excelência, o seu impacto e a sua abertura em todas as áreas de atuação da instituição, bem como a implicação ativa da UMinho na promoção do desenvolvimento cultural, social e económico dos territórios e do país. Aprofundar a qualidade da internacionalização da Universidade , reforçando a sua presença em redes internacionais, consolidando parcerias estratégicas e intensificando a sua atividade no quadro do espaço europeu de ensino superior, incrementar a qualidade institucional da UMinho, através de novas orientações e dispositivos relativos à sua organização e gestão, e melhorar a qualidade de vida nos campi e a qualidade das suas infraestruturas, assumindo os valores da inclusão e da sustentabilidade ambiental, são outras prioridades em que assenta o programa de ação validado pelo Conselho Geral da Universidade. A UMinho, que conta com mais de 19 mil alunos e 1250 professores, volta assim a ser liderada por um reitor formado na própria Universidade . Rui Vieira de Castro foi o único candidato ao cargo de reitor. Nascido em Caldas de Vizela há 59 anos, é licenciado em Ensino de Português e Inglês pela UMinho, mestre em Linguística Portuguesa Histórica pela Universidade de Lisboa e doutorado em Educação pela UMinho. Após uma curta experiência como docente do ensino secundário, ingressou na UMinho em 1983, onde veio a desenvolver toda a sua carreira profissional. Nesta instituição foi, nos últimos oito anos, vice-reitor para a Educação e vice-reitor para o Ensino e a Investigação. Por outro lado, lecionou em diversas universidades portuguesas e estrangeiras. Foi consultor do Ministério da Educação e dirigiu vários projetos de investigação, apoiados por agências nacionais e internacionais. É autor de numerosos livros, capítulos de livros e artigos. Coordenou projetos de cooperação para o desenvolvimento em Timor-Leste. Foi presidente da Associação Portuguesa de Linguística, diretor da Revista Portuguesa de Educação e cofundador da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação, da Littera - Associação Portuguesa para a Literacia e da Sociedade Portuguesa de Didática das Línguas e das Literaturas. Para este ano letivo de 2017/2018 a  UMinho   oferece 55 licenciaturas e mestrados integrados, num total superior a 2700 vagas. Somam-se ainda 529 vagas para   alunos internacionais . As áreas com mais lugares são Direito, Medicina, Enfermagem e as engenharias Informática, Mecânica, Gestão de Sistemas de Informação e Eletrónica Industrial e Computadores. Há sete cursos em horário pós-laboral: Contabilidade, Marketing, Música, Negócios Internacionais, Direito, Educação e Engenharia e Gestão e Sistemas de Informação, englobando mais de 200 vagas. Os três últimos estão também disponíveis em regime normal. Leia também mais notícias sobre a  Universidade do Minho Quer saber mais? Veja todas as  notícias



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/cultura/noticia/2017/10/24/1156277/rui-vieira-castro-novo-reitor-universidade-minho.html







Associação cultural Casa da Horta promove oferta do Serviço Voluntário Europeu integrada no Programa Eramus +

24-Outubro-2017 - universia.net



A Casa da Horta está a divulgar uma oferta de voluntariado para o Reino Unido (Gloucestershire, UK) no âmbito da Educação não-formal, agricultura biológica, artesanato, pessoas com necessidades especiais, vida em comunidade. REGISTE O SEU CV GRÁTIS REGISTE AQUI Esta oportunidade de fazer voluntariado  em Oaklands Park and The Grange Village ( Gloucestershire, UK ) tem uma duração de 10 meses, 1 de fevereiro a 30 de novembro de 2018 e destina-se a Jovens dos 18 aos 30 anos. O Serviço Voluntário Europeu (SVE) é um programa de voluntariado inserido no Programa Erasmus + , dirigido aos jovens entre os 18 e os 30 anos que permite levar a cabo um serviço de voluntariado com duração máxima de 12 meses num país diferente do seu de residência . Os jovens voluntários que integrem este programa de voluntariado europeu têm direito a: Viagem internacional ida e volta Alojamento (100%) Alimentação (100%) Dinheiro de bolso (cerca de 100€/mês, varia conforme o país de acolhimento) Formação linguística Seguro de saúde Os interessados em candidatar-se a esta oportunidade inserida no Programa Erasmus +, devem preencher e enviar o formulário , CV devidamente atualizado  e carta de motivação  (ambos em inglês). As candidaturas devem ser formalizadas até 15 de dezembro 2017 através do email: sve.casadahorta@pegada.net Nos portais da rede Trabalhando  encontra ainda outras oportunidades disponíveis Quer saber mais? Veja todas as  notícias



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/cultura/noticia/2017/10/24/1156254/associacao-cultural-casa-horta-promove-oferta-servico-voluntario-europeu-integrada-programa-eramus-.html







Fogos põem em causa 1400 empregos na Região de Coimbra

24-Outubro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



Os incêndios florestais que eclodiram no dia 15 na área da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIMRC) puseram em causa 1.395 postos de trabalho e afetaram diretamente 55 empresas,[...] O post Fogos põem em causa 1400 empregos na Região de Coimbra aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/fogos-poem-causa-1400-empregos-na-regiao-coimbra/







Combinação vencedora do concurso 85/2017

24-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/cKpEDH4np7I/316925-combinacao-vencedora-do-concurso-852017







Oitenta e cinco empresas destruídas e 450 trabalhadores afetados em Oliveira do Hospital

24-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/1Th4sC2wleo/316899-oitenta-e-cinco-empresas-destruidas-e-450-trabalhadores-afetados-em-oliveira-do-hospital







Fogos põem em causa quase 1.400 empregos na Região de Coimbra

24-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/KGWDTIzBX7I/316895-fogos-poem-em-causa-quase-1.400-empregos-na-regiao-de-coimbra







Arranque com o pé esquerdo: Portugal perde com Bélgica

24-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



Um golo de Tine De Caigny, aos 47 minutos, selou o triunfo da formação belga, que somou o terceiro triunfo em três jogos e lidera o agrupamento, com nove pontos, os mesmos da Itália.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/csDG_uMMkRQ/portugal-perde-com-a-belgica-na-estreia-na-corrida-ao-mundial-feminino-de-2019-8869468.html







A ´desconexão profissional´ em horário de trabalho 

24-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



Julgo que os senhores deputados podiam ir mais longe, defendendo agora o direito à "desconexão profissional" em horário laboral, legitimando uma forma de descanso a que muitos se dedicam com militância.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/opiniao/colunistas/isabel-stilwell/detalhe/a-desconexao-profissional-em-horario-de-trabalho







Intenção de consumo das famílias avança 1,4% de setembro para outubro

24-Outubro-2017 - ebc.com.br



A Intenção de Consumo das Famílias, medida pela Confederação Nacional de Bens, Serviços e Turismo (CNC), teve um crescimento de 1,4% na passagem de setembro para outubro deste ano. Com o resultado, o indicador chegou a 77,9 pontos em uma escala de zero a 200 pontos. Na comparação com outubro de 2016, a alta foi 5,4%. Tanto na comparação com setembro deste ano quanto na comparação com outubro do ano passado, seis dos sete componentes do indicador tiveram crescimento. A exceção foi a avaliação sobre a perspectiva profissional, que recuou 0,9% na comparação com setembro e 5,7% na comparação com outubro de 2016. Na passagem de setembro para outubro, o destaque ficou com perspectiva de consumo, que avançou 5,4%. Também registraram alga os demais componentes: momento para a compra de bens duráveis (2,3%), renda atual (1,5%), compra a prazo (1,3%), emprego atual (0,9%) e nível de consumo atual (0,7%). Na comparação com outubro de 2016, os destaques foram a perspectiva de consumo e o momento para duráveis, ambos com alta de 16,7%. Os demais componentes tiveram altas: nível de consumo atual (14,8%), compra a prazo (7,4%), emprego atual (1,7%) e renda atual (1,6%).



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/intencao-de-consumo-das-familias-avanca-14-de-setembro-para-outubro







Duo Miraflores Premium atinge os 100% de ocupação

24-Outubro-2017 - cision.com



LISBOA, 23 de outubro 2017 – Com mais de 8.200 m² de escritórios, o edifício Duo Miraflores Premium já atingiu os 100% de ocupação. Um marco atingido graças ao trabalho desenvolvido pelas equipas da JLL e da B. Prime, que foram mandatadas pela Geril – proprietário e promotor - para proceder, em co-exclusivo, à comercialização deste imóvel, de referência no Corredor Oeste. As últimas operações concluídas neste edifício foram os arrendamentos de 1.320 m² à Compta, de 448 m² à Clínica Dr. Joaquim Chaves e de 221 m² à Spectacolor; que se juntaram às diversas empresas aqui instaladas. O



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/jones-lang-lasalle-portugal/r/duo-miraflores-premium-atinge-os-100--de-ocupacao,c636443649640000000







Raid TT Vinhos Beira Interior com muito sabor!

24-Outubro-2017 - cision.com



O passeio todo terreno que encerra o calendário de actividades do Clube Escape Livre já abriu as suas inscrições! O Raid TT Vinhos Beira Interior é destinado a todas as marcas e modelos 4x4, e tem como palco um dos concelhos produtores de vinho da região demarcada da Beira Interior / sub-região de Pinhel - igualmente rico em história, arquitectura e grandes paisagens. A pouco mais de um mês do evento, o Clube Escape Livre tem em curso todos os preparativos para fazer deste um grande evento de celebração dos néctares beirãos. Para acolher a caravana, seleccionou três unidades hoteleiras de



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/clube-escape-livre/r/raid-tt-vinhos-beira-interior-com-muito-sabor-,c636443516650000000







Proença diz que Ronaldo é ´um dos maiores atletas de sempre´

23-Outubro-2017 - sapo.pt



O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse hoje à agência Lusa que a eleição de Cristiano Ronaldo como o melhor do mundo pela quinta vez faz do internacional português "um dos maiores de sempre".



Link para o texto completo:
 
http://24.sapo.pt/desporto/artigos/proenca-diz-que-ronaldo-e-um-dos-maiores-atletas-de-sempre







The Best. Ronaldo é ´verdadeiro embaixador de Portugal´

23-Outubro-2017 - sapo.pt



Cristiano Ronaldo, que hoje foi eleito pela quinta vez melhor jogador do mundo pela FIFA, é "verdadeiro embaixador de Portugal" e "exemplo de superação constante", para Joaquim Evangelista, presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF).



Link para o texto completo:
 
http://24.sapo.pt/desporto/artigos/the-best-ronaldo-e-verdadeiro-embaixador-de-portugal







Web Summit oferece 10 000 bilhetes especiais para jovens dos 16 aos 23 anos

23-Outubro-2017 - universia.net



INSPIRE é a mais recente campanha Web Summit que pretende inspirar os jovens empreendedores portugueses O Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, e Paddy Cosgrave, CEO do Web Summit acabam de divulgar uma iniciativa que visa facilitar o acesso de milhares de jovens empreendedores, estudantes  e visionários Portugueses às conferências do Palco Central na Altice Arena (ex-MEO Arena) durante a Web Summit, a maior conferência de empreendedorismo , tecnologia e inovação da Europa, a realizar-se de 6 a 9 de novembro. Assim, cerca de 10 000 jovens com idades compreendidas entre os 16 e os 23 anos vão poder assistir durante meio dia, às conferências do Palco Central na Altice Arena durante o Web Summit . Ao todo, no âmbito desta campanha,  vão ser disponibilizados 10 000 bilhetes  e que poderão ser usados num dos três dias do evento à escolha dos jovens selecionados. Esta campanha especial do Web Summit dirige-se APENAS a todos os jovens com idades compreendidas entre os 16 e os 23 anos. “Estamos muito entusiasmados por trazemos milhares de jovens Portugueses empreendedores, estudantes  e visionários até ao Web Summit para poderem viver toda a experiência do evento e ter contacto com alguns dos oradores mais inspiradores que apresentaremos este ano” explica Paddy Cosgrave. “No último ano registámos mais de 120,000 pedidos para a nossa campanha INSPIRE e, por isso, estou muito contente por anunciar que a iremos lançar hoje pelo segundo ano consecutivo, com o apoio do Primeiro Ministro e do Governo.” Os bilhetes terão um custo unitário de € 7,50. As candidaturas a estes bilhetes podem ser efetuadas  aqui .



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/cultura/noticia/2017/10/23/1156263/web-summit-oferece-10-000-bilhetes-especiais-jovens-16-23-anos.html







Sociedade Portuguesa de Estatística distingue Nazaré Lopes da UC

23-Outubro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



Maria de Nazaré Lopes, docente do Departamento de Matemática da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), acaba de ser distinguida com o Prémio Carreira SPE[...] O post Sociedade Portuguesa de Estatística distingue Nazaré Lopes da UC aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/sociedade-portuguesa-estatistica-distingue-nazare-lopes-da-uc/







Ordem dos Enfermeiros defende integração destes profissionais na Proteção Civil

23-Outubro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



A Ordem dos Enfermeiros defende a integração destes profissionais na estrutura da Proteção Civil e vai solicitar uma audiência ao novo ministro da Administração Interna para transmitir esta pretensão. Em[...] O post Ordem dos Enfermeiros defende integração destes profissionais na Proteção Civil aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/ordem-dos-enfermeiros-defende-integracao-destes-profissionais-na-protecao-civil/







CMU Portugal abre candidaturas para oito Bolsas de Doutoramento de grau dual

23-Outubro-2017 - universia.net



Encontram-se a decorrer as candidaturas a oito bolsas de doutoramento de grau dual do Programa Carnegie Mellon Portugal (CMU Portugal), financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, para o ano letivo de 2018/2019. CONHEÇA O PORTAL DE MOBILIDADE UNIVERSIA SAIBA MAIS AQUI! O prazo de entrega das candidaturas a estes doutoramentos, que garantem a atribuição de dois diplomas - o da universidade portuguesa selecionada e o da Carnegie Mellon University - depende da área de investigação considerada: Ciência de Computadores, Engenharia Informática, Tecnologias da Língua Falada, com limite até 14 de dezembro, Engenharia Eletrotécnica e de Computadores e Engenharia Mecânica, até 15 de dezembro, Engenharia e Políticas Públicas até 1 de janeiro de 2018 e Matemática Aplicada e Mudança Tecnológica e Empreendedorismo até 15 de janeiro de 2018. A propósito desta experiência,  Carla Viegas, a tualmente a frequentar o doutoramento em Língua Falada , destaca o facto de ser uma “oportunidade rica para conhecer o mundo de investigação em Portugal, assim como o da CMU”. A estudante considera “esta uma experiência importante, quer a nível profissional quer pessoal” na medida em que trabalha “numa área nova de investigação que cativa o interesse e que permite conhecer outras pessoas com as quais partilhamos o interesse pela investigação”. André Martins, que em 2011 completou o doutoramento em Tecnologias de Linguagem no âmbito do Programa CMU, recebeu recentemente uma bolsa do Conselho Europeu de Investigação no valor de 1,4 milhões de euros . Na atribuição desta bolsa, o antigo aluno não esqueceu o papel importante que a participação no Programa CMU Portugal teve, referindo, a este nível, que “a estadia na CMU forneceu a experiência de trabalhar com investigadores de topo” com os quais aprendeu “imenso” e “permitiu também estabelecer uma rede de colaborações que foi fundamental na atribuição desta bolsa”. O DeepSPIN , o projeto vencedor da bolsa, consiste em combinar métodos de aprendizagem estatística estruturada com redes neuronais artificiais, aplicando-os ao processamento de linguagem natural. Desde o arranque do CMU Portugal , em 2006, já se candidataram aos programas de grau dual mais de 900 potenciais estudantes, dos quais cerca de 120 foram selecionados . Além das oito bolsas disponíveis para os estudantes interessados nos programas doutorais mencionados, outras formas alternativas de financiamento são possíveis, como por exemplo, através da combinação de uma bolsa regular da FCT com fundos adicionais de CMU . Mais informações sobre os processos de candidatura estão disponíveis no website da parceria internacional, em www.cmuportugal.org . O Programa CMU Portugal tem como missão colocar o país na vanguarda da inovação em áreas focadas de tecnologias de informação e comunicação , através da investigação de ponta, da excelência na formação pós-graduada e de uma ligação muito próxima com a indústria portuguesa. Financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia , o programa resulta de uma colaboração entre o governo português e a universidade norte-americana de Carnegie Mellon na área das Tecnologias de Informação e Comunicação, iniciada em outubro de 2006 e já renovada até 2017. Esta parceria internacional abrange mais de 300 estudantes de Mestrado Profissional e de Doutoramento de grau dual , compreende cerca de 50 projetos de investigação , selecionados por via competitiva, e tem mais de 120 empresas parceiras . O Programa impulsionou a criação do Instituto de Tecnologias Interativas da Madeira e de 11 startups : Dognaedis, Feedzai, Geolink, Mambu, Orange Bird, Prsma, RedLight Software, Sentilant, Streambolico, Veniam e Virtual Traffic Lights.  A CMU é uma universidade privada de investigação norte-americana com mais de treze mil alunos que participam nos programas de Engenharia, Ciências da Computação, Robótica , Gestão , Políticas Públicas, Artes e Humanidades. A universidade tem pólos em Pitsburgo (Pensilvânia), Silicon Valley (Califórnia) e Doha (Catar), e tem vindo a consolidar uma posição global, reconhecida em todo o mundo, nomeadamente através de vários rankings. A CMU tem ainda programas de educação na Ásia, Austrália e Europa. Conheça  aqui mais bolsas com candidaturas a decorrer  e outras formas de financiar o ensino superior  e a investigação em Portugal Quer saber mais? Veja todas as notícias



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/destaque/noticia/2017/10/23/1156248/cmu-portugal-abre-candidaturas-oito-bolsas-doutoramento-grau-dual.html







´Os tradutores não sabiam o que era um guarda-redes´

23-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



Vítor Matos, de 29 anos, trabalha na formação do primeiro clube chinês que abriu uma academia. A nova rubrica da TSF, todas as segundas-feiras (antes das 19h), ouve os portugueses pelo mundo.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/HprSmPmKmgw/os-tradutores-nao-sabiam-o-que-era-um-guarda-redes-8866823.html







O que distingue o treinador português? ´Competência técnica e relação humana´

23-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



A TSF vai dar a conhecer um português a trabalhar longe de casa todas as segundas-feiras. Como ponto de partida está o trabalho académico de Bruno Dias, treinador do Sacavenense e comentador da TSF.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/YuX5XCg9MJI/comecou-se-a-falar-muito-da-escola-dos-treinadores-portugueses-8866848.html







´Quando erra, o guarda-redes é uma jovem promessa, se for o árbitro é corrupto´

23-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



Presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol diz que "chega" de suspeições pelo trabalho dos homens do apito e confirma que vão avançar com a greve nos jogos da Taça da Liga.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/jyGcV9Hcvuk/quando-erra-o-guarda-redes-uma-jovem-promessa-se-for-oarbitro-e-um-corrupto-8867023.html







Uber escolhe Lisboa para instalar centro de apoio e formação para a Europa

23-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



Investimento vai criar cerca de 250 empregos até ao próximo ano.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/Y35cNdfiTfk/uber-escolhe-lisboa-para-instalar-centro-de-excelencia-para-a-europa-8865896.html







Cerca de 20% da área resinada no país ardeu, 200 postos de trabalho em risco

23-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/5tAwR-3FUZw/316752-cerca-de-20-da-area-resinada-no-pais-ardeu-200-postos-de-trabalho-em-risco







Confiança do empresário industrial atinge maior nível em mais de quatro anos

23-Outubro-2017 - ebc.com.br



Em alta pelo terceiro mês consecutivo, a confiança do empresário industrial atingiu, em outubro, o maior nível em mais de quatro anos. O Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei), medido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) somou 56 pontos no último mês, no maior nível desde março de 2013 (57,1 pontos). O indicador varia de 0 a 100 pontos. Quando estão acima de 50 pontos indicam empresários confiantes. De acordo com a CNI, este é o segundo mês consecutivo em que o índice está acima da média histórica de 54 pontos. A confiança é mais alta nas grandes indústrias, onde o Icei de outubro atingiu 58,6 pontos. O índice somou 54,3 pontos nas médias empresas e 52,3 pontos nas pequenas indústrias. Nas expectativas para os próximos seis meses, o Icei aumentou 0,4 ponto, fechando outubro em 58,8 pontos. De acordo com a CNI, a tendência é que o indicador repita o desempeno nos próximos meses. Formado pelas avaliações dos empresários em relação às condições atuais e futuras das empresas e da economia, o Icei, segundo a confederação, antecipa tendências de investimento na indústria. Para a CNI, o aumento do otimismo indica que os empresários estão mais dispostos a investir, criando empregos e contribuindo para a retomada do crescimento econômico. Feita entre 2 e 17 de outubro, a pesquisa ouviu 3.097 empresários industriais em todo o país. Desse total, 1.208 são empresas pequenas, 1.175 são médias, e 714 são de grande porte.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/confianca-do-empresario-industrial-atinge-maior-nivel-em-mais-de-quatro







Dívida pública sobe para R$ 3,4 trilhões em setembro, informa Tesouro

23-Outubro-2017 - ebc.com.br



A Dívida Pública Federal que inclui o endividamento interno e externo do Brasil registrou aumento em setembro. O estoque da dívida subiu 0,79%, passando de R$ 3,404 trilhões, em agosto, para R$ 3,430 trilhões em setembro, informou hoje (23) a Secretaria do Tesouro Nacional do Ministério da Fazenda. Esse crescimento da dívida ocorreu devido aos gastos com juros no valor de R$ 27,15 bilhões. Por outro lado, em setembro, os resgates de títulos pelos investidores foram superiores às emissões de títulos, em R$ 320 milhões. Esse resultado foi impactado pela devolução de R$ 15 bilhões em títulos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ao Tesouro Nacional, no final do mês passado. Outros R$ 18 bilhões foram devolvidos em dinheiro em espécie. Por isso, não impactou a divida mobiliária, mas apenas a dívida bruta do setor público. De acordo com o Tesouro, esses recursos são usados exclusivamente para pagamento da dívida pública. A Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi), que é a parte da dívida pública que pode ser paga em reais, teve seu estoque ampliado em 0,78%, ao passar de R$ 3,286 trilhões para R$ 3,311 trilhões. Segundo o Tesouro, esse aumento é devido ao pagamento de juros de R$ 25,98 bilhões, compensado em parte pelo resgate líquido, ou seja, mais resgates do que emissões de títulos públicos, no valor total de R$ 46 milhões. O estoque da Dívida Pública Federal Externa, captada do mercado internacional, teve aumento de 1,22%, encerrando o mês passado em R$ 118,88 bilhões (US$ 37,53 bilhões). A variação do endividamento do Tesouro pode ocorrer por meio da oferta de títulos públicos em leilões pela internet (Tesouro Direto) ou pela emissão direta. Além disso, pode ocorrer assinatura de contratos de empréstimo. Neste caso, o Tesouro toma empréstimo de uma instituição ou de um banco de fomento, destinado a financiar o desenvolvimento de uma determinada região. Já a redução do endividamento se dá, por exemplo, pelo resgate de títulos. De acordo com o Plano Anual de Financiamento (PAF), a dívida pública poderá fechar este ano entre R$ 3,45 trilhões e R$ 3,65 trilhões.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/divida-publica-sobe-para-r-34-trilhoes-em-setembro-informa-tesouro







IP duplica verbas para limpeza de bermas em 2018

23-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



A Infraestruturas de Portugal vai lançar ainda este ano os concursos para a prestação de serviços de limpeza até aos dez metros nas faixas das rodovias e ferrovias em zonas com planos municipais de defesa da floresta aprovados.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/transportes/detalhe/ip-duplica-verbas-para-limpeza-de-bermas-em-2018







Crónica rural

23-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



Os salários são baixos, as oportunidades de trabalho, escassas, e as qualificações, limitadas. Na semana passada, a minha casa ardeu.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/opiniao/colunistas/cristina-casalinho/detalhe/cronica-rural







Com frete rodoviário abaixo do custo, CNI defende fiscalização para evitar crise

23-Outubro-2017 - ebc.com.br



A falta de maior fiscalização nas rodovias pode afetar ainda mais a crise no setor de transporte de cargas, que já sofre com o preço do frete abaixo do custo operacional, mostra estudo inédito da Confederação Nacional da Indústria (CNI) ao qual a Agência Brasil teve acesso. Segundo o estudo Transporte Rodoviário de Carga (TRC): características estruturais e a crise atual o aumento no número de transportadores, tanto de autônomos quanto de empresas, levou ao acirramento da concorrência, resultando em grande ociosidade na frota de caminhões e a consequente diminuição do preço do frete. Atualmente, o setor tem 188 mil empresas de transporte de carga, cuja frota atinge 1,3 milhão de veículos. Elas dividem o mercado com 919 mil transportadores autônomos de carga (TACs), com uma frota de 1,1 milhão de veículos, e 400 cooperativas de transporte rodoviário de cargas (CTC), com frota de 18,8 mil veículos. A frota de transporte rodoviário de cargas teve uma ociosidade de 38,7% no primeiro semestre deste ano Arquivo/Antônio Cruz/ABr Apesar de os dados mais recentes indicarem redução no número de veículos parados nos últimos três semestres, diminuindo de 65,4%,no primeiro semestre de 2016, para 52,8% ao final do ano passado e 38,7% no primeiro semestre de 2017, o percentual ainda é alto. De acordo com o especialista em políticas e indústria da CNI, Matheus de Castro, no caso do transporte de cargas, setor normalmente competitivo, a redução do preço do frete funciona como instrumento de concorrência entre as empresas, mas não tem o efeito de gerar um aumento significativo da demanda do mercado. Segundo Castro, em um cenário normal, as flutuações de preço tendem a restabelecer o equilíbrio entre oferta e demanda nesse mercado, mas o desequilíbrio foi acentuado pela crise econômica que gerou uma diminuição no volume de carga transportada. A gente observou que nos últimos anos houve uma queda muito acentuada da demanda por serviços de transporte, em decorrência da crise econômica, enquanto ocorreu uma expansão acelerada do lado da oferta, da disponibilidade de serviços de transporte, gerando uma situação em que mesmo com a queda da demanda, o mercado não se autoajustava, disse Castro à Agência Brasil . Pesquisa feita pela Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC Logística), em parceria com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), mostra que, entre o fim do ano passado e o primeiro semestre deste ano, cresceu de 72% para 79% o número de empresas que receberam pagamento pelo frete abaixo do custo. Já as que não aumentaram ou deram desconto no frete passaram de 90% para 91%. De acordo com Castro, apesar de a concorrência provocar redução acentuada dos fretes, a crise não se traduz na eliminação de empresas, uma vez que as transportadoras menos eficientes permanecem no mercado, operando de forma precária. Esse cenário, de manutenção do preço dos fretes abaixo do preço de custo, é mais frequente nos mercados mais competitivos, devido à existência de transportadores dispostos a aceitar fretes significativamente mais baixos do que os vigentes no mercado. Ele observa ainda que apesar de as empresas responderem pela maior parcela de oferta no setor (53%), o estrangulamento no preço do frete é mais forte entre os transportadores autônomos. Os preços praticados por determinados caminhoneiros não cobrem nem o custo de operação. E nosso interesse é ter um preço de frete compatível com o mercado e a demanda, disse. Regulação e fiscalização A Confederação defende maior fiscalização sobre a atividade como uma possível solução para o impasse. Não se trata de determinar a inspeção anual de toda a frota de veículos comerciais, o que inviabilizaria o procedimento ou o tornaria mera formalidade, mas sim estabelecer periodicidades diferenciadas, com intervalos decrescentes de acordo com a idade do veículo, destaca o estudo. Entre as medidas que podem contribuir estão o aumento da verificação do peso dos caminhões, o combate à sonegação de impostos e a implantação da inspeção técnica de veículos, com cancelamento da inscrição no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas (RNTRC) do veículo não aprovado na inspeção . Daí a gente fala em fiscalização, pois enquanto o governo não implementa, de fato, diversas normas já previstas, ele acaba beneficiando os infratores. Caminhoneiros que não deveriam estar no mercado ofertando serviços de transporte porque eles não estão cumprindo a lei, disse Castro. Para o especialista, a maior fiscalização tem que valer tanto para as empresas quanto para os autônomos. Quando a gente analisa a idade média dos caminhões que estão trafegando, que é uma idade muito elevada, vê que se a inspeção tivesse ocorrendo de maneira eficiente, teríamos uma quantidade menor de veículos infratores trafegando, disse. De acordo com o estudo, a inexistência de barreiras à entrada no mercado e a ampla possibilidade de recuperação dos investimentos realizados limitam a margem de lucro das empresas e dificultam a eliminação de operadores ineficientes. É exatamente a ineficácia dos mecanismos de mercado que impede que os transportadores menos eficientes e que não obedecem a legislação sejam eliminados, diz o trabalho. O estudo da CNI descarta a necessidade de uma intervenção do governo no setor, mas observa que o Estado tem um papel de regulador importante. De acordo com os dados mais recentes sobre o setor de transporte de carga, 582 mil caminhões têm idade superior a 20 anos. A frota das empresas transportadoras de carga (ETCs) tem, em média, 10,3 anos, enquanto a dos transportadores autônomos de cargas (TACs) tem média de 18 anos. Isso causa impacto na atividade dos transportadores autônomos, beneficiando os que estão atuando de maneira correta e acabam sendo prejudicados também por caminhoneiros de empresa que não cumprem as regras, acrescentou. Outro lado Responsável pela fiscalização dos veículos, a ANTT disse à Agência Brasil que as dificuldades econômicas têm provocado ajustes em várias esferas de atuação governamental, com o contingenciamento de recursos. A ANTT tem efetuado esforços para que os contingenciamentos não afetem as ações fiscalizatórias de sua competência, disse a assessoria. A agência ressaltou que tem mantido a frequência de ações de sua competência e está aprimorando os mecanismos de monitoramento eletrônico, visando ao aumento da eficiência da fiscalização. Ainda de acordo com a agência reguladora, no que diz respeito ao cadastramento de veículos de cargas, está em avanço a implantação de pórticos eletrônicos para a leitura da Tag, uma espécie de chip eletrônico associado à identificação do veículo e do transportador, que transmite dados para a ANTT por meio das antenas instaladas nas rodovias que coletam as informações. A ANTT está executando o Projeto Canal Verde Brasil, que tem como um dos serviços agregados a implantação de pórticos nos principais eixos rodoviários. Esses pórticos dispõem de equipamentos de leitura de placas veiculares e de rádiofrequência para leitura das Tags, que serão instaladas, neste primeiro momento, nos veículos de carga. A rede de monitoramento implantada pela ANTT possibilitará a execução da fiscalização do transporte de carga de forma eletrônica, aumentando, consideravelmente, a eficiência das ações da agência.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/com-frete-rodoviario-abaixo-do-custo-cni-defende-fiscalizacao-para-evitar







A Gestão de Conhecimento e a Engenharia de Software para o desenvolvimento de projetos de Engenharia Civil

23-Outubro-2017 - rcaap.pt



O planeamento de um projeto e os prazos de execução tendem, muitas das vezes, a não serem cumpridos e concluídos. Essa situação traz prejuízos e custos avultados, onde em casos extremos a situação torna-se insustentável. Este paradigma pode ter vários fundamentos, como por exemplo, a ausência de conhecimento por parte dos autores do projeto e a falta de maturidade por parte da organização. Em algumas situações, algumas etapas e processos nem são cumpridos nem executados, para não prolongar o adiamento dos prazos, o que torna preocupante em casos de projetos de construção civil, onde no mínimo erro pode colocar vidas humanas em risco. O trabalho de pesquisa desta dissertação pretende contribuir para melhorar os processos de planeamento de um projeto de construção civil; Três áreas de pesquisa predominante são estudadas e analisadas: Gestão de Conhecimento (GC), Engenharia de Software (ES) e Engenharia Civil (EC). GC diz respeito à construção de inteligência organizacional, onde permite que as pessoas melhorem a forma como trabalham na recolha, partilha e utilização do conhecimento. Trata-se de usar as ideias e a experiência dos funcionários, clientes e fornecedores para melhorar o desempenho da organização. O estudo de técnicas de GC vai permitir fornecer um maior conhecimento para os colaboradores e processos, onde possa ser aplicado na fase de planeamento. O paralelismo do projeto na fase de Design das áreas de ES e EC não é um assunto muito discutido, mas pode trazer muitos benefícios para a área de EC, pois sendo ES uma das engenharias mais modernas adota processos modernos que possam ser adaptados nos processos de EC (uma das engenharias mais antigas). As técnicas e modelos de GC, a revisão bibliográfica, a elaboração de dois questionários e entrevistas, e de dois modelos (de conhecimento e entidade-relação E-R) para criação de uma aplicação foram selecionados como metodologia de pesquisa. Com esta pesquisa pretende-se obter; uma melhoria e maior eficiência na execução dos processos na fase de Design; redução de tempo e de custos nos projetos; e avaliar o impacto da GC nas áreas de ES e EC.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.26/19098







Formação de sintomas: Freud e teorias cognitivistas, proximidades e afastamentos

23-Outubro-2017 - rcaap.pt



Analisamos a formação de sintomas, comparando a perspectiva de Freud com as teorias cognitivas. Para isto percorremos questões como, funções neuronais e processamento de informação, os afectos, processo primário e processo afectivo, recordações e evocação da informação, recalcamento e inibição do acesso à informação, mecanismos de transformação dos afectos e atribuição de afectos. Concluímos que uma abordagem conjunta, psicanalítica e cognitiva, permite um melhor entendimento sobre a formação de sintomas.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.12/5871







Estágio profissional na empresa Bloom Landscaping: prática e caraterização do jardim residencial dos empreendimentos turísticos da zona litoral-centro do Algarve

23-Outubro-2017 - rcaap.pt



Dissertação de mestrado, Arquitectura Paisagista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade do Algarve, 2017



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.1/10117







Dois candidatos contra o Bloco Central

22-Outubro-2017 - publico.pt



Rio afasta o PSD da direita, Santana diz que cabem pessoas da direita, do centro e do centro-esquerda



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/10/22/politica/noticia/dois-candidatos-contra-o-bloco-central-1789854







Presidente da República elogia autarcas, populações, bombeiros e familiares destes

22-Outubro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



O Presidente da República aplaudiu hoje em Penacova o trabalho dos bombeiros, das suas famílias e ainda dos autarcas e das populações, que considerou determinantes no combate aos incêndios e[...] O post Presidente da República elogia autarcas, populações, bombeiros e familiares destes aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/presidente-da-republica-elogia-autarcas-populacoes-bombeiros-familiares-destes/







Del Potro vence em Estocolmo e mantém olhos no Masters

22-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



Del Potro, de 29 anos, 19.º do circuito mundial, defendeu com êxito a 'coroa' conquistada no último ano, em dois 'sets' por 6-4 e 6-2, batendo Dimitrov.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/TuBLdfhwYjI/del-potro-vence-em-estocolmo-e-mantem-olhos-no-masters-8864488.html







TAP quer contratar 700 tripulantes e 170 pilotos até finais de 2018

22-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



O crescimento da companhia, com novos aviões e novas rotas para breve, está a permitir à empresa a criação de novos postos de trabalho qualificados.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/dCkG_tlkjwE/tap-quer-contratar-700-tripulantes-e-170-pilotos-ate-finais-de-2018-8864733.html







Pampilhosa da Serra “tem roupa que chegue”. “Precisa do resto”…

22-Outubro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



 O município da Pampilhosa da Serra pediu hoje para que se suspenda a doação de vestuário, calçado e roupa de cama, embora se mantenha a recolha de bens na sequência[...] O post Pampilhosa da Serra tem roupa que chegue. Precisa do resto aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/pampilhosa-da-serra-roupa-chegue-precisa-do-resto/







Vieira da Silva: ´As relações laborais estão desequilibradas em desfavor dos trabalhadores´

22-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



A gerir um equilíbrio difícil entre as expectativas da CGTP e dos patrões, Vieira da Silva garante que o PS não perderá de vista a sua matriz ideológica. Com ou sem acordo, em 2018 avançam restrições à contratação a prazo e estímulos à contratação colectiva.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/seguranca-social/detalhe/vieira-da-silva-as-relacoes--laborais-estao-desequilibradas-em-desfavor-dos-trabalhadores-







Vieira da Silva: ´Não há um limite´ de vagas para precários do Estado

22-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



No processo de regularização de precários na Administração Pública, não há "numerus clausus": todos os trabalhadores que cumpram os critérios serão integrados, diz Vieira da Silva, que, contudo, não acredita que o número de vagas atinja o valor das candidaturas (cerca de 30 mil).



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/multimedia/negocios-tv/detalhe/vieira-da-silva-nao-ha-um-limite-de-vagas-para-precarios-do-estado







Avaliação experimental do comportamento de vigas contínuas com secção em T de betão armado com varões de GFRP

22-Outubro-2017 - rcaap.pt



O crescente interesse por parte da engenharia civil, nos aspectos de durabilidade das estruturas de betão, sobretudo no fenómeno de corrosão nos varões de aço, teve um contributo determinante no aparecimento dos varões de fibra de vidro (GFRP). Em função de características como a sua grande resistência à corrosão, a sua não condutividade electromagnética, o seu reduzido peso específico e elevada tensão de rotura, os varões de GFRP são vistos, como uma alternativa eficaz aos varões de aço nas estruturas de betão. Contudo, aspectos importantes como o elevado custo, elevada deformabilidade e o mais importante, a carência de conhecimento do comportamento das estruturas de betão armado com varões de GFRP em consequência da ausência de ductilidade destes varões, têm dificultado a sua aplicação no domínio da engenharia civil. Apresenta-se inicialmente, uma revisão bibliográfica sobre o estado do conhecimento actual, no que diz respeito ao comportamento das vigas de betão armado com varões de GFRP, com particular destaque para o comportamento à flexão. O presente trabalho de investigação teve como objectivo principal, ensaiar, avaliar e analisar o comportamento à flexão de vigas contínuas de betão armado longitudinalmente com varões de GFRP. Sete vigas contínuas de betão com secção em T, divididas em quatro séries, foram ensaiadas com esse propósito. O efeito do confinamento do betão, em aspectos como a ductilidade, a capacidade de redistribuição de esforços e a resistência das vigas foram estudados e analisados, em consequência da maior cintagem do betão no apoio central numa das séries de vigas. Por outro lado, foi ainda comparado o comportamento à flexão das vigas contínuas armadas com varões de GFRP e aço, dimensionadas para a mesma carga de projecto. Dos resultados obtidos, salienta-se a elevada deformabilidade e fissuração das vigas ensaiadas, e a boa capacidade de redistribuição de esforços naquelas em que tal foi esperado. Nas vigas com o betão confinado na zona do apoio central, os resultados experimentais mostram ainda que diminutamente, um incremento na capacidade de carga, na ductilidade das secções e consequentemente na capacidade de redistribuição de esforços.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.13/1668







Ara romana reaproveitada na capela de S. João (Lobão da Beira, Tondela) (Conventus Scallabitanus)

22-Outubro-2017 - rcaap.pt



A revista Ficheiro Epigráfico é um suplemento da revista Conimbriga e destina-se a dar a conhecer inscrições romanas inéditas da Hispânia. Não tem periodicidade estipulada e é coordenada pelo Professor José d’Encarnação.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10316/44069







Olhares sobre a escola : perceções e expetativas de alunos e encarregados de educação

22-Outubro-2017 - rcaap.pt



Esta dissertação incide na auscultação das vozes dos alunos e seus pais/encarregados de educação acerca das suas perceções sobre o seu percurso escolar e expetativas relacionadas com o futuro ciclo de ensino. Trata-se de um estudo de caso, de natureza descritivo e interpretativo, realizado numa escola que leciona o 3.º ciclo do ensino básico e o ensino secundário, localizada em Angra do Heroísmo, na Região Autónoma dos Açores. Partindo da análise da evolução curricular do 3.º ciclo do ensino básico nas últimas décadas, observamos igualmente a situação açoriana, comparando os resultados educativos regionais com os nacionais. Seguidamente, analisamos propostas internacionais e nacionais sobre a implementação nos sistemas educativos das competências para o século XXI. As entrevistas realizadas com os alunos e os seus pais/encarregados de educação revelam uma sintonia nas opiniões em muitos dos assuntos abordados. Foi também efetuada uma entrevista ao presidente do Conselho Pedagógico, para entender a atuação escolar nas áreas específicas de intervenção. Quanto à função da escola, consideram que deveria estar mais próxima do mercado de trabalho, de modo a promover uma melhor inserção futura dos alunos na vida ativa. Os dados apontam também que os alunos não se sentem realizados com as metodologias adotadas em sala de aula, pois consideram-nas demasiado centradas no professor, podendo aí ser encontrada a razão das afirmações feitas pelos próprios e pelos seus pais/encarregados de educação sobre as suas caraterísticas enquanto estudantes. Sobre as suas expetativas futuras, os entrevistados tencionam prosseguir estudos nos cursos científico-humanísticos, denotando desconhecimento sobre outras alternativas formativas. Por último, os participantes concordam com a alteração legislativa da idade limite de frequência obrigatória escolar, apesar de apontarem alguns aspetos a considerar.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.2/6645







Relatórios de Estágio realizado na Farmácia Sá da Bandeira (Portugal) e no Hospital de Azienda Ospedaliero-Universitaria di Sassari (Itália)

22-Outubro-2017 - rcaap.pt





Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10216/107612







Relatório de Estágio

22-Outubro-2017 - rcaap.pt



O relatório de estágio é o reflexo do processo de desenvolvimento e aprendizagem da mestranda ao longo da Prática Educativa Supervisionada, desenvolvida nos contextos de Educação Pré-Escolar e 1º Ciclo do Ensino Básico, integrada no Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico. Ao longo do seu percurso formativo a mestranda adquiriu saberes científicos, pedagógicos, didáticos, culturais e de investigação, que lhe foram imprescindíveis para o desenvolvimento de uma prática sustentada. A interação entre os saberes teóricos mobilizados e a reflexão sobre a prática contribuíram para a construção do seu perfil enquanto futura educadora de infância e professora do 1º ciclo, com vista a uma melhor prática educativa. A metodologia de investigação-ação constituída por várias etapas cíclicas -observação, planificação, ação, reflexão e avaliação - permitiu à mestranda desenvolver a sua ação educativa de forma articulada e sequencial. Considerando as especificidades de ambos os contextos procurou-se desenvolver práticas que promovessem aprendizagens significativas e efetivas para os diferentes grupos tendo em conta os seus interesses e necessidades, encarando a criança como centro do processo de ensino e aprendizagem. Os estágios desenvolvidos no contexto de Educação Pré-Escolar e no contexto do 1º Ciclo do Ensino Básico permitiram a construção de um perfil profissional duplo, percebendo a importância que ambos os níveis educativos têm no desenvolvimento global da criança.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.22/10342







Relatório de Estágio

22-Outubro-2017 - rcaap.pt



No âmbito do Mestrado de Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico, o presente relatório de estágio evidencia uma análise crítica sobre as ações desenvolvidas ao longo da Prática Educativa Supervisionada, em contexto de Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico. Ao longo do percurso, vivenciado por algumas inquietudes e intensas emoções, realizaram-se várias aprendizagens, que permitiram um crescimento profissional crítico, ativo e contínuo. Com efeito, desenvolveram-se nesse período competências de observação, investigação e reflexão; competências curriculares e pedagógico-didáticas; bem como atitudes e valores profissionais, pessoais e relacionais. Estas competências foram desenvolvidas, tendo por base a metodologia de investigação-ação e o trabalho colaborativo, que ajudaram a que fossem construídos novos caminhos e consideradas outras perspetivas. Assim, a adoção das diversas fases da metodologia de investigação-ação permitiu o desenvolvimento de uma prática crítica, consciente e sustentada e o trabalho colaborativo foi crucial para se desenvolver uma linguagem comum, que possibilitou a discussão de práticas e, consequentemente, a resolução de problemas surgidos nos dois contextos educativos. Assim, considera-se que o trabalho desenvolvido capacitou a mestranda para o um saber agir em contexto, contribuindo, ao mesmo tempo, para a construção de uma identidade pessoal e profissional, que certamente lhe será útil, quando se envolver no futuro em novas práticas educativas.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.22/10343







Sistemas de gestão sustentável para catering em eventos: Proposta de um referencial de avaliação

22-Outubro-2017 - rcaap.pt



Numa altura em que os eventos são um fenómeno cada vez mais proliferado e significativo, surge a consciencialização progressiva do impacte que têm a nível económico, sociocultural e ambiental, não só para a comunidade local onde o evento decorre, como também a nível global. A par desta consciencialização surge também uma crescente exigência de mercado para que todos os stakeholders do evento adoptem e se rejam por princípios de sustentabilidade. Assim, pretende-se neste trabalho questionar o impacte que uma empresa fornecedora de catering para eventos, enquanto stakeholder, representa em termos ambientais, assim como propor medidas para a redução desse mesmo impacte. A análise irá ser feita abordando a vertente ambiental, social e económica da questão. Para tal, e com base nos principais contributos teórico-práticos sobre o tema, irá ser construído um referencial de avaliação que permita averiguar e potenciar o desempenho da empresa nos três âmbitos acima referidos. Este modelo vai contemplar as principais dimensões e indicadores de sustentabilidade, e é parte integral de um modelo de gestão que pretende contribuir para a redução da pegada ecológica de cada um deles. No final, espera-se que este trabalho possa contribuir para os processos de consciencialização dos vários colaboradores de uma empresa, ajudando a que cada indivíduo possa consolidar práticas e atitudes de respeito e preservação do ambiente. Espera-se também contribuir para que as empresas de catering para eventos consigam estar plenamente adaptadas às exigências de mercado no que respeita a princípios de sustentabilidade, garantindo a sua competitividade no leque de fornecedores para eventos.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.26/19095







Doroteias da Província Portuguesa

22-Outubro-2017 - rcaap.pt



Story map alusivo aos 150 anos das Doroteias da província portuguesa apresentado ao concurso EUE2015 Título: Doroteias da província portuguesa Autoria:Ana Melo Emília Machado Luísa Azevedo Marília Sousa Coordenação: Vítor Ribeiro Colaboração: Isilda Monteiro Margarida Quinta e Costa, Edgar Sprecher e Paulo Machado



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/20.500.11796/2392







Pode o Tribunal Africano de Justiça e Direitos Humanos ser uma solução africana para problemas africanos?

22-Outubro-2017 - rcaap.pt



As relações entre o Tribunal Penal Internacional (TPI) e a União Africana encontram-se num ponto de rutura. O TPI é acusado de ter uma postura racista e neocolonialista, perseguindo seletivamente os líderes africanos. Em resposta, a União Africana tem procurado ativamente formas de impedir que o TPI atue no continente, tal como o fortalecimento das instituições judiciárias da União, com a criação de um tribunal penal africano. Este trabalho propõe-se a perceber o trajeto da criação deste órgão, qual pode ser o seu papel no combate à impunidade dos crimes graves no continente africano e que relação futura poderá estabelecer com o TPI.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10071/14523







As “noites” de música brasileira na cidade do Porto: uma etnografia de músicos, contextos e repertórios

22-Outubro-2017 - rcaap.pt



Esse é um estudo etnomusicológico sobre a música brasileira em contextos de entretenimento noturno do Porto, em Portugal. Considerando que muitos trabalhos sobre esta realidade fora das fronteiras do Brasil enfatizam o papel dos grandes consórcios das indústrias da cultura e dos mass media na sua disseminação e consumo, essa investigação dirige-se ao polo oposto: aos músicos “small heroes”, numa acepção de L.L. Langness e Gelya Frank (1981), que transitam em geografias transnacionais e atuam e partilham de uma memória musical (Piedade 2013) em contextos face a face de performance. Numa condição de músico e investigador, de 2014 até 2017 realizei trabalho de campo junto dos atores que participam na construção de “noites” de música brasileira em bares noturnos na específica região da Baixa do Porto. Nesse sentido, sobrepujando o entendimento estático de música brasileira (frequentemente concatenada a “peças musicais”) em vista de um entendimento dinâmico das práticas musicais enquanto uma “enunciação mutante” – na acepção de Félix Guatarri – nesse trabalho perspectivo a música brasileira como um terreno em transformação – empregando a noção de Álvaro Neder (2010) – na qual interagem músicos “comuns”, assistências e espaços performativos, redes de comunicação, memórias, competências musicais, sonoridades, imaginações, mobilidades, processos de negociação social e espaços e estratégias de resistência.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10773/18596







O documentário interativo em novos media como instrumento de sensibilização para as práticas de remake no cinema ocidental

22-Outubro-2017 - rcaap.pt



O presente trabalho pretende entender o fenômeno do remake, recurso cada vez mais utilizado pela indústria cinematográfica atual, e sensibilizar o público com interesse pelo tema, sobre as estratégias desenvolvidas pela indústria para atrair o público. Nas últimas décadas, houve um crescimento significativo de filmes produzidos pela indústria que repetem os mesmos conceitos de forma cada vez mais elaborada. Sendo assim, pretende-se identificar as diferentes possibilidades de remake, e propor uma nova taxonomia que contribua para o melhor entendimento e reconhecimento desta prática. Em posse da taxonomia já definida e da análise qualitativa de uma amostra de filmes, desenvolveu-se um documentário interativo que teve como objetivo principal ser instrumento para sensibilização sobre os diferentes tipos de remake identificados. Após a avaliação do documentário junto ao espectador, foi possível identificar que mesmo o público que assiste a filmes com alguma frequência considerou as categorias de remakes propostas uma fonte de informação relevante para um melhor entendimento e reconhecimento das estratégias criativas da indústria cinematográfica ocidental.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10773/18597







A morbilidade psicológica e o coping em mulheres com cancro da mama mastectomizadas

22-Outubro-2017 - rcaap.pt



O diagnóstico de cancro da mama implica tratamentos intensivos da mais diversa ordem, nomeadamente a mastectomia. Esta cirurgia implica uma mudança radical na vida da mulher, não só a nível físico mas também psicológico, sendo a causa da existência de níveis significativos de ansiedade e de depressão nas mulheres mastectomizadas. A investigação desta temática torna-se pertinente devido à existência, cada vez maior, de casos de cancro da mama e consequentemente de mastectomia. Este trabalho pretende avaliar a existência de morbilidade psicológica em mulheres com cancro da mama mastectomizadas. No mesmo sentido, pretende-se verificar variações entre a morbilidade psicológica, variáveis sócio-demográficas e variáveis clinicas, nomeadamente, o tipo de mastectomia e o tipo de tratamento Neste seguimento, torna-se importante perceber o papel das estratégias de coping, avaliando-se desta maneira, quais as estratégias de coping utilizadas pelas mulheres mastectomizadas e a sua possível relação com a existência de morbilidade psicológica. A amostra é constituída por 63 mulheres mastectomizadas utentes no serviço de senologia de um Hospital Central e os instrumentos utilizados foram, além de um questionário sociodemográfico para caracterização da amostra e de um questionário clinico referente às variáveis características da doença, a Escala de Ansiedade e Depressão (HADS) (Zigmond e Snaith, 1983) para avaliar a morbilidade psicológica e o Brief-COPE, para avaliar as estratégias de coping utilizadas.Verificou-se que na escala do HADS, a ansiedade tinha valores mais elevados, principalmente no grupo de mulheres mais velhas. As estratégias de coping mais utilizadas pelas mulheres são a Religião (praticada essencialmente por mulheres mais velhas) e a Aceitação em detrimento do Uso de substâncias. Verificaram-se associações estatisticamente significativas positivas e negativas entre variáveis de ansiedade e depressão e as variáveis do Brief- Cope. Estes resultados serão discutidos no contexto da revisão da literatura científica realizada na primeira parte deste estudo



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.14/23173







Necessidades de Intervenção Psicológica com Estudantes Universitários Portugueses: estudo psicométrico

22-Outubro-2017 - rcaap.pt



Este trabalho apresenta e discute as características psicométricas da versão portuguesa do Survey of Student Needs (SSN), um questionário de autorrelato para a identificação de necessidades de intervenção psicológica, numa amostra de estudantes universitários portugueses. Participaram 659 estudantes universitários, dos quais 504 eram mulheres (76,5 %), com uma média de idades de 21,96 anos (DP=6,55; Min-Max: 17-53). Estes estudantes estavam a frequentar, no ano de 2015/2016, maioritariamente cursos de licenciatura (n=495, 75,1%). Cerca de 514 (78%) estudantes frequentavam o curso que constituiu a sua primeira opção no momento da candidatura ao ensino superior, com uma média académica atual de 13,96 valores (escala 0-20 valores; DP=1,58; Min-Max=10-20). Estes participantes apresentavam níveis medianos de satisfação com o percurso académico realizado até ao momento (M=2,94, DP=0,69), e de satisfação com a vida em geral (M=3,07; DP=0,68). Todos preencheram o Survey of Student Needs, um questionário de autorrelato que avalia preocupações e necessidades pessoais, de carreira e de aprendizagem. Na sua versão original é constituído por 42 itens, organizados em três áreas: (a) Preocupações Pessoais (itens 1-34); (b) Preocupações de Carreira (itens 35-38) e (c) Preocupações de Aprendizagem (itens 39-44). Na versão utilizada nesta investigação, o questionário é constituído por 44 itens, tendo sido adicionados dois itens relativos à utilização de drogas e as pressões dos pares para utilizar drogas. Foram utilizados procedimentos de análise fatorial exploratória para derivar a solução fatorial que melhor traduz, para esta amostra, os fatores comuns e as suas relações com as variáveis manifestas. A estrutura fatorial exploratória do SSN é constituída por três fatores com valor-próprio igual ou superior à unidade (eingenvalue), explicando no seu conjunto 38,49% da variância dos itens. O fator 1 apresenta um valor próprio de 9,892, e explica 24,73% da variância total, sendo constituído pelos itens referentes a Necessidades de relação com o self. O fator 2 apresenta um valor próprio de 3,22, e explica 8,05% da variância total, sendo constituído pelos itens relativos a Necessidades de relação com os outros/ adaptação social. E, o fator 3 apresenta um valor próprio de 2,29, e explica 5,72% da variância total, sendo constituído pelos itens referentes a Necessidades de estudo e trabalho. Seguidamente, foram realizadas análises fatoriais confirmatórias com a finalidade de testar a qualidade de ajustamento de quatro modelos alternativos aos dados empíricos. Os resultados da Análise Fatorial Confirmatória (AFC) confirmam que a solução fatorial proposta pela AFE é a que apresenta melhor qualidade no ajustamento aos dados empíricos, em comparação com três modelos alternativos (X2/df=3,096, CFI=0,842, GFI=0,851, RMSEA=0,056, P[rmsea=0,05]<0,000). Os coeficientes de regressão estimados são elevados para todos os componentes e estatisticamente significativos (p <0,001). Conclui-se que o SSN é um instrumento válido e fiável que pode utilizar-se em contextos de investigação e intervenção neste domínio.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.14/23170







Relatório de Estágio Curricular - PABI SA, Portugal (Pinhel)

22-Outubro-2017 - rcaap.pt



Um estágio curricular proporciona a oportunidade ao estudante de desenvolver competências em situações reais. Com a realização deste, não só se aprendem novas coisas, como se consegue colocar em prática os conhecimentos até então adquiridos na parte curricular de uma licenciatura. O estágio curricular, foi realizado na PABI, SA, em Pinhel, uma Pequena e Média Empresa, que tem como atividade a transformação e embalamento de amêndoa e outros frutos secos. Este relatório tem como finalidade, dar a conhecer todas as tarefas realizadas durante o período de estágio que ocorreu entre 13 de Julho e 30 de Setembro de 2015, no departamento de Compras (receção de matéria-prima; registos de produtos, faturação e pagamentos) e secção de Logística da empresa (realização de encomendas; verificação do stock; organização da produção; impressão de etiquetas).



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10314/2737







Cinco das 44 vítimas mortais dos incêndios ainda por identificar

21-Outubro-2017 - publico.pt



Trabalho de identificação está a ser dificultado porque "os incêndios do passado fim-de-semana infligiram severa destruição em alguns dos corpos, que se mostra muito superior à registada em Junho".



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/10/21/sociedade/noticia/cinco-das-44-vitimas-mortais-dos-incendios-ainda-por-identificar-1789801







Mais 500 sapadores e 50 vigilantes da natureza

21-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



O ministro do Ambiente anunciou que vão ser contratadas 100 novas equipas de sapadores e que já no início de novembro entram ao trabalho mais 20 vigilantes da natureza.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/eRM_NIc3uqQ/mais-500-sapadores-e-50-vigilantes-da-natureza-8862829.html







13 milhões para salários de empregos em risco depois dos fogos

21-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



Durante, pelo menos três meses, o Estado vai apoiar a tesouraria das empresas afetadas pelos incêndios mais graves deste ano.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/s2fU7oVKj34/13-milhoes-para-salarios-de-empregos-em-risco-depois-dos-fogos-8862386.html







Incêndios: Governo disponibiliza 13 milhões para apoiar pagamento de salários

21-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



O Governo anunciou este sábado uma medida temporária, num mínimo de três meses, de apoio ao pagamento de salários de trabalhadores com emprego em risco em consequência dos incêndios, que poderá atingir os 13 milhões de euros.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/incendios-governo-disponibiliza-13-milhoes-para-apoiar-pagamento-de-salarios







Governo vai contratar cem equipas de sapadores e 50 vigilantes da natureza

21-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/CR2AC3af1Tw/316621-governo-vai-contratar-cem-equipas-de-sapadores-e-50-vigilantes-da-natureza







Incêndios: Governo aprova 400 milhões para casas, empresas e sector agrícola

21-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



O Governo anunciou este sábado a disponibilização de uma verba total de "entre 300 e 400 milhões de euros" para a recuperação das habitações e infraestruturas de empresas e autarquias, o apoio ao emprego e ao sector agrícola e florestal.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/incendios-governo-disponibiliza-ate-400-milhoes-para-casas-empresas-e-sector-agricola







Governo anuncia contratação de 500 novos sapadores

21-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



O Ministro do Ambiente anunciou este sábado um conjunto de novas medidas de prevenção de incêndios florestais com a promessa de 50 vigilantes da natureza a iniciar funções já a partir de 4 de Novembro.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/ambiente/detalhe/governo-anuncia-contratacao-de-500-novos-sapadores







Emprego temporário de fim de ano é oportunidade de contrato definitivo

21-Outubro-2017 - ebc.com.br



As vagas temporárias para o fim do ano, principalmente no comércio, podem representar para muitos uma possibilidade de contratação definitiva ou uma renda extra para os gastos de dezembro e janeiro. Em Brasília, pesquisa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio-DF) indicou que 31,8% dos empresários farão contratações temporárias. As vagas criadas serão aproximadamente 3,9 mil até o Natal. No ano passado, 16,3% contrataram e 3,8 mil postos temporários foram abertos. O levantamento ouviu 425 lojistas de shopping e de rua, de 15 setores diferentes, entre 7 e 9 de agosto. O presidente da entidade, Adelmir Santana, ressalta que a expectativa de contratações ainda está distante dos patamares verificados em anos pré-crise econômica. Quando a economia estava bem, lá em 2014, esse número era de 7 mil a 9 mil pessoas. Ainda não está estabelecida a confiança plena. Mas já é um sinal de recuperação quando eles [lojistas] dizem que vão contratar pessoas. Segundo Santana, com a crise, os empresários também estão retardando as contratações. A ideia é, primeiro, ter certeza de que haverá alta no movimento. No passado [as contratações] eram na segunda quinzena de agosto. Este ano, a perspectiva é só a partir da segunda quinzena de novembro, explicou. Vagas temporárias são vistas como oportunidade para quem quer uma renda extra ou um emprego definitivo (Arquivo/ABr) Entre os segmentos pesquisados pela Fecomércio-DF, o de lojas de calçados e acessórios foi o que apresentou maior intenção de contratação temporária (36%), seguido por livraria e papelaria (20,3%). lojas de brinquedos (19%). floricultura e cestas (15,7%). chocolataria (15,5%). vestuário (11,2%). artigos para presente (11,1%). perfumaria e cosméticos (10,7%). eletroeletrônicos (8%) e relojoarias e joalherias (6,5%). O empresário Júlio Cesar Alonso, que dirige 11 lojas de uma franquia de chocolatarias, informa que este ano contratará entre 30 e 35 pessoas para atuarem como temporários no seu negócio. Segundo ele, desde a Páscoa o setor vem registrando melhora no movimento. A gente vem recuperando faturamento e movimento. No shopping tem tido fluxo. As pessoas estão voltando a frequentar shoppings, a investir em lazer e a consumir supérfluos, diagnosticou. Segundo ele, o processo de seleção de temporários começará na quinzena de outubro. O lojista avisa que os temporários podem tornar-se efetivos caso mostrem bom desempenho.Sempre vai ter a oportunidade de contratação, seja para substituir eventuais funcionários que não estão atendendo às necessidades ou mesmo com a criação de novas vagas, diz. O Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e a Câmara Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) estimaram a abertura de 51 mil vagas extras no final deste ano a partir de pesquisa feita com 1.168 empresários dos setores de serviços e de comércio varejista, localizados nas capitais e interior do país. Já a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) prevê que mais de 73 mil pessoas serão contratadas pelo comércio brasileiro para as festas de fim de ano, com alta de 10% em comparação com o mesmo período do ano passado, quando foram geradas 66,7 mil vagas temporárias de emprego. Expectativas na crise do Rio de Janeiro Moradora de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, a pedagoga da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) Patrícia Araújo Tavares, de 34 anos, está em busca de trabalho temporário para uma renda extra para os gastos do fim de ano. Assim como outros funcionários públicos estaduais com salários atrasados desde o ano passado e sem receber o décimo terceiro, ela está procurando alternativas para complementar a renda. Como o pagamento está irregular, estou procurando emprego em lojas de roupas, lanchonetes e pizzarias para trabalhar no fim de semana ou à noite, para reforçar a renda de final do ano. Vários colegas [da Faetec] estão vendendo doces, salgados, bolos, conta. O atraso no pagamento do funcionalismo fluminense aliado ao desemprego e ao crescimento da violência no estado são fatores apontados pelo presidente do Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro (CDL-Rio), Aldo Gonçalves, para a redução do número de vagas temporárias neste fim de ano. Segundo estimativa do Centro de Estudos do CDL-Rio, o comércio lojista deve contratar 10 mil funcionários temporários para o período das festas de final de ano e para o verão, segundo a sondagem com 500 empresas dos setores de confecção e moda infantil, calçados, joias e bijuterias, óticas, eletroeletrônicos, papelarias, móveis e brinquedos. As contratações previstas representam uma retração de 16% no número de empregados temporários admitidos no mesmo período do ano passado, que totalizou 12 mil. Para o presidente do CDL-Rio, o país ainda não saiu da crise econômica, apesar da tendência de melhora. Além disso, o Rio de Janeiro está vivendo um momento muito ruim, com o crescimento da violência, com o desemprego e com o funcionalismo público estadual sem receber em dia, disse. Desempregado há três meses, o eletricista Luís Cláudio Alves da Cunha, de 45 anos, procurou um dos postos do Sistema Nacional de Emprego (Sine), no centro do Rio, no início de outubro, para recolocação profissional. Ele disse que, apesar de procurar uma vaga definitiva, vai aceitar contrato temporário na expectativa de ser efetivado. Cunha acrescentou que também está buscando trabalho em outras áreas, como vendedor ou motorista. Eu me sinto triste. A gente não espera [ser demitido]. Eu, pelo menos, fui indenizado.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/emprego-temporario-de-fim-de-ano-e-oportunidade-de-contrato-definitivo







JBS retoma produção de carne bovina em sete frigoríficos em Mato Grosso do Sul

21-Outubro-2017 - ebc.com.br



A JBS informou hoje (21) que vai retomar as atividades em sete frigoríficos de bovinos em Mato Grosso do Sul. A empresa havia suspendido a operação nas unidades na última quarta-feira (18), alegando insegurança jurídica, após a ter mais de R$ 730 milhões bloqueados na Justiça a pedido da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do estado que investiga irregularidades na área tributária. As unidades retomam suas operações a partir da próxima terça-feira (24). Frigorífico da JBS Ueslei Marcelino/Reuters/Direitos reservados A decisão de hoje foi tomada após reunião entre a empresa, o governo de Mato Grosso do Sul, representantes do Ministério Público e da Assembleia Legislativa. Segundo nota divulgada pela JBS, a discussão foi positiva e o acordo firmado será capaz de manter as condições necessárias à preservação das suas operações em uma região tão importante para a empresa e para o país, protegendo os empregos dos 15 mil colaboradores diretos e 60 mil indiretos no estado, além de garantir as relações de negócio que a empresa mantém em Mato Grosso do Sul. Em média, a JBS abate 6 mil bovinos por dia no estado, que detém o quarto maior rebanho do país. Segundo a CPI, a empresa não cumpriu os compromissos assumidos nos Termos de Ajustes de Regimento Especial (Tare) para o recebimento de incentivos fiscais do governo de Mato Grosso do Sul.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/jbs-retoma-producao-de-carne-bovina-em-sete-frigorificos-em-mato-grosso-do







Expectativa de crescimento favorece criação de empregos temporários no Natal

21-Outubro-2017 - ebc.com.br



O comércio varejista de todo o país deve aumentar neste ano entre 4% e 5,5% e, consequentemente, isso levará a uma expansão dos postos de trabalho temporário de final de ano, segundo a Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop). A entidade espera obter no Natal um crescimento de 2% e faturamento de R$ 34,3 bilhões, 4,3% superior a 2016, após uma sequência de estabilidade e resultados negativos. A previsão é de que ocorra um aumento de 5,5% nas contratações de pessoal em comparação a 2016 e uma elevação de 7% no salário médio (R$ 1,2 mil). Só no período de novembro a dezembro, deverão ser gerados em torno de 115 mil empregos temporários dessas vagas, de 60 a 70 mil se concentram no comércio e 10 mil no segmento de serviços. E uma boa parte dessas vagas em shopping centers, ressalta nota da Associação. Dos 115 mil empregos, estima-se que entre 25 e 27% conseguirão permanecer no trabalho, percentual bem superior ao ano passado, quando apenas 15% dos temporários passaram a fazer parte do quadro efetivo. Associação de shoppings espera um crescimento de 2% no Natal Arquivo/Valter Campanato/Agência Brasil Novas regras favorecem contratação O presidente da Alshop, Nabil Sahyoun, observou que as contratações pela Lei 13.429/2017, do trabalho temporário , aumentam a expectativa de admissões. Antes, não poderíamos contratar temporários por horas determinadas, como em horários de pico. Agora, teremos uma situação bem melhor, afirmou. O economista Marcelo Solimeo, da Associação Comercial de São Paulo, concorda que a mudança na legislação estimula o empresário a contratar mais. Além daquela modalidade do contrato de temporários, tem outras modalidades de contrato que podem ser utilizadas também para reforçar o quadro de funcionários no final do ano, como o contrato intermitente que pode ser por algumas horas por dia, ou alguns dias por semana, observou. Ele vê a possibilidade de um avanço também dos casos de efetivação diante das previsões de aumento no faturamento. Estamos longe de voltar aos melhores anos de 2010, 2014, mas o primeiro passo para crescer é parar de cair e já chegamos neste ponto. Os comerciantes também esperam vender mais por conta da circulação de dinheiro disponibilizado pelo governo federal via PIS/Pasep , o equivalente a 2% do Produto Interno Bruto (PIB). Em busca de emprego Na outra ponta desse otimismo empresarial está a candidata a uma vaga, Taila Nascimento, de 28 anos e ensino médio completo. Está à procura de emprego desde junho, quando foi demitida de uma empresa de logística onde trabalhava como auxiliar de escritório. Para ela, uma vaga temporária é um paliativo. Eu procuro de tudo e prefiro algo fixo, mas vale qualquer coisa para pelo menos terminar o ano com algum dinheiro no bolso, afirma. Ela conta que já trabalhou em vaga temporária no comércio, há dois anos. Foi parecido, eu estava desempregada e apareceu uma oportunidade numa loja, lembra. Apesar de saber que o emprego tinha prazo, Taila alimentava esperança de ser contratada. Mas não deu certo, fui dispensada no começo de janeiro. Atualmente, ela espera resposta de duas empresas em que fez entrevista. Serviços natalinos O comércio e serviços relacionados às festas natalinas demonstram otimismo em relação ao fim do ano. Um dos segmentos que tradicionalmente reforça o quadro de pessoal nessa época do ano é de produção de panetones. Uma tradicional doceria de São Paulo abriu 220 vagas para temporários, 42 a mais do que no ano passado. A empresa prevê crescimento de 28% na produção e nas vendas, bem acima de 2016 (5%), com a meta de fabricar e vender 800 mil panetones. A companhia investiu mais de R$ 2 milhões em maquinário para atender a demanda de clientes nas 25 lojas espalhadas pela capital paulista e também as encomendas para exportação e para outras companhias neste último setor, há uma projeção de alta de 42%. A previsão do mercado é de que este seja o melhor Natal dos últimos quatro anos e a gente também aposta nisso. O desemprego atingiu um pico e agora começa a diminuir um pouco e a economia começa a reaquecer , avaliou o diretor de Marketing da doceria, Alexandre Martins. Na empresa que dirige, o contingente de efetivos cresceu 6% e deve continuar aumentando. Um dos recém contratados pela doceria é Cristiano Brito de Souza, 21 anos, que tem a expectativa de ser efetivado. Com segundo grau completo, ele contou que nunca tinha desempenhado a tarefa para qual se candidatou, a de forneiro, mas que está otimista.Eu trabalhava como metalúrgico e queria mudar de ramo. A minha expectativa é dar o melhor de mim e ser efetivado. O setor de organização de festas também ajuda a reduzir a fila de desempregados, com um crescimento das contratações eventuais nos meses de setembro a dezembro, devido especialmente aos eventos de fim de ano de empresas. Uma pesquisa da encomendada pela Abrafesta (Associação Brasileira de Eventos) ao Instituto Locomotiva mostra que o mercado de festas e cerimônias deve crescer neste ano, depois de uma estabilidade nos dois últimos anos, quando os gastos dos brasileiros com eventos sociais que incluem também casamentos e festas de debutantes alcançaram em torno de R$ 17 bilhões. Apesar da projeção de crescimento na oferta de serviços temporários, uma empresa nacional de prestação de serviços para decorações natalinas manteve neste ano o mesmo número de contratados dos dois últimos anos. Segundo o gerente de Marketing da companhia, Felipe Esotico, foram selecionados 300 empregados para colaborar na execução de 130 projetos, mais concentrados em redes de shopping centers e lojas de departamento. Para ampliar o quadro de trabalhadores extras acima do ano passado, precisaríamos investir mais em tecnologia. Pela base prevista de clientes esperados, achamos que havia capacidade de atendimento com a estrutura já existente, afirmou Esotico. Comércio no estado de São Paulo No setor de comércio, serviços e turismo, a expectativa de crescimento no estado de São Paulo é de 30%, passando de 19 mil empregados temporários no ano passado para 25 mil este ano. Segundo o assessor econômico da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), Jaime Vasconcellos, a chance de efetivar varia de 5 a 10%, o que é pequeno, mas indica um processo de retomada da economia. Ele reconhece que está longe do observado nos anos de 2008 a 2010, quando foram criados 50 mil postos, ou de 2012 e 2014 quando foram abertas entre 30 mil e 35 mil vagas. Pelo menos há um crescimento, avalia. A Federação prevê um aumento das vendas de 5% no estado e de 7% na capital, o que deve levar a mais empregos temporários. Em média, as vendas de final de ano são entre 25 e 30% maiores do que nos demais meses do ano, segundo o economista. A estimativa é de que o setor de vestuário, tecidos e calçados seja responsável por 50% das contratações e os supermercados, por 25%.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/expectativa-de-crescimento-favorece-criacao-de-empregos-temporarios-no







Este fim-de-semana exploramos histórias, pegamos em aranhas e vamos ao cinema hemisférico!

21-Outubro-2017 - cision.com



Explorastórias Artur Nesta sessão de Explorastórias vamos conhecer o Artur e com este novo amigo descobrir que o mundo vai muito além das fronteiras dos nossos quartos! É hora dos exploradores de histórias sairem da casca!  Participe! Data: Domingo | 22 outubro 2017 Sessões: 10h15 e 11h30 Duração: 1h00 Livro: Artur Autor: Oli e Mar Teager  Editora: Kalandraka Lotação: min. 6 | máx. 18 participantes Inscrições: visitas@exploratorio.pt | 239703897  Preços: 5,00 euros / criança (inclui 1 adulto acompanhante)   Venha pegar nas nossas Aranhas! Sessão interativa Na exposição



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/exploratorio/r/este-fim-de-semana-exploramos-historias--pegamos-em-aranhas-e-vamos-ao-cinema-hemisferico-,c636440958830000000







CONTINENTE MODELO DE BRAGA CELEBRA 19 ANOS

21-Outubro-2017 - cision.com



Foi há 19 anos que Braga recebeu o Continente Modelo. Desde 27 de outubro de 1998 que a população de Braga conta com o Continente na Lugar de Seara, em Frossos e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 76 colaboradores. José Ganilho, diretor da Loja Continente Modelo de Braga, refere que “desde 1998 que acreditamos no investimento em Braga e, desde então, procurámos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no enorme potencial de crescimento desta região. Festejamos agora 19 anos, o que traduz a forte presença que temos na localidade, que



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-modelo-de-braga-celebra-19-anos,c636440974350000000







Sócrates responde à Ordem dos Engenheiros

21-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



Antigo primeiro-ministro reafirma que é licenciado em Engenharia Civil, mas que nunca pediu a inscrição na Ordem dos Engenheiros.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/I0pPO7dA20U/socrates-responde-a-ordem-dos-engenheiros-8861235.html







Trump elogia Guterres. “Você tem feito um trabalho muito espectacular´

21-Outubro-2017 - sapo.pt



Secretário-geral das Nações Unidas reuniu-se esta sexta-feira com Presidente dos Estados Unidos.



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/96342/trump-elogia-guterres-voce-tem-feito-um-trabalho-muito-espectacular?utm_source=rss







A MENSURAÇÃO DOS ATIVOS NÃO CORRENTES NO ÂMBITO DO SNC-AP PORTUGUÊS E DO PGCP ESPANHOL

21-Outubro-2017 - rcaap.pt



Com vista à harmonização contabilística, foi aprovado, em Portugal, o Sistema de Normalização Contabilística para as Administrações Públicas (SNC-AP, 2015), e em Espanha, o Plan General de Contabilidad Publica (PGCP, 2010), que trouxeram algumas alterações quanto à mensuração dos ativos não correntes das entidades públicas. Este trabalho tem por objetivos efetuar um estudo comparativo do definido nestes diplomas, quanto aos critérios a aplicar na mensuração de alguns dos ativos não correntes, nomeadamente dos ativos fixos tangíveis, dos intangíveis e das propriedades de investimento. Com este estudo concluímos que estes diplomas são convergentes, de um modo geral, quanto à mensuração dos ativos não correntes. Ambos referem o justo valor como critério de mensuração explicitamente definido, mas com alguns limites de aplicação, entendendo-se na mensuração subsequente como uma alternativa ao custo, exceto no caso da mensuração subsequente das propriedades de investimento, e no âmbito do SNC-AP (2015), onde o justo valor reveste uma maior importância.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/11110/1311







Análise de ciclo de vida do Betão e da Madeira na Construção Civil

21-Outubro-2017 - rcaap.pt



O presente trabalho tem como objetivo expor o ciclo de vida dos materiais de construção, mais especificamente da madeira e do betão relacionados com a estrutura de edifícios. Os dois materiais são diferentes em vários aspetos, no entanto são escolhidos e utilizados para exercerem a mesma função estrutural. Umas das questões abordadas foi a de saber qual seria o melhor material a usar ou o melhor compromisso, num mundo em que os recursos não são de todo inesgotáveis. Os dois materiais estudados são comparados através da analise dos seus ciclos de vida e dos impactos que cada um deles provoca, sendo eles positivos ou negativos. Para uma melhor compreensão das características dos dois materiais, foi realizado um estudo de caso onde se recorreu às EPD’s (Environmental Product Declaration) para obtenção de resultados.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10284/6213







Estudo do comportamento de passagens superiores de peões com tabuleiro misto aço-betão

21-Outubro-2017 - rcaap.pt



Como resposta às exigências do mundo actual, a projecção e construção de estruturas sofreram grandes alterações, assistindo-se à construção de estruturas cada vez mais esbeltas, integradas no ambiente circundante, transparentes, ousadas. Consequentemente a sua concepção constituí um desafio que é suportado por avanços na arte da engenharia, novos materiais e pela sensibilidade dos projectistas. Neste sentido as passagens superiores de peões não constituem excepção. São construídas desde os tempos remotos porém, hoje, querem-se mais ousadas, esbeltas, transparentes, integradas no ambiente circundante, económicas e eficientes, como forma de responder às exigências do mundo actual. Inicialmente forma de vencer obstáculos naturais, são hoje em dia, um meio para vencer a forte obstáculos inerentes as modificações da rede viária e à forte ocupação do espaço, fruto da crescente urbanização. Estas estruturas têm carregamentos baixos, o que possibilita a construção de vãos longos com esbeltas secções transversais, tornando-se estruturas muito flexíveis, com reduzida massa e rigidez, de que resultam frequências próprias de vibração baixas conduzindo a uma maior sensibilidade às vibrações. Com a construção das novas Vias Rápidas na ilha da Madeira, houve a necessidade de repor acessos pedonais por meio destas pontes. Apesar de existirem várias destas pontes, são essencialmente de dois tipos: de tabuleiro em treliça espacial mista ou tabuleiro do tipo “bi-viga” mista. Assim, no âmbito de um estágio na empresa Estradas da Madeira (RAMEDM, S.A.), procurou-se estudar uma ponte de cada um dos tipos mencionados, com intuito de compreender a acção pedonal, as suas características e formas de simular verificando a eficiência de ambos os modelos, os níveis de conforto que oferecem, e a segurança face aos valores limites apresentados nalguns regulamentos. Construíram-se modelos computacionais usando o programa SAP2000, nos quais se simulou quatro movimentos característicos da acção pedonal (andamento normal, andamento acelerado, jogging e corrida), através das respectivas funções de carga. Por já se encontrar construído, o tabuleiro em treliça mista foi ensaiado, de forma a validar o modelo computacional. Verificou-se que as frequências obtidas no modelo são próximas das reais. Verificou-se que ambos os modelos, apresentam um bom comportamento no que concerne às vibrações na direcção transversal, já que têm frequências de vibração suficientemente afastadas da gama excitável pela acção humana. Quanto às vibrações na direcção vertical, uma vez que ambos os tabuleiros têm frequências fundamentais coincidentes com as frequências de alguns dos movimentos simulados, verificaram-se acelerações acentuadas. O estudo destas estruturas mostrou em traços genéricos, que além das vantagens construtivas, ambos os modelos apresentam bom comportamento à acção pedonal.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.13/1666







Circuitos de alimentação para agrupamentos de antenas

21-Outubro-2017 - rcaap.pt



Este trabalho teve como objectivo principal o estudo e desenvolvimento de agrupamentos planares que permitissem o controlo do diagrama de radiação. Para isso, foram construídos dois agrupamentos com diferentes configurações, constituídos por 64 antenas S-P (Shorted-Patch) para os 2,42 GHz, sendo necessário para tal a análise de diversas técnicas para a sua implementação. A alimentação dos agrupamentos foi realizada através da utilização de um conjunto de 9 combinadores/divisores de potência de 8:1 portas, onde a interligação destes com as antenas foi feita através de cabos coaxiais RG58. De modo a prever e a optimizar as características de radiação das antenas a serem utilizadas no agrupamento, assim como o dimensionamento das linhas de transmissão impressas, foi necessário encontrar um simulador adequado. Dentro dos simuladores existentes para a área em questão, analisou-se o MSTRIP, o Sonnet e o FEKO, uma vez que têm a característica de fornecerem uma versão gratuita. O desempenho destes foi avaliado através da construção de antenas impressas para a frequência dos 2,42 GHz. A medição dos parâmetros que caracterizam as antenas e os combinadores/divisores de potência foi efectuada utilizando-se um analisador vectorial de redes, sendo necessário para tal a ligação dos mesmos ao equipamento através de cabos coaxiais. Para isso, foi necessário garantir que estes fossem múltiplos de meio comprimento de onda para a frequência de operação desejada, de modo a que os valores medidos pelo equipamento fossem os mesmos que os encontrados na outra extremidade do cabo. Para a construção de combinadores/divisores de potência com elevada eficiência foi preciso efectuar uma análise aprofundada das linhas de transmissão impressas, nomeadamente nas descontinuidades mais utilizadas neste tipo de circuitos, como a junção – T, o degrau e a linha de transmissão com canto. Devido aos vários cálculos e considerações que devem ser tidos em conta nas linhas com descontinuidades, no âmbito deste projecto desenvolveram-se duas aplicações em Matlab, uma que permite o dimensionamento das linhas para uma determinada impedância característica e a segunda que apresenta as dimensões que estas devem ter na existência de uma descontinuidade. Ainda foi necessário analisar qual o melhor substrato a ser utilizado, FR4 ou Duroid, na construção dos combinadores. De entre os vários combinadores construídos escolheu-se o que apresenta um melhor desempenho na frequência de interesse. Este foi, ainda, comparado com um modelo comercial. Os agrupamentos foram construídos com o combinador escolhido, tendo-se implementado um agrupamento rectangular e um agrupamento circular concêntrico. As ligações entre as antenas e os combinadores foram realizadas com cabos coaxiais. A medição das principais características de radiação dos agrupamentos foi realizada de modo a avaliar o desempenho de cada um deles e consequentemente foram comparadas com duas antenas parabólicas e um agrupamento de antenas impressas implementadas em Duroid, no qual foram verificadas as vantagens da utilização dos agrupamentos planares construídos.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.13/1667







O voluntariado como forma de reorganização da vida após a reforma

21-Outubro-2017 - rcaap.pt



A passagem à reforma traz consigo grandes desafios, quer para os indivíduos quer para as sociedades em geral. Contudo, não devemos ignorar que esta nova etapa do ciclo de vida apesar das limitações, perdas que inevitavelmente implica, também possibilita o encetar de novos projetos. São por demais conhecidos os inúmeros contributos que os mais velhos aportam à sociedade, contudo, o capital humano que as pessoas idosas possuem tem sido desperdiçado. Considerando que o voluntariado é um fenómeno de enorme importância nesta fase mais avançada da vida, propomo-nos estudar o significado e a importância que a prática do voluntariado, tem para as pessoas reformadas na reorganização do seu quotidiano. Neste estudo, qualitativo, participaram 12 indivíduos reformados, voluntários integrados em diversas organizações formais. O método utilizado para a recolha de informação foi a entrevista semi-estruturada. As conclusões indicam que a prática do voluntariado é habitualmente exercida em contextos afins aqueles em que o voluntário exercia a sua atividade profissional, ou pelo menos em instituições com as quais já tinha alguma afinidade ou ligação. A prática do voluntariado não é encarada pelos voluntários participantes neste estudo como um mero entretenimento mas sim uma ocupação séria e dedicada, exercida com um misto de motivações de cariz altruísta e de cariz mais individualista. O voluntariado parece trazer para estes participantes benefícios, que tem permitido a manutenção a um nível satisfatório da interação social, bem como o exercitar de competências físicas e mentais, competências que requerem nesta fase da vida um cuidado reforçado.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.8/2750







A relevância do capital intelectual na perspetiva dos Contabilistas Certificados

21-Outubro-2017 - rcaap.pt



Este artigo tem como objetivo analisar a perspetiva dos Contabilistas Certificados sobre a importância atribuída ao Capital Intelectual para o sucesso e valorização das Pequenas e Médias Empresas. Para tal realizamos uma abordagem quantitativa através do envio de um 2 questionário a um grupo de Contabilistas Certificados, do qual resultou uma amostra de 120 profissionais. Os resultados revelam que os Contabilistas Certificados reconhecem a importância do Capital Intelectual, no entanto, por força de imposições normativas, não o manifestam nas demonstrações financeiras que produzem. O facto de não existir um modelo de mensuração normalizado parece ser uma barreira ao reconhecimento, mensuração e divulgação do Capital Intelectual.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/11110/1315







Relatório de estágio

21-Outubro-2017 - rcaap.pt



Mestrado em Ensino da Música



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.21/7425







Smartlinks: Relatório de Estágio

21-Outubro-2017 - rcaap.pt



Este trabalho retrata vários pontos importantes na área de Marketing Digital, bem como, uma análise detalhada das respetivas estratégias que foram abordadas, no decorrer do estágio curricular. Visto que é uma empresa centrada no Marketing Digital, foram desenvolvidas funções ligadas com a pesquisa orgânica, as quais permitiram ter uma melhor perspetiva do mundo online. É importante estudar os mecanismos de busca que, por um lado, permitem que o utilizador aceda mais facilmente ao conteúdo de uma página ou site que pretende analisar e, por outro lado, permitem que sites ou blogs de pessoas e empresas consigam uma boa posição no Google, através de conteúdos de qualidade e seleção adequada das palavras-chave. Numa perspetiva teórica, este estudo permite identificar e analisar estratégias de Marketing Digital, mais concretamente de SEO, que sejam do interesse dos utilizadores, que correspondam às suas expectativas e que, através dos motores de pesquisa, consigam aumentar gratuitamente o ranking de um site.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.26/19091







Análise e optimização de uma linha de produção

21-Outubro-2017 - rcaap.pt



“Análise e otimização de uma linha de produção” Apenas com a melhoria contínua é possível obter taxas de eficácia que satisfaçam os clientes internos e externos permanentemente. Para cumprir e estabelecer objetivos mais difíceis de alcançar é fundamental um acompanhamento exaustivo à evolução da tecnologia, o reconhecimento de novas matérias-primas e a descoberta de novos produtos e fluxos de trabalho sempre com uma correta gestão da mão-de-obra. Este projeto refere o caso de estudo referente a uma linha de produção de acabamento gráfico implantada há mais de 14 anos numa empresa centenária. São destacados os principais fatores tidos em consideração na análise de desempenho, nomeadamente as principais inatividades, as cadências de produção e os prazos para recebimento de matérias-primas. Os principais objetivos desta análise são identificar aspetos que possam ser melhorados. Após essa fase, conhecer e propor a implementação de soluções que diminuam os desperdícios e que simplifiquem o processo visando sempre alcançar objetivos mais ambiciosos. Estão referenciadas as metodologias lean, que são introduzidas estrategicamente no processo e consideradas essenciais à sua evolução. Ao longo do trabalho, são ainda identificados componentes dos equipamentos que se poderão encontrar obsoletos e experimentadas algumas melhorias com sucesso. Há uma quantidade de aspetos a melhorar que foram evidenciados e se forem corrigidos poderão contribuir para uma fábrica com melhor eficácia. Com este trabalho conheci procedimentos para obter a melhoria contínua de forma muito eficaz e concretizar objetivos importantes na Imprensa Nacional-Casa da Moeda.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.26/19087







Ensinar a aprender a decidir, a partir do do Mantle of the Expert

21-Outubro-2017 - rcaap.pt



Projeto “Developing innovative teaching strategies to improve entrepreneurial skills and enhance performance of disadvantaged learners, and facilitate integration in schools” 2016-1-UK01-KA201-024591



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/20.500.11796/2517







As profissões e a democracia

21-Outubro-2017 - rcaap.pt



Um dos grandes desafios atuais dos estudos sobre as profissões é a elucidação do sentido da sua articulação com o funcionamento dos regimes democráticos, por um lado, e a defesa do interesse público, por outro. O objectivo deste artigo é reflectir sobre esta ambivalência. Refletir sobre a (des)confiança social em relação às profissões que têm uma expressão maior em países como Portugal e o Brasil, talvez porque nestes o fenómeno das profissões regulamentadas esteve muito associado à construção dos regimes autoritários e corporativos, num passado ainda recente. Com a instauração dos regimes democráticos, as profissões, enquanto categoria social e económica, persistem como traço estrutural das nossas sociedades. E a pergunta muitas vezes colocada incide, justamente, sobre a compatibilidade das profissões – enquanto grupos de interesses fechados, estabelecendo monopólios e impedindo um acesso livre ao mercado de trabalho – com a democracia política.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10071/14520







Trajectory clustering techniques with application to route recommendation

21-Outubro-2017 - rcaap.pt



O uso generalizado de dispositivos capazes de obter e transmitir dados sobre a localização de objetos ao longo do tempo tem permitido recolher grandes volumes de dados espácio-temporais. Por isso, tem-se assistido a uma procura crescente de técnicas e ferramentas para a análise de grandes volumes de dados espácio-temporais com o intuito de disponibilizar uma gama variada de serviços baseados na localização. Esta dissertação centra-se no desenvolvimento de um sistema para recomendaSr trajetos com base em dados históricos sobre a localização de objetos móveis ao longo do tempo. O principal problema estudado neste trabalho consiste no agrupamento de trajetórias e na extração de informação a partir dos grupos de trajetórias. Este estudo, não se restringe a dados provenientes apenas de veículos, podendo ser aplicado a outros tipos de trajetórias, por exemplo, percursos realizados por pessoas a pé ou de bicicleta. O agrupamento baseia-se numa medida de similaridade. A extração de informação consiste em criar uma trajetória representativa para cada grupo de trajetórias. As trajetórias representativas podem ser visualizadas usando uma aplicação web, sendo também possível configurar cada módulo do sistema com parâmetros desejáveis, na sua maioria distâncias limiares. Por fim, são apresentados casos de teste para avaliar o desempenho global do sistema desenvolvido.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10773/18581







Avaliação do estado nutricional de idosos institucionalizados no distrito de Braga

21-Outubro-2017 - rcaap.pt



O progresso económico, científico e social veio proporcionar uma diminuição da mortalidade em todas as faixas etárias. A conjugação do decréscimo da fecundidade e da mortalidade faz com que a população idosa esteja progressivamente a aumentar. No envelhecimento demográfico altera-se a composição e a estrutura da pirâmide etária, levando a desequilíbrios e originando novos contornos sociais. Perante o grande aumento da longevidade dos cidadãos, a sociedade civil e política depara-se com um grande desafio que é proporcionar um envelhecimento de qualidade com dignidade e segurança. A nutrição constitui um dos aspetos que mais contribui para um envelhecimento saudável. Esta preocupação crescente revela que os problemas nutricionais, tanto por défice como por excesso, concorrem para a redução da qualidade de vida e o aumento da mortalidade, levando os idosos a necessitarem de mais cuidados de saúde. Preocupados com a importância da alimentação num envelhecimento saudável, propusemo-nos realizar este estudo, retratando o estado nutricional das pessoas idosas institucionalizadas, criando conhecimento que contribua para ajustar os cuidados de saúde às reais necessidades nutricionais e de saúde destas pessoas. Esta investigação, desenvolvida em Lares de Idosos do distrito de Braga, insere-se num tipo de estudo observacional e analítico de carácter quantitativo e teve como objetivo geral avaliar o estado nutricional e de saúde das pessoas idosas institucionalizadas. Da amostra fizeram parte 804 idosos, institucionalizados em dezasseis Lares, de catorze concelhos, do distrito de Braga, correspondendo a 20% do total de idosos institucionalizados no distrito. Foram avaliados alguns parâmetros antropométricos e de impedância bioelétrica, e aplicado o Mini Nutricional Assessment e o Índice de Barthel. Dos resultados encontrados destacamos que: os idosos estudados têm em média 81 anos, são maioritariamente mulheres, viúvas e não qualificadas; a maioria dos idosos apresenta uma dependência moderada para a realização das atividades de vida essenciais, com maior preponderância nos grupos etários dos 75 aos 84 anos, sendo superior nas mulheres; a prevalência das alterações nutricionais é elevada, dado que 5,8% dos idosos estão desnutridos e 52,2% com risco de nutrição, sendo estes transtornos mais frequentes nos mais idosos e no sexo feminino; o Índice de Massa Corporal vai diminuindo com a idade, sendo mais acentuada nos idosos a partir dos 85 anos; da impedância bioelétrica confirma-se que os homens, relativamente às mulheres, apresentam parâmetros mais elevados de peso, massa magra, massa muscular, massa óssea, taxa metabólica e gordura visceral. Estes valores vão diminuindo com a idade. As patologias mais frequentes são hipertensão arterial, dislipidemia, depressão, alterações de memória e diabetes tipo 2. O número de medicamentos prescritos varia entre zero e 10 fármacos e os idosos tomam, em média, 5 medicamentos, sendo as mulheres quem toma mais medicamentos. A maioria da amostra não pratica qualquer tipo de atividade física. Desta investigação sobressai a necessidade de intervenção junto dos: idosos institucionalizados, ao nível da prevenção dos transtornos nutricionais e de saúde, da monitorização da atividade física e da promoção do treino cognitivo; e dos profissionais e, de entre eles, os enfermeiros, que trabalham em Lares, através duma formação especializada na área dos idosos e do desenvolvimento dum trabalho de equipa que privilegie a interdisciplinaridade.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.14/23167







Relatório de estágio

21-Outubro-2017 - rcaap.pt



O presente Relatório de Estágio insere-se no âmbito do 2º ano do Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde da Faculdade de Filosofia de Braga que inclui a realização de um estágio em parceria com o ACES Cávado III- Barcelos/ Esposende. O documento apresenta uma reflexão acerca da experiencia ligada á aprendizagem metodológica. Assim numa primeira fase é apresentada uma breve caracterização da instituição, descrevendo serviço de psicologia e as atividades desenvolvidas aquando da observação. Apresenta-se também, todas as atividades desenvolvidas no âmbito do estágio, nomeadamente a ação de formação, a avaliação psicológica, a intervenção individual e a intervenção em grupo. Por fim, é exposto um caso clínico desenvolvido mais pormenorizadamente.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.14/23168







GESTÃO DE MATERIAL CLÍNICO DE BOLSO POR ENFERMEIROS: FATORES DETERMINANTES E AVALIAÇÃO MICROBIOLÓGICA

21-Outubro-2017 - rcaap.pt



A garantia dos padrões de qualidade e segurança na prestação de cuidados afigura-se como um pilar basilar da enfermagem. O material clínico utilizado na prestação de cuidados pode ficar contaminado com matéria orgânica ou agentes infeciosos e, de forma indireta, contribuir para a sua transmissão cruzada. Pretende-se compreender a gestão de material clínico de bolso realizada por enfermeiros nos serviços de medicina interna de um hospital da região centro de Portugal, relacionar fatores inerentes à gestão realizada e avaliação microbiológica. Trata-se de um estudo de carácter descritivo-correlacional e transversal. A população alvo corresponde a todos os enfermeiros que prestem cuidados diretos a utentes no contexto visado. Os dados foram analisados no IBM SPSS Statistics versão 20. A colheita incluiu 50 enfermeiros e 383 observações de material de bolso. Relativamente à gestão do material clínico de bolso, partilham-no com outros enfermeiros (90%), médicos (52%) e assistentes operacionais (40%). Reutilizam-no entre utentes e durante procedimentos/técnicas complexas. No que concerne aos hábitos de higienização destes materiais, 77,6% desinfeta-o, embora que destes apenas 14% o limpe antecipadamente. Verificou-se a falta de formação no âmbito da prevenção e controlo de infeções (42%) e falta de acesso/conhecimento de diretrizes institucionais nesta temática (82%). Das 100 amostras recolhidas de diferentes materiais clínicos de bolso, 53% apresentaram pelo menos uma unidade formadora de colónia/ml. Foram identificadas com maior representatividade colónias de Staphylococcus coagulase positivos (32%) e negativos (27%), variando entre 1,0x101 UFC/mL e superior a 1,5×103; assim como Enterococcus spp. (8%) entre 1,0x101 UFC/mL e 8,0x102 UFC/mL. Relativamente aos Staphylococcus isolados, 66,6% eram S. aureus resistentes à meticilina. Verificou-se a existência de associação estatisticamente significativa entre a incidência microbiológica a nível do material clínico de bolso, mãos dos enfermeiros e a sua farda clínica (p = 0,016 e p = 0,010, respetivamente). Os resultados apresentam significado, tanto para a instituição e unidades visadas, como para enfermagem, evidenciando a competência, responsabilidade ética e função técnica dos enfermeiros na gestão de material clínico de bolso. Porém, ressalta a necessidade de replicação do estudo, noutros contextos clínicos, de modo a comparar resultados e produzir diretrizes que colmatem as lacunas testemunhadas.



Link para o texto completo:
 
http://web.esenfc.pt/?url=RruTyEuU







Arganil precisa de bens como fruta, legumes e pomadas para queimaduras

20-Outubro-2017 - publico.pt



Há vários pontos de recolha: um na Cerâmica Arganilense, outro na zona do Porto e outro em Lisboa.



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/10/20/sociedade/noticia/arganil-precisa-de-bens-como-fruta-legumes-e-pomadas-para-queimaduras-1789656







Fenprof marca greve e FNE também a pondera

20-Outubro-2017 - publico.pt



Fenprof diz que faz greve a 27 de Outubro, juntando-se à paralisação da Administração Pública. FNE também avança se Ministério da Educação não aceitar negociar o descongelamento das carreiras



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/10/20/sociedade/noticia/fenprof-marca-greve-e-fne-tambem-a-pondera-1789676







PSD quer dirigentes da Proteção Civil recrutados por concurso

20-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



Passos Coelho diz que os mandatos deviam ser independentes dos ciclos de governo.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/kvszLy6oIbQ/psd-quer-dirigentes-da-protecao-civil-recrutados-por-concurso-8861034.html







Uma última intervenção e o adeus de Francisco George

20-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



Na hora da despedida, depois de 44 anos de carreira na saúde pública, o Ministério da Saúde organizou uma sessão com sala cheia, na reitoria da Universidade Nova de Lisboa para ouvir Francisco George.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/MOzo_rrYyTU/uma-ultima-intervencao-e-o-adeus-de-francisco-george-8860930.html







José Sócrates condena ´campanha de maledicência´. Ordem diz que não é engenheiro

20-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



Antigo primeiro-ministro garante que nunca reclamou um título profissional que não lhe pertença.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/ag9M52NYJLY/jose-socrates-nunca-esteve-inscrito-na-ordem-dos-engenheiros-8860686.html







Trabalho foi ´intenso´ e ´apaixonado´, mas faltou sorte a Lopetegui no Porto

20-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



O treinador de guarda-redes do FC Porto na altura em que o agora selecionador espanhol orientou os dragões diz que a equipa gostava de ter ficado as três épocas que estavam no contrato.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/YhP0aB-DXiw/trabalho-foi-intenso-e-apaixonado-mas-faltou-sorte-a-lopetegui-no-porto-8860584.html







Alterações aos recibos verdes ainda este ano

20-Outubro-2017 - sapo.pt



Vieira da Silva confirma também que a diferenciação da TSU por tipo de contrato deverá ficar para 2019.



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/96338/alteracoes-aos-recibos-verdes-ainda-este-ano?utm_source=rss







Combinação vencedora do concurso 42/2017

20-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/t7xNjSpIsrw/316560-combinacao-vencedora-do-concurso-422017







Combinação vencedora do concurso 84/2017

20-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/dIvyYtERZ1Y/316559-combinacao-vencedora-do-concurso-842017







PSD quer que dirigentes da ANPC sejam recrutados por concurso

20-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/6vw4NORvcwc/316553-psd-quer-que-dirigentes-da-anpc-sejam-recrutados-por-concurso







Caldeira Cabral: ´Temos de construir uma Europa melhor com ou sem o Reino Unido´

20-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



O ministro da Economia defende que os dois lados devem chegar a acordo o mais rapidamente possível sobre a livre circulação de bens, de serviços, de capital e de trabalhadores.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/caldeira-cabral-temos-de-construir-uma-europa-melhor-com-ou-sem-o-reino-unido







Meirelles diz que acordo fiscal com Rio Grande do Sul está em fase preliminar

20-Outubro-2017 - ebc.com.br



O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse hoje (19) que as negociações do governo federal para fechar um acordo de recuperação fiscal com o estado do Rio Grande do Sul estão em fase preliminar. Segundo o ministro, as condições necessárias para adesão ainda estão sendo discutidas. O ministro participou no início da noite de uma audiência com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio, relator de processos que tratam de dívidas do estado com a União e que também deverá julgar a validade do acordo. O Rio Grande do Sul tenta fechar um acordo financeiro para receber recursos da União, contrato semelhante ao que foi feito com o Rio de Janeiro, e tentar superar a crise fiscal do estado. Segundo Meirelles, ainda não foi discutido se o governo local deverá fazer mais privatizações como garantia no acordo e se a venda de ações do Banrisul, banco estatal será suficiente para fechar a recuperação. No caso do Rio de Janeiro, foi necessário a privatização da Cedae [companhia de água]. Normalmente, quando o estado chega nessa situação, é usual que seja necessária a privatização, mas não chegamos ainda no ponto da apresentação do plano, porque estamos discutindo as condições necessárias para adesão do estado ao plano, disse. No início do mês, o governo do Rio Grande do Sul anunciou a venda de 49% das ações ordinárias (com direito a voto) do Banrisul. A medida faz parte do pacote de ajuste fiscal gaúcho assinado com a União que prevê, além de privatizações, o corte de gastos, o aumento das alíquotas do Imposto Sobre Circulação de Mercadoria (ICMS), o congelamento de reajuste salarial do funcionalismo e o impedimento para contratação de pessoal. A expectativa é de que a efetivação da venda ocorra até o fim do ano.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/meirelles-diz-que-acordo-fiscal-com-rio-grande-do-sul-esta-em-fase







CMN autoriza Rio de Janeiro a buscar empréstimo de R$ 2,9 bi em bancos privados

20-Outubro-2017 - ebc.com.br



Um dos últimos obstáculos para o Rio de Janeiro buscar empréstimos de até R$ 2,9 bilhões foi removido hoje (19). O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou resolução que autoriza o estado a procurar instituições financeiras privadas para contrair operações de crédito até o fim do ano. A resolução vale para todos os estados que aderirem ao Regime de Recuperação Fiscal, que prevê auxílio financeiro para unidades da Federação com problemas de liquidez em troca de medidas de aumento da receita, cortes de despesas e privatizações. Até agora, somente o Rio de Janeiro aderiu ao regime, e o Rio Grande do Sul iniciou negociações. Segundo o Tesouro Nacional, o Ministério da Fazenda ainda precisa editar duas portarias antes que o governo fluminense possa procurar crédito nos bancos. Os documentos sevem ser publicados na próxima semana. Os empréstimos são essenciais para que o estado do Rio de Janeiro regularize os salários atrasados dos servidores públicos locais. Inicialmente, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal estariam entre os bancos que concederiam as operações de crédito, mas o Supremo Tribunal Federal entendeu que bancos oficiais não podem emprestar para entes públicos para cobrir despesas correntes, apenas instituições privadas. A resolução do CMN prevê o descumprimento de alguns dispositivos da Lei de Responsabilidade Fiscal. Os bancos que emprestarem para os estados do Regime de Recuperação Fiscal deverão centralizar o recebimento dos documentos necessários, verificar com o Tesouro Nacional os limites e as condições (juros e prazo) aplicáveis às operações e verificar a situação financeira do estado interessado no crédito. Simplificação O CMN aprovou outra resolução que simplifica a regulação de quatro tipos de instituições financeiras de menor porte: corretoras e distribuidoras de títulos, sociedades de leasing, corretoras de câmbio e cooperativas de crédito. A partir de fevereiro, as instituições com ativo inferior a 0,1% do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos no país) e com modelo de negócios simplificado podem optar pelo novo regime de fiscalização. De acordo com o Banco Central, o novo sistema não reduz a fiscalização e mantém a solidez e os requisitos de prudência das instituições de menor porte. No entanto, as instituições que escolherem a regulação simplificada terão de abrir mão de realizar operações de maior risco, como aplicações no mercado de derivativos (como Bolsa de Mercadorias e Futuros). Em troca, gastarão menos com estrutura e pessoal para repassar as informações sobre a situação contábil ao Banco Central.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/cmn-autoriza-rio-de-janeiro-buscar-emprestimo-de-r-29-bi-em-bancos-privados







Trump elogia Guterres afirmando que tem feito um trabalho ´espectacular´ na ONU

20-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, elogiou hoje o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, afirmando que este tem feito um trabalho "realmente espectacular" na organização que lidera desde Janeiro.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/mundo/detalhe/trump-elogia-guterres-afirmando-que-tem-feito-um-trabalho-espectacular-na-onu







Vieira da Silva: Alterações aos recibos verdes ainda este ano e TSU deverá ficar para 2019

20-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



O ministro da Segurança Social garantiu esta sexta-feira que o Governo vai apresentar o novo regime contributivo dos recibos verdes ainda este ano, enquanto a diferenciação da Taxa Social Única (TSU) por tipo de contrato deverá ficar para 2019.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/seguranca-social/detalhe/vieira-da-silva-alteracoes-aos-recibos-verdes-ainda-este-ano-e-tsu-devera-ficar-para-2019







IGP-M acumula deflação de 1,3% em 12 meses

20-Outubro-2017 - ebc.com.br



O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), usado no reajuste dos contratos de aluguel, registrou inflação de 0,3% na segunda prévia de outubro deste ano. A taxa é inferior à observado na segunda prévia de setembro (0,41%). Apesar da inflação, o IGP-M acumula deflação de 1,81% no ano e de 1,3% em 12 meses. A queda da taxa na passagem de setembro para outubro foi provocada pelo comportamento dos preços no atacado e na construção civil. O Índice de Preços ao Produtor Amplo, que analisa o atacado, recuou de¨uma inflação de 0,63% para uma taxa de 0,36%. A inflação do Índice Nacional do Custo da Construção caiu de 0,22% na segunda prévia de setembro para 0,11% na segunda prévia de outubro. Já o Índice de Preços ao Consumidor, que acompanha o varejo, teve um aumento da taxa, ao passar de uma deflação de 0,10% em setembro para uma inflação de 0,24% em outubro. A segunda prévia do IGP-M compreende o intervalo entre os dias 21 do mês anterior e 10 do mês de referência.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/igp-m-acumula-deflacao-de-13-em-12-meses







Mais de R$ 1 bilhão de abono salarial de 2015 ainda não foram sacados

20-Outubro-2017 - ebc.com.br



Mais de R$ 1 bilhão referente ao abono salarial do PIS/Pasep ano-base 2015 ainda não foram sacados. Segundo o governo federal, o dinheiro pertence a 1,46 milhão de trabalhadores, mas eles ainda não procuraram uma agência bancárias para retirar o benefício. Esse saque poderá ser feito até o dia 28 de dezembro. Servidores públicos devem procurar o Banco do Brasil. Já trabalhadores da iniciativa privada, a Caixa Econômica Federal. Tem direito ao abono quem trabalhou com carteira assinada por, pelo menos, um mês em 2015, teve remuneração média de até dois salários mínimos e está inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos. Além disso, deve ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais). A lista de pessoas com direito a receber o recurso pode ser consultada no site [http://trabalho.gov.br/abono-salarial/consulta-abono-salarial] do Ministério do Trabalho. Também é possível se informar sobre o benefício procurando as agências. O pagamento começou a ser efetivado em novembro do ano passado e o prazo máximo para a retirada já passou por prorrogações, o que não deve ocorrer novamente, segundo o ministério. O órgão aponta que metade de todo o recurso ainda pendente de saque está no Sudeste, principalmente em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. O valor pago varia de R$ 79 a R$ 937.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/mais-de-r-1-bilhao-de-abono-salarial-de-2015-ainda-nao-foram-sacados







Montepio Acredita Portugal abre inscrições para premiar os melhores empreendedores

20-Outubro-2017 - cision.com



Lisboa, 18 de outubro de 2017 – O concurso Montepio Acredita Portugal já abriu a fase de candidaturas para a sua 8ª edição. O projeto tem como objetivo descobrir novos empreendedores. O concurso promovido pela Acredita Portugal e a Caixa Económica Montepio Geral (CEMG), que ano passado recebeu cerca de 13 mil candidaturas, pretende apoiar qualquer pessoa com uma ideia de negócio mas não sabe como a levar à prática ou quem já arrancou mas quer ter feedback de especialistas para avançar. Tudo porque o objetivo é apoiar ideias, projetos e negócios promissores de qualquer pessoa,



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/caixa-economica-montepio-geral/r/montepio-acredita-portugal-abre-inscricoes-para-premiar-os-melhores-empreendedores,c636439951530000000







TAP EXPRESS OPERADA PELA PORTUGÁLIA AIRLINES DISTINGUIDA ENTRE COMPANHIAS REGIONAIS DA EUROPA

20-Outubro-2017 - cision.com



Marca da frota regional da TAP ganha prémio ‘Companhia Aérea do Ano’, atribuído pela Associação de Companhias Regionais da Europa (ERA) A TAP Express, operada pela Portugália Airlines e marca da frota regional da TAP, foi premiada ontem, na cerimónia anual da Associação de Companhias Regionais da Europa (ERA), que teve lugar em Atenas, na Grécia. A marca regional da TAP recebeu o galardão de ‘Companhia Aérea do Ano’, numa distinção que valoriza o bem-sucedido processo de renovação completa da frota da Portugália, um trabalho que implicou formação dos pilotos, engenheiros e tripulações



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/tap-portugal/r/tap-express-operada-pela-portugalia-airlines-distinguida-entre-companhias-regionais-da-europa,c636440072210000000







Ciclo expositivo Sob a Terra e as Águas inaugura hoje exposição “A Agricultura não é de Agora – Os Primeiros Agricultores”

20-Outubro-2017 - cision.com



A exposição Sob a Terra e as Águas – 20 anos de Arqueologia entre o Guadiana e o Sado trouxe ao conhecimento do grande público, através de uma mostra de alguns dos materiais mais significativos, os principais resultados dos trabalhos arqueológicos realizados no âmbito do EFMA – Empreendimento de Fins Múltiplos do Alqueva. De forma a complementar a informação apresentada, necessariamente resumida face ao elevado volume de espólio recuperado, surge agora o novo ciclo expositivo Sob a Terra e as Águas – Porque Há Sempre Novas Histórias para Contar… Será apresentada, no Núcleo Museológico



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/camara-municipal-de-beja/r/ciclo-expositivo-sob-a-terra-e-as-aguas-inaugura-hoje-exposicao--a-agricultura-nao-e-de-agora---os-p,c636440104390000000







Conclusão assinala os 30 anos com mais Qualidade

20-Outubro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



Conclusão assinala os 30 anos com a transição da certificação do Sistema da Qualidade para o referencial NP ISO 9001:2015 A Conclusão, Estudos e Formação, com Sede em Coimbra e[...] O post Conclusão assinala os 30 anos com mais Qualidade aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/conclusao-assinala-os-30-anos-qualidade/







CAPACITAR A PRODUÇÃO NACIONAL

20-Outubro-2017 - cision.com



· Programa de formação começa esta sexta-feira, dia 20 de outubro O Clube de Produtores Continente pretende reforçar a competitividade dos seus produtores, preparando-os para os novos desafios da produção e distribuição do século XXI. Durante seis meses, 23 produtores nacionais participam na 1ª edição da Academia Clube de Produtores Continente. As sessões terão inicio no dia 20 de outubro, no Learning Centre da SONAE. Investigadores de diversas universidades portuguesas e quadros da SONAE MC irão partilhar conhecimento cientifico e técnico sobre as várias áreas da cadeia de



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/capacitar-a-producao-nacional,c636440220110000000







Fraunhofer Portugal Challenge premeia as melhores ideias de teses portuguesas

20-Outubro-2017 - cision.com



Premiar a investigação de utilidade prática é o mote do concurso A 8.ª edição do concurso de ideias Fraunhofer Portugal Challenge está na reta final. Na próxima quarta-feira (dia 25 de outubro), os seis finalistas vão apresentar as suas ideias no Evento de Encerramento, na sede da Fraunhofer Portugal (Porto). A iniciativa é promovida pelo centro de investigação Fraunhofer Portugal AICOS. O desafio foi lançado no início do ano. Os estudantes e investigadores de universidades portuguesas, que já tivessem terminado ou estivessem prestes a terminar o Mestrado ou Doutoramento, tinham a



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/fraunhofer-portugal/r/fraunhofer-portugal-challenge-premeia-as-melhores-ideias-de-teses-portuguesas,c636440205140000000







Entre Madeiras Trio - 22 de Outubro - 17 Horas- Ciclo de Concertos de Coimbra

20-Outubro-2017 - cision.com



Uma viagem pelas sonoridades contemporâneas da música nacional e internacional.  O Entre Madeiras Trio diferencia-se dos agrupamentos convencionais de música de câmara, apresentando um trabalho pioneiro nesta área. Apresentou-se ao público pela primeira vez, a 11 de Maio de 2009, na Sala do Trono do Palácio Nacional da Ajuda, contando desde então com uma vasta lista de concertos divulgando sempre a música contemporânea e a música portuguesa. Destaque para o projeto “Ligações Contemporâneas”, realizado no auditório da Casa Fernando Pessoa (concerto Antena 2) – Concertos mpmp realizados no



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/iii-ciclo-de-concertos-de-coimbra/r/entre-madeiras-trio---22-de-outubro---17-horas--ciclo-de-concertos-de-coimbra,c636440242110000000







Contributos da supervisão pedagógica na relação interpessoal entre relator/avaliado

20-Outubro-2017 - rcaap.pt



O objecto desta investigação situa-se no âmbito da formação contínua de professores, bem como na construção do conhecimento através da integração da acção pedagógica. Por outras palavras, partindo da prática educativa e do contexto profissional do actual modelo de avaliação do desempenho dos professores no Agrupamento de Escolas X, pretende-se compreender e (des)construir, através dos actuais conceitos de supervisão pedagógica, a relação interpessoal que se estabelece entre o relator e o avaliado e potenciá-la para um efectivo desenvolvimento profissional dos professores. Este estudo é assumido no âmbito de uma perspectiva interpretativa e, portanto, particular, em que os implicados procuram compreender, numa perspectiva integral, os contextos genuínos e espontâneos para deles extrair algum sentido. Neste contexto investigativo, a intencionalidade é reformular/adaptar a teoria sobre os modelos de supervisão, tendo em conta a realidade do Agrupamento onde a investigadora desenvolve a sua prática profissional, potenciando a relação interpessoal relator/avaliado.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/20.500.11796/1121







Dinâmicas de classe média e rebelião social

20-Outubro-2017 - rcaap.pt



O presente texto surge na sequência de um conjunto de estudos que tenho vindo a desenvolver em torno da questão da “classe média” e sua possível relação com as recentes vagas de movimentos sociais e manifestações, quer na Europa do Sul quer no Brasil, em especial no ano de 2013. As demarcações sociais e de classe possuem, sem dúvida, poderosos fundamentos socioeconómicos e disso procurarei dar conta neste texto. As lógicas e divisões classistas operam em larga medida através de mecanismos de poder simbólico que incidem no sub-consciente (coletivo e individual) e talvez isso ajude a explicar por quê a “classe-para-si” é mais uma narrativa do que uma realidade substantiva. Mas para a reflexão aqui em causa interessa, antes do mais, questionarmo-nos acerca do modo como os recursos económicos e educacionais, por exemplo, são incorporados por pessoas concretas ao longo das suas trajetórias de vida e como se estruturam diferenças, segmentações e conflitos entre conjuntos sociais aparentemente próximos no volume de “riqueza” que possuem? Qual a relação entre o enquadramento objetivo numa dada condição ou estatuto social e a sua identificação individual, corporativa, coletiva ou geracional? Que significado podemos atribuir hoje ao papel da classe média, num momento em que muitos reconhecem a sua fragilidade e declínio, como acontece nos países do sul da Europa?



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10316/44004







PHARMACIA - Grafismo Publicitário Português

20-Outubro-2017 - rcaap.pt



O presente trabalho de investigação pretende dar a conhecer parte do espólio publicitário da indústria farmacêutica em Portugal, mais concretamente, os anúncios publicados nas revistas Ilustração Portuguesa e Ilustração, no período de tempo entre 1904 a 1957. No decorrer da história da publicidade farmacêutica podemos entender os avanços tecnológicos e científicos, a rivalidade entre a indústria farmacêutica portuguesa e a indústria internacional, os diferentes contextos políticos, sociais e económicos. Estes aspectos permite-nos analisar e interpretar, também, a evolução da expressão gráfica, a influência da vida quotidiana e o clima intelectual e cultural da época. Após uma leitura interpretativa do material em investigação, procedeu-se a uma análise e categorização das temáticas gráficas dos anúncios. O livro Pharmacia - Grafismo Publicitário Português, projecto editorial que acompanha este documento escrito surge com o objectivo de documentar o material recolhido durante a investigação, possibilitando ao leitor comparar os anúncios entre si, relembrar as suas memórias pessoais e promover o interesse pelo património cultural e artístico português. Pharmacia - Grafismo Publicitário Português é, assim, consequência da vontade de valorizar culturalmente e artisticamente os anúncios publicitários farmacêuticos, mas também pela raridade do material e pela escassez de publicações inerentes à matéria.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.26/19073







Toxicodependência

20-Outubro-2017 - rcaap.pt



O presente trabalho incide sobre a vitimação na população toxicodependente, mais precisamente do ponto de vista criminológico e psicopatológico. Para isso questionou-se a frequência significativa de vivência de situações de vitimação no contexto de toxicodependência. Também se procurou saber de existe registo de situações de vitimação previamente à fase de toxicodependência. Por último, averiguou-se a similaridade nas situações de vitimação, a ponto de se poder referir um padrão de vitimação por parte desta população. Como tal, adotou-se um desenho de estudo exploratório, observacional e descritivo, transversal e baseado no autorrelato e inquérito. Os resultados obtidos numa amostra de 32 toxicodependentes conduziram à conclusão de que existe efetivamente a presença de vitimação neste tipo de população. Destes resultados foi também possível identificar similaridades entre os sujeitos avaliados que se prendem com a questão da vitimação na toxicodependência, especificamente a nível da caracterização da vítima, do agressor e do próprio evento vitimizante.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10284/6212







Estudo de viabilização para a criação e implementação de uma associação para o desenvolvimento do destino turístico Monte

20-Outubro-2017 - rcaap.pt



Numa época em que as tendências internacionais do Turismo se estão a implementar, no sentido da procura de produtos turísticos compósitos diversificados, integrando componentes associadas à cultura, ao património histórico, arquitectónico e monumental e património natural, o Núcleo Histórico do Monte, inteirando todas estas componentes, apresenta-se como um destino de eleição do turista que visita a Ilha da Madeira. Apresentando inúmeras potencialidades, como sejam a riqueza do seu património histórico, cultural e natural e as estruturas de lazer e recreio, distintas na Região Autónoma da Madeira, este destino, apresenta ainda algumas debilidades, nomeadamente a inexistência de alguns serviços fundamentais para o bom exercício da actividade turística e a inexistência de uma promoção conjunta dos locais, tornando a visita consideravelmente dispendiosa. O propósito deste trabalho, visa o estudo de viabilização para a criação de uma Associação para o Desenvolvimento do Destino Turístico Monte, possibilitando melhorias significativas no Núcleo Histórico, em termos de recuperação do seu património edificado; da disponibilização de informação; no estímulo ao comércio, desenvolvendo produtos de merchandising diferenciados; na elaboração de estratégias de promoção conjuntas; na realização de actividades de animação e formação; e na realização de acções de carácter pedagógico, com vista a aproximar a população local ao seu património, fomentando o gosto por iniciativas culturais, bem como, apelando para a importância da salvaguarda do património histórico, cultural e natural, não só como factor de identidade regional, mas também, como instrumento indispensável para o desenvolvimento sustentado da Região Autónoma da Madeira.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.13/70







Segurança em aplicações de e-commerce com descontos personalizados

20-Outubro-2017 - rcaap.pt



Cada vez mais as redes sociais têm impacto na sociedade. Hoje em dia, é a plataforma líder de comunicação entre sujeitos de diferentes idades e é a mais utilizada para partilha de notícias, produtos ou serviços. O e-commerce também tem vindo a crescer e as redes sociais têm tido um papel fundamental para o seu florescimento, existindo cada vez mais estudos de marketing sobre como explorar o meio social no e-commerce. O Optipricer surge nesta vertente, sendo um serviço que disponibiliza descontos a um indivíduo numa loja online de acordo com o seu perfil social, o seu poder de compra, os seus interesses, entre outros critérios. O objetivo deste trabalho é compreender e descrever como se pode adicionar uma camada de segurança ao Optipricer de modo a que todo o processo de obtenção de desconto se possa fazer de forma segura. O Opitpricer é constituído por quatro fluxos primários: processo de ativação, obtenção de um desconto, adição de um produto ao carrinho com desconto e checkout desse mesmo produto. Assim, torna-se necessário assegurar que todas as entidades envolvidas no processo se encontrem protegidas nestes fluxos, de modo a evitar os variados ataques conhecidos sobre aplicações web. Para tal, desenvolvemos uma biblioteca de segurança que foi aplicada sobre o Optipricer e sobre uma extensão para o Woocommerce, que comunica com o Optipricer e implementa todos os fluxos, também desenvolvida por nós. Os testes funcionais realizados sobre a plataforma levam a concluir que a camada de segurança que desenvolvemos se comporta como esperado, assegurando todas as comunicações e evitando que os dados sejam adulterados por terceiros. Os resultados dos testes de carga sobre o Optipricer com a nossa camada aplicada foram bastantes positivos, comprovando ainda que o consumo de serviços do Optipricer com os dados protegidos através da nossa aplicação pouco influencia os tempos de resposta do servidor.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10773/18573







Relatório profissional

20-Outubro-2017 - rcaap.pt



Este relatório tem como objetivo descrever a atividade profissional exercida na qualidade de Diretora Técnica e uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) do Vale do Cávado, no período compreendido entre 2007 e 2013. Para melhor compreensão da IPSS iniciou-se o Relatório pela caracterização deste tipo de respostas sociais, cujo objetivo prioritário é atuar na prevenção e apoio de famílias, crianças, jovens e idosos em situações de risco e com necessidade social e humana e promover a integração sociocultural da população carenciada no sentido de ajudar adquirir estilos de vida saudáveis e promotores de qualidade de vida. O Relatório descreve, ainda, as funções e atividades desenvolvidas enquanto Diretora Técnica, bem como a diversidade de competência que lhe são exigidas naquelas funções. A metodologia usada neste relatório é exclusivamente descritiva e são usadas fontes bibliográficas e sites on-line para apresentar e caraterizar as IPSS.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.14/23164







Com mais 34 mil vagas, setembro é o sexto mês de saldo positivo de emprego

19-Outubro-2017 - ebc.com.br



No ano, o saldo de empregos com carteira sssinada está acumulado em 208.874 Arquivo/Agência Brasil O mês de setembro registrou aumento de 34.392 vagas nos postos de trabalho com carteira assinada. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado hoje (19) pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Este é o sexto mês seguido em que foram abertas mais vagas de trabalho formal. No acumulado do ano, o saldo positivo chega a 208.874 empregos, um aumento de 0,5% em relação ao estoque de empregos de 2016. A Região Nordeste novamente foi a que gerou mais postos de trabalho com 29.644 vagas. Em seguida, vêm as regiões Sul, com 10.534, e Norte, com 5.349. Já nas regiões Sudeste e Centro-Oeste, houve redução nos postos, com quedas respectivas de 8.987 e 2.148 empregos. Entre as 27 unidades federativas, 20 tiveram saldo positivo. Pernambuco foi o estado que teve melhor resultado, com 13.992 vagas abertas. Em seguida, aparecem Santa Catarina, com 8.011. Alagoas, com 7.411. Pará, com 3.283, Paraná, com 2.801, Bahia, com 2297 e Ceará, com 2.161. Os destaques negativos foram o Rio de Janeiro, com redução de 4.769 vagas. Minas Gerais, com menos 4.291, e Goiás ,com menos 3.493 postos. Dos oito setores pesquisados, os números do Caged mostram que, em setembro, quatro registraram aumento nos postos de trabalho. No mês passado, o setor da indústria de transformação puxou a geração de empregos, com 25.684 postos. No mês anterior, a liderança foi do setor de serviços. Destacaram-se também em setembro, comércio, com 15.040 vagas. serviços, com 3.743 e construção civil, com 380. Houve retração nos setores de agropecuária (menos 8.372 vagas). serviços, indústrias de utilidade pública (menos 1.246). administração pública (menos 704) e extrativo mineral (menos 133).



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/com-mais-34-mil-vagas-setembro-e-o-sexto-mes-de-saldo-positivo-de-emprego







A JobAbroad está a recrutar profissionais da saúde para vários países europeus

19-Outubro-2017 - universia.net



Irlanda, Inglaterra e Bélgica são alguns dos países cujos serviços nacionais de saúde se encontram a recrutar profissionais de saúde como enfermeiros, sonografistas, auxiliares de enfermagem e auxiliares ao domicílio. REGISTE O SEU CV GRÁTIS REGISTE AQUI Os candidatos interessados em abraçar uma nova experiência no estrangeiro , como a Sara Nunes o fez , experiência essa que lhes possa também enriquecer o seu currículo, devem consultar as várias vagas da Job Abroad  divulgadas nos portais da rede Trabalhando. Enfermeiros, sonografistas, auxiliares de enfermagem e auxiliares ao domicílio, são algumas das vagas disponíveis e às quais se pode candidatar. No caso dos enfermeiros, estes devem cumprir com os seguintes requisitos: Licenciatura em enfermagem Bom nível de comunicação Motivação e facilidade de integração Capacidade de trabalhar de forma autonomia e espírito de iniciativa Os candidatos recrutados terão direito a: Apoio no alojamento Possibilidade de iniciar funções como auxiliar e realizar o Exame IELTS (no caso do Reino Unido)  Apoio no NMC  Vencimento inicial Algumas das ofertas contemplam também apoio nas deslocações No que respeita à vaga para sonografista , os candidatos terão como principais responsabilidades: Realizar regularmente relatórios abrangentes e autónomos, numa ampla gama de exames de ultra-som tendo em conta um padrão aceitável e assim tirar conclusões sobre as descobertas do ultra-som e recomendar novas investigações. Comunicar informações altamente complexas sobre diagnóstico / tratamento diretamente com clínicos e pacientes dentro de uma equipa multidisciplinar. Dar explicações claras aos pacientes em relação aos exames de ultra-som, incluindo riscos, benefícios, precisão e limitação, para obter o consentimento devidamente informado dentro de um quadro ético e moral. Aderir aos Padrões e Políticas Operacionais relacionados à prestação de um serviço de qualidade e garantir que as normas e políticas operacionais sejam cumpridas. Requisitos: Licenciatura em Radiologia; Preferencialmente com experiência profissional; Registo válido no HCPC ou em processo; Excelentes capacidades de comunicação; Bom nível de inglês (B2) E se está à procura de uma oportunidade de emprego, ou  de  enriquecer o seu currículo  com um estágio profissional remunerado, consulte também as oportunidades divulgadas na rede  Trabalhando . Registe-se e deixe-nos o seu currículo atualizado. Quer saber mais? Veja todas as  notícias



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/emprego/noticia/2017/10/19/1156220/jobabroad-recrutar-profissionais-saude-varios-paises-europeus.html







Análise de dados nas áreas do cancro e da diabetes mais facilitada graças a ferramenta criada na UAlg

19-Outubro-2017 - universia.net



Um grupo de investigadores do Centro de Investigação em Biomedicina, da Universidade do Algarve, acaba de desenvolver uma ferramenta informática que permite o acesso e análise de grandes conjuntos de dados de expressão genética. Tendo os dados transcriptómicos assumido um papel fundamental enquanto recurso de trabalho e investigação para biólogos e para uma vasta audiência de investigadores a trabalhar em áreas como a do envelhecimento, do desenvolvimento embrionário, da diabetes, do cancro ou até mesmo de doenças neurodegenerativas, um dos problemas encontrados continua a ser o do acesso e da demora na análise da informação. Um grupo de investigadores, liderado por Matthias Futschik , criou a ferramenta StemMapper , uma base de dados de expressão genética, que pretende facilitar a tarefa de milhares de cientistas que diariamente recolhem e analisam este tipo de dados. Esta aplicação permite a partir de agora que os dados sejam individualmente tratados, antes de serem disponibilizados aos utilizadores, facilitando as tarefas de pesquisa, comparação e visualização interativa. Um exemplo da valiosidade desta ferramenta é a descoberta de um conjunto de putativos novos marcadores da linhagem dos astrócitos (células mais abundantes do sistema nervoso) . Esta ferramenta inovadora, que acaba de dar origem a um artigo científico publicado na revista Nucleic Acids Research (NAR), da Universidade de Oxford , abre agora caminho para novas abordagens e avanços na área da investigação em células estaminais  e encontra-se aqui  disponível, gratuitamente, e para uso da comunidade científica. A  Universidade do Algarve  é uma das 31 universidades portuguesas que integram a rede Universia em Portugal e uma das 1407 a nível ibero-americano. Leia  mais notícias Universia relacionadas com a Universidade do Algarve . Consulte também o nosso  portal de mobilidade  e fique a conhecer as restantes universidades do mundo. Quer saber mais?  Veja todas as  notícias



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/cultura/noticia/2017/10/19/1156203/analise-dados-areas-cancro-diabetes-facilitada-gracas-ferramenta-criada-ualg.html







IPBeja tem a decorrer Candidaturas à 2ª Fase para os Cursos Técnicos Superiores Profissionais

19-Outubro-2017 - universia.net



O IPBeja tem a decorrer, até 22 de outubro de 2017 as Candidaturas à 2ª Fase para os Cursos TeSP (Cursos Técnicos Superiores Profissionais), a funcionar no ano letivo 2017/2018. CONSULTE A OFERTA FORMATIVA DAS UNIVERSIDADES PORTUGUESAS ENTRE AQUI ! Os Cursos Técnicos Superiores Profissionais , uma nova formação com duração de dois anos, que incluem seis meses de estágio numa empresa, consiste numa panóplia de cursos de Nível 5 do Quadro Nacional de Qualificações, que conferem o Diploma de Técnico Superior Profissional . Esta nova formação permite o desenvolvimento de competências técnicas específicas para iniciar uma atividade profissional. A integração em contexto de trabalho é feita de imediato, através do estágio , o que representa um maior potencial de empregabilidade. Os ciclos de estudos dos Cursos TeSP serão ministrados no âmbito do Ensino Superior Politécnico, com uma duração de 2 anos (120 ECTS) e com uma componente geral e científica, uma componente de formação técnica e uma componente de formação em contexto de trabalho, que se concretiza através de um estágio, com duração de um semestre, assegurado pelo IPBeja. Os interessados podem ainda candidatar-se aos seguintes cursos: - Culturas Regadas; - Eletrónica e Computadores; - Gestão de Organizações Sociais; - Informação e Comercialização Turística; - Inovação e Tecnologia Alimentar; - Sistemas de Proteção do Ambiente; - Viticultura e Enologia. As Inscrições devem ser feitas online, através do portal do IPBeja . Leia aqui mais  notícias Universia sobre o Instituto Politécnico de Beja . Quer saber mais? Veja todas as notícias



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/educacao/noticia/2017/10/19/1156221/ipbeja-decorrer-candidaturas-2-fase-cursos-tecnicos-superiores-profissionais.html







Programa ELEVA aposta na integração de jovens na vida ativa

19-Outubro-2017 - universia.net



Programa da Fundação da Juventude, IEFP e Município do Porto com candidaturas a decorrer até 10 de novembro. REGISTE O SEU CV GRÁTIS REGISTE AQUI O ELEVA – Empreendedorismo Jovem  é um Programa de formação e mentoring  que se dirige a jovens desempregados ou em busca de um primeiro emprego , inscritos nos Centros de Emprego, com habilitações mínimas ao nível do 12.º ano, e com idade compreendida entre os 18 aos 29 anos com o objetivo de: promover a geração de novas ideias, criação de novos negócios e promoção do emprego e do autoemprego Para Ricardo Carvalho, Presidente Executivo da Fundação da Juventude  «a geração de jovens empreendedores sabe que o seu potencial triunfo e sucesso têm obrigatoriamente de assentar na sua capacidade de inovação e de criatividade , ainda assim é importante saber orientar e gerir a inovação. No fundo é esta a orientação que o programa ELEVA procura facultar aos jovens empreendedores ». O Programa ELEVA é uma formação que alia a componente prática à teórica. Além da atribuição de Certificado de Qualificações aos formandos, o Programa de Formação pressupõe ainda atribuição de apoios à formação, nomeadamente uma bolsa de formação, subsídio de alimentação e ajudas de custo para despesas de transporte. Com inscrições a decorrer até 10 de novembro, a formação arranca no próximo dia 20 de novembro nas instalações da Fundação da Juventude, no Palácio das Artes, Largo de S. Domingos, no Porto. Destinado a Jovens, residentes e/ou a estudar no Porto, o programa EMPREENDE JOVEM é destinado aqueles que pretendam melhorar as suas competências empreendedoras ou dinamizar uma ideia de negócio na cidade do Porto . Quer saber mais? Veja todas as notícias



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/destaque/noticia/2017/10/19/1156204/programa-eleva-aposta-integracao-jovens-vida-ativa.html







Porminho cria 30 novos postos de trabalho

19-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



A empresa vai construir uma nova fábrica.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/EzdfkYDOxx8/porminho-cria-30-novos-postos-de-trabalho-8857900.html







Recuperação da economia começa a influenciar arrecadação, diz Receita

19-Outubro-2017 - ebc.com.br



A recuperação da economia começa a se refletir na arrecadação, disse hoje (19) o chefe do Centro de Estudos Tributários da Receita Federal, Claudemir Malaquias. Segundo Malaquias, mesmo se forem retirados os efeitos de receitas extraordinárias que entraram no caixa do governo, como a renegociação de dívidas e o aumento dos tributos sobre os combustíveis, a arrecadação federal continuaria crescendo. Em setembro, a arrecadação federal cresceu 8,66% acima da inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em relação ao mesmo mês do ano passado. Mesmo descontando o Programa Especial de Regularização Tributária (Pert), também conhecido como novo Refis, e o aumento dos combustíveis, as receitas teriam aumentado 5,19% acima da inflação. De janeiro a setembro deste ano, a arrecadação federal subiu 2,44% a mais que o IPCA. Ao descontar os fatores atípicos, no entanto, a arrecadação acumularia crescimento de 1,07%. A conta no acumulado de 12 meses também exclui receitas ocorridas no ano passado que não se repetiram este ano, como a entrada de R$ 46,8 bilhões da regularização de ativos no exterior, também conhecida como repatriação, e a redução de pagamento de tributos por entidades financeiras , que está sendo investigada pelo Fisco. Indústria De acordo com Malaquias, a recuperação é mais notável em tributos que não sofreram mudanças nas alíquotas nos últimos anos, como o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre veículos, cuja receita aumentou 83,13% acima da inflação em setembro contra o mesmo mês do ano passado. Para ele, a alta indica que o crescimento econômico está se espalhando pelos setores da indústria. Até agora, o desempenho da arrecadação do IPI estava atrelado às indústrias químicas e de alimentos, mas a recuperação também chegou à indústria automotiva. Isso pode ser comprovado pela alta na arrecadação de setores associados, como autopeças. Após um longo período de recessão, é natural que a recuperação ocorra em diferentes patamares por setores. Alguns são mais rápidos. Outros vão demorar, explicou. O técnico da Receita também cita o crescimento da arrecadação da Previdência Social de 5,87% acima da inflação como reflexo da recuperação do emprego. Hoje, o Ministério do Trabalho divulgou que houve a abertura de 208,9 mil postos de trabalho com carteira assinada nos nove primeiros meses do ano. Até poucos meses atrás, a recuperação estava se dando no emprego informal, mas agora está chegando ao emprego com carteira assinada. Esse é um movimento natural da atividade econômica, onde o emprego formal costuma ser o último vagão da locomotiva, declarou. Crédito O chefe do Centro de Estudos Tributários da Receita disse ainda que números preliminares mostram que a arrecadação de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para pessoas físicas está aumentando. Em valores absolutos, são montantes pequenos, mas a alta em setembro chegou a 15,61% [em relação a setembro do ano passado em valores corrigidos pela inflação], destacou. A gente ainda precisa observar se essa trajetória vai continuar, mas o crescimento percentual indica a perspectiva de maior expansão do crédito.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/recuperacao-da-economia-comeca-influenciar-arrecadacao-diz-receita







Vagos cria cinco grupos de trabalho para fazer levantamento dos estragos

19-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/4gt0QL35Krc/316399-vagos-cria-cinco-grupos-de-trabalho-para-fazer-levantamento-dos-estragos







Saque de cotas do PIS/Pasep para pessoas a partir de 70 anos começa hoje

19-Outubro-2017 - ebc.com.br



Pessoas a partir de 70 anos que tenham contribuído com o Programa de Integração Social (PIS) ou o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) podem sacar as cotas nos fundos a partir de hoje (19). A retirada é válida somente para os trabalhadores que tiveram carteira assinada e contribuíram para algum dos dois fundos até 4 de outubro de 1988. Em 17 de novembro, começará o saque para aposentados. Em 14 de dezembro, a retirada será liberada para homens a partir de 65 anos e para mulheres a partir de 62 anos. Não há data limite para os saques. Os herdeiros de cotistas falecidos podem sacar o dinheiro a qualquer momento. Quem contribuiu após 4 de outubro de 1988 não tem direito ao saque. Isso ocorre porque a Constituição de 1988 passou a destinar as contribuições do PIS/Pasep das empresas para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que paga o seguro-desemprego e o abono salarial, e para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A liberação dos saques do PIS/Pasep vai injetar R$ 15,9 bilhões na economia, segundo o governo Arquivo/José Cruz/ABr Desde a criação do PIS/Pasep, em 1971, o saque total só podia ser feito quando o trabalhador completava 70 anos, se aposentasse ou tivesse doença grave ou invalidez. A medida provisória editada recentemente pelo presidente Michel Temer flexibilizou as restrições para as retiradas. No entanto, o cidadão com idade inferior não tem direito à cota, mesmo que tenha contribuído antes de 1988, quando passou a vigorar a atual Constituição brasileira. De acordo com o governo, a liberação dos saques das cotas do PIS/Pasep vai injetar R$ 15,9 bilhões na economia e beneficiar 7,8 milhões de pessoas. Desse total, R$ 11,2 bilhões virão dos saques do PIS, vinculado aos trabalhadores da iniciativa privada e administrado pela Caixa Econômica Federal, que beneficiarão 6,4 milhões de cotistas. O restante virá do Pasep, vinculado aos servidores públicos e aos empregados de estatais e sociedades de economia mista e administrado pelo Banco do Brasil. Retirada do PIS Na Caixa Econômica, os cotistas do PIS poderão fazer a retirada de três maneiras. Os pagamentos de até R$ 1,5 mil serão feitos nos caixas eletrônicos, digitando a Senha Cidadão, sem a necessidade de cartão bancário. Quem não tiver a senha pode obtê-la no site da Caixa , bastando clicar em esqueci a senha e preencher os dados. Os saques de até R$ 3 mil podem ser feitos nos caixas eletrônicos, mas o cliente precisará usar o Cartão Cidadão e digitar a Senha Cidadão. Nas lotéricas e nos correspondentes bancários, o cotista poderá retirar o dinheiro, levando o Cartão Cidadão, a Senha Cidadão e algum documento oficial de identificação com foto. Acima desse valor, o beneficiário deverá ir a alguma agência da Caixa levando documento oficial com foto. Clientes da Caixa receberam o depósito automaticamente nas contas correntes na terça-feira (17), dois dias úteis antes do calendário de saques. A Caixa informou que também fará a transferência do dinheiro para clientes de outros bancos, desde que a conta esteja no mesmo nome do beneficiário. A operação não terá custos. Saques do Pasep Em relação aos saques do Pasep, o Banco do Brasil também depositou automaticamente, na terça-feira, o dinheiro nas contas dos correntistas da instituição. Os cotistas com saldo de até R$2,5 mil e sem conta no banco poderão pedir transferência para qualquer conta em seu nome em outra instituição financeira na página do banco na internet ou nos terminais de autoatendimento. Não correntistas com saldo acima desse valor ou herdeiros de cotistas falecidos deverão ir às agências. De 19 a 31 de outubro, 1.334 agências do Banco do Brasil em todo o país abrirão uma hora mais cedo para atendimento exclusivo aos cotistas do Pasep. A lista dos postos de atendimento com horário especial está disponível no site do banco . Os clientes com dúvidas podem consultar as páginas da Caixa ou do Banco do Brasil . Caso a página da Caixa informe que o número da conta está registrado no Pasep, o trabalhador deverá ir à página do BB. Constantemente, os dois bancos atualizam as bases de dados e transferem a conta do PIS para o Pasep de quem passou a trabalhar no serviço público ou em alguma estatal.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/pessoas-partir-de-70-anos-podem-sacar-cotas-do-pispasep-partir-de-hoje







Arrecadação federal sobe 8,66% em setembro com ajuda de Refis e combustíveis

19-Outubro-2017 - ebc.com.br



Impulsionada pela renegociação de dívidas com a União e os aumentos de tributos sobre os combustíveis, a arrecadação federal subiu em setembro. Segundo números divulgados há pouco pela Receita Federal, a União arrecadou R$ 105,595 bilhões, alta de 8,66% em relação ao mesmo mês do ano passado, descontada a inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Esse é o melhor resultado para o mês desde 2015 em valores corrigidos pelo índice. Nos nove primeiros meses do ano, a arrecadação federal totalizou R$ 968,334 bilhões, alta de 2,44% na comparação com o mesmo período do ano passado. O montante também é o maior desde 2015 em valores corrigidos pela inflação oficial. Se forem consideradas apenas as receitas administradas pelo Fisco (como impostos e contribuições), a arrecadação acumula alta de 1,62% em 2017. A arrecadação total inclui receitas não administradas pela Receita, como royalties do petróleo. O principal fator que elevou a arrecadação federal em setembro foi o Programa Especial de Regularização Tributária (Pert), que renegociou dívidas de contribuintes com a União. Apenas em setembro, o programa arrecadou R$ 3,401 bilhões. No acumulado do ano, o parcelamento rendeu R$ 10,957 bilhões ao governo. Previsto para acabar no fim de setembro, o prazo de adesão ao Pert, também chamado de Novo Refis, foi prorrogado até 31 de outubro . Tributos sobre combustíveis Além do novo Refis, a elevação das alíquotas do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre os combustíveis contribuiu para reforçar os cofres federais em setembro. No mês passado, a arrecadação dos dois tributos subiu 10,54% acima da inflação em relação ao mesmo mês do ano passado, descontada a inflação. A alta também reflete o crescimento de 7,66% no volume de vendas em setembro. Por incidirem sobre o faturamento das empresas, os dois tributos estão ligados ao comportamento do consumo. Após o Fisco intensificar as fiscalizações em relação ao pagamento de tributos por entidades financeiras , a arrecadação do Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) voltou a subir pelo segundo mês seguido. A receita dos dois tributos aumentou 3,1% acima da inflação no mês passado, em relação a setembro de 2016. O início de recuperação da economia também melhorou a receita de outros tributos. O aumento do emprego formal nos últimos meses fez a arrecadação da Previdência Social subir 5,87% em setembro, na comparação com o mesmo mês do ano passado, descontado o IPCA. O crescimento da produção industrial, principalmente de veículos, fez a arrecadação de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) aumentar 14,43% na mesma comparação.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/arrecadacao-federal-sobe-866-em-setembro-com-ajuda-de-refis-e-combustiveis







António Mendonça Mendes: Salários e pensões sentem toda a descida do IRS em 2018

19-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



Descer o IRS em 2018 custa 385 milhões de euros, mas o Governo só orçamentou 230 milhões para o ano. Onde está o resto? O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais garante, em entrevista ao Negócios, que não vai manipular as tabelas de retenção na fonte e que, no caso de pensionistas e trabalhadores por conta de outrem, a descida será integralmente sentida em 2018.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/impostos/detalhe/antonio-mendonca-mendes-salarios-e-pensoes-sentem-toda-a-descida-do-irs-em-2018







PS substitui proposta sobre ´direito a desligar´ sem prescindir de excepções

19-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



PS agrava sanções e deixa aos acordos de empresa e aos regulamentos a capacidade de definir em que casos excepcionais. Mesmo em empresas com menos de 50 trabalhadores.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/emprego/detalhe/-ps-substitui-proposta-sobre-direito-a-desligar-sem-prescindir-de-excepcoes







António Mendonça Mendes: Regime dos residentes não habituais ´está em avaliação´

19-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



O Governo quer "fazer a quadratura do círculo" nos residentes não habituais ? portugueses e estrangeiros que vêm de fora isentos de IRS nas pensões e com IRS mínimo nos rendimentos do trabalho. O sistema continua em avaliação.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/impostos/detalhe/antonio-mendonca-mendes-regime-dos-residentes-nao-habituais-esta-em-avaliacao







Frutas ficam mais caras em quase todas as Ceasas, diz relatório da Conab

19-Outubro-2017 - ebc.com.br



A procura por frutas aumentou por causa do calor Elza Fiuza/Arquivo/Agência Brasil Após um primeiro semestre com queda nos preços, as frutas ficaram mais caras em quase todas as centrais de abastecimento (Ceasas) analisadas no mês de setembro. O destaque foi para o mamão, com variações de aumento que chegaram a 164%, em Goiânia, onde a caixa do mamão passou de R$ 20 para R$ 50. Os dados fazem parte do 10º Boletim Hortigranjeiro da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). "As frutas surpreenderam com um leve desabastecimento, mas foi por causa das altas temperaturas que a procura ficou maior e a produção não conseguiu atender a demanda", disse o gerente de Modernização do Mercado Hortigranjeiro da Companhia, Erick de Brito Farias. O mamão apresentou as maiores altas. O preço também aumentou em Brasília (57%) e em Belo Horizonte (53%). "O mamão teve as colheitas aceleradas nos últimos meses por causa das altas temperaturas e de uma forte oferta. Com isso, o preço caiu. Agora, faltou oferta da fruta no mercado e, por isso, o preço subiu em todas as Ceasas." Outras frutas também tiveram aumento de preço: a laranja, com alta de até 42,42% em Goiânia. a maçã, com alta de até 8,21% na Grande São Paulo. a melancia, com aumento de até 25,43% em São Paulo. e a banana, com alta de até 23,04%, em Curitiba. Comum na mesa dos brasileiros, a banana enfrentou maior alta de preços no ano passado. O produto vinha se recuperando , aumentando a produção e diminuindo os preços no primeiro semestre desse ano. No entanto, o relatório de setembro mostrou uma alta nos preços da fruta em cinco das oito centrais analisadas. Segundo Farias, a alta registrada no mês passado foi pontual, devido à queda na produção de banana nanica, e não deve interromper a trajetória de recuperação do produto. Apesar das elevações, algumas frutas tiveram queda nos preços, como nectarina (38%), ameixa (36%), caju e coco (26%), manga (18%) e morango (13%). Hortaliças Ao contrário das frutas, as hortaliças diminuiram de preços. O destaque foi a batata, que vem apresentando preços mais baixos desde o ano passado, por ter maior oferta. As maiores quedas ocorreram em Goiânia (18%), Recife e Curitiba, sendo as duas últimas com percentuais em torno de 14%. Em Brasília, a cotação caiu 11% em relação ao mês anterior, seguida de Belo Horizonte, com 10%, Vitória, com 9% e São Paulo, 7%. A alface, que também teve queda em todos os mercados analisados, teve o preço recuado em mais de 30% nas Ceasas de Goiânia e Recife. O motivo, segundo o estudo, foi a boa oferta no mês de setembro, enquanto a demanda foi menor na maioria das centrais. Já a cebola, que baixou 17% em Brasília e 15% em Vitória, apresentou quedas sistemáticas nos preços graças à forte oferta nacional. A cenoura teve queda de até 5,62% em Fortaleza. Já o tomate apresentou altas em seis das oito centrais analisadas. A maior alta foi em Goiânia, com 16,53%, chegando a um preço de R$ 1,49 por quilo. O preço, no entanto, ficou abaixo de São Paulo, com R$ 2,53 por quilo, o mais alto registrado. O aumento na região foi 1,07% no mês passado. O levantamento é feito mensalmente pela Conab, por meio do Programa de Modernização do Programa Hortigrangeiro (Prohort), com base em informações enviadas pelos principais mercados atacadistas do país. Em junho, a análise considerou entrepostos localizados nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Esprírito Santo, Paraná, Goiás, Distrito Federal, Pernambuco e Ceará. Privatização Antes da apresentação do boletim, o superintentende de abastecimento da Conab, Newton Araújo Silva Júnior, disse que está preocupado com o anúncio de uma possível privatização da Ceasa de Minas Gerais. Segundo ele, a Conab não foi inserida nas discussões sobre o processo, que vem sendo conduzido pelo Ministério do Planejamento. A intenção é que seja colocada em leilão no segundo semestre de 2018, afirmou. "A privatização das centrais de abastecimeto nos preocupa, principalmente, pelas informações ali geradas, que servem de políticas públicas", afirmou. De acordo com ele, na centrais de abastecimento são coletadas informações que servem de subsídio para elaboração e condução de políticas públicas. São também espaços onde pequenos produtores escoam a produção. "Estamos fazendo gestões para que tenhamos assento nesse grupo de trabalho, a fim de colocar questões relativas ao abastecimento. Queremos que os centros se modernizem. Nós entendemos que eles carecem de investimento e que a participação privada, nesse contexto, é bastante importante. Mas temos que ter alguns cuidados. O abastecimeto é questão de segurança nacional", afirmou. A Conab é uma empresa pública vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. É encarregada de gerir as políticas agrícolas e de abastecimento, para assegurar o atendimento das necessidades básicas da sociedade, preservando e estimulando os mecanismos de mercado.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/frutas-ficam-mais-caras-em-quase-todas-ceasas-diz-relatorio-da-conab







Ansiedade atinge 69% dos consumidores com dívidas atrasadas

19-Outubro-2017 - ebc.com.br



Consumidores inadimplentes sofrem de insegurança, estresse e angústia por causa das dívidas Agencia Brasil O percentual de consumidores brasileiros que sofrem de ansiedade por causa de dívidas atrasadas por mais de 90 dias subiu de 60%, em setembro do ano passado, para 69% no mesmo mês deste ano, segundo levantamento do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Outros sentimentos apontados pelos consumidores inadimplentes são insegurança (65%), estresse (64%), angústia (61%), desânimo (58%), culpa (57%), baixa autoestima (56%) e vergonha perante a família e amigos (51%). Os principais efeitos incluem ficar facilmente irritado (52%) ou mal-humorado (49%), além de ter menos vontade de sair e socializar (45%). A inadimplência afeta a vida profissional, já que 25% dos inadimplentes admitiram ficar mais desatentos e menos produtivos, alta de 9 pontos percentuais em relação a 2016. Ainda, 21% disseram que perdem a paciência e se irritam com facilidade ao lidar com colegas no serviço. Vícios Inadimplentes também recorrem a vícios. Pelo menos 21% deles admitiram descontar os problemas no cigarro, em comida ou no álcool. Enquanto alguns sofrem de insônia (44%) e descontam a ansiedade comendo mais (34%), outros acabam desenvolvendo atitudes contrárias, como perda de apetite (35%) e vontade fora do normal de dormir (36%). Foram constatadas também atitudes agressivas em 18% dos consumidores com dívidas, sendo que 14% apelaram para agressões físicas. O maior temor com relação às pendências atrasadas é não conseguir pagá-las (36%), ser considerado desonesto pelas pessoas (11%), não conseguir parcelas compras (9%), não arrumar emprego (9%) e não poder mais fazer empréstimos (7%). Economia Tentando sanar as contas no vermelho, 76% dos inadimplentes disseram ter deixado de fazer compras parceladas usando cheques, cartões e carnês. Além disso, 74% fizeram cortes ou ajustes no orçamento e 47% deixaram de comprar itens de primeira necessidade. Nem todos, porém, optaram por economizar, já que 45% admitiram que não deixaram de comprar alimentos supérfluos (como iogurtes, congelados e bebidas) e 36% não deixaram de sair para se divertir. Os que não abrem mão de adquirir, de forma parcelada, roupas e calçados são 29% dos endividados.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/ansiedade-atinge-69-dos-consumidores-com-dividas-atrasadas







Agências da Caixa têm filas maiores para saque do PIS

19-Outubro-2017 - ebc.com.br



Antes mesmo de abrir, a agência da Caixa Econômica no centro de Taguatinga, cidade localizada nas proximidades de Brasília, já apresentava movimentação maior que a de um dia normal. Hoje (19) foi o primeiro dia destinado ao pagamento das cotas do Programa de Integração Social (PIS) para pessoas com 70 anos ou mais. Houve um aumento considerável na fila das pessoas que chegam antes de abrirmos. Hoje ela estava pelo menos três vezes maior, disse à Agência Brasil o auxiliar de atendimento da Caixa Fernando Resende. A Caixa é responsável pela administração do PIS, que é arrecadado junto a trabalhadores da iniciativa privada. Já o Banco do Brasil (BB) detém a exclusividade para administrar os recursos não sacados do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) e ampliou em uma hora o atendimento nas 1.334 agências da instituição em todo o país, de hoje até 31 de outubro, para atendimento exclusivo aos cotistas do Pasep. Brasília - O vice-presidente de Habitação da Caixa, Nelson Antônio de Souza, fala sobre a liberação do pagamento das cotas do PIS para pessoas com idade superior a 70 anos José Cruz/Agência Brasil A Caixa não viu necessidade de ampliar o horário de atendimento. Acredito que não teremos maiores problemas porque a movimentação será bem menor do que a que tivemos para saque das contas inativas do FGTS, explicou o vice-presidente de Habitação da Caixa, Nelson Antônio de Souza. Há também o fato de boa parte desses valores serem depositados automaticamente na conta poupança de quem tem conta na Caixa. Favorece, ainda, o fato de que 67% dos beneficiados receberem valores inferiores a R$1,5 mil, o que os permite sacar os valores nos caixas de autoatendimento, apenas com a senha do Cartão Cidadão, acrescentou o executivo. Segundo Souza, a movimentação ficará diluída também por que os saques de até R$ 3mil poderem ser feitos em lotéricas. Nesse caso, além do Cartão Cidadão e da senha cidadão é necessária a apresentação de um documento oficial com foto. De acordo com a Caixa, mais de 5,5 milhões de pessoas, o que corresponde a 86% do total, poderão fazer os saques no atendimento, nas lotéricas e nos correspondentes Caixa Aqui estabelecimentos como mercearias, mercados e outros conveniados ao banco que realizam alguns serviços. Os demais deverão comparecer às agências do banco para fazerem o saque. Claro que haverá aumento na movimentação, mas preparamos todo o nosso pessoal para lidar com isso, acrescentou o vice-presidente do banco. Nessa etapa serão atendidos apenas cotistas com 70 anos ou mais. São, ao todo, 3,59 milhões de cotistas, que sacarão R$6,7 bilhões. Até o final do ano, com a ampliação das faixas para aposentados e a redução da idade mínima para saque (62 anos para mulheres e 65 anos para homens), deverá ser disponibilizado um total de R$11,2 bilhões. Para facilitar esse processo nós disponibilizamos um site específico , um aplicativo para celulares chamado Caixa Trabalhador, e a linha 0800 726 0207, informou Souza. Brasília - O aposentado Luiz Alves, de 72 anos, compareceu à Caixa para tratar de outros assuntose se surpreendeu com o depósito: "Chega deu um susto" José Cruz/Agência Brasil Muitos clientes da Caixa foram surpreendidos com o depósito feito em suas contas poupança. É o caso do aposentado Luiz Alves, de 72 anos. Fiquei sabendo aqui que tinha esse dinheiro em minha conta poupança. Vim ver meu saldo, para conferir se um amigo havia depositado R$250, e me deparei com essa surpresa de R$1.439. Chega deu um susto, disse ele à Agência Brasil . Depois de ver meu saldo fui até o funcionário para tentar entender do que se tratava. Ele explicou que era o depósito do meu PIS. A sensação é muito boa. Agora vou deixar esse dinheiro rendendo, acrescentou o aposentado que, ao longo da vida, trabalhou em gráficas. A aposentada Beatriz de Jesus Oliveira, de 78 anos, já sabia que teria direito a pouco mais de R$ 1 mil. Meu genro descobriu isso na internet. Para mim é como se esses R$ 1 mil fossem R$ 1 milhão. Eu estava precisando muito desse dinheiro, mas não vou gastar agora. Primeiro vou guardar ele e sonhar um pouquinho, disse em tom de brincadeira. Apesar da brincadeira, Beatriz sabe muito bem onde gastará o dinheiro. Provavelmente vou gastar com remédios porque tenho diabetes, pressão alta, glaucoma e problema nos ossos. Volta e meia me falta dinheiro e fico sem remédio. Agora terei essa reserva, disse ela. Apesar de ter menos de 70 anos, o ex-caminhoneiro Messias Gerônimo da Silva, de 66 anos, pôde resgatar seu PIS por ter acabado de se aposentar. Em situações como essa são necessários dois dias úteis para o recebimento dos cerca de R$2mil das cotas do PIS. Foi ótimo porque também vou sacar meu FGTS e, somando tudo, acredito ter condições de comprar um lote lá na Ceilândia [cidade satélite próxima a Brasília]. O auxiliar de atendimento da Caixa, Fernando Resende, se disse empolgado com que percebia já nos primeiros minutos de contato com o público: É muito legal trabalhar em um dia como esse porque a felicidade deles acaba sendo repassada a gente. Um dos clientes acabou de me dizer que estava em uma situação muito difícil e que precisava muito de dinheiro. Ele simplesmente chorou de felicidade ao se dar conta de que já tinha esse dinheiro.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/agencias-da-caixa-tem-filas-maiores-para-saque-do-pis







Béla Tarr de regresso a Espinho para ministrar um workshop exclusivo de realização

19-Outubro-2017 - cision.com



O realizador húngaro Béla Tarr está de regresso a Espinho para ministrar um workshop de duas semanas sobre realização de filmes. A acção de formação é levada a cabo pela FEST – Associação Cultural, entidade responsável pelo FEST - Festival Novos Realizadores | Novo Cinema, em Espinho. O evento terá lugar entre os dias 26 de Fevereiro e 11 de Março de 2018. Com acesso limitado e exclusivo, o workshop permitirá que os inscritos desenvolvam competências ao nível do desenvolvimento de guiões, processos de escrita, produção e realização de filmes. Ao longo deste tempo os inscritos



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/fest/r/bela-tarr-de-regresso-a-espinho-para-ministrar-um-workshop-exclusivo-de-realizacao,c636439170340000000







Chave do Concurso 83/2017

19-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/-XUOj7PQJJw/316304-chave-do-concurso-832017







Utilidade dos softwares de ajuda ao diagnóstico na deteção de nódulos pulmonares em Tomografia Computorizada: uma Revisão Sistemática da literatura

19-Outubro-2017 - rcaap.pt



Introdução: O diagnóstico pulmonar com recurso a tomografia computorizada é, nos dias de hoje, recorrente. Na tentativa de promover a deteção de alterações patológicas têm sido desenvolvidos sistemas de ajuda ao diagnóstico (CAD). O presente trabalho visa identificar a utilidade clínica do software CAD na deteção de nódulos pulmonares por TC, através de uma revisão sistemática da literatura.Metodologia: Os autores efetuaram uma seleção de estudos tendo por base a metodologia PRISMA onde foram incluídos todos os artigos que referenciavam a sensibilidade dos algoritmos CAD na deteção de nódulos pulmonares. Resultados: A sensibilidade de deteção de nódulos pulmonares foi maior com recurso ao sistema CAD, comparativamente à leitura dos Radiologistas. Contudo, com a utilização deste software, o número de falsos positivos é elevado.Conclusão: A utilização do sistema CAD em conjunto com a análise dos Radiologistas melhora a deteção de nódulos pulmonares. Sugere-se a sua utilização como ferramenta de ajuda para o clínico.



Link para o texto completo:
 
http://revistas.rcaap.pt/actaradiologica/article/view/13304







Atitudes dos psiquiatras em relação à SIDA – Hospitais Psiquiátricos versus departamento de psiquiatria de Hospitais Gerais

19-Outubro-2017 - rcaap.pt



Os Psiquiatras podem desempenhar um papel de relevo na prevenção da infecção pelo VIH, nomeadamente em relação a sujeitos com perturbações mentais variadas. Ao mesmo tempo, são cada vez mais solicitados a avaliar e tratar sujeitos com patologia mental associada à infecção pelo VIH e à SIDA. Assim sendo, torna-se pertinente estudar as atitudes dos psiquiatras em relação à SIDA. Neste artigo apresentam-se os resultados de um estudo que teve por objectivo investigar as atitudes de médicos psiquiatras em relação à SIDA, comparando as atitudes de psiquiatras que exercem em hospitais psiquiátricos com as atitudes de psiquiatras que exercem em departamentos de psiquiatria e saúde mental de hospitais gerais. Foi estudada uma amostra de 90 psiquiatras de ambos os sexos, com média de idades de 43 anos, do distrito de Lisboa, maioritariamente casados, com filhos e com contacto profissional com sujeitos seropositivos ou com SIDA. Verificou-se que as atitudes dos médicos estudados em relação à SIDA foram predominantemente positivas e favoráveis, mais acentuadamente entre os solteiros sem filhos, evidenciando baixa percepção de risco pessoal e profissional em relação à infecção pelo VIH, constatando-se correlação negativa entre as atitudes e a percepção de risco. Finalmente, entre os psiquiatras de hospitais psiquiátricos e de hospitais gerais verificaram-se algumas diferenças em relação à obtenção do consentimento informado para realização do teste e em relação ao rastreio sistemático dos doentes.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.12/5844







A relação de ajuda ao doente em fim de vida e família: o enfermeiro e o cuidar em fim de vida

19-Outubro-2017 - rcaap.pt



Os cuidados ao doente em fim de vida tornam-se difíceis de suportar pelas pessoas envolvidas, pois, para além da sobrecarga física, existe um grande desgaste psicológico e emocional, pelo que se torna importante um acompanhamento e apoio por parte dos profissionais de saúde. A relação de ajuda é um elemento decisivo na atividade dos enfermeiros, desempenhando um papel central na resposta às necessidades concretas do doente em fim de vida e sua família. O objectivo do estudo foi identificar necessidades e dificuldades que os enfermeiros enfrentam no contexto da relação de ajuda ao doente em fim de vida e família. A metodologia utilizada foi a Revisão Sistemática da Literatura sendo aplicada a metodologia PICO. Recorreu-se às bases de dados B-on, LILACS e Scielo, tendo sido reunidos 14 artigos e analisados 7. Os resultados mostraram que muitos enfermeiros sentem dificuldade em comunicar com doentes terminais, apesar de valorizarem as relações interpessoais relacionadas com a comunicação, o conforto, o apoio e acompanhamento e as técnicas de alívio do sofrimento do doente e família, direcionadas para a gestão da dor e sofrimento. A falta de formação em cuidados paliativos é evidente, sendo que o desempenho das competências relacionais de ajuda está correlacionado com a formação que os enfermeiros desenvolvem acerca da relação de ajuda. As principais conclusões a que o estudo chegou foram que apesar da dedicação dos enfermeiros a relação de ajuda ao doente terminal e família nem sempre é conseguida. O desenvolvimento pessoal e profissional, o modo como gerem as dificuldades pessoais e relacionais com o doente e família no contexto de fim de vida, são considerados como os ingredientes major ao nível do cuidar e da relação de ajuda profissional.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10198/14562







A decision support system for corporations cyber security risk management

19-Outubro-2017 - rcaap.pt



This thesis presents a decision aiding system named C3-SEC (Contex-aware Corporative Cyber Security), developed in the context of a master program at Polytechnic Institute of Leiria, Portugal. The research dimension and the corresponding software development process that followed are presented and validated with an application scenario and case study performed at Universidad de las Fuerzas Armadas ESPE – Ecuador. C3-SEC is a decision aiding software intended to support cyber risks and cyber threats analysis of a corporative information and communications technological infrastructure. The resulting software product will help corporations Chief Information Security Officers (CISO) on cyber security risk analysis, decision-making and prevention measures for the infrastructure and information assets protection. The work is initially focused on the evaluation of the most popular and relevant tools available for risk assessment and decision making in the cyber security domain. Their properties, metrics and strategies are studied and their support for cyber security risk analysis, decision-making and prevention is assessed for the protection of organization's information assets. A contribution for cyber security experts decision support is then proposed by the means of reuse and integration of existing tools and C3-SEC software. C3-SEC extends existing tools features from the data collection and data analysis (perception) level to a full context-ware reference model. The software developed makes use of semantic level, ontology-based knowledge representation and inference supported by widely adopted standards, as well as cyber security standards (CVE, CPE, CVSS, etc.) and cyber security information data sources made available by international authorities, to share and exchange information in this domain. C3-SEC development follows a context-aware systems reference model addressing the perception, comprehension, projection and decision/action layers to create corporative scale cyber security situation awareness.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.8/2741







Ministério da Fazenda autoriza aumento das tarifas de serviços dos Correios

18-Outubro-2017 - ebc.com.br



A revisão das tarifas ainda depende de aprovação pelo Ministério das Comunicações Marcello Casal Jr/Agência Brasil O Ministério da Fazenda autorizou, pela segunda vez este ano, o aumento das tarifas cobradas pelos Correios. Na edição de hoje (18) do Diário Oficial da União , o governo autoriza o reajuste sob forma de recomposição das tarifas dos serviços postais e telégraficos nacionais e internacionais. O reajuste ocorre em duas parcelas: a primeira de 6,121% será por prazo indeterminado e a segunda, de 4,094% vai vigorar por 64 meses. A revisão das tarifas ainda depende de publicação de aprovação pelo Ministério das Comunicações, de acordo com o Diário Oficial. Com o aumento, a carta comercial de até 20 gramas passará a custar R$ 1,83. Anteriormente, o valor era R$ 1,23. Em abril , o Ministério da Fazenda havia autorizado aumento de 7,485% nas tarifas dos serviços postais e telegráficos prestados pelos Correios. Na época, a empresa explicou que os serviços da estatal são reajustados todos os anos, com base na recomposição dos custos, como aumento dos preços dos combustíveis, contratos de aluguel, transportes, vigilância, limpeza e salários dos empregados. As tarifas são atualizadas com base no Índice de Serviços Postais, indicador formado a partir de uma cesta de índices, como INPC, IPCA, e IGP-M.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/ministerio-da-fazenda-autoriza-aumento-das-tarifas-de-servicos-dos-correios







Com amigos destes, Costa não precisa de inimigos

18-Outubro-2017 - publico.pt



Primeiro-ministro cedeu às exigências do Presidente, mas avisou que o chumbo da moção de censura reforça a sua legitimidade política. E prometeu mais verbas no OE2018 para a floresta.



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/10/18/politica/noticia/com-amigos-destes-costa-nao-precisa-de-inimigos-1789427







The Lisbon MBA Executive é o único MBA executivo português a figurar no Ranking do Financial Times

18-Outubro-2017 - universia.net



O The Lisbon MBA Executive – o MBA Executivo da Católica-Lisbon School of Business and Economics (Católica-Lisbon) e da Nova School of Business and Economics (Nova SBE) – é o 85º melhor do mundo e 43º melhor da Europa, segundo o Financial Times. Extremamente competitivo, o   The Lisbon MBA Executive é o único MBA em Portugal a constar deste ranking  Ranking de MBAs executivos do Financial Times . Este MBA subiu 14 lugares a nível mundial desde 2015, uma subida que se explica, em grande parte, pelo progresso na carreira dos ex-alunos, nomeadamente uma subida salarial pós-MBA de 60% e um salário médio pós-MBA de 136.687 dólares. Para além da questão salarial, outros fatores valorizados no ranking  são a diversidade e a qualidade do corpo docente e dos alunos, a componente internacional, bem como a qualidade da investigação de ambas as universidades. O   The Lisbon MBA  é o MBA das duas escolas de negócios mais conceituadas em Portugal, a Nova SBE e a Católica-Lisbon School of Business and Economics . Esta parceria compreende um   Executive MBA com a duração de dois anos   e um   MBA full-time , em associação com a prestigiada MIT Sloan School of Management. O   The Lisbon MBA   disponibiliza uma plataforma onde estudantes de topo de todo o mundo, dotados de talento e ambição, se podem encontrar num ambiente de aprendizagem dinâmica, com um grupo docente composto por profissionais de referência. “É um enorme motivo de orgulho para nós termos ambos os programas no ranking do Financial Times, um dos mais competitivo e a referência a nível mundial. Podermos figurar entre os melhores do mundo é um resultado fantástico que se deve, sobretudo, ao bom trabalho dos nossos ex-alunos que conseguiram usar as ferramentas que apreenderam durante o MBA para alavancar a sua carreira - o que vem também comprovar o retorno positivo de um programa de MBA. Mas também tem a ver o importante trabalho feito, em parceria, pelas duas melhores escolas de negócio do País e o seu investimento na excelência do nosso corpo docente e em novas abordagens às práticas de gestão mundial.” explica  Anabela Possidónio , Diretora Executiva do The Lisbon MBA. Nuno Fernandes, Diretor da Católica Lisbon School of Business & Economics, salienta também: “Estamos muito satisfeitos com este resultado que reflete o sucesso de uma estratégia de continuidade que tem vindo a ser implementada no sentido de nos internacionalizarmos cada vez mais e concorrermos com os melhores a nível mundial. Quando falamos de gestão e negócios não nos podemos circunscrever às fronteiras de um país, pelo que aquilo que faz sentido é, cada vez mais, trabalharmos com os melhores candidatos, empresas e práticas de gestão, a uma escala global. Podermos figurar neste ranking reflete esta aposta.” Para Daniel Traça , Diretor da Nova SBE  “É com grande satisfação que vemos reconhecidos os nossos esforços de oferecer um ensino de excelência, integrado dentro das melhores práticas mundiais de gestão e liderança. Vamos atraindo cada vez mais alunos internacionais e de elevado potencial. Isto vem demonstrar a importância da aposta nesta parceria a nível global.” O ranking do Financial Times é o ranking que serve como referência a nível mundial neste mercado . As tabelas são elaboradas com base em critérios que vão desde o salário a três anos após o MBA, até à percentagem de mulheres no corpo docente. Para elaborar as listas, o diário britânico recorre a questionários online, feitos às escolas e aos antigos alunos. Este ranking está integralmente disponível aqui .



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/destaque/noticia/2017/10/18/1156169/the-lisbon-mba-executive-unico-mba-executivo-portugues-figurar-ranking-financial-times.html







Farmácias da região de Lisboa recrutam na rede Trabalhando Portugal

18-Outubro-2017 - universia.net



Várias farmácias da Área Metropolitana de Lisboa estão a recorrer aos portais da rede Trabalhando para ampliar as suas equipas: farmacêuticos e técnicos de farmácia são os cargos disponíbilizados. REGISTE O SEU CV GRÁTIS REGISTE AQUI Se tem uma licenciatura ou mestrado integrado em Farmácia , reside na Área Metropolitana de Lisboa e gosta do contacto com o público, informe-se sobre as várias ofertas de emprego  disponíveis para várias farmácias da região de Lisboa para farmacêuticos e técnicos de farmácia.  Parque das Nações, Loures, Amadora e Almada são algumas das zonas onde as farmácias se encontram a recrutar. A empresa responsável por este recrutamento está ainda a recrutar um assistente de tesouraria  e um Corporate Finance Analyst . E se está à procura de uma oportunidade de emprego, ou de   enriquecer o seu currículo  com um estágio profissional remunerado, consulte também as outras oportunidades divulgadas na rede  Trabalhando . Registe-se e deixe-nos o seu currículo atualizado. Quer saber mais? Veja todas as notícias



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/emprego/noticia/2017/10/18/1156202/farmacias-regiao-lisboa-recrutam-rede-trabalhando-portugal.html







Estudo da UMinho procura fomentar empregabilidade jovem

18-Outubro-2017 - universia.net



Este estudo da Universidade do Minho procura melhorar as taxas de emprego dos graduados da universidade para os estudos na área a nível nacional e internacional REGISTE O SEU CV GRÁTIS REGISTE AQUI O domínio de línguas e ferramentas tecnológicas e a capacidade de iniciativa e de resolução de problemas são as competências mais valorizadas no mercado, de acordo com o estudo de Sílvia Monteiro, do CIEd. Este estudo avaliou o percurso de cerca de 900 finalistas e recém-licenciados da UMinho  e defende que os graduados que encontram logo trabalho têm aptidões que os diferenciam dos restantes colegas . As aptidões apresentadas como sendo mais determinantes são as competências práticas e transversais, como o domínio de línguas e ferramentas tecnológicas, a capacidade de iniciativa e a resolução de problemas . Por outro lado, uma das dificuldades sentidas pelos jovens adultos relaciona-se com as estratégias de procura de emprego . Sílvia Monteiro, do Centro de Investigação em Educação (CIEd), afirma que “a realidade tende a ser semelhante a nível nacional”. Intitulado “ Da formação académica à inserção profissional: Fatores de impacto na empregabilidade de diplomados portugueses ”, este projeto de pós-doutoramento iniciou há três anos, em plena crise económica, “num contexto socioeconómico marcado por um elevado índice de competitividade e um mercado cada vez mais exigente”. Foram inquiridos alunos das áreas da Engenharia, da Economia, do Direito e das Ciências Sociais e Humanas , com o objetivo de cruzar um conjunto de fatores no momento final de formação e 18 meses depois: “Auscultou-se o percurso académico de cada um, nomeadamente as médias de ingresso, o rendimento ao longo do curso e as experiências extracurriculares, a forma como põe em prática estratégias para alcançar os seus objetivos, as suas perceções sobre o domínio de competências e a entrada no mercado de trabalho, entre outras variáveis”, contextualiza a investigadora, orientada por Leandro Almeida, coordenador do ObservatoriUM - Observatório dos Percursos Académicos dos Estudantes da UMinho , e por Adela García-Aracil, investigadora da Universidade Politécnica de Valência (Espanha) . O projeto revelou: Seis em cada dez recém-licenciados avaliados encontraram trabalho logo a seguir ao curso Por norma, os graduados empregados têm perceções de competências superiores aos colegas desempregados, manifestando: A) maior capacidade em estabelecer objetivos e estratégias para os alcançar, B) maior capacidade de resolver imprevistos, articulando conhecimentos de várias áreas, C) adaptar-se a diferentes contextos e dinâmicas profissionais, e D) mais autoconfiança na tomada de decisões de carreira.  Apesar das características pessoais serem importantes nesta transição para o mercado laboral, Sílvia Monteiro destaca outros fatores estruturais que “mexem” com as expetativas dos jovens em relação ao seu futuro: “Sabe-se que, devido à conjuntura atual, há áreas com maior empregabilidade do que outras. Por exemplo, alunos das Ciências Sociais e Humanas tendem a partilhar perceções menos positivas do que os da Engenharia. O que parece afetá-los mais nesta avaliação não é tanto a questão da autoeficácia, mas sim o estado do mercado”, realça. “Não se pode colocar a responsabilidade apenas no graduado”, acrescenta. Universidades apostam no reforço de soft skills Os resultados mostram também que as competências de empregabilidade que suscitam maior desconforto, independentemente da área de estudo ou do perfil são: capacidade de concorrer a uma função, elaborar um curriculum vitae ou estar numa entrevista Para a psicóloga esté “é um indicador relevante que permite refletir sobre o que deve ser feito para apoiar os estudantes na sua preparação para o mundo do trabalho”. Em Portugal, as universidades estão a apostar cada vez mais na promoção de programas  que visam uma melhor integração profissional dos seus diplomados. Na Universidade do Minho destaca-se o projeto “ EEGenerating Skills ”, da Escola de Economia e Gestão, que tem ajudado a diferenciar os seus formandos com iniciativas orientadas para o desenvolvimento de competências transversais . O projeto de investigação prolonga-se até 2020 e é financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) . Até lá serão ainda analisadas as perceções das entidades patronais para perceber o que procuram nos candidatos. “Queremos que estes resultados possam originar planos de ações capazes de contribuir para a melhoria das taxas de emprego dos nossos graduados e para os estudos na área a nível nacional e internacional”, conclui Sílvia Monteiro. Para este ano letivo de 2017/2018 a  UMinho   oferece 55 licenciaturas e mestrados integrados, num total superior a 2700 vagas. Somam-se ainda 529 vagas para   alunos internacionais . As áreas com mais lugares são Direito, Medicina, Enfermagem e as engenharias Informática, Mecânica, Gestão de Sistemas de Informação e Eletrónica Industrial e Computadores. Há sete cursos em horário pós-laboral: Contabilidade, Marketing, Música, Negócios Internacionais, Direito, Educação e Engenharia e Gestão e Sistemas de Informação, englobando mais de 200 vagas. Os três últimos estão também disponíveis em regime normal. Leia também mais notícias sobre a  Universidade do Minho Quer saber mais? Veja todas as   notícias



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/destaque/noticia/2017/10/18/1156168/estudo-uminho-procura-fomentar-empregabilidade-jovem.html







Meia Maratona de Coimbra condiciona circulação dos SMTUC

18-Outubro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



Condicionamentos de trânsito previstos para a manhã do próximo domingo, no âmbito da IV Meia Maratona de Coimbra, impedem a normal circulação das carreiras dos SMTUC. LINHAS N.º 2F, 2T,[...] O post Meia Maratona de Coimbra condiciona circulação dos SMTUC aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/no-dia-da-meia-maratona-melhor-nao-apanhar-nos-smtuc/







IBGE: número de trabalhadores em empresas de grande porte cai 29% em um ano

18-Outubro-2017 - ebc.com.br



O número de trabalhadores ocupados em empreendimentos de grande porte (com 50 trabalhadores ou mais) caiu 29% em relação a 2015. A informação é do primeiro módulo da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (Pnad Contínua 2012-2016) - Características Adicionais do Mercado de Trabalho, divulgado hoje (18) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A publicação indica ainda que 26% da população ocupada (empregadores, trabalhadores por conta própria e empregados, desconsiderando o setor público e os trabalhadores domésticos) trabalhava em empreendimentos de grande porte em 2016. Em 2012, eram no total 72,4 milhões pessoas ocupadas, número que saltou para 75 milhões em 2015, vindo posteriormente a cair para os 73,7 milhões do ano passado o último ano da pesquisa. Em 2016, 26% da população trabalhava em empresas de grande porte Arquivo/Agência Brasil Na publicação deste mês, a Pnad Contínua apresenta dados estruturais do mercado de trabalho, referentes ao intervalo entre os anos de 2012 a 2016, e não apenas os conjunturais, divulgados mensalmente . A pesquisadora do IBGE Adriana Beringuy disse que o o objetivo desse primeiro módulo da pesquisa é exatamente o de investigar algumas características que têm o perfil mais estrutural e menos conjuntural do mercado de trabalho no país, como os indicadores associados à filiação a sindicato, turno de trabalho, cooperativas de trabalho ou produção, registro no CNPJ e o tamanho do empreendimento. O percentual daqueles que trabalhavam em empreendimentos de pequeno porte (com até 5 pessoas) subiu de 48,1% para 50,1% entre 2015 e 2016. Nesse período em que nós observamos, por exemplo, queda na ocupação da indústria até mesmo as de grande porte tiveram dispensas de trabalhadores , os empreendimentos de menor porte estavam sendo formados absorvendo pessoas ocupadas, ressaltou Adriana. Dados por região O percentual de pessoas ocupadas (exceto empregados no setor público e trabalhadores domésticos) em empresas de pequeno porte foi maior nas Regiões Norte e Nordeste que nas demais regiões em todos os anos da pesquisa. Em 2016, foram 68% no Norte, 61,7% no Nordeste, 51% no Centro-Oeste, 47,1% no Sul e 42,1% no Sudeste. No período 2012-2016, o percentual aumentou Grandes Regiões, sobretudo no Norte (11,8%) e no Centro-Oeste (10,9%). Em relação ao percentual de ocupados (excluídos empregados no setor público e trabalhadores domésticos) em empreendimentos com 50 ou mais pessoas, o Sudeste foi a região com maior percentual (31,8%) e o Norte, com o menor, 14,7%. Houve redução de percentual ocupado neste modelo de empresa em todas as regiões, principalmente na Norte (queda de 29,3%). Formalização via CNPJ A Pnad Contínua 2012-2016 constatou também o aumento da formalização do emprego via Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), tanto entre os ocupados por conta própria quanto entre os empregadores. Segundo os dados de 2016, 18,9% dos trabalhadores por conta própria e 82% dos empregadores estavam em empreendimentos registrados no CNPJ . Em 2012, os percentuais eram de 14,9% e 75,6%, respectivamente. A pesquisa aponta também que a formalização profissional é maior entre as mulheres. Em 2016, o percentual de mulheres que trabalhavam por conta própria em empreendimentos com CNPJ era de 20,3%, ante 18,2% dos homens. Já as empregadoras formalizadas eram 86,1% no mesmo ano, enquanto os homens empregadores formalizados chegavam a 80,2%. Em 2016, 30% das mulheres ocupadas como empregadoras ou trabalhadoras por conta própria tinham registro no CNPJ, enquanto esse percentual para os homens era de 28,4%. Em 2016, o aumento do registro no CNPJ ocorreu em todas as Grandes Regiões, contudo em menor intensidade na Norte (3,3% apenas). A Região Nordeste foi a que apresentou o maior aumento no percentual de registrados no CNPJ entre 2012 e 2016, 33,1%, seguida pela Sudeste, com aumento de 21,1%. Adriana Beringuy destacou a formalização dos trabalhadores via registro no CNPJ. Muitos podem ser até na função de microempreendedores através do MEI [microempreendedor individual, legislação que dá cidadania empresarial: CNPJ, direitos e benefícios], facilitando o acesso desses trabalhadores conta própria à sua formalização um prestador de serviço com direito a emitir sua nota fiscal, ter sua própria contabilidade, explicou. Sindicatos e cooperativas A Pnad indica ainda que 12,1% das pessoas ocupadas ou que estiveram ocupadas estavam associadas a algum sindicato em 2016. Eram 16,9 milhões de sindicalizados frente a um total de 139,1 milhões. Segundo o IBGE, é o menor percentual da série que iniciou em 2012 com 13,6% de sindicalizados. O percentual de sindicalizados era maior entre homens do que entre mulheres: em 2016, foram respectivamente 13,1% de homens ante 11,2% de mulheres sindicalizadas. Houve uma queda maior na sindicalização entre homens do que entre mulheres: em 2012, os percentuais eram respectivamente 15,3% e 11,9%. Entre 2012 e 2016 foi registrado movimento de redução da sindicalização em todas as Grandes Regiões do país, afirma o IBGE. Cooperativas Apesar do aumento de 11,3% no total de pessoas ocupadas como empregadores ou trabalhadores por conta própria no período analisado, houve redução no percentual de associados a cooperativas, de 6,4% em 2012 para 5,9% em 2016. A associação a cooperativas de trabalho ou produção era maior entre homens do que entre mulheres. Contudo, essa diferença entre sexos se reduziu de 2,7 pontos percentuais (pp) em 2012 para 1,7 pp em 2016. No ano passado, enquanto 6,4% dos homens ocupados como empregadores ou trabalhadores por conta própria estavam em cooperativas, a proporção entre mulheres era de 4,7%.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/numero-de-trabalhadores-em-empreendimentos-de-grande-porte-cai-29-em-um-ano







Sindicato dos Profissionais de Polícia diz que novo ministro devia ser ´fora do governo´

18-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/rSMAiJ8K1R0/316297-sindicato-dos-profissionais-de-policia-diz-que-novo-ministro-devia-ser-fora-do-governo







As reações à escolha de Eduardo Cabrita para ministro da Administração Interna

18-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



Bombeiros estão satisfeitos com a escolha de um homem de "grandes decisões", GNR espera peso político e SEF uma mudança na "indefinição". Profissionais de Polícia preferiam alguém de fora do Governo.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/1gTEjZ8PAtg/as-reacoes-a-escolha-de-eduardo-cabrita-para-ministro-da-administracao-interna-8855273.html







Quem é Mile Svilar, o guarda-redes mais novo de sempre a estrear-se na ´Champions´?

18-Outubro-2017 - sapo.pt



Há quatro dias tornou-se no guardião mais novo de sempre a defender a baliza do SL Benfica. Esta quarta-feira tornou-se no guarda-redes mais jovem de sempre a estrear-se na Liga dos Campeões destronando o registo do seu ídolo Iker Casillas. Quem é Mile Svilar, a "máquina de trabalho" que chegou para ser o futuro da baliza das águias e que José Mourinho considera ser "uma fera"?



Link para o texto completo:
 
http://24.sapo.pt/desporto/artigos/quem-e-mile-svilar-o-guarda-redes-mais-novo-de-sempre-a-estrear-se-na-champions







Acusada de escravizar no Luxemburgo nas mãos da banca

18-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



Acusada de escravizar trabalhadores portugueses no Luxemburgo, onde o fecho da sua filial foi judicialmente decretada há um ano, a Açomonta pede a salvação à banca, que detém 95% dos créditos de 25,6 milhões de euros.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/detalhe/acusada-de-escravizar-no-luxemburgo-nas-maos-da-banca







Tão simples quanto isto

18-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



Portugal precisa muito que o Orçamento do Estado para 2018 consagre medidas e dê sinais que contribuam para manter a rota ascendente do crescimento da economia.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/opiniao/colunistas/pedro-santana-lopes/detalhe/tao-simples-quanto-isto







Agências do Banco do Brasil abrirão uma hora mais cedo para saques do Pasep

18-Outubro-2017 - ebc.com.br



As pessoas com mais de 70 anos beneficiadas com o saque das cotas do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) poderão ir mais cedo ao Banco do Brasil (BB) para agilizarem o atendimento. De amanhã (19) até 31 de outubro, 1.334 agências da instituição financeira em todo o país abrirão uma hora mais cedo para atendimento exclusivo aos cotistas do Pasep. A lista das unidades com horário especial está disponível na página da internet http://www.bb.com.br/docs/pub/inst/dwn/pasepagantecipado.pdf . Os estados de São Paulo (294), Minas Gerais (166) e Rio de Janeiro (102) lideram o número de agências na força tarefa. De acordo com o BB, que opera o Pasep, as agências com horário estendido foram escolhidas com base em critérios como a previsão de adensamento de cotistas do Pasep com direito a saque. O banco também levou em conta a estrutura das unidades. Mais de 1,3 mil agências do Banco do Brasil abrirão uma hora mais cedo para saque do Pasep Elza Fiuza/Arquivo/Agência Brasil A partir de amanhã, pessoas a partir de 70 anos que tenham contribuído com o Programa de Integração Social (PIS) ou o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) poderão sacar as cotas nos fundos. A retirada é válida somente para os trabalhadores com carteira assinada que contribuíram para algum dos dois fundos até 4 de outubro de 1988. Em 17 de novembro, começará o saque para aposentados. Em 14 de dezembro, a retirada será liberada para homens a partir de 65 anos e para mulheres a partir de 62 anos. Não há data limite para os saques. Os herdeiros de cotistas falecidos podem sacar o dinheiro a qualquer momento. Quem contribuiu após 4 de outubro de 1988 não tem direito ao saque. Isso ocorre porque a Constituição de 1988 passou a destinar as contribuições do PIS/Pasep das empresas para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que paga o seguro-desemprego e o abono salarial, e para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Desde a criação do PIS/Pasep, em 1971, ficou estabelecido que o saque só pode ser feito a partir de 65 anos (homens) e 62 anos (mulheres). A medida provisória editada recentemente pelo presidente Michel Temer flexibilizou outras restrições que existiam para o saque. No entanto, o cidadão com idade inferior não tem direito à cota, mesmo que tenha contribuído antes de 1988, quando passou a vigorar a atual Constituição brasileira. De acordo com o governo, a liberação dos saques das cotas do PIS/Pasep vai injetar R$ 15,9 bilhões na economia e beneficiar 7,8 milhões de pessoas. Desse total, R$ 11,2 bilhões virão dos saques do PIS, vinculado aos trabalhadores da iniciativa privada e administrado pela Caixa Econômica Federal, que beneficiarão 6,4 milhões de cotistas. O restante virá do Pasep, vinculado aos servidores públicos e aos empregados de estatais e sociedades de economia mista e administrado pelo Banco do Brasil. Retirada Em relação aos saques do Pasep, o Banco do Brasil também depositou automaticamente, na terça-feira (17), o dinheiro nas contas dos correntistas da instituição. Os cotistas com saldo de até R$2,5 mil sem conta no banco poderão pedir transferência para qualquer conta em seu nome em outra instituição financeira na página do BB na internet ou nos terminais de autoatendimento. Os clientes com dúvidas podem consultar os sites da Caixa ou do Banco do Brasil . Caso a página da Caixa informe que o número da conta está registrado no Pasep, o trabalhador deverá ir à página do BB. Constantemente, os dois bancos atualizam as bases de dados e transferem a conta do PIS para o Pasep de quem passou a trabalhar no serviço público ou em alguma estatal.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/agencias-do-banco-do-brasil-abrirao-uma-hora-mais-cedo-para-saques-do-pasep







Cade reprova compra da Mataboi pela JBJ

18-Outubro-2017 - ebc.com.br



O Tribunal do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) reprovou, por unanimidade, a compra da Mataboi pela JBJ Agropecuária. Entre os argumentos para vetar a operação, está a concentração de mercado já que a JBJ pertence ao empresário José Batista Júnior, irmão de Joesley e Wesley Batista, controladores da JBS, empresa líder no mercado nacional de abate e comercialização in natura . A Mataboi e a JBJ terão 30 dias para desfazer a operação a partir da publicação da decisão. Segundo o Cade, embora não haja relação societária entre a JBS e a JBJ, o parentesco e as ações dos controladores das duas empresas, como a indicação recente de José Batista Júnior para assumir a presidência da JBS na ausência dos atuais controladores, evidenciam uma potencial atuação coordenada entre as empresas após a conclusão da operação. Concentração de mercado A JBJ atua basicamente na criação de gado para abate e no mercado de carne bovina in natura no varejo em Goiânia. Já a Mataboi opera no mercado de abate de gado e de comercialização de carne bovina in natura e subprodutos do abate. De acordo com o Cade, além da possibilidade de concentração horizontal, se considerada a participação da JBS, a operação implica na integração vertical nos seguintes mercados: de criação de gado, no qual a JBJ Agro atua. no de abate de bovinos, que compreende atividade desenvolvida pela Mataboi em Goiás, Minas Gerais e Mato Grosso. no de comercialização de carne bovina in natura desossada para o atacado, no qual a Mataboi atua. e no de comercialização de carne in natura no varejo em Goiânia, Goiás, onde o Grupo JBJ atua. Análises feitas pela Superintendência e pelo Departamento de Estudos Econômicos do Cade também consideraram que, no caso de coordenação com a JBS, a operação em questão representaria mais um movimento de concentração da empresa, o que já havia sido alvo de preocupação e alerta do Cade em análises passadas de atos de concentração envolvendo a JBS. O órgão, inclusive, proibiu novas aquisições da empresa em certas localidades onde o nível de concentração já é elevado. Ações passadas A aquisição da Mataboi pela JBJ Agro foi realizada por meio de Contrato de Compra e Venda de Participação Societária, firmado em 22 de dezembro de 2014, mas só foi notificada ao Cade em 12 de novembro de 2016. Por causa da consumação da operação antes de notificar o Cade, o Tribunal do conselho já havia aplicado multa no valor de R$ 664 mil às partes envolvidas na operação, no ano passado. Além disso, o Cade havia homologado acordo com a empresa impedindo que os acionistas da JBJ Agro, principalmente José Batista Júnior, exercessem qualquer cargo junto à concorrente JBS, ou obtivessem e/ou fornecessem informações concorrencialmente sensíveis a uma ou a outra, até o julgamento do caso. Por meio de sua assessoria de imprensa, a Mataboi informou que irá recorrer da decisão e está estudando medidas administrativas e judiciais para pedir a revisão da sentença do Cade. A empresa reitera a convicção na lisura de suas atividades e entende que medidas de governança já adotadas ao longo do processo são suficientes para assegurar o desenvolvimento sustentável do setor sem impactar na sua operação, que garante mais de 2 mil empregos, é a base da economia nas regiões onde atua e representa cerca de 7% das exportações de carne bovina do Brasil.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/cade-reprova-compra-da-mataboi-pela-jbj







Explorastórias

18-Outubro-2017 - cision.com



Artur No próximo domingo de manhã o Exploratório abre as portas aos mais pequenos da família e propõe uma manhã a explorar a ciência escondida nas páginas dos livros! Nesta história vamos conhecer o Artur, um pequeno pinto que quer descobrir o mundo além das paredes da casca de ovo onde vive. Guiados pelo Artur, os mini-exploradores de ciência vão partir à descoberta da ciência dos ovos! Participe!  Data: Domingos | 22 outubro 2017 Sessões: 10h15 e 11h30 Duração: 1h00 Livro: Artur Autor: Oli e Mar Teager  Editora: Kalandraka Lotação: min. 6 | máx. 18 participantes Inscrições:



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/exploratorio/r/explorastorias,c636438415210000000







Adote felicidade para melhorar a sua vida e a dos gatos

18-Outubro-2017 - cision.com



“Adote Felicidade” é uma campanha lançada pela Royal Canin com o intuito de alertar para a problemática do abandono de gatos adultos em Portugal. A campanha consiste numa websérie – Cats and Co – de quatro capítulos em que gatos de diferentes associações protetoras de animais converteram-se em novos companheiros de trabalho dos funcionários de uma empresa pitoresca. Apesar de serem tão diferentes, todos têm algo em comum: o amor pelos vários gatos que passeiam à vontade pelo escritório. No último ano, tem-se verificado que o número de gatos abandonados não tem sofrido um crescimento



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/royal-canin-portugal/r/adote-felicidade-para-melhorar-a-sua-vida-e-a-dos-gatos,c636438232810000000







Vem aí uma nova torre de controlo em Lisboa

18-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



Para atingir os 72 movimentos por hora não chega um novo "software" de gestão de tráfego. É preciso fazer mudanças nos corredores militares aéreos e contratar até 60 controladores de tráfego, além de uma nova torre de controlo em Lisboa.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/transportes/aviacao/detalhe/vem-ai-uma-nova-torre-de-controlo-em-lisboa







Vertigo e vida: uma reelaboração da estrutura de “Vertigo”

18-Outubro-2017 - rcaap.pt



Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Teatro e Cinema, para obtenção do grau académico de Mestre em Desenvolvimento de Projeto Cinematográfico, especialização em narrativas cinematográficas.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.21/7424







HIV virus genotyping in a sampling of Angolan origin: estudo piloto: pilot study

18-Outubro-2017 - rcaap.pt



O HPV é o vírus sexualmente transmissível mais comum em todo o mundo, tendo uma forte relação causal com o cancro do colo do útero. A infeção por HPV é a causa necessária, mas não suficiente do cancro do colo do útero, em todo o mundo. Países em desenvolvimento têm maior taxa de infeção por HPV e cancros relacionados sendo que a prevalência da infeção por HPV global varia por país, região dentro do mesmo país e subgrupo da população sendo que os genótipos de HPV podem apresentar diferentes distribuições de acordo com a região geográfica. Mulheres africanas são desproporcionalmente afetadas com HPV e têm uma maior taxa de morbidade de cancro do colo do útero. Devido à falta de conhecimento sobre o HPV, são necessários rastreios, medidas preventivas relacionadas com cancros do colo do útero, programas de tratamento, acompanhamento posterior e imunização com vacinas contra o HPV. O objetivo deste trabalho foi determinar a prevalência da infeção por HPV e caracterizar a frequência dos vários genótipos de HPV numa população de mulheres angolanas, usando a Polymerase Chain Reaction (PCR), Restriction Fragment Length Polymorphism (RFLP) e realizar uma revisão sistemática sobre a prevalência e distribuição genotípica de HPV no continente africano. Os resultados mostram que a prevalência de HPV em mulheres angolanas foi 20,9% (14/67), que foi muito baixa em comparação com outros países da África Central. Os genótipos mais prevalentes foram HPV-61 (35.7%), HPV-16 (14.3%), HPV-33, -56, -58a, -58b, -70c, -72, -84 (7,1%). Também se verificou que dentro de regiões geográficas africanas podemos esperar diferentes taxas de eficácia resultantes de uma vacinação das populações utilizando as vacinas atualmente existentes. Em conclusão, este estudo fornece as primeiras estimativas da prevalência de HPV e sua distribuição entre as mulheres angolanas, demonstra que a epidemiologia da infeção por HPV em Angola é diferente de outras regiões do mundo. Sendo que vacinação específica para cada área geográfica é necessária, para evitar doenças relacionadas com o cancro do colo do útero e outras doenças relacionadas com o HPV. Os diferentes dados observados entre nosso estudo e os estudos utilizados para comparar os resultados podem refletir a diferenças na distribuição dos tipos HPV em diferentes populações ou podem ser por causa de diferenças entre a sensibilidade dos métodos utilizados.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10773/18526







Diversity of Botryosphaeriaceae species on plants from the Rostov region (Russia)

18-Outubro-2017 - rcaap.pt



Este estudo teve como objectivo avaliar a diversidade de espécies da família Botryosphaeriaceae, usando uma abordagem multifacetada combinando dados morfológicos e moleculares, associadas a uma grande e diversa coleção de amostras de plantas hospedeiras provenientes da região de Rostov na Rússia. Os fungos isolados foram inicialmente analisados por reação em cadeia de polimerase usando primer BOX para avaliar a diversidade genética global dos isolados. Isolados representativos de cada grupo foram selecionados para posterior identificação filogenética combinando duas regiões de ADN, usando o espaçador interno transcrito (ITS) em conjunto com o factor de elongamento de transcrição 1-alfa (EF1-a). Os resultados revelaram três géneros, Diplodia, Dothiorella e Phaeobotryon. Dothiorella foi o género mais representado e prevalente de toda a coleção e a espécie Dothiorella sarmentorum claramente mais dominante. Duas potenciais novas espécies foram identificadas neste trabalho, uma espécie pertencente ao género Dothiorella e uma outra ao género Phaeobotryon. Várias espécies identificadas foram relatadas pela primeira vez na Rússia e em vários hospedeiros diferentes.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10773/18530







Mobbing nos enfermeiros em ambiente hospitalar

18-Outubro-2017 - rcaap.pt



O mobbing constitui um importante fator de risco psicossocial nas organizações de saúde, podendo representar um grave problema para a gestão das organizações. A elaboração deste estudo sustenta-se na elevada importância do fenómeno e na escassez de estudos realizados em Portugal, na área de enfermagem. Esta investigação tem como objetivo geral avaliar a existência de condutas de mobbing nos enfermeiros e identificar as variáveis preditoras do mobbing nos enfermeiros do Centro Hospitalar Cova da Beira (CHCB, EPE). No sentido de dar resposta ao propósito da investigação recorreu-se a uma investigação de natureza quantitativa, de carácter descritivo correlacional e de natureza transversal. A amostra foi não probabilística acidental, constituída por 218 enfermeiros que exercem funções no CHCB. Utilizou-se um questionário com uma escala validada para a população portuguesa em 2012, por Ana Lúcia João, a Escala de Avaliação de Condutas de Mobbing (EACM). Dos resultados obtidos, verificou-se que 92,2% dos enfermeiros inquiridos experimentaram pelo menos uma conduta de mobbing, sendo que em média os enfermeiros sofrem 12 condutas de mobbing, com um efeito quase nulo e uma intensidade fraca. Os métodos mais utilizados pelo agressor fazem parte das dimensões Bloqueio à Comunicação e ao Progresso, Difamação Pessoal e Sobrecarga e Desprestígio Laboral da vítima. Como principais conclusões verificou-se que a idade e as faltas frequentes estão relacionadas de forma significativa com o número de condutas de mobbing; as habilitações académicas estão relacionadas de forma significativa com o índice global de mobbing. Em relação às circunstâncias não profissionais que afetam a vida profissional, estas estão relacionadas de forma significativa com o número de condutas e o índice global de mobbing. Enquanto que o facto dos superiores valorizarem o desempenho e a satisfação profissional estão relacionadas de forma significativa com a presença de mobbing. Conclui-se ainda que as variáveis preditoras do mobbing são a satisfação profissional e os superiores valorizam o desempenho. Pelo que se pode afirmar que quanto maior a satisfação profissional e quanto mais os superiores valorizam o desempenho menor a presença de mobbing.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.6/3436







Educação multicultural: abordagem à dimensão multicultural do currículo numa escola do primeiro ciclo da Região Autónoma da Madeira

18-Outubro-2017 - rcaap.pt



Através deste estudo pretendemos aferir como se traduz a multiculturalidade do currículo numa escola básica do primeiro ciclo da Região Autónoma da Madeira. Sabendo que o discurso jurídico remete para a reorganização escolar, concedendo autonomia à escola no sentido de uma gestão flexível do currículo nacional, com vista a uma melhor adequação ao contexto local, é nossa intenção apurar se os actores educativos desta escola são inovadores, recorrendo a práticas pedagógicas aliciantes e diversificadas, menosprezando uma pedagogia monocultural em prol de uma educação multi/intercultural. Tencionamos também saber se há ou não desfasamento entre as intenções expressas no Projecto Educativo de Escola, o qual reconhece o seu contexto multicultural e as dinâmicas que nela se operam, de modo a averiguar se a ideia de que predomina na escola a cultura dominante, num universo multicultural, é verídica ou falsa. Pretendemos ainda aferir se os professores desta escola possuem formação para poderem actuar num contexto multicultural.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.13/1665







O supervisor pedagógico como promotor da melhoria da qualidade de ensino : estudo realizado em duas escolas secundárias do Distrito de Chókwè

18-Outubro-2017 - rcaap.pt



Este estudo discute o papel do supervisor pedagógico no âmbito da promoção da melhoria da qualidade do ensino sabendo-se que o Supervisor Pedagógico, segundo Alarcão & Tavares (2003), é um indivíduo dotado de experiência que lhe permite apoiar/orientar um outro professor ou candidato a professor no seu desenvolvimento pessoal e profissional. Neste contexto, o estudo leva-nos a perceber o que os supervisores pensam em relação à sua prática e a identificar as perceções dos professores em relação ao processo de supervisão nas suas escolas e a compreender a forma como este é conduzido, bem como avaliar o tipo de relações que tem sido privilegiado junto dos professores em exercício. Assim, o tema da investigação conduz-nos ao problema geral do estudo que incide nas dificuldades evidenciadas pelos Supervisores Pedagógicos em promover práticas supervisivas conducentes ao desenvolvimento pessoal e profissional docente que possam refletir-se na melhoria da qualidade do ensino. Do ponto de vista metodológico, o estudo empírico baseia-se na recolha de informações relacionadas com o trabalho desenvolvido pelos Supervisores Pedagógicos junto dos professores em exercício nas Escolas Secundárias de Chókwè e Ngungunhane ambas localizadas no Distrito de Chókwè. Para o efeito, adotámos uma metodologia que privilegia uma abordagem mista, de carácter descritivo, com recurso ao inquérito por questionário. Os resultados do estudo indicam que, não obstante a irregularidade com que é realizada, os supervisores têm levado a cabo a atividade supervisiva nas duas escolas em estudo, todavia, revelam que, na sua totalidade, não possuem formação especializada em supervisão pedagógica e na sua maioria não se tem beneficiado da formação contínua tal como acontece com os professores em exercício, fato que poderá justificar a forma como o processo da supervisão pedagógica tem sido conduzido bem como o seu impacto na melhoria da qualidade da educação e no desenvolvimento pessoal e profissional dos professores.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.2/6677







Consentir na criopreservação de embriões: perceção de casais usuários de medicina da reprodução

18-Outubro-2017 - rcaap.pt



Este estudo qualitativo analisou as perceções de casais quanto aos fatores que contextualizam o consentimento livre e esclarecido na criopreservação de embriões, a partir de 34 entrevistas semiestruturadas, em Portugal. Analisaram-se os dados segundo os princípios da grounded theory. Dos resultados emergiram as seguintes necessidades: provisão de informações detalhadas, rigorosas, coerentes e no tempo adequado sobre os custos e duração da criopreservação e o destino dos embriões; reforço da privacidade física; tempo para refletir sobre o destino dos embriões e a divulgação da identidade dos beneficiários. As condições de aplicação do consentimento parecem ameaçar três dos seus elementos fundamentais: informação, voluntarismo e ponderação. Importa desenvolver orientações ético-profissionais que assegurem um consentimento assente em práticas de aconselhamento e prestação de informação adequadas às necessidades e expectativas dos pacientes.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10316/43957







A utilidade da reticulina no diagnóstico do carcinoma hepatocelular num modelo de murganho e a sua aplicação à espécie canina

18-Outubro-2017 - rcaap.pt



Os tumores hepáticos são a segunda causa de morte relacionada com cancro em seres humanos. Já no cão, o carcinoma hepatocelular é raro mas o prognóstico é igualmente mau. Os critérios histopatológicos para o diagnóstico do carcinoma hepatocelular não estão bem estabelecidos, especialmente no caso dos tumores bem diferenciados, podendo-se tornar estes casos um desafio. Por esse motivo, o papel da reticulina no diagnóstico de carcinomas hepatocelulares na Medicina Humana já é utilizado de forma relativamente recorrente. O presente trabalho teve como objetivo determinar qual a utilidade da reticulina no diagnóstico do carcinoma hepatocelular num modelo de murganho e qual a sua aplicação à espécie canina. Avaliou-se de forma qualitativa e quantitativa a capacidade da reticulina para diferenciar os tumores dos focos de displasia e fígado saudável em murganhos. No cão foi comparado o padrão de reticulina apresentado por carcinomas hepatocelulares, hiperplasias nodulares e cirrose. Verificou-se que no murganho as fibras coradas a negro estão empurradas para a periferia do tumor, comprimidas de encontro ao tecido adjacente, formando uma rede compacta que permite estabelecer limites bastante precisos do anterior. No cão, os padrões apresentados nas mais variadas lesões assemelham-se ao que está descrito na literatura em Medicina Humana. A reticulina pode assim ser um importante auxílio na diferenciação do carcinoma hepatocelular de lesões benignas, devendo no entanto ser utilizada com cautela e suportar o diagnóstico feito pela hematoxilina e eosina.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10437/8259







Realidade aumentada num simulador virtual de tomada de decisão clínica

18-Outubro-2017 - rcaap.pt



A presente investigação teve como objetivo verificar se a Realidade Aumentada (RA) potencia o desenvolvimento de competências de tomada de decisão clínica no diagnóstico e tratamento de feridas crónicas, aumenta a motivação dos estudantes e a usabilidade do simulador virtual e-FER. O e-FER é um simulador online de tomada de decisão clínica utilizado na formação inicial de enfermeiros, permitindo simular o diagnóstico e tratamento de casos clínicos virtuais de feridas crónicas. Para o presente estudo foi acrescentada uma componente de RA com novos casos clínicos, no sentido de investigar os seus efeitos na motivação, usabilidade e desenvolvimento de competências no diagnóstico e tratamento de feridas crónicas. Desenvolveu-se um estudo quase-experimental com uma amostra de 54 estudantes a frequentar o primeiro ano de Enfermagem. Realizou-se uma análise comparativa entre o desempenho dos grupos experimental (que utilizou o e-FER tradicional e depois com RA) e de controlo (que utilizou apenas o e-FER tradicional), com base nos dados extraídos a partir do simulador virtual e-FER. Os dados relativos à motivação dos estudantes e usabilidade do sistema foram recolhidos através de questionário. Os resultados obtidos permitem concluir que a RA potenciou o desempenho dos estudantes, particularmente nos parâmetros de diagnóstico da ferida, com diferenças estatisticamente muito significativas (p<0,001) nos testes de Mann-Whitney U e Wilcoxon, registando-se ainda índices elevados de motivação e usabilidade do simulador, mesmo com a introdução de um dispositivo adicional na atividade.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.2/6676







Avaliação do conhecimento sobre prevenção das infeções por Toxoplasma gondii (Toxoplasmose), Listeria monocytogenes (Listeriose) e Citomegalovírus em gestantes

18-Outubro-2017 - rcaap.pt



A transmissão materno-fetal é a transmissão dos agentes infeciosos da mãe para o feto ou o recém-nascido. A prevenção é essencial para reduzir complicações e diminuir morbilidade e mortalidade perinatal e infantil. A toxoplasmose, Listeria e Citomegalovírus são entre as infeções mais importantes durante a gravidez podendo ocorrer transmissão materno-fetal e podendo ter consequências muito graves para o feto ou recém-nascido. É extremamente importante que as mulheres grávidas e em idade fértil tenham conhecimentos sobre as medidas de prevenção. Com o presente estudo pretendeu-se avaliar o conhecimento que as grávidas têm sobre estas infeções e saber quais as fontes de informação sobre as medidas de prevenção. O inquérito foi aplicado presencialmente a 90 grávidas atendidas nos postos de colheita do Centro de Medicina Laboratorial Germano de Sousa (CMLGS) e residentes em Portugal. Para avaliar o conhecimento das inquiridas sobre as medidas de prevenção foi atribuído 1 ponto para cada resposta correta e 0 pontos para as respostas incorretas e desta maneira foi determinada a classificação para cada secção e a classificação total do questionário. As inquiridas demostraram conhecer os comportamentos de prevenção da toxoplasmose tendo uma grande percentagem (superior a 78%) de respostas corretas. Por outro lado, no caso da listeriose e da infeção pelo Citomegalovírus as grávidas demonstraram ter menor conhecimento das medidas de prevenção. Em geral 85,6% das inquiridas não conseguiram identificar os comportamentos não relacionados com a prevenção das três infeções (questões de controlo). Relativamente às fontes de informação sobre as medidas de prevenção as grávidas responderam, na maioria, ter recorrido aos profissionais de saúde e à internet. Relativamente à Listeriose e CMV a maioria (33,6% e 43% respetivamente) afirmou não saber nada acerca destas doenças. Estes resultados confirmam a necessidade de estimular e difundir medidas educativas de prevenção entre mulheres em idade fértil e gestantes para evitar a transmissão destas infeções.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10884/1133







Volvo do intestino médio no contexto de malrotação intestinal no jovem adulto: caso clínico e revisão bibliográfica

18-Outubro-2017 - rcaap.pt



A malrotação intestinal surge de uma anomalia do desenvolvimento embrionário gastro-intestinal, com alteração da rotação do intestino médio sobre o eixo vascular mesentérico superior. Esta anomalia é tipicamente identificada no primeiro ano de vida, sendo raramente diagnosticada na idade adulta. O volvo do intestino médio é uma complicação urgente deste defeito congénito, podendo resultar em isquémia e necrose intestinal.Os autores apresentam o caso de um doente do sexo masculino, com 22 anos, que vem ao Serviço de Urgência com um quadro de dor abdominal e história pessoal de episódios recorrentes e auto-limitados de paragem de emissão de gases e fezes. O diagnóstico de volvo do intestino médio no contexto de malrotação intestinal foi estabelecido após a realização de ecografia e tomografia computorizada (TC).Com este trabalho, descrevem-se os achados clínicos e imagiológicos do caso, com breve revisão bibliográfica do tema.



Link para o texto completo:
 
http://revistas.rcaap.pt/actaradiologica/article/view/13297







Caixa e BB antecipam em dois dias pagamento do PIS/Pasep a correntistas

17-Outubro-2017 - ebc.com.br



Correntistas da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil com mais de 70 anos recebem hoje depósitos do Programa de Integração Social e do Programa de Formação do Patrimônio do Serviço Público José Cruz/Agência Brasil Com dois dias de antecedência em relação ao calendário oficial, os correntistas da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil (BB) com mais de 70 anos recebem hoje (17) os depósitos do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Serviço Público (Pasep). Os bancos transferirão, sem custos, o dinheiro aos beneficiários com conta nas instituições financeiras. Quem não tiver conta na Caixa, que administra o PIS, ou no Banco do Brasil, que gerencia o Pasep, só poderá sacar os recursos a partir da próxima quinta-feira (19), quando começa o calendário oficial de saques. A retirada poderá ser feita nos terminais de autoatendimento, nas casas lotéricas, nos correspondentes bancários e nas casas lotéricas, dependendo do valor das cotas. A retirada é válida somente para os trabalhadores com carteira assinada que contribuíram para algum dos dois fundos até 4 de outubro de 1988. Desde a criação do PIS/Pasep, em 1971, ficou estabelecido que o saque só pode ser feito a partir de 65 anos (homens) e 62 anos (mulheres). A medida provisória editada recentemente pelo presidente Temer flexibilizou outras restrições que existiam para o saque. No entanto, o cidadão que não se enquadra nessas regras não tem direito a cota, mesmo que tenha contribuido antes de 1988, quando passou a vigorar a atual Constituição brasileira. Em 17 de novembro, começará o saque para aposentados. Em 14 de dezembro, a retirada será liberada para homens a partir de 65 anos e para mulheres a partir de 62 anos. Não há data limite para os saques. Os herdeiros de cotistas falecidos podem sacar o dinheiro a qualquer momento. Quem contribuiu após 4 de outubro de 1988 não tem direito ao saque. Isso ocorre porque a Constituição de 1988 passou a destinar a arrecadação do PIS/Pasep para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que paga o seguro-desemprego e o abono salarial, e para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). De acordo com o governo, a medida vai injetar R$ 15,9 bilhões na economia e beneficiar 7,8 milhões de pessoas. Desse total, R$ 11,2 bilhões virão dos saques do PIS, vinculado aos trabalhadores da iniciativa privada e administrado pela Caixa Econômica Federal, que beneficiarão 6,4 milhões de cotistas. O restante virá do Pasep, vinculado aos servidores públicos e administrado pelo Banco do Brasil. Retirada Na Caixa Econômica, os cotistas do PIS poderão fazer a retirada de três maneiras. Os pagamentos de até R$ 1,5 mil serão feitos nos caixas eletrônicos, digitando a Senha Cidadão, sem a necessidade de cartão bancário. Quem não tiver a senha pode obtê-la no seguinte endereço , bastando clicar em esqueci a senha e preencher os dados. Os saques de até R$ 3 mil podem ser feitos nos caixas eletrônicos, mas o cliente precisará usar o Cartão Cidadão e digitar a Senha Cidadão. Nas lotéricas e nos correspondentes bancários, o cotista poderá retirar o dinheiro, levando o Cartão Cidadão, a Senha Cidadão e algum documento oficial de identificação com foto. Acima desse valor, o beneficiário deverá ir a alguma agência da Caixa levando documento oficial com foto. Clientes da Caixa receberão o depósito automaticamente nas contas correntes dois dias úteis antes do calendário de saques. A Caixa informou que também fará a transferência do dinheiro para clientes de outros bancos, desde que a conta esteja no mesmo nome do beneficiário. A operação não terá custos. Pasep Em relação aos saques do Pasep, o Banco do Brasil também depositará o dinheiro automaticamente nas contas dos correntistas dois dias antes do calendário de saques. Os cotistas com saldo de até R$ 2,5 mil sem conta no banco poderão pedir transferência para qualquer conta em seu nome em outra instituição financeira na página do banco na internet ou nos terminais de autoatendimento. Não correntistas com saldo acima desse valor ou herdeiros de cotistas falecidos deverão ir às agências. Os clientes com dúvidas podem consultar as páginas da Caixa www.caixa.gov.br/cotaspis ou do Banco do Brasil www.bb.com.br/pasep. * Matéria alterada às 15h21 para inclusão de informação que homens com menos de 65 anos e mulheres com idade inferior a 62 anos nâo têm direito a receber a cota.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/caixa-e-bb-antecipam-em-2-dias-pagamento-do-pispasep-correntistas







7 perguntas frequentes numa entrevista de emprego

17-Outubro-2017 - universia.net



Acabou finalmente o curso e está a tentar entrar no mercado de trabalho? Depois de começar a enviar o seu currículo, será em breve chamado para entrevistas de emprego e deverá estar atento a algumas questões REGISTE O SEU CV GRÁTIS REGISTE AQUI Se ainda não foi à sua primeira entrevista de emprego saiba que algumas perguntas são transversais, e como tal, acabam sempre por ser colocadas, independentemente do cargo ou da empresa a que se esteja a candidatar. Sabemos também que por mais experiência que tenha haverá sempre lugar a algum nervosismo. No entanto, prepare-se já para a próxima entrevista de emprego - que certamente terá muitas destas questões - e saiba o que responder: Pode começar por se apresentar? Fale-nos um pouco sobre si Sendo esta a forma mais clássica de começar a entrevista, terá cerca de 2 ou 3 minutos para falar sobre as várias áreas da sua vida que sejam pertinentes para este emprego. Ninguém quer saber como foi a sua infância. Com esta pergunta o que se pretende é que seja sucinto e pertinente ao relacionar a vaga em questão com o seu percurso pessoal, académico e até mesmo profissional, caso já tenha alguma experiência. Quais são os seus pontos fortes? Ao responder a esta questão  tenha em mente as qualificações e os requisitos necessários descritos na oferta de emprego. Aproveite ainda para adicionar outros pontos relevantes para este emprego e que o possam destacar dos restantes candidatos. Pode incluir experiências fora do país , por exemplo. Quais são as suas maiores fraquezas? Evite os clichés mas também não seja demasiado honesto! Dizer que nunca consegue chegar a horas não vai certamente garantir-lhe a oportunidade de empego. Dizer que não aceita muito bem ordens, também não. Pense em algo que não o comprometa, como por exemplo, "os meus amigos dizem que sou demasiado organizado". Tenha também atenção à refutação dos defeitos apresentados. Porque é que gostaria de trabalhar aqui? Mostre-lhes que soube fazer o trabalho de casa e que soube pesquisar a empresa e o cargo. Nunca, mas memso nunca se mostre desesperado por qualquer oportunidade de emprego ou mencione que se candidatou à vaga por causa do valor do salário. Porque é que deixou o seu último emprego? Se acabou por sair devido a problemas com o seu chefe ou com algum colega, resista à tentação de falar mal dessa, ou dessas pessoas , apenas irá demonstrar falta de profissionalismo. A melhor opção passa por explicar que procura uma oportunidade onde possa crescer e ter boas perspetivas de carreira, como a empresa à qual se está a candidatar. Fale-nos de um obstáculo que tenha surgido ao longo do seu percurso e de que forma o conseguiu superar Saber resolver problemas é uma qualidade importante em qualquer emprego. Apresente-lhes algo que demonstre que sabe lidar com a pressão do dia a dia e comunicar bem com os colegas. Quais são as suas expectativas salariais? Antes de ir à entrevista, informe-se sobre o valor médio de salário na sua área, com a sua experiência e com a sua idade. A partir daqui poderá apresentar-lhes um teto-salarial, um máximo a partir do qual está disposto a negociar. E se está à procura de uma oportunidade de emprego, ou de   enriquecer o seu currículo  com um estágio profissional remunerado, consulte também as outras oportunidades divulgadas na rede  Trabalhando . Registe-se e deixe-nos o seu currículo atualizado. Quer saber mais? Veja todas as notícias



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/destaque/noticia/2017/10/17/1155822/7-perguntas-frequentes-entrevista-emprego.html







Veja os números do Euromilhões

17-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



A combinação vencedora do concurso 83/2017 do Euromilhões, sorteada esta terça-feira, é composta pelos números 13, 17, 19, 26 e 36 e pelas estrelas 2 e 3.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/0lciTn2iuA4/veja-os-numeros-do-euromilhoes-8852144.html







Doze interessados em desenvolver linhas Rosa e Amarela do Metro do Porto

17-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



Concurso público que entra agora na sua segunda fase ascende a 4,7 milhões de euros.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/QCx3Z6bxOXU/doze-interessados-em-desenvolver-linhas-rosa-e-amarela-da-metro-do-porto-8851941.html







Mário Semedo e Mário Avelino são os candidatos à presidência da federação cabo-verdiana

17-Outubro-2017 - sapo.pt



Mário Semedo e Mário Avelino são os dois candidatos à presidência da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF), nas eleições antecipadas de 28 de outubro, anunciou hoje o presidente da comissão eleitoral, António Semedo.



Link para o texto completo:
 
http://noticias.sapo.pt/internacional/artigo/mario-semedo-e-mario-avelino-sao-os-candidatos-a-presidencia-da-federacao-cabo-verdiana_23121971.html







Inspecção do Trabalho e Fisco ainda não trocam dados

17-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



Está previsto no Orçamento do Estado deste ano: a Autoridade para as Condições do Trabalho, o Fisco e a Segurança Social passariam a trocar dados para "combater a precariedade". Dez meses depois, a medida não saiu do papel.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/emprego/mercado-de-trabalho/detalhe/inspeccao-do-trabalho-e-fisco-ainda-nao-trocam-dados







O sigilo profissional e as novas regras da prevenção do branqueamento

17-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



Nos tempos mais recentes, acentuou-se a essencialidade do cumprimento dos deveres de prevenção do branqueamento de capitais e do financiamento do terrorismo.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/opiniao/colunistas/detalhe/o-sigilo-profissional-e-as-novas-regras-da-prevencao-do-branqueamento







PS admite trabalhadores contactáveis nas férias

17-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



Proposta do PS deixa à contratação colectiva e aos regulamentos de médias e grandes empresas a regulação do uso de "ferramentas digitais" nos períodos de descanso, feriados e férias. PCP responde que "não há consenso possível" sobre propostas "perigosas".



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/emprego/lei-laboral/detalhe/ps-admite-trabalhadores-contactaveis-nas-ferias







Setor de serviços cai 1% em agosto, diz IBGE

17-Outubro-2017 - ebc.com.br



Volume do setor de serviços teve queda de 1% na passagem de julho para agosto. É o segundo recuo consecutivo do indicador Arquivo/Agência Brasil O volume do setor de serviços teve uma queda de 1% na passagem de julho para agosto, segundo dados da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada hoje (17) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Rio de Janeiro. É o segundo recuo consecutivo do indicador, que já tinha registrado redução de 0,8% na passagem de junho para julho. Os serviços também tiveram queda de 2,4% na comparação com agosto de 2016 e mantiveram a sequência de quedas iniciada em abril de 2015. Também houve recuos no acumulado do ano (-3,8%) e no acumulado de 12 meses (-4,5%). Na comparação de agosto com julho deste ano, duas das quatro atividades pesquisadas tiveram queda: serviços prestados a famílias (-4,8%) e atividades turísticas (-3,1%). As demais atividades anotaram alta: serviços profissionais, administrativos e complementares (1,6%), outros serviços (1%), transportes, serviços auxiliares de transportes e correio (0,7%) e serviços de informação e comunicação (0,3%). Entre as 27 unidades da federação, as maiores quedas no setor de serviços, na comparação com julho, ocorreram em Alagoas (-5,9%), Paraíba (-3,6%) e Amazonas (-2,9%). Os estados que mais cresceram foram Roraima (9,8%), Bahia (3,8%) e Piauí (3,5%). A receita nominal dos serviços recuou 0,6% na comparação com julho, mas cresceu 2% na comparação com agosto de 2016, 1,7% no acumulado do ano e 0,7% no acumulado de 12 meses.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/setor-de-servicos-cai-1-em-agosto-diz-ibge







Aneel autoriza Copel a retomar operação da Termelétrica de Araucária

17-Outubro-2017 - ebc.com.br



A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou a Companhia Paranaense de Energia (Copel) a retomar temporariamente a operação comercial das três turbinas da Usina Termelétrica de Araucária, localizada no município de mesmo nome, no Paraná. Com a autorização, publicada ontem (16), no Diário Oficial da União, será possível gerar até 484 megawatts (MW). O contrato de autorização vale até 31 de dezembro de 2018. A medida foi tomada após solicitação do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) à Petrobras para viabilizar combustível para as termelétricas operacionalmente disponíveis, mas que estão paradas. A decisão do comitê foi tomada diante da previsão de que o armazenamento dos reservatórios das usinas hidrelétricas fique abaixo do verificado em 2014, ano mais crítico do histórico recente. Assim, o comitê encaminhará correspondência à Petrobras solicitando gestão da empresa no sentido de viabilizar o fornecimento de combustível a essas usinas, diz nota divulgada pelo colegiado no início do mês. Além da termelétrica de Araucária, o CMSE decidiu pela retomada da operação das usinas Cuiabá, Termonorte II e Termo Fortaleza, que, por serem movidas a gás, "são capazes de produzir energia a preços mais competitivos se comparados com os de outras usinas térmicas." Na ocasião, o CMSE optou por não acionar as usinas termelétricas mais caras, o chamado "despacho fora da ordem de mérito" mas aprovou, se necessário, o aumento da importação de energia elétrica da Argentina e do Uruguai na medida em que for possível. De acordo com o comitê, para o final de novembro de 2017, quando tipicamente se inicia o reabastecimento dos reservatórios, a expectativa é que os armazenamentos dos subsistemas Sul, Nordeste e Norte fiquem abaixo do volume de 2014. O subsistema Sudeste/Centro-Oeste deve alcançar armazenamento próximo ao verificado naquele ano.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/aneel-autoriza-copel-retomar-operacao-da-termeletrica-araucaria







Pesquisa mostra que 84% da população consideram o Brasil um país burocrático

17-Outubro-2017 - ebc.com.br



Uma pesquisa feita pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) mostrou que a maioria da população (84%) considera o Brasil um país burocrático. Já os que consideram o país pouco burocrático somaram 9% do total. De acordo com o levantamento, 75% das pessoas acreditam que o excesso de burocracia pode ser prejudicial e um mecanismo de estímulo à corrupção. Outros 78% consideram que os entraves dificultam o desenvolvimento do país e 77% a compra de bens. A pesquisa foi realizada em duas frentes: foram ouvidas 1200 pessoas em âmbito nacional e 452 indústrias no estado de São Paulo, entre os dias 1º e 11 de fevereiro de 2017. De acordo com o levantamento, para 65% das pessoas entrevistadas, o combate à burocracia deve ser priorizado, com a adoção de medidas como a redução da quantidade de leis e normas vigentes, a definição de datas para mudança de suas regras ou de sua aplicação, a simplificação da linguagem e a comunicação dos custos que as novas regras devem gerar. Aqueles que concordam que o governo tem sido capaz de implementar políticas de desburocratização são 36%. As maiores dificuldades causadas pelo excesso de burocracia foram sentidas com relação ao acesso à Justiça (61%), à realização de reclamação em órgãos de defesa do consumidor (56%) e a solicitação ou cancelamento de serviços de água, luz, telefonia, internet, entre outros serviços. Indústrias Para 83,2% das 452 empresas participantes da pesquisa, o alto custo Brasil já foi impeditivo para o início ou a expansão de seus negócios. Para 90,2%, o excesso de burocracia dá espaço para a corrupção e para 94,7%, dificulta o desenvolvimento econômico e o ambiente de negócios no Brasil. Aqueles que consideram que a burocracia tem impacto na competitividade das empresas são 91,4%. Mais de 80% dos representantes de indústrias tiveram dificuldade de abrir ou expandir negócios devido à burocracia Arquivo/Agência Brasil Para 71,5%, o governo não tem sido capaz de implementar políticas de desburocratização e 52,4% acham que não há espaço para manifestação quando há mudanças importantes nas leis e políticas que afetam o setor privado. Por isso, 75,3% consideram que as federações e associações empresariais são importantes para melhorar a relação entre a burocracia estatal e o setor privado. A pesquisa aponta ainda que 84,3% das empresas responderam que os principais impactos da burocracia sobre as empresas são o aumento do custo de gestão dos processos empresariais, 69,5% o aumento excessivo das estruturas não ligadas diretamente à produção, e 48,2% o aumento de ações judiciais ou administrativas por erros no cumprimento das obrigações (48,2%). Para facilitar procedimentos e reduzir gastos com burocracia, as empresas indicaram como medidas a que redução da quantidade de normas existentes (82,5%), a simplificação da linguagem (64,8%) e a informação de quanto as nova regra custará para o país (36,1%). Além disso, para criar um ambiente mais propício aos negócios, as empresas sugerem, prioritariamente, evitar a apresentação de informações repetidas ao governo (74,1%), criar um registro único de regularidade fiscal (63,7%) e estabelecer prazos máximos para que um requerimento seja concedido (42,7%). Para o presidente da Fiesp e do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo), Paulo Skaf, a burocracia engessa a economia e rouba tempo de quem quer empreender. É muita exigência, muita complicação. O governo não pode pesar nas costas de quem produz. É preciso simplificar para que o país retome seu desenvolvimento, fique mais competitivo e gere empregos", afirmou.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/pesquisa-mostra-que-84-da-populacao-considera-o-brasil-um-pais-burocratico







Cerca de 20% de todos os episódios de tromboembolismo venoso ocorrem em doentes oncológicos

17-Outubro-2017 - cision.com



·         No Dia Mundial da Trombose, especialistas alertam para o tromboembolismo venoso (TEV) enquanto segunda causa de morte em doentes com cancro, sendo que a prevalência desta patologia em doentes hospitalizados tem vindo a aumentar nos últimos anos, conforme reportam estudos recentes1. Episódios de TEV em doentes oncológicos aumentam entre duas a seis vezes o risco de morte do doente2. Para além disso, o TEV pode comprometer os tratamentos oncológicos3.   ·         Estudos atualmente em curso poderão trazer novas evidências nesta área, oferecendo opções promissoras para os doentes



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/daiichi-sankyo-portugal/r/cerca-de-20--de-todos-os-episodios-de-tromboembolismo-venoso-ocorrem-em-doentes-oncologicos,c636437400400000000







Cristiano Ronaldo mostra-se solidário e enaltece papel dos bombeiros

17-Outubro-2017 - sapo.pt



O capitão da seleção portuguesa de futebol, Cristiano Ronaldo, mostrou-se hoje solidário com os familiares e amigos das vítimas dos incêndios que deflagraram no domingo, enaltecendo ainda o trabalho dos bombeiros.



Link para o texto completo:
 
http://noticias.sapo.pt/nacional/artigo/cristiano-ronaldo-mostra-se-solidario-e-enaltece-papel-dos-bombeiros_23116305.html







CAR-FPN: valiações e controlo

17-Outubro-2017 - rcaap.pt



O presente relatório visa descrever as atividades elaboradas e desenvolvidas no âmbito do Estágio em Desporto – Especialização em Treino Desportivo, do Instituto Politécnico de Santarém – Escola Superior de Desporto de Rio Maior, realizado no Centro de Estágios e Formação Desportiva, em Rio Maior, pela Federação Portuguesa de Natação. A estruturação deste relatório baseia-se nas linhas orientadoras que regulam o estágio, que expõem detalhadamente todo o procedimento, de forma a caracterizar o contexto de integração dos treinadores estagiários a nível metodológico e controlo de treino. Neste trabalho, expusemos também a nossa reflexão acerca da teoria e metodologia do treino em natação. Tratou-se de uma época desportiva dividida em três macrociclos, desenvolvida com a equipa residente dos nadadores no centro de estágios e formação desportiva em Rio Maior, contando assim com nove nadadores. Deste modo, este estágio representa uma das etapas na formação de um futuro treinador, na área de natação, consolidado pela supervisão de professores orientadores habilitados, bem como orientadores treinadores especializados com uma grande prática de metodologia de treino, permitindo assim o desenvolvimento e a aquisição de várias competências necessárias nesta área de desempenho.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.15/1923







A comunicação dos instrutores de localizada e o clima motivacional percecionado pelos praticantes

17-Outubro-2017 - rcaap.pt



Os objetivos do estudo são a caracterização e comparação da comunicação (comportamento pedagógico) emitida pelos instrutores de Fitness nas aulas de Localizada em função da experiência profissional e a relação com clima motivacional percecionado pelos praticantes. Relativamente à amostra esta foi constituída por 15 instrutores de aulas de Localizada e 145 praticantes. A amostra dos instrutores foi dividida em três grupos de experiencia profissional, grupo A (menos de 3 anos de experiência), grupo B (mais de 3 e menos de 5 anos de experiência) e grupo C (mais de 5 anos de experiência). Foi utilizado o sistema de observação SOCIF (Franco,2009) com os critérios Instrução, Interação, Atividade, Controlo, Organização e Outros Comportamentos, adicionando os critérios Forma e Direção de outros autores (Piéron, 1999. Sarmento, et. Al., 1998. Simões & Franco, 2006). Como instrumento foi também utilizado a versão Portuguesa do Questionário de Perceção do Clima Motivacional no Exercício (PMCEQp) de Cid, Moutão, Leitão, Alves e Thomas desenvolvido por Thomas e Barron (2006). Relativamente aos comportamentos pedagógicos (comunicação) dos instrutores podemos concluir que, de uma forma geral, a maioria da comunicação dos instrutores é dedicada a comportamentos de Instrução e Controlo, seja qual for o grupo de experiência profissional. Ao compararmos os 3 grupos de instrutores de Fitness, existem diferenças significativas nos critérios Forma, na categoria Auditivo e categoria Misto-Visual, no critério Interação, na categoria Pressão e no critério Atividade, na categoria Exercício Independente. Tanto na categoria Auditivo, como na categoria Misto Auditivo-Visual, encontrámos diferenças significativas entre o grupo com menor experiência profissional (Grupo A) e o grupo com maior experiência profissional (Grupo C). Também no critério Interação, mais especificamente na categoria Pressão encontramos diferenças significativas entre o grupo B e o Grupo C. Já na categoria Exercício Independente, as diferenças significativas encontradas foram entre o grupo A e o Grupo B. Assim, a hipótese 1 foi parcialmente aceite. Em relação à hipótese 2, esta foi parcialmente aceite, já que quando foi comparado o clima motivacional percebido pelos praticantes, em função da comunicação (comportamentos pedagógicos) e da experiência profissional dos instrutores, verificou-se que existem diferenças significativas entre o grupo A e o grupo C, na dimensão Mestria do clima motivacional. Quando 9 Mestrado em Psicologia do Desporto e Exercício analisadas as médias das dimensões do clima motivacional, foi a dimensão Mestria que se destacou. A hipótese 3 foi parcialmente aceite já que apenas se verificou existir correlação entre a experiencia profissional dos instrutores e 3 constructos, a dimensão mestria, o critério instrução e o critério organização, bem como entre a dimensão mestria e a dimensão Performance e o critério Outros Comportamentos Relativamente à dimensão mestria e experiência profissional, foi considerada uma associação linear muito baixa, no entanto, e pelo facto de ser negativa, significa que quanto maior for a experiência profissional dos instrutores de Fitness de aulas de Localizada, menos orientadas para a mestria são as suas comunicações. Em relação à experiência profissional dos instrutores e o critério Instrução, verificamos que esta é uma associação linear positiva moderada, o que significa que quanto maior for a experiência profissional do instrutor de aulas de Localizada, maior será a utilização do critério Instrução. Existe também uma correlação negativa entre a experiência profissional e o critério Organização, que é considerada uma associação linear moderada e pelo facto de ser negativa, significa que quanto maior for a experiência profissional dos instrutores de Fitness de aulas de Localizada, menos frequentemente os instrutores utilizam o critério organização para se dirigir aos praticantes. Constatou-se que há uma correlação fraca negativa (-0.374) entre a mestria e a performance, com um nível de significância de 0,000. Ao analisarmos esta associação verificamos que, quanto mais a perceção dos atletas sobre a comunicação (comportamento pedagógico) dos instrutores for orientada para a Mestria, menor será a orientação percebida para a Performance. Verificou-se ainda que existe uma correlação entre a dimensão mestria e o critério Outros Comportamentos, com um nível de significância de 0,037 e um R igual a 0,542. Ao analisarmos esta associação verificamos que esta é uma associação linear positiva moderada, isto é, quanto mais orientada para a mestria for a comunicação dos instrutores (pela perceção dos praticantes), maior será a adoção de outros comportamentos na forma de comunicação do instrutor.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.15/1924







As atividades de enriquecimento curricular : a voz dos atores

17-Outubro-2017 - rcaap.pt



As Atividades de Enriquecimento Curricular (AEC) trouxeram um acréscimo de tarefas e de mudanças nas rotinas das escolas. Reconfiguraram o 1º ciclo do ensino básico ao nível da organização pedagógica e da gestão curricular, transformando de forma radical o tempo e o espaço destas escolas. As alterações foram de tal forma significativas que provocaram alguns constrangimentos e insegurança, no seio da Comunidade Educativa. As AEC introduziram também novas dinâmicas e dotaram as escolas de ferramentas que visam enriquecer as aprendizagens e o desenvolvimento dos alunos em múltiplas dimensões. Permitiram também a sua permanência gratuita na escola, durante o tempo de trabalho dos pais. Dez anos depois da sua implementação, importa compreender como é que a Comunidade Educativa as assume e vivencia. O nosso estudo é de natureza qualitativa incorpora dados quantitativos e recorre à entrevista, ao questionário, à pesquisa documental e à análise de conteúdo. Os resultados da investigação evidenciam que o modelo AEC implementado no Agrupamento é do agrado da maioria dos intervenientes, sendo frequentado pela quase totalidade dos alunos do 1º ciclo. O horário em que decorrem as atividades e o excesso de horas passadas em contexto escolar é visto como um constrangimento, por reduzir o tempo de lazer e de brincadeira dos alunos e agravar alguns problemas comportamentais. As AEC são importantes. Proporcionam a aquisição de novas aprendizagens que se articulam pontualmente com as aprendizagens escolares, sendo realçada a falta de tempos comuns dos docentes para aprofundarem a articulação curricular e pedagógica. O Município é parceiro na concretização deste modelo, mas os intervenientes têm pouca informação sobre o seu papel.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.14/22966







6 dicas para aceitar bem as críticas no trabalho

16-Outubro-2017 - universia.net



As críticas podem ser construtivas ou destrutivas mas, independentemente do tipo de críticas que te façam, há que saber lidar com elas. REGISTE O SEU CV GRÁTIS REGISTE AQUI Aprenda a aceitar melhor as críticas que lhe fazem no seu local de trabalho e verá que terá menos fatores de stresse. Acaba de entregar aquele que considera ser o relatório perfeito, mas o seu chefe devolve-lhe uma lista com tudo o que tem de alterar. Não desanime, e muito menos leve as sugestões impostas a peito, lembre-se que as críticas são essenciais ao processo de crescimento individual e profissional de todos nós. Fique a conhecer 6 dicas para aceitar melhor as críticas no trabalho e tornar-se no colaborador exemplar: Aceite que não é perfeito Ninguém é perfeito! Se muitas vezes acredita que é perfeito e que nada do que faz pode estar errado, apenas se está a enganar a si próprio e as consequências podem ser nefastas . Faça uma ou duas revisões antes de entregar a versão final Faça as revisões necessárias ao seu trabalho , no mínimo duas vezes: assim que o termina e antes de o entregares ao seu chefe. Verifique cada detalhe, cada um dos dados apresentados e certifique-se que não passou nenhuma gralha. Se possível peça a algum colega que dê uma vista de olhos para se certificar que nada lhe passou ao lado. 3- Não leve as coisas a peito Perceba que o seu chefe não lhe chamaria a atenção se não fosse necessário. Em todo o caso, se isso estiver realmente a acontecer, tem que saber lidar com as críticas, caso contrário, talvez seja melhor mudar de emprego  ou aprender a lidar com um chefe exagerado e que está sempre a implicar consigo. Se acredita que não é esse o caso, aceite o facto que ele apenas quer que faça um trabalho mais completo e da melhor maneira possível. 4- Ouça atentamente Caso não preste a devida atenção aos comentários e feedbacks do seu chefe, está condenado a repetir continuamente os mesmos erros. Anote tudo o que lhe é transmitido  e tenha em mente qual é, segundo o seu chefe, a solução para o problema. Desta forma evitará repetir os mesmos erros e, consequentemente, sofrer como novas chamadas de atenção. 5- Não mostre ressentimento Ficar ressentido ou deprimido por causa de uma crítica , acabando por afetar o seu trabalho é um erro . Esqueça os erros que comete, mas lembra-se das soluções e concentre-se em fazer o melhor possível da próxima vez. 6- Resolva as coisas Se está chateado porque foi criticado pelo seu chefe, pode mostrar-lhe que está chateado, mas reconheça que errou. Se o seu ressentimento se deve à forma como foi abordado ou como as coisas foram tratadas, explique-lhe diretamente aquilo que o incomoda, para não ficar a remoer e para que a situação em questão não se volte a repetir. Quer saber mais? Veja todas as notícias



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/cultura/noticia/2017/10/16/1155965/6-dicas-aceitar-bem-criticas-trabalho.html







Procedimentos de Emergência em Caso de Incêndio

16-Outubro-2017 - universia.net



2017 ficará para a história como um dos piores de sempre no que respeita a incêndios em Portugal e quando já pensávamos que o pior tinha passado, eis que outubro nos volta a surpreender. No entanto, nunca é demais divulgar alguns procedimentos a ter em atenção caso o incêndio se aproxime da sua habitação. Sabemos que perante o perigo e a situação de aflição nem sempre é fácil manter a calma necessária a ultrapassar os momentos de perigo, mas aqui ficam alguns conselhos, segundo a Associação Portuguesa de Segurança: Caso o incêndio se aproxime de sua casa deve: Avisar seus vizinhos Cortar o gás e desligar a corrente elétrica Molhar abundantemente as paredes da casa e os arbustos e vegetação que a rodeiam Soltar os animais que tenha em cativeiro para que se salvem - caso os tenha, claro Ter consciência que em caso de necessidade terá mesmo que ser evacuado. Mas atenção, apenas deverá deslocar-se do local em que se encontra, se se tratar de uma recomendação das autoridades ou caso a sua vida corra perigo, caso contrário, mantenha-se junto à sua casa pois pode ser o mais seguro nesse momento Manter-se informado do ponto de situação através das rádios locais Obedecer SEMPRE, e rapidamente, às autoridades Em caso de evacuação lembre-se que as autoridades apenas ordenaram a evacuação porque a sua vida corre perigo, por isso deve: Durante a evacuação ajude os que mais precisam como as crianças, idosos, pessoas com mobilidade reduzida, etc Não leve consigo objetos pessoais desnecessários que apenas vão atrapalhar e atrasar a sua fuga Não volte atrás até ordem em contrário Caso fique cercado por um incêndio deve: Tentar sair na direção contrária à do vento. Caso tenha de se refugiar, procurar uma zona com acesso a água e com pouca vegetação Enrolar-se em roupas molhadas, cobrindo também a cabeça Manter-se agachado para respirar junto ao chão, evitando inalar fumo. Se possível, coloque um lenço molhado a cobrir o nariz e a boca Caso não consiga abandonar a área onde está, aguarde pelo auxílio dos bombeiros



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/educacao/noticia/2017/10/16/1156158/procedimentos-emergencia-caso-incendio.html







Maggi diz que crise do leite no Brasil se resolverá com retomada da economia

16-Outubro-2017 - ebc.com.br



O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, disse hoje (16) que a pasta não tem recursos para equilibrar o mercado do leite com compras governamentais do produto e que a crise no setor deve ser resolvida com o aumento da demanda quando a economia melhorar. Segundo Maggi, o leite não precisa de incentivos para ser consumido no Brasil e a retomada da economia deve resolver a situação dos produtores, prejudicados pela queda dos preços internos. Todos nós consumimos leite pela manhã, compramos produtos com leite. Para aumentar o consumo tem que aumentar a renda. Quanto maior a renda dos consumidores, mais eles partirão para a compra de comida e de insumos pessoais". Produtores de leite brasileiros reclamam de queda no preço do produto no mercado interno Arquivo/Agência Brasil O ministro reconheceu que o governo poderia comprar o leite, estocá-lo e vendê-lo quando as condições de mercado estivessem melhores, por meio da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), mas disse que não há orçamento para isso neste momento. O ministério não tem orçamento. Há uma discussão dentro do MDA [Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário] para que possam alocar algum recursos ainda neste ano e a gente possa fazer uma compra maciça, enxugando o mercado, isso ajuda bastante. Em todo o Brasil, há mais de 1 milhão de produtores de leite e há registro de atividade leiteira em 99% dos municípios. Em toda a cadeia do leite estão envolvidos cerca de 4 milhões de trabalhadores. Suspensão do Uruguai Na semana passada, atendendo a uma demanda do setor e da Frente Parlamentar da Agropecuária, Maggi decidiu suspender as licenças de importação de leite do Uruguai . Mais barato, o leite uruguaio, de acordo com o ministro, tem contribuído para a crise no setor no Brasil e a situação está se transformando em quase insuportável para o produtor local, em função dos custos que inviabilizam competir com o produto do país vizinho. O argumento usado pelo ministro foi de que o Uruguai exporta mais leite do que poderia produzir, o que poderia sinalizar que o país vende ao Brasil leite comprado de terceiros. Hoje, Maggi voltou a falar sobre o assunto e disse que uma comitiva brasileira deverá ir essa semana ao Uruguai para fazer as vistorias necessárias. Temos que acelerar as discussões externas e internas também. Eu vou dizer com toda a tranquilidade, não é uma medida definitiva, nós não conseguimos segurar isso por muito tempo. Até porque se eles [Uruguai] recorrerem à OMC [Organização Mundial do Comércio] e a qualquer organismo internacional, eles têm direito de vender o leite para o Brasil, ponderou. A suspensão da compra de leite uruguaio, segundo Maggi, valerá até que seja concluída a rastreabilidade do produto e só será revertida se conseguirem comprovar que 100% do volume exportado ao país são produzidos no Uruguai. O ministro defendeu o estabelecimento de uma cota de importação do produto pelo Brasil, o que ajudaria a regular o mercado. Parceiro comercial O comércio com o Brasil é estratégico para o Uruguai. Dados da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) mostram que o Brasil comprou 86% da produção de leite em pó desnatado uruguaio e 72% do integral, em 2017. Nos primeiros seis meses deste ano, já foram importadas 41.811 toneladas de leite em pó do país vizinho. No total, 36% do comércio de produtos do agronegócio e 25% de todos os produtos comercializados entre os países referem-se a produtos lácteos. Ao receber a notícia da suspensão, o governo uruguaio se disse surpreso e afirmou que a decisão foi tomada de forma unilateral pelo Brasil, sem nenhuma advertência anterior. Segundo o chanceler Rodolfo Nin Novoa, é absolutamente insustentável que se diga que o Uruguai triangula leite para vender ao Brasil. Novoa diz que o Uruguai vende 100 mil toneladas de leite por ano ao Brasil. Por outro lado, importa apenas 300 toneladas de outros países. O Uruguai advertiu que a postura do Brasil poderá prejudicar a abertura da União Europeia ao Mercosul (Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai). Quando os negociadores da UE virem como, entre nós, seguimos colocando travas, nossa posição se torna inconsistente, afirmou Novoa. O governo uruguaio enviou uma nota ao Brasil expondo esses riscos. De acordo com nota divulgada pela presidência do Uruguai, na última sexta-feira (13), o presidente Michel Temer conversou por telefone com o presidente Tabaré Vázquez. Segundo os uruguaios, Temer comunicou seu compromisso pessoal de que não haverá inconvenientes no ingresso de produtos lácteos uruguaios no Brasil.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/maggi-diz-que-crise-do-leite-no-brasil-se-resolvera-com-retomada-da







Credores afirmam que plano de recuperação da Oi protege atuais acionistas

16-Outubro-2017 - ebc.com.br



O plano de recuperação da Oi foi rejeitado por credores e detentores de papeis da empresa. A Oi apresentou seu plano à Justiça na quarta-feira (11) e, dois dias depois, um grupo de credores e detetores de papeis da telefônica divulgou nota na qual informa que os termos do documento serão analisados por milhares de credores em assembleia marcada para o dia 23 deste mês. Para os autores da nota, o objetivo do plano é proteger os atuais acionistas. [O plano de recuperação] parece ter como objetivo somente proteger e aumentar os interesses dos atuais acionistas, em detrimento do melhor interesse da companhia e demais partes interessadas, diz a nota assinada pelos dois maiores grupos de credores da Oi, o Oi Creditors Groups e o grupo representado pela FTI Consulting, que, juntos, têm a receber cerca de US$ 6,4 bilhões, cerca de R$ 22 bilhões. Segundo os credores, o plano de recuperação apresentado pela Diretoria e pelo Conselho de Administração da Oi "ignora preocupações fundamentais dos credores, ameaçando a viabilidade da companhia no longo prazo e enriquecendo abusivamente os atuais acionistas" e [...], no melhor dos cenários, resultará em uma empresa inviável ou insustentável. O processo de recuperação judicial da Oi, iniciado em junho do ano passado, é o maior da história do país. A empresa acumula dívidas de mais de R$ 64 bilhões e tem cerca de 55 mil credores. Em linhas gerais, o plano de recuperação da Oi prevê capitalização de R$ 9 bilhões. Desse total, parte viria da conversão de dívidas em participação acionária, cerca de R$ 3,6 bilhões. R$ 3,5 bilhões em dinheiro aportado por bondholders (detentores de títulos) e R$ 2,5 bilhões vindos dos acionistas. A empresa espera conseguir consenso entre acionistas, bondholders e credores para que a proposta possa ser colocada em votação na assembleia de credores. A nota dos credores foi encaminhada aos ministros da Fazenda, Henrique Meirelles. da Casa Civil, Eliseu Padilha. das Relações Exteriores, Aloysio Nunes. e da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação, Gilberto Kassab. De acordo com a nota, embora tenha tido aproximadamente um ano e meio para fazê-lo, a Oi não se engajou em negociações sobre o plano de recuperação judicial com o seu maior grupo organizado de credores e a diretoria apenas se reuniu com os grupos de credores Oi e a FTI no dia anterior à apresentação de seu plano alterado e após o plano já ter sido aprovado pelo conselho de administração, impedindo assim que os credores pudessem apresentar sugestões, evidenciando o conflito de interesse que marca esse processo. Para os credores, a Oi optou por privilegiar a negociação com pequenos credores conforme números divulgados pela empresa na semana passada, aproximadamente 18 mil credores fecharam acordos com a Oi. De acordo com a telefônica, até o momento, foram fechados cerca de 18 mil acordos, o que inclui um total de R$ 243 milhões em créditos. [A Oi] "parece ter perdido tempo negociando com um pequeno grupo de credores conflitantes, alguns dos quais também detém ações, para um acordo fracassado que foca exclusivamente na preservação do valor para os atuais acionistas", diz a nota. Tal descuido, acrescenta a empresa, pode comprometer o resultado da assembleia de credores. Em um possível cenário, se o plano não for aprovado, poderá ser decretada falência da empresa. Outro possível cenário seria a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decretar a intervenção ou a caducidade das concessões da Oi. Essa falta de engajamento é particularmente grave, uma vez que os grupos de credores [da] Oi e o grupo representado pela FTI representam o maior grupo organizado de credores da Oi e é o único grupo representativo que pode efetivamente auxiliar a companhia na elaboração de um plano que seja exequível, além de assegurar o fornecimento de dinheiro novo, diz a nota. Os credores afirmam ainda que, além de tratar os credores de forma desigual, falta comprometimento de novos recursos. O aumento de capital previsto no plano alterado da Oi não possui comprometimento firme de novos recursos, de forma que é improvável que atraia investidores, tendo em vista o mecanismo obscuro e sem precedentes de fixação de preços. Para os credores, o plano também não prevê reformas na governança, o que levaria à ausência de compromisso dos investidores com a injeção de dinheiro novo sem mudanças significativas na governança, já que a estrutura de governança atual é uma das principais causas da atual restruturação. Ex-ministro Hélio Costam representante do Conselho Administrativo da Oi Arquivo/Agência Brasil A resposta foi dada pelo ex-ministro das Comunicações Hélio Costa (2005-2010) e membro do Conselho de Administração da Oi. Ainda na sexta-feira, Costa enviou a resposta aos ministros, repudiando a ação das agências. Segundo o ex-ministro, as agências buscam condicionar as negociações ao atendimento pleno dos seus interesses, "usando o expediente da advertência e da ameaça para impor um desfecho que lhes favoreça mesmo, com o sacrifício do restauro da empresa". Costa, que representa o grupo do empresário Nelson Tanure, do Société Mondiale, no Conselho de Administração, afirmou que a atitude seria uma forma de chantagem. "Esse método de pressão e chantagem mostra-se especialmente danoso a uma empresa que tem feito todos os esforços possíveis para sair da recuperação judicial de maneira sólida, ao mesmo tempo em que atende a exigências de credores nos limites de sua capacidade financeira." Disputa Além das dificuldades em torno do consenso envolvendo o plano de recuperação, a Oi trava na Justiça uma disputa com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A empresa deve cerca de R$ 11 bilhões em multas a agência reguladora. Na tarde desta segunda-feira (16), está sendo realizada nova reunião de um grupo de trabalho com representantes de vários ministérios para encontrar uma saída legal para a companhia. Na semana passada, após se reunir com o ministro Henrique Meirelles, a advogada-geral da União, Grace Mendonça, disse que o governo cogita uma mudança na legislação para ajudar a Oi, caso a solução definida pelo grupo não tenha respaldo na norma legal vigente. A AGU é responsávelpela interlocução junto à Justiça dos interesses do governo e da Anatel. Grace Mendonça disse que o governo poderia enviar uma proposta (projeto de lei ou medida provisória) ao Congresso. É um início de trabalho. Não há exclusão de nenhuma possibilidade, disse a ministra após a reunião do grupo. Ela acrescentou que o grupo de trabalho está disposto a analisar todas as opções, desde que haja sustentação jurídica. Entre as hipóteses, estão a renegociação parcial da dívida bilionária dentro das regras da Medida Provisória 780, que criou o parcelamento para as autarquias. o alongamento de prazos para o pagamento dos débitos e a conversão em investimentos de parte das multas aplicadas pela Anatel à operadora.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/credores-afirmam-que-plano-de-recuperacao-da-oii-protege-atuais-acionistas







Proteção Civil diz que situação é “bastante complexa” e aponta “escassez de meios”

16-Outubro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



A Proteção Civil classificou hoje à noite como bastante complexa a situação relativa aos incêndios em curso no país, sublinhando a escassez de meios de combate tendo em conta a[...] O post Proteção Civil diz que situação é bastante complexa e aponta escassez de meios aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/protecao-civil-diz-situacao-bastante-complexa-aponta-escassez-meios/







Proteção Civil diz que situação é ´bastante complexa´ e aponta ´escassez de meios´

16-Outubro-2017 - sapo.pt



A Proteção Civil classificou hoje à noite como "bastante complexa" a situação relativa aos incêndios em curso no país, sublinhando a "escassez de meios" de combate tendo em conta a dimensão dos fogos.



Link para o texto completo:
 
http://noticias.sapo.pt/nacional/artigo/protecao-civil-diz-que-situacao-e-bastante-complexa-e-aponta-escassez-de-meios_23116106.html







Alterações ao regime simplificado do IRS abrangem apenas 10% dos contribuintes

16-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



Há cerca de 1,043 milhões de contribuintes com rendimentos do trabalho independente, dos quais 929.200 declaram receber menos do que 16.416 euros por ano.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/0q78__pjRqU/alteracoes-ao-regime-simplificado-do-irs-abrangem-apenas-10-dos-contribuintes-8849282.html







´Ficou lá tudo o que tinha´

16-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



De idade avançada, com poucos rendimentos, os habitantes de Santa Comba Dão não sabem onde vão buscar agora forças e dinheiro para reconstruir o trabalho de uma vida.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/Yd36DI4nROM/ficou-la-tudo-o-que-tinha-8849036.html







Protecção Civil diz que situação é ´bastante complexa´ e aponta ´escassez de meios´

16-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



A Proteção Civil classificou hoje à noite como "bastante complexa" a situação relativa aos incêndios em curso no país, sublinhando a "escassez de meios" de combate tendo em conta a dimensão dos fogos.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/proteccao-civil-diz-que-situacao-e-bastante-complexa-e-aponta-escassez-de-meios







12 candidatos aos projectos para o metro do Porto

16-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



O concurso para a elaboração dos projectos das duas novas linhas da rede do Metro do Porto, com um valor de referência de 4,7 milhões de euros, recebeu 12 propostas. A adjudicação está prevista para Dezembro.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/transportes/detalhe/12-candidatos-aos-projectos-para-o-metro-do-porto







Exportações e investimento foram os brindes da economia

16-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



O Governo foi surpreendido desde Abril por uma melhoria generalizada da economia, mas investimento e exportações destacam-se, enquanto o emprego cresce ao dobro do ritmo. Para 2018, o arrefecimento também é transversal.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/conjuntura/detalhe/exportacoes-e-investimento-foram-os-brindes-da-economia







Relatórios de Estágio realizado na Farmácia Barreira (Portugal) e no Hospital Universitari i Politècnic la Fe (Espanha)

16-Outubro-2017 - rcaap.pt





Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10216/107507







A visão dos futuros professores sobre o(s) modelo(s) de supervisão e respetivos fundamentos: entre a teoria e a aplicação

15-Outubro-2017 - rcaap.pt



Sustenta-se que o exercício da profissão de professor requer um conhecimento multidimensional do saber, autorizando o emergir de uma plurivocidade de práticas que permitam legitimar e sustentar o desempenho profissional dos seus atores, (trans)(in)formando-os. Faz então sentido, na formação inicial de professores, falar de supervisão pedagógica como a necessidade de obter respostas pela necessidade de levantar questões. Neste sentido, a pesquisa que se apresenta visa, por um lado, contribuir para a reflexão sobre os modelos de supervisão pedagógica adotados pelos professores supervisores no âmbito dos cursos de formação inicial de professores e, por outro, perceber em que medida esses modelos exercem alguma influência sobre os futuros professores ao nível das práticas de ensino em contexto de estágio. A ideia de supervisão que se tem vindo a afirmar entre os profissionais de ensino é que esta se constitui como um mecanismo de conformidade e reprodução e não como uma estratégia de transgressão e transformação. Neste sentido, a nossa preocupação sustentou-se na seguinte questão de partida: Em que medida os modelos de supervisão adotados pelos supervisores influenciam as práticas reais de ensino, em estágio, dos professores em formação inicial? O estudo procurou ainda dar resposta a um conjunto de questões: (i) Quais as dimensões de supervisão que, com base na experiência vivenciada na Unidade Curricular de Prática de Ensino Supervisionada (estágio), mais contribuíram para facilitar a apropriação de competências profissionais por parte dos/as futuros/as professores/as, cuja ação educativa se desenvolveu em diferentes?; (ii) que modelo(s) de supervisão, no entender dos/as formandos/as-futuros/as professores/as, pode favorecer mais, e porquê, o processo de se tornar professor/a?; e (iii) que relações intra e interpessoais se estabelecem entre supervisor/a-formando/a que os/as formandos/as consideram tornar mais eficaz a ação do futuro professor em situação de estágio? O inquérito por questionário e a entrevista constituíram-se um suporte fundamental para a recolha de dados, sendo que nos possibilitaram perceber uma realidade mais objetiva do papel do supervisor entendida pelos/as formandos/as envolvidos/as no seu processo de formação inicial, no caso concreto, nos mestrados profissionalizantes para o ensino em vigor em Portugal nos anos letivos de 2014/2015 e 2015/2016. O campo do estudo restringe-se aos estabelecimentos públicos do Ensino Superior Politécnico localizados em Portugal e que habilitem profissionalmente para a docência na educação pré-escolar e no ensino básico. As análises, descritiva e de conteúdo, sustentaram a interpretação dos dados empíricos, recolhidos numa primeira fase através de inquérito por questionário e, posteriormente, através de entrevistas semiestruturadas a alguns dos colaboradores formandos/as-futuros/as professores/as. Na avaliação do estudo ambicionou-se revelar as diversas formas de conceber o papel do supervisor/a e compreender como é que o trabalho de supervisão é (ou não) mobilizado como dispositivo de construção de conhecimento profissional.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10198/13972







Contribuição para o estudo dos hemoparasitas dos bovinos na Beira Interior

15-Outubro-2017 - rcaap.pt



Portugal é caracterizado por ter um clima mediterrâneo quente e temperado, com estações do ano distintas, o que propicia um ambiente adequado para o desenvolvimento de uma ampla gama de espécies de carraças. As carraças são os principais vetores responsáveis pela transmissão de hemoparasitas aos bovinos, nomeadamente Theileria spp., Babesia spp. e Anaplasma spp.. Pretendeu-se com o presente trabalho contribuir para o estudo dos hemoparasitas dos bovinos na Beira Interior, estimando a prevalência de hemoparasitas nessa região, identificando possíveis fatores de risco associados à infeção dos animais, caracterizando uma amostra de ixodídeos recolhidos de uma exploração aleatoriamente e promover a consciencialização por parte dos produtores sobre a importância do controlo dos vetores na prevenção da transmissão dos hemoparasitas. Para tal, procedeu-se à recolha de amostras sanguíneas de 111 animais, escolhidos aleatoriamente, num total de 8 explorações, para realização de esfregaços sanguíneos e posterior análise microscópica. Os animais foram considerados positivos se, ao exame microscópico fosse visível um parasita do género Anaplasma spp., Babesia spp. ou Theileria spp.. Foi obtida uma prevalência de 100%, comprovando que a Beira Interior é endémica no que diz respeito aos hemoparasitas. O género Anaplasma spp. (espécie Anaplasma marginale) (100%) foi o mais prevalente, seguido de Theileria spp. (33%) e o por último Babesia spp., que foi o género menos encontrado (3%). Não se conseguiu apurar nenhuma associação aparente entre as variáveis raça e sinais clínicos com a ocorrência de hemoparasitas. Foi nos animais com idades compreendidas entre 5 e 10 anos e mais de 10 anos, que se observou uma prevalência maior do género Babesia spp., quer como infeção simples, dupla ou tripla. A visualização de “algumas” e “muitas” carraças por parte dos produtores foi identificada como um fator de risco para a ocorrência de hemoparasitas, mais propriamente no que diz respeito á infeção dupla por Anaplasma marginale e Theileria spp. e, à infeção por Theileria spp. individualmente, por outro lado não se conseguiu estabelecer uma associação aparente entre a frequência dos tratamentos utilizados em cada exploração e a ocorrência de hemoparasitas. A amostra de ixodídeos recolhidos, revelou uma predominância do género Hyalomma spp., tendo sido visualizadas microscopicamente formas intra-eritrocitárias compatíveis com Anaplasma marginale, em quatro fêmeas ingurgitadas do género Hyalomma spp.. A Beira Interior apresenta fatores de risco associados à presença e disseminação de hemoparasitas, este trabalho pode ser uma contribuição importante para a sensibilização dos produtores e médicos veterinários para o desenvolvimento de melhores formas de controlo e de prevenção da doença.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10437/8256







Desenvolvimento folicular ao longo do ciclo éstrico na cadela e gata

15-Outubro-2017 - rcaap.pt



Ao longo do ciclo éstrico estão presentes folículos ováricos em todas as fases de desenvolvimento, isto é, em quiescência, crescimento e atresia. No entanto, cada espécie tem a sua própria escala temporal de desenvolvimento, envolvendo processos como a proliferação e diferenciação das células foliculares. Contudo, o conhecimento sobre os mecanismos que regulam o desenvolvimento folicular é ainda fragmentário. O desvendar destes processos poderá contribuir para o desenvolvimento de novos métodos de controlo da fertilidade. O objetivo do presente estudo consiste em determinar se a proliferação celular nos folículos ovários está relacionado com o recrutamento e desenvolvimento folicular, acompanhando a sua ocorrência ao longo do ciclo éstrico. Este trabalho foca-se ainda na comparação do desenvolvimento e recrutamento folicular entre cadelas e gatas, espécies que embora filogeneticamente afastadas, concentram forte interesse veterinário. Foram recolhidos ovários de 13 cadelas e 11 gatas com idades compreendidas entre os 5 meses e 2 anos de idade, os quais foram agrupados de acordo com a fase do ciclo éstrico. A fase do ciclo éstrico foi determinada através da citologia vaginal, concentração plasmática de progesterona (P4) e observação histológica dos ovários. O estudo foi desenhado no sentido de utilizar a expressão do Antigénio Nuclear de Proliferação Celular (PCNA) como marcador de proliferação celular nos folículos ováricos. Este estudo apresenta uma descrição detalhada do padrão de expressão de PCNA durante o desenvolvimento folicular nestas duas espécies, os resultados obtidos permitiram concluir que a proliferação celular varia consoante o desenvolvimento folicular e a fase do ciclo éstrico, tanto em cadelas como em gatas, havendo uma interação significativa entre estas duas variáveis. Neste contexto, a regulação da proliferação celular no folículo poderá ser uma via terapêutica para o controlo da fertilidade (estimulação ou contraceção). Contudo, este trabalho servirá essencialmente como base para estudos subsequentes que permitam desvendar melhor os processos fisiológicos que regulam a foliculogénese. Além disso, o presente trabalho e estágio contribuíram ainda para estabelecer e otimizar o protocolo de imunohistoquímica no laboratório de investigação da FMV-ULHT.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10437/8257







Relatório de Estágio realizado na Farmácia Barreiro

15-Outubro-2017 - rcaap.pt





Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10216/107447







O papel do microcrédito na iniciativa empresarial em Cabo Verde

15-Outubro-2017 - rcaap.pt



Os primeiros contactos com o microcrédito em Cabo Verde começaram em meados dos anos 90, com o surgimento de Organizações Não Governamentais (ONG) nacionais que emergiram a partir do apoio cedido por outras ONG internacionais com experiência no campo internacional. Com este estudo pretende-se identificar e compreender a importância do microcrédito na vida dos cabo-verdianos e verificar a relação existente entre o microcrédito e o empreendedorismo em Cabo Verde. O estudo empírico foi realizado a partir de uma metodologia qualitativa, baseada em estudos de caso múltiplos, com base na técnica da entrevista semiestruturada a seis das quinze organizações que operam na área do microcrédito em Cabo Verde. A amostra é constituída por uma organização estatal (Caixa Económica de Cabo Verde - CECV), e cinco ONG - Associação Cabo-verdiana de Autopromoção da Mulher (MORABI), Organização das Mulheres de Cabo Verde (OMCV), Associação de Apoio às Iniciativas de Autopromoção (SOLMI), a Associação de Apoio às Iniciativas de Autopromoção da Família (FAMI-PICOS) e o Centro de Inovação em Tecnologias de Intervenção Social para o Habitat (CITI-Habitat). Os resultados do estudo permitiram identificar que as mulheres são as principais destinatárias do microcrédito e verificar o seu impacto na redução do desemprego, na mudança de vida dos cabo-verdianos, e o seu papel na luta contra a pobreza. Permitiu ainda constatar que o microcrédito está intimamente relacionado com o empreendedorismo na medida em que o principal objetivo dos programas de financiamento atribuídos é o desenvolvimento de atividades geradoras de rendimento, muito embora estas sejam também acompanhadas por iniciativas destinadas à capacitação e formação dos beneficiários.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.22/10340







A transição do pré-escolar para o 1ºCEB: uma preocupação de todos

15-Outubro-2017 - rcaap.pt



Relatório da Prática Profissional Supervisionada Mestrado em Educação Pré-Escolar



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.21/3972







Steroid hormones liquid chromatography-tandem mass spectrometry analysis in endometriosis

15-Outubro-2017 - rcaap.pt



Trabalho Final de Mestrado Integrado, Ciências Farmacêuticas, Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2013



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10451/29306







Study of the effect of silencing differentially overexpressed genes in center and periphery glioblastoma cells using siRNA

15-Outubro-2017 - rcaap.pt



Trabalho Final de Mestrado Integrado, Ciências Farmacêuticas, Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2013



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10451/29307







Actualização do direito: actualização das teorias sociais

15-Outubro-2017 - rcaap.pt



O direito moderno tem servido a concentração no Estado das diferentes formas de condução política, próprias da aristocracia, da burguesia, dos trabalhadores, segundo a fórmula de Montesquieu: separação de poderes integrados. Nas últimas décadas, a troca de liberdades por segurança tem menorizado o direito. A globalização não foi acompanhada pela reorganização judiciária. Há épocas, como a que vivemos, onde é preciso voltar a pensar nos direitos, como um todo, para os atualizar. Quando a sociedade evoluiu para formas cada vez mais desconcentradas de poder, através da multiplicação de instituições e a sua dispersão por diferentes níveis local, nacional, regional, global, sideral multiplicados pela internet, capaz de criar um mundo virtual à medida de cada pessoa, a estratégia tão eficaz e satisfatória de Montesquieu continua a ser útil?



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10071/14508







Os motivos de sucesso, afiliação e poder – Desenvolvimento e validação de um instrumento de medida.

15-Outubro-2017 - rcaap.pt



Este artigo expõe o modo como foi desenvolvido e validado um instrumento de medida dos três motivos mais profusamente estudados por McClelland e seus colaboradores: sucesso, afiliação e poder. O estudo envolveu várias fases: a) foram recolhidos itens na literatura; b) elaborou-se um questionário contendo 58 escalas tipo Likert, de 7 pontos; c) este questionário foi aplicado a uma amostra composta por 243 indivíduos; d) por intermédio da análise factorial das componentes principais, procedeu-se a uma «depuração», donde resultou um questionário composto por 27 itens. Obtevese uma estrutura factorial de três dimensões correspondentes aos três motivos mencionados. Os coeficientes Alfa de Cronbach cifram-se em valores superiores ao mínimo sugerido por Nunnally (1978). O instrumento emergente denota boas propriedades psicométricas, embora sejam necessários estudos adicionais de validação, designadamente recorrendo a análises factoriais confirmatórias, comparando perfis motivacionais de pessoas com diferentes opções profissionais, e estudando o poder explicativo dos motivos para o desempenho académico dos estudantes em diferentes níveis de dificuldade/desafio.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.12/5841







Impacto das novas regras levanta dúvidas sobre IRS dos recibos verdes

14-Outubro-2017 - publico.pt



Alterações ao regime simplificado do IRS força trabalhadores a apresentarem despesas para abatimento. Novo regime contributivo continua sem avanços.



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/10/14/economia/noticia/impacto-de-novas-regras-levanta-duvidas-sobre-irs-dos-recibos-verdes-1788970







Presidente admite que não consegue estar em “todo o lugar ao mesmo tempo”!

14-Outubro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse hoje que não tem o dom da ubiquidade, apesar de considerar legítimos e justificados melindres de alguns setores profissionais com a[...] O post Presidente admite que não consegue estar em todo o lugar ao mesmo tempo! aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/presidente-admite-nao-consegue-estar-os-lados-aos-mesmo-tempo/







Estado tem mil agentes a guardar veículos apreendidos

14-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



Há mil agentes da polícia, guardas e outros funcionários a guardar pelo menos 10 mil veículos. Uso destes carros pela polícia é possível mas muito demorado. Governo quer reduzir custos desta operação.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/meLr9SYBTpE/estado-tem-mil-agentes-a-guardar-veiculos-apreendidos-8843607.html







Sofia Morais ganha prémio de jornalismo a título póstumo

14-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



Prémio "Farmacêuticos e Sociedade" foi entregue à família pelo Presidente da República. Júri fala num prémio de carreira "por toda a atenção e cuidado com que Sofia Morais tratava os temas da Saúde".



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/uc0LFh3LsWk/sofia-morais-ganhapremio-de-jornalismo-a-titulo-postumo-8843492.html







O essencial do OE 2018. O que muda na vida dos portugueses?

14-Outubro-2017 - sapo.pt



Orçamento do Estado 2018 traz mudanças nos impostos, nas pensões, nas carreiras e noutras áreas. Saiba quais.



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/95733/o_essencial_do_oe_2018_o_que_muda_na_vida_dos_portugueses?utm_source=rss







Documento fica ´aquém do que é fundamental para trabalhadores´ - CGTP

14-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/hodEkoCbagM/315631-documento-fica-aquem-do-que-e-fundamental-para-trabalhadores-cgtp







CDS-PP critica ´ataque encoberto´ a trabalhadores independentes

14-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/2JulnL694Gk/315636-cds-pp-critica-ataque-encoberto-a-trabalhadores-independentes







Mário Centeno garante que trabalhadores independentes ´vão pagar menos IRS´

14-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/wDRN85yhyik/315645-mario-centeno-garante-que-trabalhadores-independentes-vao-pagar-menos-irs







OE2018: O que muda para a Função Pública

14-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



Acaba-se o pagamento dos subsídios em duodécimos, as horas extraordinárias serão repostas e haverá progressões na carreira, pagas de forma gradual. Estas são as medidas que mais vão influenciar a vidas dos funcionários públicos no próximo ano.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/financas-publicas/orcamento-do-estado/detalhe/oe2018-o-que-muda-para-a-funcao-publica







Centeno: Recibos verdes também vão pagar menos IRS

14-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



O ministro das Finanças, Mário Centeno, garante em entrevista à Antena1 que os trabalhadores independentes, tal como todos os outros trabalhadores, também vão pagar menos IRS



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/multimedia/negocios-tv/detalhe/centeno-recibos-verdes-tambem-vao-pagar-menos-irs







Os ativos fixos tangíveis: uma análise comparativa da sua mensuração no âmbito do SNC-AP português e do PGCP espanhol

14-Outubro-2017 - rcaap.pt



Este trabalho tem por objetivos efetuar um estudo comparativo do definido no Sistema de Normalização Contabilística para as Administrações Públicas (SNC-AP, 2015) português e no Plan General de Contabilidad Publica (PGCP, 2010) espanhol, quanto aos critérios a aplicar na mensuração dos ativos fixos tangíveis (AFT). Com este estudo concluímos que estes diplomas são convergentes, de um modo geral, quanto à mensuração dos AFT. Ambos referem o justo valor como critério de mensuração explicitamente definido, mas com alguns limites de aplicação: na mensuração inicial, apenas é aplicável em situações particulares; e, na mensuração subsequente, é visto como um tratamento alternativo ao custo.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/11110/1310







Avaliação da composição corporal

14-Outubro-2017 - rcaap.pt



O seguinte relatório apresenta a metodologia desenvolvida ao longo da Prática de Ensino Supervisionada do Mestrado em Ensino do 1º e 2º Ciclo, nas disciplinas de Português, Geografia, História, Ciência da Natureza e Matemática. O relatório encontra-se organizado em três capítulos, o primeiro descreve o enquadramento institucional, com destaque a caracterização do meio, da unidade escolar onde ocorreu a PES, seguido pela apresentação da turma. No que concerne o segundo capítulo, será descrito todo o processo de Prática de Ensino Supervisionada, o qual aborda a experiência de ensino/aprendizagem que ocorreu na turma do 6º ano da UEB Professor Sá Valle. O terceiro capítulo diz respeito aos dados obtidos com a mensuração da composição corporal dos alunos da referida UEB, apresentando seu conceito, importância e finalidade, as técnicas a serem aplicadas na avaliação, a população do estudo, seus aspectos éticos e os resultados dos dados obtidos na pesquisa realizada. A prática é o primeiro convívio que o futuro professor terá com seu campo de atuação. Por meio da observância, do envolvimento e da regência, o licenciando construirá futuras atuações pedagógicas (Passerini, 2007). Durante o estágio, o futuro professor passa a descobrir a educação com outra visão, procurando alcançar a realidade da escola e o desempenho dos educandos, dos docentes e dos profissionais que a compõem (Januario, 2008). É por meio dele que se constitui relação entre a teoria e a prática, bem como tem o ensejo de conhecer e analisar a atuação do profissional em sua ação pedagógica. O trabalho baseou-se na pesquisa bibliográfica e nas situações problemas ocorridos no contexto escolar, com o objetivo de aperfeiçoar a prática em sala de aula, propiciar a aproximação da realidade profissional por meio do conhecimento das situações reais de trabalho, abrangendo supervisores, professores, estudantes e campo de estágio, onde são demonstradas estratégias utilizadas para sua superação.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10314/3800







Formação de Adultos em Contexto Prisional

14-Outubro-2017 - rcaap.pt



Projeto de Graduação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de licenciada em Criminologia



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10284/6206







Os Riscos Profissionais Associados às Situações de Catástrofe Humanitária

14-Outubro-2017 - rcaap.pt



Este projeto de trabalho teve por objetivo a realização de um estudo de campo sobre a formação profissional do pessoal humanitário em situações de emergência e de catástrofe. Para tal, foi elaborado um questionário e posteriormente enviado para organizações de cariz humanitária. O questionário é composto por três secções e dizem respeito a matérias de foro organizacional e pessoal, as quais abordam as seguintes temáticas: necessidades, voluntários e formação. Após receção de cinquenta por cento de respostas foram efetuadas análises detalhadas de cada temática. Os resultados finais são surpreendentes e confirmam a necessidade de mudança no que respeita à prevenção dos riscos inerentes à função que desempenham. Os objetivos que se pretende atingir com a divulgação dos resultados obtidos são os seguintes: verifica-se pelo conteúdo das respostas que estes profissionais e voluntários humanitários não possuem conhecimentos específicos dos riscos que correm ao realizar tarefas que não são da sua área de trabalho e não são capazes de identificar os riscos que correm no terreno, os quais podem afetar seriamente a sua saúde e a de todos os elementos que os rodeiam.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10284/6207







Contributos para a caracterização energética de edifícios habitacionais do concelho de Bragança

14-Outubro-2017 - rcaap.pt



A eficiência energética constitui um dos objetivos do pacote clima-energia, sendo o sector dos edifícios existentes um dos eixos de atuação. A diretiva 2010/31/UE, relativa ao desempenho energético dos edifícios, preconiza um conjunto de medidas tendo em vista a promoção e diminuição do consumo de energia nos edifícios e o recurso às energias endógenas. Torna-se por isso urgente atuar ao nível da eficiência energética dos edifícios, mas para essa atuação ser eficiente, e considerando também a débil situação económica que Portugal atravessa, é necessária a caracterização energética do parque edificado, para que se direcionem esforços e se implementem as medidas mais eficazes. Neste sentido, este trabalho pretende contribuir para a caracterização energética do parque habitacional do concelho de Bragança, com base na análise de 250 edifícios de habitação, das décadas de 1980, 1990 e 2000, que foram objeto de certificação energética, para que se tomem as medidas de intervenção energética mais eficazes.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10198/14558







O recurso à arbitragem na resolução de conflitos laborais e as convenções coletivas de trabalho

14-Outubro-2017 - rcaap.pt



A presente dissertação realizada no âmbito do Mestrado em Solicitadoria de Empresa, no ano letivo 2013/2014, ministrado pela Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Leiria, tem como tema o recurso à arbitragem na resolução de conflitos laborais e as convenções coletivas de trabalho. O trabalho encontra-se estruturado em quatro capítulos. No primeiro capítulo abordamos, ainda que de forma geral, a temática dos meios extrajudiciais de resolução de conflitos e o seu (re)surgimento na atualidade, procedendo-se à análise distintiva da negociação, da conciliação, da mediação e da arbitragem. O segundo capítulo aborda a análise conceptual e distintiva da arbitragem laboral, nomeadamente a nível da convenção de arbitragem, do tribunal arbitral, a ação arbitral, a sentença arbitral e a justificação da aplicação deste meio de resolução de conflitos. Também neste capítulo apresentamos os tipos de arbitragem plasmados no Código do Trabalho. No terceiro capítulo, focamos a nossa análise nos critérios da arbitrabilidade de conflitos laborais. Analisamos quais os temas que no âmbito de conflitos individuais e coletivos de trabalho podem ser ou não arbitráveis. Por último, no quarto capítulo apresentamos os instrumentos de regulamentação coletiva de trabalho, focando o nosso estudo nas características das convenções coletivas de trabalho. Posteriormente tecemos considerações quanto ao recurso à arbitragem tanto em questões de conflitos coletivos, como em conflitos individuais, apresentando jurisprudência sobre o estudo em apreço.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.8/2104







Modelos e práticas de ensino no Ensino Secundário Geral do 2º ciclo da Escola Santa Teresinha do Menino Jesus

14-Outubro-2017 - rcaap.pt



Em Moçambique é recorrente a situação da qualidade de ensino, em quase todos níveis, estando a soar negativamente todo sistema nacional, desde o ensino primário ao ensino secundário. Várias palestras, análises e estudos são realizados de modo a encontrar as causas, sendo focadas várias, a mais recorrente tem sido a qualidade de formação dos professores, que desagua nas suas práticas de ensino. Consequentemente, o presente estudo visou averiguar os modelos e as práticas de ensino aplicados por professores do ESG2 da Escola Santa Teresinha do Menino Jesus – Zivava, durante as suas atividades letivas com os seus alunos. Neste contexto, ensinar pode definir-se como “um conjunto de ações, em resultado de escolhas entre objetivos e significados contraditórios que são feitos de acordo com os dados da situação em que o ensino tem lugar” (Gaspar, Pereira, Oliveira & Teixeira, 2015, P.47). Este estudo centrou-se na identificação das conceções dos professores sobre o processo de ensino - aprendizagem, na caracterização dos modelos de ensino e na análise das práticas de ensino, desenvolvidas pelos professores do Ensino Secundário Geral do 2º Ciclo da referida Escola, no total de dezassete professores, o diretor e o diretor adjunto pedagógico, perfazendo o universo de dezanove. O estudo assumiu uma abordagem de natureza mista assente numa diversidade de técnicas de recolha e tratamento de dados. Os dados foram recolhidos através de entrevistas, questionários, registos de observação de aulas, análise dos documentos orientadores da escola e registos fotográficos. Os resultados obtidos revelam a combinação de diversas conceções dos professores do ESG2 da Escola Santa Teresinha do Menino Jesus – Zivava com relação ao processo de ensino e aprendizagem, há uma tendência no sentido do construtivismo, sobretudo a nível do discurso, mas ainda é ténue a nível de prática, apegando-se fundamentalmente em métodos tradicionais, assentes num ensino conteudista. Em relação à avaliação, há valorização dos testes escritos embora transpareça o uso de outros instrumentos, não há uma explicitação dos critérios de avaliação e o uso da avaliação diagnóstica e da formativa é muito ténue, porém há indícios de mudança.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.2/6670







Desenvolvimento de equipamentos industriais : estágio na STREAK

14-Outubro-2017 - rcaap.pt



Este relatório tem como objetivo descrever o estágio do Mestrado em Engenharia Eletrotécnica, na área da Automação e Comunicações em Sistemas Industriais, ministrado no Instituto Superior de Engenharia de Coimbra, pertencente ao Instituto Politécnico de Coimbra. Este estágio foi efetuado na empresa STREAK – Engenharia em Automação, Lda. cuja área de atividade ocupa os segmentos da automação industrial e do controlo de processos. O estágio proporciona uma oportunidade de interação direta com o mercado de trabalho, permitindo desenvolver os conhecimentos e competências adquiridos ao longo do percurso académico. Durante a realização deste estágio foram abordadas diversas áreas da automação industrial destacando-se as áreas da eletrónica e da programação. Um dos projetos iniciais do estágio consistia no desenvolvimento de um gerador de ultrassons para limpeza industrial com interface Modbus TCP/IP, vindo este a ser posteriormente cancelado devido aos elevados custos de desenvolvimento e produção face a algumas soluções já existentes no mercado. Como tal, este projeto foi alvo de uma reestruturação, passando a consistir no desenvolvimento de um controlador Modbus TCP/IP adaptável a estes equipamentos de limpeza. Os restantes projetos referem-se ao desenvolvimento de um sistema de refrigeração para quadros elétricos, de um controlador para um motor de corrente contínua e à elaboração de um sistema de supervisão para uma unidade fabril. Como estagiário, o autor participou ainda nas atividades regulares da empresa em termos de apoio aos clientes na verificação e calibração de vários equipamentos industriais e outros. Houve ainda a oportunidade de frequentar ações de formação técnica ministradas por parte de alguns fabricantes de equipamentos de automação, nomeadamente formações da Schneider e da Kuka, respetivamente em programação de autómatos e de robôs industriais. O estagiário integrou-se plenamente na atividade da empresa e após um curto espaço de tempo exercia a sua atividade técnica de forma idêntica aos funcionários da mesma. O balanço desde estágio é muito positivo e constituiu uma excelente oportunidade para uma integração bem-sucedida no mercado de trabalho da área de automação, dando ensinamentos em questões como relações pessoais em ambiente profissional e a importância dos recursos humanos, planeamento de atividades, relação com os clientes e formação ao longo da vida. Neste documento encontram-se descritos os principais pressupostos teóricos que fundamentam as diversas tecnologias utilizadas nos projetos descritos, assim como explicações aprofundadas das diversas etapas associadas ao desenvolvimento dos respetivos projetos.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.26/19072







Desenvolvimento de sistemas industriais : desinfeção UVC e robótica industrial : estágio na STREAK

14-Outubro-2017 - rcaap.pt



O presente Relatório de Estágio pretende descrever o trabalho desenvolvido pelo autor durante o seu estágio curricular no âmbito do Mestrado em Engenharia Eletrotécnica – Área de Especialização em Automação e Comunicações em Sistemas Industriais, na empresa STREAK – Engenharia em Automação, Lda. A empresa STREAK tem como principal objetivo criar soluções na área da Automação Industrial e do Controlo de Processos. De forma a serem competitivas, estas soluções envolvem sempre a investigação, desenvolvimento e aplicação das tecnologias mais inovadoras nas áreas a que se destinam. No decorrer das atividades da empresa surgiu a oportunidade e a necessidade da elaboração de dois projetos principais. O primeiro projeto consistiu no desenvolvimento de um sistema de desinfeção industrial inteligente. O segundo consistiu na estruturação e na programação de um robô industrial. O primeiro teve como objetivo a construção de um sistema de desinfeção utilizando uma lâmpada germicida ultravioleta com ajuste dinâmico de radiação, de forma a maximizar a eficiência energética e a compensar a redução de emissão ultravioleta com o envelhecimento da lâmpada. O segundo projeto elaborado representa um passo muito importante para a empresa, uma vez que viria a servir de base ao desenvolvimento da sua primeira máquina industrial utilizando um robô industrial. Neste relatório apresenta-se em primeiro lugar um estudo sobre a tecnologia da desinfeção recorrendo a radiação ultravioleta. Foi identificado o problema de engenharia e definiu-se uma arquitetura para o sistema de desinfeção. Adicionalmente, projetou-se, desenvolveu-se e testou-se um balastro eletrónico com variação de potência com características específicas para esta aplicação. Os testes do sistema desenvolvido demonstram que este satisfaz as especificações e cumpre os objetivos estabelecidos. Para enquadrar o projeto associado ao robô, é apresentado inicialmente um estudo na área da robótica industrial. Por imposição do cliente, o robô usado é da empresa KUKA. Assim, foram estudadas as características do robô a implementar na máquina e o seu método de configuração, programação e comunicação com dispositivos externos. Seguiu-se a programação e a integração do robô na máquina. A implementação deste robô industrial e da máquina final foram completadas com sucesso, encontrando-se nesta data em pleno funcionamento numa unidade industrial em Espanha. Para além dos projetos já mencionados, o autor participou em diversos outros projetos da empresa, como por exemplo no desenvolvimento de um novo website para a empresa e a programação de consolas e PLCs Schneider. Participou ainda nas atividades regulares de manutenção e apoio a clientes da empresa. No final deste relatório são apresentadas algumas considerações finais e conclusões sobre o estágio realizado.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.26/19071







Application of biodegradable polymers in formulation of parenteral dosage forms

14-Outubro-2017 - rcaap.pt



Trabalho Final de Mestrado Integrado, Ciências Farmacêuticas, Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2013



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10451/29292







A study on the stability of olanzapine polymorphs

14-Outubro-2017 - rcaap.pt



Trabalho Final de Mestrado Integrado, Ciências Farmacêuticas, Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2013



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10451/29293







A avaliação dos professores enquanto alunos: O uso da experiência pessoal como agente de mudança

14-Outubro-2017 - rcaap.pt



Neste artigo analisa-se a importância e a possibilidade do professor, enquanto aluno de acções de formação contínua ou de complementarização de formação, reinvestir na sua prática pedagógica os ganhos e ensinamentos da experiência de ser avaliado. Partindo de propostas concretas já realizadas, defende-se que a experiência da descentração, proporcionada pelo retorno ao lugar e ao papel de aluno, se adequadamente utilizada, possa potenciar e melhorar, para o professor e para os seus alunos, a eficácia e a função da avaliação. Crê-se que, para desenvolver qualquer transformação esclarecida nas suas práticas, e dada a habitual resistência à mudança, o professor necessita passar por um processo de auto-avaliação e auto-conhecimento orientado pelo formador, no qual a reflexão pela experiência directa pode ser o fulcro do início de uma nova construção pessoal e de uma transição majorante.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.12/5838







Testing a dementia risk group for polymorphisms in inflammation-related genes

14-Outubro-2017 - rcaap.pt



A doença de Alzheimer (AD) é uma perturbação degenerativa multifatorial associada com a idade que ocorre no sistema nervoso central. Após a sua descrição inicial em 1907, numerosas teorias foram propostas para elucidar quais as principais causas associadas. A hipótese da inflamação tem sido recentemente reconhecida pela comunidade científica, uma vez que muitos estudos em modelos e doentes de Alzheimer propuseram fortes evidências da ativação do sistema imunológico e de processos inflamatórios durante o curso da doença. De facto, a acumulação de ß-amilóide (Aß) e proteína tau provocam uma resposta inflamatória cerebral como resultado do desenvolvimento patológico da AD. Atualmente, os estudos de associação genómica genética (GWAS) proporcionaram a identificação de diversas variantes genéticas que influenciam por exemplo processos inflamatórios e as vias do sistema imunitário na AD, estando as regiões polimórficas CLU rs11136000 e CR1 rs3818361 entre elas. Além disso, ambos os polimorfismos de um único nucleótido (SNPs) parecem ter um papel colaborativo relativamente à eliminação de Aß e à ativação do sistema imunitário através da estimulação do complemento. No trabalho aqui descrito, foram realizadas análises bioinformáticas de genes de risco para a AD, principalmente o CLU e o CR1. As informações obtidas foram usadas para criar uma rede de interação proteína-proteína, bem como para realizar análises de enriquecimento de Ontologia Genética. A nossa análise bioinformática indica que ambos os genes CLU e CR1 estão envolvidos numa variedade de vias de sinalização que compreendem a regulação do processo inflamatório e ativação do sistema imunológico. A expressão genética de cada alelo de risco das SNPs CLU rs11136000 e CR1 rs3818361 foi ainda avaliada em amostras de doentes “Putativos AD” e Controlos por testes de PCR e análises de sequenciação de Sanger. Adicionalmente, as frequências genotípicas e alélicas também foram determinadas com o intuito de criar um perfil genético dos grupos estudados. Os nossos resultados demostraram que no grupo de doentes “Putativos AD” analisado para a variante CLU rs11136000, o alelo de risco C apresentou maior frequência (64%) quando comparado com o grupo Controlos (40%). O grupo de Controlos apresentou uma frequência de 60% para o alelo de não-risco. Para a variante CR1 rs3818361, o alelo de risco A apresentou frequências semelhantes entre grupos, apesar do aumento da percentagem de homozigóticos de risco (6%) no grupo de doentes “Putativos AD”. Este trabalho auxilia na compreensão da relação entre estes polimorfismos genéticos e demência. Estudos adicionais devem avaliar o uso destas SNPs como ferramentas potencialmente úteis no diagnóstico da AD.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10773/18512







A autoavaliação como processo de melhoria : um estudo de caso

14-Outubro-2017 - rcaap.pt



As práticas de autoavaliação nas escolas, como reflexão profunda sobre as normas e as práticas que se encontram instituídas, pretende-se sistemática e com consequências e reflexos reais ao nível da melhoria do funcionamento da escola, promovendo mais aprendizagens para todos e uma maior e melhor integração das crianças na sociedade. Trata-se, portanto, de práticas essenciais para que as crianças possam ser mais bem formadas, mais felizes e, certamente com muito mais capacidades para transformar o mundo atual, que se apresenta afundado numa crise financeira e económica mas, principalmente, numa crise resultante da ausência de valores. O presente trabalho centra-se nos processos de autoavaliação de um Colégio que se afirma como sendo uma instituição educativa empenhada em aperfeiçoar a ação educativa, analisando-os com base na perspetiva da melhoria da qualidade dos processos de ensino e de aprendizagem. O presente estudo consiste, pois, num estudo de caso do tipo descritivo, analítico e interpretativo, pretendendo-se conhecer em profundidade as dinâmicas de autoavaliação implementadas no Colégio e os seus reflexos ao nível da melhoria dos processos e dos resultados educativos. Neste contexto, procede-se a uma sistematização e análise das práticas de autoavaliação, centrando essa análise na consistência e coerência dessas práticas, confrontando-as com a eficácia percecionada por diferentes atores da comunidade educativa ao nível dos impactos produzidos na melhoria das aprendizagens. Como técnicas de recolha de dados recorreu-se à aplicação de um questionário aos professores do Colégio, à realização de uma entrevista a elementos da Direção e a dois grupos de discussão focalizada com alunos. Verificámos que o Colégio tem práticas de autoavaliação instituídas, com consequências na vida escolar, embora sem uma integração efetiva de todos os membros da comunidade escolar nesses mesmos processos.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.14/23053







Tráfico de Seres Humanos: Universidade de Coimbra debate uma das formas mais graves de violação dos direitos humanos

14-Outubro-2017 - cision.com



No próximo dia 18 de outubro completam-se 10 anos que a Comissão Europeia instituiu o Dia Europeu contra o Tráfico de Seres Humanos.   A Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (FDUC) assinala a data com uma conferência internacional que pretende sensibilizar a comunidade académica e civil, bem como os profissionais envolvidos na prevenção e no combate contra o tráfico de seres humanos, promovendo um debate que possibilite melhor compreender o fenómeno e criar um espaço de diálogo internacional, reforçando a construção de mais e sempre melhores ações contra este crime.   Com



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/universidade-de-coimbra/r/trafico-de-seres-humanos--universidade-de-coimbra-debate-uma-das-formas-mais-graves-de-violacao-dos-,c636434819820000000







Espetáculo de magia no LoureShopping desvenda os truques de ilusionismo

14-Outubro-2017 - cision.com



O LoureShopping  está cheio surpresas para este mês de outubro! E os Dias Mágicos prometem a melhor diversão para os mais pequenos neste fim de semana. Venha despertar o ilusionista que há em si e divirta-se com o programa feito a pensar nos mais novos. Com a ajuda dos profissionais é possível que as crianças descubram mais sobre os truques de magia que esta semana vão estar em destaque na agenda do LoureShopping. Traga os mais novos e tenha um dia divertido! No dia 14 de outubro, pelas 16h, “Quase Quatro”, grupo de 2 mágicos formados na Escola de Magia do Porto, trazem um cativante



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/sonae-sierra/r/espetaculo-de-magia-no-loureshopping-desvenda-os-truques-de-ilusionismo,c636434877060000000







Continente Portimão celebra 11 anos

14-Outubro-2017 - cision.com



Foi há 11 anos que Portimão recebeu o Continente. Desde 16 de outubro de 2006, que a população de Portimão conta com o Continente na Quinta da Malata e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 174 colaboradores. Luís Barreiro, diretor da Loja Continente Portimão, refere que “desde 2006 que acreditamos no investimento em Portimão e, desde então, procurámos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no enorme potencial de crescimento desta região. Festejamos agora 11 anos, o que traduz a presença que temos vindo a conquistar na localidade, que



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-portimao-celebra-11-anos,c636434874150000000







Continente Modelo Torres Novas celebra 23 anos

14-Outubro-2017 - cision.com



Foi há 23 anos que Torres Novas recebeu o Continente Modelo. Desde 13 de outubro de 1994 que a população de Torres Novas conta com o Continente na Avenida de Santo António - Chãs e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 74 colaboradores. Carlos Pedro Ferreira, diretor da Loja Continente Modelo Torres Novas, refere que “desde 1994 que acreditamos no investimento em Torres Novas e, desde então, procurámos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no enorme potencial de crescimento desta região. Festejamos agora 23 anos, o que traduz a forte



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-modelo-torres-novas-celebra-23-anos,c636434872430000000







Continente Bom Dia Vieira de Leiria celebra primeiro aniversário

14-Outubro-2017 - cision.com



Foi há um ano que Vieira de Leiria recebeu o Continente Bom Dia. Desde 14 de outubro de 2016 que a população de Vieira de Leiria conta com o Continente na Rua Manuel Dinis Parreira e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 47 colaboradores. Ana Silva, diretor da Loja Continente Bom Dia Vieira de Leiria, refere que “desde 2016 que acreditamos no investimento em Vieira de Leiria e, desde então, procurámos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no enorme potencial de crescimento desta região. Festejamos agora o primeiro aniversário, que



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-bom-dia-vieira-de-leiria-celebra-primeiro-aniversario,c636434870990000000







Continente Modelo Castelo Branco celebra 20 anos

14-Outubro-2017 - cision.com



Foi há 20 anos que Castelo Branco recebeu o Continente Modelo. Desde 16 de outubro de 1997 que a população de Castelo Branco conta com o Continente na Quinta da Taipa e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 102 colaboradores. Francisco Bizarro, diretor da Loja Continente Modelo Castelo Branco, refere que “desde 1997 que acreditamos no investimento em Castelo Branco e, desde então, procurámos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no enorme potencial de crescimento desta região. Festejamos agora duas décadas, o que traduz a forte



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-modelo-castelo-branco-celebra-20-anos,c636435019200000000







Aumento da isenção de IVA para trabalhadores por conta própria fora da proposta

14-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/mHY0Gh1Uv-s/315537-aumento-da-isencao-de-iva-para-trabalhadores-por-conta-propria-fora-da-proposta







Educação Física e Improvisação do espaço: realizações possíveis no Programa Mais Educação

14-Outubro-2017 - rcaap.pt



Este relatório retrata a metodologia desenvolvida no período do estágio da Prática do Ensino Supervisionado do Mestrado em Ensino do 1º e 2º Ciclos, na Unidade de Educação Básica Sá Valle, localizada na cidade de São Luís – MA, nas disciplinas de Português, Geografia, História, Ciência da Natureza e Matemática. Entendemos que o estágio supervisionado vai muito além de um simples cumprimento de exigências acadêmicas. Ele é uma oportunidade de crescimento pessoal e profissional. Além de ser um importante instrumento de integração entre universidade, escola e comunidade. É através dele que se estabelece relação entre a teoria e a prática, bem como tem a oportunidade de conhecer e analisar a atuação do profissional em sua ação pedagógica. O presente estágio de docência em educação teve como objetivos: aprimorar a prática em sala de aula; propiciar a aproximação da realidade profissional por meio da participação em situações reais de trabalho, abrangendo supervisores, professores, estudantes e campo de estágio; demonstrar as dificuldades encontradas no contexto escolar e as estratégias utilizadas para sua superação; apresentar uma investigação sobre o Esporte Educacional executado pelo Programa do Governo Federal “Mais Educação”, realizado na Rede Municipal de São Luís/MA. O Programa Mais Educação, criado pela Portaria Interministerial nº 17/2007, aumenta a oferta educativa nas escolas públicas por meio de atividades optativas que foram agrupadas em macro campos como acompanhamento pedagógico, meio ambiente, esporte e lazer, direitos humanos, cultura e artes, cultura digital, prevenção e promoção da saúde, educomunicação, educação científica e educação econômica. Ao longo da investigação foi privilegiada a pesquisa e a análise documental sobre o esporte educacional, no contexto do Programa Mais Educação (PME) na rede municipal de São Luís - MA, fruto da parceria entre o Ministério do Esporte (ME) e o Ministério da Educação (MEC), que visa integrar a política esportiva educacional com a política de educação integral, de forma a incentivar a prática esportiva. Por fim, o presente documento apresenta os resultados da investigação realizada com monitores e coordenador do Programa Mais educação, onde conseguimos identificar as ações do PME no processo de ensino-aprendizagem que ocorreu nas escolas municipais de São Luís do Maranhão.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10314/3799







A Padaria Portuguesa está a recrutar quase 600 novos funcionários

13-Outubro-2017 - universia.net



A Padaria Portuguesa está a recrutar. Ao todo são mais de 500 as vagas disponíveis para empregados de balcão para as 50 lojas d'A Padaria Portuguesa e 50 na área managers, gerentes e sub-gerentes. REGISTE O SEU CV GRÁTIS REGISTE AQUI Atualmente com mais de 1.200 colaboradores, A Padaria Portuguesa  pretende aumentar em cerca de 45% o número de funcionários entre empregados de balcão,  managers, gerentes e sub-gerentes. Entre os requisitos mencionados encontramos competências como conhecimentos de gestão e análise de resultados, orientação para pessoas e resultados, disponibilidade para trabalhar por turnos, disponibilidade imediata e conhecimentos de técnicas de vendas . N’A Padaria Portuguesa há uma aposta no capital humano, pois os colaboradores fazem a diferença e contribuem para o êxito do projeto, todos os dias, sendo dadas as condições necessárias para que todos possam crescer, tanto a nível profissional como pessoal, apostando nas pessoas e fomentando o seu crescimento dentro da empresa. E se está à procura de uma oportunidade de emprego, ou de   enriquecer o seu currículo  com um estágio profissional remunerado, consulte também as outras oportunidades divulgadas na rede  Trabalhando . Registe-se e deixe-nos o seu currículo atualizado. Quer saber mais? Veja todas as notícias



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/destaque/noticia/2017/10/13/1156153/padaria-portuguesa-recrutar-quase-600-novos-funcionarios.html







Governo limita deduções automáticas no IRS dos trabalhadores por conta própria

13-Outubro-2017 - publico.pt



Proposta de orçamento inclui uma alteração ao regime simplificado de IRS, onde se inserem cabeleireiros, esteticistas, explicadores, jornalistas, dentistas, veterinários, médicos e lojistas.



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/10/13/economia/noticia/governo-limita-deducoes-automaticas-no-irs-dos-trabalhadores-por-conta-propria-1788883







Reposição do valor das horas “incómodas” no SNS vai ser gradual

13-Outubro-2017 - publico.pt



Só em Dezembro de 2018 é que os trabalhadores do Serviço Nacional de Saúde verão o valor do trabalho à noite e aos fins-de-semana e feriados reposto na íntegra.



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/10/13/sociedade/noticia/reposicao-do-valor-das-horas-incomodas-no-sns-vai-ser-gradual-1788876







Lousã recebe Festival da Canção para Pessoas com Deficiência Mental

13-Outubro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



Candidatos de dez concelhos do continente vão disputar na Lousã, no sábado, o 7.º Festival Nacional da Canção para Pessoas com Deficiência Mental. Promovido pela Associação para a Recuperação de[...] O post Lousã recebe Festival da Canção para Pessoas com Deficiência Mental aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/lousa-recebe-festival-da-cancao-pessoas-deficiencia-mental/







Farmacêutico de Coimbra ganha Prémio de Investigação Científica

13-Outubro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



A Ordem dos Farmacêuticos atribuiu hoje o Prémio de Investigação Científica Professora Doutora Maria Odette Santos-Ferreira a um trabalho sobre métricas para a avaliação da relação benefício-risco de medicamentos. Na[...] O post Farmacêutico de Coimbra ganha Prémio de Investigação Científica aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/farmaceuticos-premeiam-trabalho-avaliacao-beneficio-risco-medicamentos/







Como melhorar a concentração nos estudos

13-Outubro-2017 - universia.net



Por vezes bastam alguns pequenos ajustes para melhorar e muito a capacidade de concentração quer no estudos, quer em qualquer outra atividade. CONHEÇA O PORTAL DE ESTUDOS UNIVERSIA ENTRE AQUI E INFORME-SE! Melhorar a concentração nos estudos vai aumentar o seu rendimento escolar e a produtividade nos estudos, e se seguir algumas destas dicas vai notar diferença, sobretudo quando estiver a preparar-se para os exames. Muitos estudantes referem que têm algumas dificuldades de concentração que acarretam dificuldades acrescidas na hora de se estudar para um exame ou de se concluir um trabalho para avaliação. Fatores como o nervosismo, um ambiente inapropriado e focos de distração como a televisão, o rádio ou o telemóvel, entre outros, podem atrapalhar a concentração e interferir no rendimento escolar. No entanto, se atender a algumas destas dicas pode ser mais fácil manter a concentração nos estudos : Encontre o espaço com o ambiente ideal O local onde se estuda é crucial para se conseguir manter a concentração. Bem iluminado, preferencialmente com luz natural, silencioso e confortável, não devendo ainda ser nem demasiado quente, nem demasiado fresco. Opte por locais onde sabe à partida que não será incomodado. Uma biblioteca, ou o quarto - se dotado de um espaço dedicado ao estudo (secretária) - pode ser uma boa opção. Aposte na organização do espaço e do material de estudo A organização é fundamental para se evitar a dispersão. Antes de começar a estudar certifique-se que tem todo o material necessário, a fim de evitar futuras interrupções que possam também elas ser motivo de distrações. A boa organização do espaço em si também contribui para a concentração. Prepare antecipadamente um lanche saudável Estamos a falar de por exemplo, de uma porção de frutos secos, como cajus, amêndoas, nozes  - pode fazer um mix - ou de uma peça de fruta para comer enquanto estuda. Isso evita distrações desnecessárias como ir até à cozinha, caso esteja a estudar em casa, ou até ao bar, caso esteja a estudar num espaço da universidade ou numa biblioteca pública. Faça pequenas pausas É fundamental descansar 10 minutos a cada 45 minutos de estudo. O cérebro sente necessidade de recarregar energias para que possa depois processar toda a informação . Desligue as notificações do telemóvel Poderá manter o telemóvel ligado para situações de emergência, no entanto, conseguirá concentrar-se muito melhor se desligar as notificações das redes sociais e dos emails. Ou, melhor ainda, desligar os dados e a rede wi-fi durante o período de estudo. Pode ainda recorrer ao telemóvel para colocar alertas para programar as suas pausas de estudo ou o fim da tarefa. Encontre A motivação Estabeleça metas realistas para os seus estudos  e mantenha-se fiel a elas. Se necessário reajuste-as. Ao realizar um exame, encare-o como mais um desafio que é na sua vida e sinta-se motivado a superar esse desafio para passar ao próximo nível. Quer saber mais? Veja todas as notícias



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/cultura/noticia/2017/10/13/1155824/melhorar-concentracao-estudos.html







Greve dos enfermeiros desconvocada

13-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



A greve marcada pelo Sindicato Independente dos Profissionais de Enfermagem (SIPE) e pelo Sindicato dos Enfermeiros (SE) entre 23 e 27 de outubro foi desconvocada, anunciou hoje fonte sindical.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/t0Yth5xCsp8/desconvocada-greve-de-enfermeiros-marcada-para-o-fim-do-mes-8841176.html







Sérgio aplaude ´seriedade´ dos suplentes e dos ´miúdos´

13-Outubro-2017 - sapo.pt



O técnico do FC Porto elogia o esforço do Lusitano de Évora, a mobilização dos adeptos eborenses, o trabalho de António Folha, treinador da equipa B, e os jogadores menos utilizados.



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/95732/sergio_aplaude_seriedade_dos_suplentes_e_dos_miudos?utm_source=sapo







ACT abriu inquérito a 140 acidentes de trabalho mortais em 2016

13-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/3IvCk9OwRnA/315506-act-abriu-inquerito-a-140-acidentes-de-trabalho-mortais-em-2016







Combinação vencedora do concurso 41/2017

13-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/cVvtNmBekGM/315528-combinacao-vencedora-do-concurso-412017







Combinação vencedora do concurso 82/2017

13-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/i9nav-DYxj4/315526-combinacao-vencedora-do-concurso-822017







Estivadores da Figueira da Foz alcançam acordo para melhorar condições de trabalho

13-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/SGljk8k2hwM/315522-estivadores-da-figueira-da-foz-alcancam-acordo-para-melhorar-condicoes-de-trabalho







Governo altera distribuição do imposto do jogo online

13-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



A totalidade do IEJO vai ser atribuída, de forma directa, às entidades beneficiárias. O Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social recebe a maior fatia, ficando com quase metade.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/turismo---lazer/detalhe/governo-altera-distribuicao-do-imposto-do-jogo-online







Henrique Meirelles diz que Eletrobras pode ser privatizada até 2018

13-Outubro-2017 - ebc.com.br



O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse hoje (13) em Washington que é possível privatizar a Eletrobras até 2018. É possível e deverá ser tão importante quanto a privatização das telecomunicações", afirmou o ministro durante palestra promovida pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos. Para Meirelles, privatizar a Eletrobras é tão importante como a privartização das telecomunicações Arquivo/José Cruz/Agência Brasil Sobre o projeto que acelera a recuperação judicial de empresas com dificuldades financeiras, o ministro informou que o projeto está praticamente pronto. De acordo com o ministro, a proposta já passou pelas áreas técnicas do Ministério da Fazenda e foi entregue à Casa Civil, onde deve ser analisado juridicamente e depois enviado ao Congresso. Rebaixamento Acredito que deve ser nas próximas semanas. Quem sabe, na próxima semana, afirmou. Segundo ele, não é possível afirmar se o projeto é urgente sem uma avaliação da área política do governo, mas certamente, do ponto de vista das empresas, é absolutamente fundamental. Com relação à possibilidade de rebaixamento da nota do Brasil pela agência de classificação de risco S P, caso a reforma da Previdência não seja aprovada, Henrique Meirelles disse que é isso é absolutamente normal. Temos dito e várias vezes repetido que a aprovação da Previdência é fundamental para a sustentabilidade a longo prazo das contas públicas no Brasil. Quanto mais cedo isso ocorrer, melhor." Confiança Conforme Meirelles, as agências têm dado uma demonstração de confiança muito grande no Brasil. "A agência de rating faz o trabalho dela e nós fazemos o nosso. Não me preocupo com o trabalho deles, mas eles têm de se preocupar com o nosso. O ministro comentou também a saída de Paulo Nogueira Batista da vice-presidência do Novo Banco de Desenvolvimento, o Banco do BRICS. Isso é um processo normal de substituição de executivos, mas é uma decisão exclusivamente tomada pela diretoria do banco, que é autônoma. Para o ministro, a decisão do banco foi um processo interno que não é divulgado, inclusive para proteger o próprio executivo. Ele afirmou que em duas semanas o Brasil já deve ter um novo nome para apresentar.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/henrique-meirelles-diz-que-eletrobras-pode-ser-privatizada-ate-2018







Cerca de 15 milhões contribuíram para o PIS/Pasep por 20 anos; saiba como sacar

13-Outubro-2017 - ebc.com.br



Criados em 1971, os fundos do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) funcionaram, por quase 20 anos, como uma poupança particular. A cada ano, o trabalhador tinha direito a receber o rendimento das cotas e podia sacar todo o crédito em caso de aposentadoria, doença grave ou ao completar 70 anos. Os fundos vigoraram até 4 de outubro de 1988. Com a promulgação da Constituição, a arrecadação do PIS/Pasep passou a ser destinada ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que paga o seguro-desemprego e o abono salarial, e para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que empresta a empresas do setor produtivo. O PIS é destinado aos trabalhadores da iniciativa privada. O Pasep, aos servidores públicos. No entanto, falhas na comunicação entre o governo, as empresas e os trabalhadores fizeram muitos não sacarem as cotas dos fundos, mesmo cumprindo os requisitos para a retirada. No ano passado, uma auditoria da Controladoria-Geral da União (CGU) identificou que 15,5 milhões de brasileiros tinham abonos do PIS/Pasep a receber. Desde o ano passado, a promoção de campanhas reduziu pela metade o contingente de brasileiros que ainda não sacaram o benefício. Para zerar o passivo e injetar R$ 15,9 bilhões na economia, o governo publicou, no fim de agosto, a Medida Provisória 797, que reduziu as restrições para o saque e criou um calendário para a retirada. Retirada Na Caixa Econômica, os cotistas do PIS poderão fazer a retirada de três maneiras. Os pagamentos de até R$ 1,5 mil serão feitos nos caixas eletrônicos, digitando a Senha Cidadão, sem a necessidade de cartão bancário. Quem não tiver a senha pode obtê-la no seguinte endereço, bastando clicar em esqueci a senha e preencher os dados. Os saques de até R$ 3 mil podem ser feitos nos caixas eletrônicos, mas o cliente precisará usar o Cartão Cidadão e digitar a Senha Cidadão. Nas lotéricas e nos correspondentes bancários, o cotista poderá retirar o dinheiro, levando o Cartão Cidadão, a Senha Cidadão e algum documento oficial de identificação com foto. Acima desse valor, o beneficiário deverá ir a alguma agência da Caixa levando documento oficial com foto. Em relação aos saques do Pasep, os cotistas com saldo de até R$ 2,5 mil sem conta no Banco do Brasil poderão pedir transferência para qualquer conta em seu nome em outra instituição financeira na página do banco na internet ou nos terminais de autoatendimento. Não correntistas com saldo acima desse valor ou herdeiros de cotistas falecidos deverão ir às agências . Os clientes com dúvidas podem consultar as páginas da Caixa ou do Banco do Brasil A Caixa produziu um vídeo explicando, passo a passo, como efetuar o saque. Confira:



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/cerca-de-15-milhoes-contribuiram-para-o-pispasep-por-20-anos-saiba-como







Caixa suspende sistema de pagamentos de abono, rendimentos e cotas até domingo

13-Outubro-2017 - ebc.com.br



O calendário de pagamento das cotas do PIS por idade e aposentadoria começa em 19 de outubro Arquivo/José Cruz/Agência Brasil Os pagamentos do abono salarial, rendimentos e cotas do Programa de Integração Social (PIS) estão suspensos em todos os canais da Caixa Econômica Federal até o próximo domingo (15). A instituição está preparando os sistemas operacionais para pagamento das cotas do PIS por idade e aposentadoria, com calendário a ser iniciado em 19 de outubro. "A Caixa está se preparando da melhor maneira, na estratégia de atendimento e na parte operacional e tecnológica, para que os beneficiários possam ter agilidade ao procurar os canais de saque", informou o superintendente nacional de Benefícios Sociais da Caixa Econômica Federal, Rogério Saab. A primeira fase do calendário de pagamento das cotas do PIS é direcionada a maiores de 70 anos. Para titulares de conta corrente ou poupança individual na Caixa, a instituição vai liberar o saque na terça-feira (17). Os demais beneficiários seguirão o calendário que se inicia no dia 19. Fundos A Caixa Econômica Federal reiterou que serão disponibilizados R$ 6,7 bilhões para 3,6 milhões de beneficiários com mais de 70 anos. O valor representa 60% do total de R$ 11,2 bilhões disponível na ação especial de pagamento das cotas do PIS. Os fundos do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) foram criados em 1971 e funcionaram, por quase 20 anos, como uma poupança particular. A cada ano, o trabalhador tinha direito a receber o rendimento das cotas e podia sacar todo o crédito em caso de aposentadoria, doença grave ou ao completar 70 anos. Os fundos vigoraram até 4 de outubro de 1988. Com a promulgação da Constituição, a arrecadação do PIS/Pasep passou a ser destinada ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que paga o seguro-desemprego e o abono salarial, e para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que empresta a empresas do setor produtivo. O PIS é destinado aos trabalhadores da iniciativa privada. O Pasep, aos servidores públicos. Retirada Na Caixa Econômica, os cotistas do PIS poderão fazer a retirada de três maneiras. Os pagamentos de até R$ 1,5 mil serão feitos nos caixas eletrônicos, digitando a Senha Cidadão, sem a necessidade de cartão bancário. Quem não tiver a senha pode obtê-la no seguinte endereço, bastando clicar em esqueci a senha e preencher os dados. Os saques de até R$ 3 mil podem ser feitos nos caixas eletrônicos, mas o cliente precisará usar o Cartão Cidadão e digitar a Senha Cidadão. Nas lotéricas e nos correspondentes bancários, o cotista poderá retirar o dinheiro, levando o Cartão Cidadão, a Senha Cidadão e algum documento oficial de identificação com foto. Acima desse valor, o beneficiário deverá ir a alguma agência da Caixa levando documento oficial com foto. A Caixa produziu um vídeo explicando, passo a passo, como efetuar o saque. Confira: Banco do Brasil Em relação aos saques do Pasep, os cotistas com saldo de até R$ 2,5 mil sem conta no Banco do Brasil poderão pedir transferência para qualquer conta em seu nome em outra instituição financeira na página do banco na internet ou nos terminais de autoatendimento. Não correntistas com saldo acima desse valor ou herdeiros de cotistas falecidos deverão ir às agências. A assessoria do Banco do Brasil informou que não há problemas para pagamento do abono salarial relativo ao Pasep.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/caixa-suspende-sistema-de-pagamentos-de-abono-rendimentos-e-cotas-ate







Presidente do BC vê maior estabilidade no cenário econômico a partir de reformas

13-Outubro-2017 - ebc.com.br



O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, disse hoje em Washington que há uma percepção de que talvez a gente consiga no Brasil, finalmente, ter um período de estabilidade, inflação baixa e juros mais baixos. Goldfajn destacou previsões de analistas de que a taxa de juros no país vai ficar baixa por um período mais longo. Isso não significa ficar parada o tempo todo, tem ciclos, disse. As afirmações do presidente do BC foram feitas durante a Brazil Economic Conference 2017, evento promovido pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos. Ilan Goldfajn afirmou que a criação da taxa de juros de longo prazo (TLP) para o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). bem como as reformas trabalhista e as no âmbito financeiro, como a do cadastro positivo, têm ajudado para que a taxa de juros continue caindo. As questões fiscais certamente têm um peso importante. Por isso que [a PEC do] teto dos gastos e também a [reforma da] Previdência, são todas bastante importantes para a taxa de juros estrutural, afirmou. Sobre a trajetória de crescimento do Brasil, o presidente do BC afirmou que vai ter uma trajetória entre 2 e 3% no final deste ano e que a taxa de crescimento deste ano é uma média, mas na ponta a gente já está muito perto do que a gente está estimado. Goldfajn afirmou que a reforma da Previdência é importante para economia brasileira e que esse tipo de reforma tem de ser feito agora, quando as condições são benignas no cenário internacional. Para o presidente do BC a reforma pode ajudar a manter a taxa de juros estrutural do país baixa e quanto mais cedo for aprovada, melhor é para todo mundo. Goldfajn também comentou sobre a possibilidade de uma reforma para aumentar a independência do Banco Central: é uma reforma importante e dá certa segurança para todo mundo, é algo que eu não descarto, mas expliquei que dentro da lista de reformas ela não chegou a entrar na fila até agora. Economia internacional Na avaliação de Ilan Goldfajn, a economia global está se recuperando. Segundo ele, há um começo, bem gradual, de normalização da política monetária no mundo todo. Ele também comentou a possibilidade de mudança no comando do FED, o banco central norte-americano, caso o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, resolva nomear um substituto ao final do mandato de Janet Yellen. Ele afirmou que o Brasil está preparado para qualquer escolha que possa ser feita. O presidente do Banco Central disse que há uma estabilidade na taxa de câmbio brasileira, mas não por causa de atuação direta do Banco Central, e sim porque as taxas de câmbio de outros países estão menos voláteis: isso tem afetado o Brasil e tem mantido a nossa taxa de câmbio, tem gerado mais exportações.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/presidente-do-bc-ve-maior-estabilidade-na-queda-dos-juros-partir-de







Dois médicos entre os seis suspeitos de corrupção no Serviço de Saúde dos Açores

13-Outubro-2017 - publico.pt



Os outros arguidos são dois empresários e dois funcionários ligados à administração hospitalar e à protecção civil.



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/10/12/sociedade/noticia/dois-medicos-entre-os-seis-suspeitos-de-corrupcao-no-servico-de-saude-dos-acores-mp-1788736







Viabilidade económica de painéis fotovoltaicos na ESTGV: A abordagem através de opções reais

13-Outubro-2017 - rcaap.pt



As alterações climáticas estão na ordem do dia, pelo que tem vindo a crescer a investigação e o interesse no desenvolvimento de áreas como a produção de energia a partir de fontes renováveis, e em particular, a partir da energia solar. Em Portugal, este recurso energético ainda está muito subaproveitado, pesem os incentivos legislativos à produção para o autoconsumo, nomeadamente com o recurso a energias renováveis, e em particular os sistemas fotovoltaicos (energia solar). Este trabalho pretende dar um contributo para esta problemática, através da realização de um estudo de viabilidade económica de uma instalação fotovoltaica não residencial, no Campus Politécnico de Viseu. A presente dissertação inicia-se com a apresentação das medidas clássicas de avaliação económica de projetos de investimento. Identificam-se as suas limitações e propõem-se metodologias alternativas, nomeadamente os modelos baseados em opcões reais. A abordagem tradicional tem dificuldade em avaliar de forma completa um investimento, na medida em que tem dificuldade em contemplar um conjunto fatores que a condicionam, nomeadamente a incerteza, a flexibilidade ao longo do tempo, entre outros. As técnicas de avaliação baseadas em opções reais incluem, quer fatores de incerteza associados ao investimento, quer o valor da flexibilidade operacional, isto é, incluem o valor decorrente dos ajustamentos do plano de ação, permitindo, assim, que as empresas possam melhorar a qualidade das suas decisões de investimento. Pretendeu-se fazer um enquadramento legislativo e criar cenários alternativos de investimento, identificando os seus montantes e as variáveis críticas. O estudo de viabilidade económica teve em conta, não apenas as abordagens tradicionais, bem como o recurso a metodologia de opções reais, nomeadamente árvores de decisão. Os resultados do estudo sugerem o interesse económico dos sistemas fotovoltaicos de produção para autoconsumo em Portugal, país com forte incidência solar.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.19/4675







Os caminhos da perfeição humana. Continuidades e descontinuidades

13-Outubro-2017 - rcaap.pt



Este capítulo foca-se nos estudos humanísticos como de basilar importância para o progressivo desenvolvimento humano global na educação e na organização político-social, apoiando-se no trabalho de Fernando Mello Moser.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10451/29250







Determinação, identidade atlética e personalidade em praticantes e não praticantes de ginástica rítmica

13-Outubro-2017 - rcaap.pt



A personalidade pode representar papel importante no desempenho desportivo e exerce uma forte contribuição para a formação da identidade dos sujeitos (Costa McCrae, 1992). A determinação (Grit), é definida como perseverança e paixão para metas a longo prazo, é um traço de personalidade diferencial que faz com que os indivíduos com coeficiente de inteligência equiparados possam alcançar o sucesso (Duckworth, Peterson, Matthews Kelly, 2007). A presente pesquisa teve como objetivo analisar as relações entre os constructos psicológicos Determinação, Identidade Atlética (IA) e Personalidade entre praticantes e não praticantes de Ginástica Rítmica (GR). Para alcançar este objetivo, foram realizados três estudos: uma revisão sistemática de literatura com o objetivo de expor um balanço geral do constructo determinação. um estudo que analisou as relações entre os constructos psicológicos e um estudo para analisar as relações entre variáveis de perfil sócio demográfico e determinação. A revisão sistemática de literatura foi composta por 23 artigos que seguiram as diretrizes de Petticrew e Roberts (2006). Participaram no estudo 109 meninas com idade superior a 12 anos (M = 14,42. anos SD = 2,26) das quais 49 eram praticantes de GR e 60 não eram praticantes. Para mensurar os constructos psicológicos foram utilizados os questionários “Grit Scale” (Duckworth, Peterson, Matthews Kelly, 2007) adaptado para a versão da língua portuguesa em processo de validação fatorial exploratória (Cunha, Rosado Pesca, 2017) intitulado como Grit Scale – 6 itens. a versão adaptada do “AIMS” de 10 itens na língua portuguesa (Cabrita, Rosado, Leite & Sousa, 2014) e o Inventario de Avaliação da Personalidade NEO-FFI-20 na versão portuguesa (Bertoquini & Ribeiro, 2005). A maior parte dos estudos ainda são de origem norte americana e as pesquisas sugerem relações positivas de determinação com os constructos centrais da Psicologia Positiva, como uma forma de buscar a felicidade através do sucesso e da Psicologia Cognitiva, uma vez que os estudos apontam que a determinação está relacionada a conscienciosidade, uma das dimensões da Personalidade. Após análises de correlação de Pearson e ANOVA “one-way” foi constatado que Determinação, IA e Personalidade obtiveram relações positivas e significativas. Adicionalmente, as dimensões conscienciosidade e extroversão, dos traços de personalidade, também foram relacionadas com a determinação. Apenas a prática desportiva foi fator determinante para níveis de determinação mais elevados. A escassez de referências aponta a necessidade de futuras pesquisas sobre a determinação uma vez que há resultados divergentes na literatura e lacunas a serem preenchidas principalmente no âmbito desportivo. O desporto alavanca níveis de determinação e este traço está relacionado a personalidade e a identidade do atleta.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.5/14163







A comunicação organizacional em sistemas de gestão da qualidade certificado

13-Outubro-2017 - rcaap.pt



Dissertação de mestrado em Sociologia (área de especialização em Organizações e Trabalho)



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/1822/46656







Remoção de fósforo e produção de cana-de-açúcar em zonas húmidas construídas para tratamento de efluentes

13-Outubro-2017 - rcaap.pt



A tecnologia das zonas húmidas construídas (ZHC) constitui uma solução ecológica e sustentável para o tratamento de efluentes, mas os custos dos materiais utilizados no enchimento dos leitos pode dificultar o desenvolvimento desta tecnologia. Assim, é importante a procura de materiais de baixo custo, como resíduos ou desperdícios industriais, que sejam eficazes na remoção de poluentes e que também sustentem as plantas, pois para além do enchimento, as macrófitas são outro componente fundamental das ZHC. A utilização de plantas adequadas contribui para a eficácia e sustentabilidade destes sistemas, onde a valorização da biomassa vegetal produzida deverá constituir uma fonte potencial de rendimento. Neste contexto, a utilização de culturas energéticas, em vez de macrófitas tradicionais, será uma mais-valia adicional. Com vista à selecção de resíduos ou desperdícios para utilização em ZHC para remoção de fósforo, realizaram-se ensaios de adsorção com diversos materiais. Com os resultados obtidos escolheram-se quatro materiais (Filtralite?NR, basalto, calcário e tijolo) para serem utilizados como enchimentos de ZHC laboratoriais para avaliação da adaptação da cana-de-açúcar (planta seleccionada neste estudo) a leitos alagados e da eficiência de remoção de fósforo. A partir dos resultados obtidos nestas unidades laboratoriais foram escolhidos dois materiais (calcário e tijolo) que foram utilizados como enchimentos de quatro ZHC piloto, sendo duas plantadas com cana-de-açúcar e outras duas deixadas sem plantas. Ao longo de dois anos monitorizou-se a remoção de fósforo e o desenvolvimento das canas-de-açúcar, para além de se ter também avaliado a produtividade de cana e de sacarose. Nas ZHC com tijolo, a média de remoção de fósforo foi de 76% para a unidade com cana-de-açúcar e de 63% para a unidade de controlo, só com tijolo. No caso das ZHC com calcário, os valores correspondentes foram 68% e 56%, respectivamente. As produtividades anuais de cana-de-açúcar variaram entre 70 e 120 ton ha-1 e as de sacarose variaram entre 7,6 e 11,7 ton ha-1, sendo as mais elevadas obtidas na ZHC com fragmentos de tijolo. Concluiu-se assim, que quer os fragmentos de calcário e de tijolo, quer a cana-de-açúcar, podem ser utilizados em ZHC para remoção de fósforo, obtendo-se eficiências da mesma ordem de grandeza daquelas obtidas em ZHC com macrófitas tradicionais, mas com a vantagem da sacarose dos caules das canas-de-açúcar poder ser convertida em bioetanol. Nas ZHC piloto foram ainda realizados ensaios hidráulicos com traçador e determinadas as curvas de distribuição de tempos de residência e os parâmetros de eficiência hidráulica, e foram depois utilizados nos ajustes a diversos modelos matemáticos para a remoção de fósforo e determinadas as respectivas constantes cinéticas. O trabalho desenvolvido incluiu ainda uma aplicação pedagógica no ensino básico, onde foi abordada a tecnologia das ZHC para tratamento de efluentes, a eutrofização em meios hídricos e a reutilização de águas residuais tratadas.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10773/18498







A evolução do ensino do desenho universal no meio edificado na Universidade do Algarve

13-Outubro-2017 - rcaap.pt



Com esta comunicação pretende-se apresentar a experiência de ensino-aprendizagem sobre o Desenho Universal no meio edificado, desenvolvida na última década no Instituto Superior de Engenharia da Universidade do Algarve, no curso de Licenciatura em Engenharia Civil. Este conteúdo programático foi assumido perante a perceção da dimensão social da sustentabilidade que considera objetivos específicos alusivos à equidade social, à igualdade de oportunidades e à participação ativa de todos os cidadãos na sociedade. Estes atributos também estão associados ao paradigma da inclusão social que está intrinsecamente relacionado com a emergência da educação inclusiva.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.1/10089







O papel do diretor de turma na organização escolar

13-Outubro-2017 - rcaap.pt



O presente estudo pretende identificar as perceções dos alunos e encarregados de educação acerca da importância do diretor de turma enquanto gestor intermédio na organização escolar. A este compete definir prioridades, delinear estratégias e mobilizar toda a equipa que coordena de modo a servir os interesses da comunidade educativa, em estreita colaboração com os elementos da gestão ao nível do topo. A vontade em realizar uma investigação com esta temática advém de fatores de cariz pessoal e profissional. Dada a responsabilidade e abrangência de funções do diretor de turma, parece-nos deveras relevante auscultar a opinião de alguns dos interlocutores do processo: os professores-diretores de turma, os alunos e os encarregados de educação. Desde há muitos anos que contatamos com jovens e sempre nos motivou o conhecimento do seu ponto de vista acerca das temáticas que influenciam e poderão determinar/condicionar a sua vida futura, nomeadamente o seu percurso académico. Por sua vez, o envolvimento dos encarregados de educação na vida escolar dos seus educandos sempre se nos afigurou positiva e promotora do sucesso do aluno. Assim, enquanto docente do ensino secundário, o presente estudo surge como um investimento na nossa prática pedagógica bem como no desempenho das funções de diretora de turma.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.14/22961







A (in)eficácia da comunicação no contexto dos novos mega-agrupamentos

13-Outubro-2017 - rcaap.pt



O trabalho de investigação que desenvolvemos teve como principal objetivo analisar a comunicação interna no seio dos novos mega-agrupamentos, no contexto da sua recente formação e subsequente processo de consolidação. O processo de ordenamento da rede escolar tem no Decreto-Lei n.º 115-A/98 o seu principal impulsionador, desencadeando a criação de Agrupamentos de Escolas. Conclui-se em abril de 2013 com a quarta e última fase de agregações. Criam-se agrupamentos de grande dimensão, denominados mega-agrupamentos, uma nova realidade organizacional. Este facto, associado a motivações de natureza pessoal e profissional, sustentou o trabalho que realizámos. Pretendeu-se estudar a eficácia dos instrumentos de comunicação interna na consolidação do processo de agregação de uma nova comunidade que, por natureza, se encontra fisicamente dispersa, uma problemática que consideramos atual e pertinente. Centrámos o nosso estudo no Agrupamento de Escolas do Almonda onde estudámos aspetos da comunicação interna implementada numa organização educativa onde coabitam docentes de variadas realidades sociais, com competências, valores e culturas heterogéneas. Aferimos as práticas comunicativas e como funciona o processo de comunicação interna nos seus diversos fluxos. Analisámos em que medida as lideranças, de topo e intermédias, organizam os seus processos de comunicação. Como metodologia de investigação, optámos pelo estudo de caso. As técnicas de recolha de dados adotadas foram a observação direta e o inquérito por questionário. Em termos de resultados obtivemos conclusões que nos conduzem à centralidade e burocratização dos processos de comunicação interna, nomeadamente no que se refere à regulação do funcionamento e da construção da identidade coletiva do novo mega-agrupamento, desenvolvendo estratégias de comunicação que procuram promover a sua eficácia organizacional. Identificámos o facto de os sistemas de comunicação desempenharem um papel cada vez mais central nas organizações educativas, necessitando estas de adotar uma política de comunicação eficaz, desenvolvendo novas estratégias que lhes permitam criar uma imagem positiva e coerente.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.14/22962







Fatores Determinantes na Decisão entre a Implementação de Virtualização ou a Adoção de Serviços de Computação na Nuvem nas Empresas Portuguesas.

13-Outubro-2017 - rcaap.pt



Atualmente, as empresas têm de tomar decisões sobre a melhor forma de utilizarem os recursos tecnológicos na criação de valor para o seu negócio. Assim, quer sejam empresas com muitos anos ou não, em determinado momento têm de decidir se: (1) investem em novos servidores internos para implementar soluções de virtualização, ou (2) investem em soluções de virtualização proporcionadas por serviços de computação em nuvem. O conceito de virtualização já existe há vários anos. Todavia, atualmente é um conceito cada vez mais discutido e implementado nas empresas para fazer face a problemas de ordem financeira, de segurança, e de escalabilidade dos sistemas informáticos. A virtualização é a técnica de separar aplicação e sistema operacional dos componentes físicos, podendo aplicar-se a aplicativos, servidores, armazenamento e redes. Permite criar a automatização de processos, o uso adequado de recursos e a possibilidade de fornecer a cada servidor virtual os recursos computacionais, necessários para a realização do seu objetivo. A redução de custos é possível com a consolidação de vários servidores, potenciando assim a redução dos custos de energia, de refrigeração, entre outros. A computação em nuvem tem o potencial de transformar grande parte da indústria das tecnologias de informação. Enquanto na virtualização uma empresa tem de investir na aquisição de servidores e na sua infraestrutura de suporte, na computação em nuvem são criados modelos de implementação em que é disponibilizado um serviço. Os modelos de implementação existentes são: Privada; Pública; Híbrida e Comunitária. Este trabalho é uma análise para a implementação e operacionalização tecnológica de uma das duas soluções com o objetivo de compreender os principais motivos que levam as empresas a decidir entre elas.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10884/1129







Ford Arranca Produção Europeia do Novo SUV EcoSport na Roménia Para Satisfazer a Crescente Procura

13-Outubro-2017 - cision.com



·         A produção do novo Ford EcoSport arranca em Craiova (Roménia), de forma a satisfazer a crescente procura de modelos SUV compactos, criando também novos postos de trabalho na Europa   ·         Ford investe até 200 milhões de euros em Craiova para a produção do EcoSport; desde 2008 em Craiova, o investimento total da Ford no país ultrapassa 1.000 milhões de euros   ·         A produção do novo EcoSport implica a criação de 1.700 novos postos de trabalho na fábrica romena da Ford, unidade de classe mundial; até ao final do ano, a fábrica empregará 3.900 pessoas. O EcoSport



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/ford-lusitana/r/ford-arranca-producao-europeia-do-novo-suv-ecosport-na-romenia-para-satisfazer-a-crescente-procura,c636434052660000000







Omdesign volta a ser premiada no Creativity International Awards

13-Outubro-2017 - cision.com



A Omdesign é, pelo terceiro ano consecutivo, reconhecida nos Estados Unidos da América, no concurso Creativity International Awards - Print e Packaging. Nesta edição, a agência portuguesa de publicidade recebeu 4 distinções: um Ouro, duas Pratas e um Bronze. Dos trabalhos a concurso provenientes de cerca de 30 países diferentes, o júri da competição americana elegeu quatro projetos nacionais assinados pela Omdesign. O packaging Murganheira Vintage – Edição especial Mestre Júlio Resende foi galardoado com Ouro na categoria “Packaging”; os livros “Martins da Costa – Contos Vividos” e “300



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/omdesign/r/omdesign-volta-a-ser-premiada--no-creativity-international-awards,c636433990540000000







Nilton com Palhaços d’Opital no IPO de Coimbra

13-Outubro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



Nilton vai visitar o IPO de Coimbra, a convite da Associação Palhaços d’Opital, no dia 14, pelas 16:00. A visita integra-se nas sessões de trabalho dos doutores palhaços da Associação,[...] O post Nilton com Palhaços d’Opital no IPO de Coimbra aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/nilton-palhacos-dopital-no-ipo-coimbra/







Melo Gouveia a três pancadas da liderança em Milão

13-Outubro-2017 - sapo.pt



Ricardo Melo Gouveia está empenhado em manter o cartão do European Tour, precisa de recuperar lugares na "Race to Dubai" e deu um primeiro sinal, no Open de Itália, que pode obter um resultado que lhe permita cumprir o seu objectivo.



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/95621/melo_gouveia_a_tres_pancadas_da_lideranca_em_milao?utm_source=sapo







Fisco impedido de penhorar recibos verdes de baixo valor

13-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



O Fisco vai deixar de poder avançar com penhoras sobre a totalidade dos rendimentos dos trabalhadores independentes, ficando obrigado a garantir-lhes pelo menos um salário mínimo. No IRS, o mínimo de existência é alargado aos prestadores de serviços.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/impostos/detalhe/fisco-impedido-de-penhorar-recibos-verdes-de-baixo-valor







Reformas somam até 7,5% ao PIB em dez anos, diz estudo das Finanças

13-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



Estudo de economistas das Finanças estima que as reformas do Programa Nacional de Reformas para as áreas de educação, inovação, emprego e financiamento da economia gerem "ganhos significativos" na economia.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/reformas-somam-ate-75-ao-pib-em-dez-anos-diz-estudo-das-financas







Até o saldo estrutural sopra a favor da geringonça em 2018

13-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



Mais investimento e emprego estão a elevar o potencial da economia nas fórmulas de Bruxelas, ajudando a cumprir as regras.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/financas-publicas/detalhe/ate-o-saldo-estrutural-sopra-a-favor-da-geringonca-em-2018







Desertificação e dinâmica populacional no Concelho de Mértola: uma perspectiva ecológica

13-Outubro-2017 - rcaap.pt



INTRODUÇÃO: A abordagem do problema da DESERTIFICAÇÃO num trabalho realizado no âmbito da ECOLOGIA HUMANA, parece-nos justificado pelo facto do aspecto mais importante da própria desertificação se prender com o seu impacto no próprio Homem, não só a nível individual, mas também num âmbito social mais alargado - na família e na própria comunidade. sabido que um ecossistema é um sistema complexo de elementos interdependentes - plantas, animais, solo, água, balanço energético, etc. Daí que, qualquer alteração, por menor que ela seja, num destes seus elementos pode vir a desequilibrá-lo. Contudo, qualquer sistema tem as suas defesas, donde que, quando o equilíbrio anterior é rompido, o sistema vai tender para um novo equilíbrio, fazendo uso dessas mesmas defesas. Porém, quando o Homem intervém num ecossistema natural e lhe introduz perturbações contínuas e cada vez mais fortes, o sistema pode ver significativamente afectada a sua capacidade de adaptação. As consequências dessa degradação do ecossistema natural podem, contudo, vir a reflectir-se, de fama mais ou menos grave, no Homem, tanto a nível individual (aspectos biológicos e psicológicos) como a nível da própria comunidade (aspectos económicos e sociais). Assim, se da intervenção humana, num determinado ecossistema se desencadear a detioração dos sistemas de produção, fruto de um processo de desertificação que resulta da ruptura da homeostase do ecossistema, pode eventualmente assistir-se a um processo paralelo de desertificação humana, caracterizado por um esvaziamento do meio rural. Este trabalho foi realizado com o objectivo de analisar o tipo de interacções que foram estabelecidas entre a população e o meio, e que dalguma forma foram conducentes ao desencadear do processo de desertificação a que se assiste no concelho de Mértola. Não se pretende com ele, realizar uma análise exaustiva de todas as interações que se estabeleceram ao longo dos Últimos cinquenta ou sessenta anos, pois temos consciência que tal tarefa excedia em muito as nossas limitadas capacidades. O nosso objectivo é muito mais modesto e circunscrito e limita-se apenas a uma tentativa de identificação de algumas práticas que, quando implementadas, deram o seu contributo para o desencadear do processo de desertificação na sua dupla vertente, (meio natural e população). 0 presente trabalho esta organizado em três partes: na primeira parte tentamos realizar um estudo dos aspectos Biofísicos do concelho de Mértola. Este estudo não tenta ser de forma alguma exaustivo, mas com ele tentamos apontar os pontos " sensíveis " exibidos pelo ecossistema que ele constitui. Na segunda parte tentamos analisar a dinâmica demográfica da população do concelho durante este século, população essa, que fez desse ecossistema o suporte para as suas actividades. Na terceira, e Última parte do trabalho, tentamos analisar a teia de interacções que foi estabelecida entre a população e o meio (sociosfera - Biosfera), a forma como este Último reagiu (feed-back) e quais as implicações que o tipo de resposta do meio tiveram na dinâmica dessa mesma população. Trata-se, portanto de considerar estas duas partes (meio e população), que até aí foram analisadas em separado, como dois sub­sistemas integrados num sistema mais alargado e, por isso, mesmo mais complexo. Em suma, o objectivo da terceira parte do trabalho é pois, analisar passo a passo, na medida do possível e condicionados pelos poucos dados que dispomos, as relações dinâmicas que se foram estabelecendo, o atingir de vários pontos intermédios de equilíbrio e a sua posterior ruptura, tentando assim compreender o mecanismo interactivo que se estabeleceu entre a população e o meio e que culminou num processo duplo de desertificação do concelho



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10174/21370







Histoire, conservation et valorisation du patrimoine immatériel moldave: l´ensemble de danses folkloriques´Joc´

13-Outubro-2017 - rcaap.pt



O objetivo deste trabalho é mostrar como um país, colocado em um contexto histórico, está a evoluir e a sofrer mudanças sociopolíticas e culturais. Essa evolução é o exemplo perfeito de como o folclore pode ser a soma e o resultado de fatos históricos distantes e como uma nação se apresenta, do ponto de vista cultural, quando confrontada com fases de diferentes potências principais. Durante a história, especialmente dos tempos da antiga Dácia, a Moldávia foi confrontada com separações e dominações, dos seus vizinhos, e a cultura teve que sofrer de todos os pontos. Mudanças constantes de poderes principais conduziram à mudança da língua, do alfabeto, do território e do nome do país, e isso também favoreceu o desenvolvimento de uma nação mista, com raízes e cultura. Em tempos de cultura mista e nacionalidades, é muito importante, para uma nação, voltar aos seus primórdios, a fim de identificar, preservar e conservar sua identidade nacional e transmiti-la para as gerações vindouras. Na República da Moldávia, podemos ver a unidade entre a dança, a música e o traje, quando se trata de todos os tipos de danças folclóricas tradicionais da Moldávia. Estas práticas variam de uma região para outra, considerando o seu ritmo, propósito, estilo, nome, utilidade, etc., mas juntos formam a riqueza do folclore moldavo: as tradições, os costumes, as práticas nacionais. Tendo suas raízes na antiga Dácia, a música folclórica e as danças moldavas foram salvaguardadas e passaram por muitos períodos de transições políticas, sociais e econômicas, que não podiam deixar de deixar suas marcas e influências. Apesar de tudo, podemos ver que essas práticas foram salvas e transmitidas de uma geração para outra, mantendo o seu lugar honroso na vida cotidiana do camponês da Moldávia, embora uma grande parte deles tenha sido perdida durante a moldalização e a russificação da nação, e outra parte está atualmente em perigo. A herança da Moldávia é realmente ameaçada pelo esquecimento, a ignorância, especialmente provenientes das novas gerações, a imigração maciça do país e a crise econômica da Moldávia, que não permite que as pessoas desenvolvam as habilidades de uma política de transmissão e conservação; RÉSUMÉ GÉNÉRAL: Ce travail essayera de démontrer comment un pays, placé dans un contexte historique, évolue et subit des changements sociopolitiques et culturels. Cette évolution même est l’exemple parfait de la façon dont le folklore peut être la somme et le résultat des faits historiques lointains, et comment une nation se présente, du point de vue culturel, face aux phases des différentes puissances au pouvoir. Au cours de l’histoire, surtout des temps de l’ancienne Dacie, la Moldavie a été confrontée aux séparations et aux dominations de ses voisins, pendant lesquels la culture a souffert des changements majeurs. Les changements constants des pouvoirs ont conduit à la modification de la langue, de l’alphabet, du territoire et le nom du pays ; cela a aussi favorisé le développement d’une nation mixte, ayant des racines et une culture mélangée. Dans le temps où la culture et les nationalités sont composites et variées, il est très important, pour une nation, de descendre vers ses origines, afin d’identifier, préserver et conserver son identité nationale, et de le transmettre aux générations à venir. Dans la République de Moldova, on constate une unité entre la danse, la musique et le costume lorsqu’il s’agit de tous les types des danses traditionnelles populaires. Ces pratiques varient d’une région à une autre, compte tenu de leur rythme ; objectif ; style ; nom ; utilité etc., mais ensemble elles forment la richesse du folklore moldave ; les traditions ; les coutumes ; les usages nationaux. Ayant ses racines dans l’ancienne Dacie, les danses et la musique folklorique moldave, ont été sauvegardées et ont passés des nombreuses périodes de transition politiques, sociales et économiques, qui ont laissé leurs empreintes et influences. Malgré tout, nous pouvons constater que ces usages ont été conservés et transmis d’une génération à une autre, en gardant leur place honorable dans la vie quotidienne du paysan moldave. Bien qu’une grande partie de ces usages a été perdue lors de la moldavisation et russification du peuple, et une autre partie est actuellement en danger. Le patrimoine moldave est aujourd’hui menacé par l’oubli, l’ignorance, surtout de la part des jeunes générations ; l’immigration massive du pays ; la crise économique. Toutes ces circonstances ne permettent pas au peuple de développer une politique de transmission et de conservation du folklore; GENERAL ABSTRACT: This work’s aim is to show how a country, placed in an historical context, is evolving and suffers sociopolitical and cultural changes. This very evolution is the perfect example of how the folklore can be the sum and the result of distant historical facts, and how a nation presents itself, from the cultural point of view, when faced to phases of different lead powers. During the history, especially from the times of old Dacia, Moldova was faced to separations and dominations, from its neighbors, and the culture had to suffer from every point of it. Constant changes of leading powers have conducted to the change of the language, the alphabet, the territory and name of the country; this has also favorised the development of a mixt nation, with mixt roots and culture. In times of mixed culture and nationalities, it is very important, for a nation, to go back to its beginnings, in order to identify, preserve and conserve its national identity, and to transmit it for the generations to come. In the Republic of Moldova, we can see the unity between the dance, music and costume, when it comes to all the types of traditional Moldavian folk dances. These practices are varying from one region to another, considering their rhythm; purpose; style; name; utility etc., but together they form the richness of the Moldavian folklore: the traditions, customs, national practices. Having their roots in the ancient Dacia, the Moldavian folk music and dances have been safeguarded and passed through many periods of political, social and economic transitions, which could not help from leaving their marks and influences. Despite all, we can see that these practices have been saved and transmitted from one generation to another, keeping their honorable place in the quotidian life of the Moldavian peasant, although a big part of them have been lost during the moldavisation and russification of the nation, and another part is currently in danger. The Moldavian heritage is actually threatened by the oblivion, ignorance, especially coming from the young generations, the massive immigration from the country, and the economic crisis from Moldova, which is not allowing to the people to develop the skills of a transmission policy and conservation.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10174/21371







Caféde: do contexto geral à dinâmica demográfica e socio-familiar

13-Outubro-2017 - rcaap.pt



O presente trabalho disponibiliza informação que se pretendeu o mais actual possível sobre a comunidade de Caféde. O trabalho centra-se fundamentalmente em duas temáticas. Uma mais genérica e abrangente aprofunda a comunidade na vertente física e sócio-ambiental; a outra, mais específica, estuda os aspectos sócio-demográficos da população.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.11/207







Literacia da informação em contexto universitário: uma intervenção necessária

13-Outubro-2017 - rcaap.pt



Um conjunto de autores, de vários quadrantes, reuniu-se num Grupo de Investigação em Psicopatologia, Emoções, Cognição e Documentação, na linha de investigação – Literacia de Informação em Contexto Universitário, sediado no ISPA-Instituto Universitário – para procurar responder a uma lacuna que existia em Portugal: a falta de um livro em língua portuguesa para responder aos profissionais que exercem a sua ação em torno deste tema. A partir de contributos nacionais e internacionais, com o que de mais atual se faz nesta área, procurou-se ancorar a literacia da informação em investigação teórica para sustentar as práticas, mas igualmente apresentar casos exemplares para inspiração e replicação em diferentes contextos educativos. Os contributos que formam o ebook, recentemente publicado, pretenderam trazer ideias e partilhar experiências, alargar horizontes e criar alguma luz sobre o panorama nacional relativamente à literacia da informação. As diferentes formulações, perspetivas e abordagens procuraram providenciar um aporte diversificado e abrangente à temática e responder ao desafio lançado por profissionais ligados à área, particularmente os intervenientes nas bibliotecas de ensino superior. Este webinar pretende descrever o desafio que mobilizou a concretização deste livro, explicando e incentivando à melhor aprendizagem e ao sucesso académico, através da consciência de uma ação concreta dos profissionais que, em contexto educativo no ensino superior, desenvolvem a sua ação com e pela literacia da informação.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.21/7419







Fusion-Jeanswear & Tailoring

13-Outubro-2017 - rcaap.pt



Este trabalho consiste no desenvolvimento de uma mini coleção composta por três coordenados, sendo eles constituídos por fatos de duas peças, procurando explorar a fusão entre a noção de Jeanswear e a de Tailoring. Para chegar até à coleção foi necessária inicialmente, uma reflexão sobre o vestuário masculino nestes dois universos. Foram abordadas as suas origens, apontados os principais pontos da identidade de ambos e elaborados estudos de caso na área do Tailoring. Com a abordagem teórica chegamos ao objecto de estudo e como tal fez-se necessária uma pesquisa visual do tema para melhor compreender o fio condutor da coleção. A partir daqui foi possível a elaboração do projeto cumprindo as fases comuns do desenvolvimento de uma coleção como: pesquisa do estado de arte, definição do público-alvo, pesquisa de materiais, realização de esboços, memória descritiva, painel ambiente, painel de materiais, paleta de cores, amostras de confeção, ilustrações e fichas técnicas. O coordenado tradicional passou à fase de produção sendo confecionado num alfaiate.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.26/19069







A relação do ensino direto de conceitos abstratos com a compreensão da linguagem

13-Outubro-2017 - rcaap.pt



Este estudo pretende investigar se, por meio de estratégias educacionais voltadas à compreensão plena de conceitos abstratos é possível aumentar o nível de compreensão da leitura. Enquanto crianças que não apresentam dificuldades relacionadas à compreensão da linguagem são capazes de absorver esses conceitos geralmente de forma implícita, por meio de textos e interações sociais, indivíduos com problema em inferir significado podem melhorar se beneficiar do ensino explícito de conceitos. Esse ensino direto deve ter como objetivo ampliar o repertório lexical dos alunos de forma a capacitá-los a inferir significado e entender de forma profunda os conceitos e suas variadas conotações e possibilidades de uso. Para tanto, deve ser elaborado com base em estratégias que auxiliem o desenvolvimento da consciência metalinguística e habilidades que de forma interdependentes possibilitem a compreensão leitora. Sendo assim, pretendeu-se comprovar que teorias baseadas em como a mente cria significado podem facilitar o desenvolvimento da linguagem, a partir do uso de associações metafóricas como ferramenta do ensino explícito de vocabulário abstrato. A partir de avaliações realizadas após um trabalho de intervenção focada no ensino de vocabulário e voltada a alunos que apresentaram baixo desempenho em testes de compreensão de texto, foi possível constatar uma significativa melhora na capacidade de compreensão leitora.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10284/6205







Educação para o Empreendedorismo: relato de uma experiência educativa

13-Outubro-2017 - rcaap.pt



Nos últimos anos, o Instituto Politécnico de Bragança tem vindo a incluir nos seus cursos unidades curriculares no âmbito da Educação para o Empreendedorismo. Estas unidades curriculares visam reconhecer no aluno a necessidade de um espírito empreendedor alicerçado em competências para elaborar um plano de negócio ou de um projeto mais criativo, inovador, distintivo, sustentado e sustentável. Para além disso, os alunos dos cursos que não incluem este tipo de unidades curriculares podem recorrer à formação do concurso de ideias e de planos de negócio Poliempreende, promovido pelo gabinete de empreendedorismo da instituição. No âmbito da educação formal, os alunos, dotados das competências essenciais de empreendedorismo e dos instrumentos para a geração e descrição de um modelo de negócio ou de um projeto, foram desafiados a gerar ideias de negócio ou de projetos, nomeadamente no âmbito das áreas e competências do seu curso. Em termos genéricos, os grupos de trabalho recorreram primeiramente ao processo criativo Walt Disney com vista a explorar a ideia de negócio a partir de vários pontos de vista complementares, ou seja, segundo três Disneys diferentes: o sonhador, o designer e o minucioso. Em seguida, utilizaram o Business Model Canvas proposto por Alexander Osterwalder para apresentar a ideia de negócio. Finalmente descreveram os planos de negócio, preenchendo os correspondentes modelos propostos pela Agência para a Competitividade e Inovação ou o modelo de projeto em conformidade com o Project Management Body of Knowledge. Finalmente, a avaliação desta experiência incidiu numa grelha de observação utilizada pelo docente e num inquérito e reflexão individual apresentada pelos alunos. Este artigo visa apresentar o processo de planeamento de um micronegócio ou de um projeto e correspondente execução e avaliação, contribuindo assim para a promoção da educação para o empreendedorismo e consequentemente para a melhoraria da qualidade de vida das futuras gerações.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10198/14557







Sensor de fibra óptica de intensidade com instrumentação virtual

13-Outubro-2017 - rcaap.pt



Os sensores de fibra óptica exibem um conjunto de características muito atractivas, as quais incluem imunidade electromagnética, composição passiva, imunidade a ambientes hostis de carácter químico ou outros, flexibilidade, versatilidade geométrica, capacidade de multiplexagem numa rede de sensores e potencial de monitorização distribuída ao longo de uma única fibra. Esta dissertação tem por objectivo o estudo, desenvolvimento e análise de um sistema de monitorização virtual para sensores de intensidade em fibra óptica referenciados em frequência, onde o atraso no domínio óptico ou eléctrico é substituído por um atraso no domínio virtual assegurando uma elevada flexibilidade e optimização dinâmica. Assim foram estudados dois sistemas que garantem ao utilizador a possibilidade de acesso às medições e resultados provenientes de um sensor. O presente documento encontra-se organizado em sete capítulos. O capítulo 1 faz um enquadramento dos sensores de fibra óptica na sua generalidade apresentado as suas mais importantes características. No capítulo 2 é apresentado o tipo de sensor objecto de estudo neste trabalho, sensor de intensidade em fibra óptica, assim como alguns exemplos da sua vasta aplicação. A questão da auto-referenciação é igualmente abordada, apresentando o porquê da sua necessidade e de que forma é possível a sua aplicação a este tipo de sensores. O capítulo 3 é dedicado ao estudo teórico deste sensor quando considerada a configuração em topologia Mach-Zehnder em modo transmissivo. Esse estudo inclui os vários níveis de introdução de atraso no sistema até se chegar ao conceito de atraso virtual, assim como na aplicação da noção de instrumentação virtual. No capítulo 4 são apresentados e desenvolvidos dois modelos para simulação teórica da instrumentação virtual de um sensor de intensidade, sendo um no domínio das frequências e outro no domínio dos tempos. O capítulo 5 aborda os modelos para a implementação experimental da instrumentação virtual de um sensor de intensidade, revelando os resultados associados a este, onde se incluem a função de transferência, o parâmetro R e a resolução. No capítulo 6 é exposto o conceito de sensor de deslocamento de intensidade em fibra óptica, onde são apresentados os resultados inerentes a este sensor quando sujeito aos modelos de instrumentação virtual no domínio das frequências e no domínio dos tempos. É igualmente introduzido o conceito de multiplexagem espacial de sensores de fibra óptica. O capítulo 7 contém as conclusões e comentários finais ao trabalho. No final da dissertação seguem-se os anexos, onde se encontra a publicação submetida resultante do trabalho realizado.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.13/1664







Universidade da Beira Interior quer contratar mais docentes a tempo inteiro

12-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/n5TsBVaTqVQ/315406-universidade-da-beira-interior-quer-contratar-mais-docentes-a-tempo-inteiro







O melhor pequeno almoço para os estudantes, e não só

12-Outubro-2017 - universia.net



O pequeno almoço é fundamental para se iniciar bem o dia. Há que repor a energia para se aguentar bem a manhã e assim garantir a concentração nas aulas, ou no emprego. Já todos ouvimos falar do excesso de açúcar presente nos tradicionais cereais de pequeno-almoço. Para além disso, há também quem não consiga beber leite ou iogurte sem ficar indisposto. Acordar bem cedo, sair de casa para comprar pão fresco, regressar e tomar o pequeno almoço antes de mergulhar na rotina do dia a dia, simplesmente não é opção para muitos outros. Sem tempo a perder, muitos estudantes encontram-se agora fora de casa pela primeira vez . Acabados de entrar na universidade, não querem chegar sistematicamente atrasados às aulas e conseguir estar despertos à primeira hora só é possível quando se tomou previamente um bom pequeno almoço... e um café, claro . Estando a preparação do pequeno-almoço a seu cargo, assim como muitas outras refeições  e tarefas diárias, este pode bem ser o momento ideal para experimentar novas opções, muito saborosas, bastante saciantes e bem mais saudáveis que as mais tradicionais, e nem é preciso ser um verdadeiro Chakall  ou Chefe Kiko. Já ouviram falar no pão na frigideira? Simples, rápido de se fazer, saudável e muito saciante. Vamos experimentar? Bastam apenas cerca de 5 minutos, não mais. Parta um ovo para uma taça e junte uma colher ou duas de farinha de amêndoa (podem recorrer à picadora para reduzir as amêndoas a pó), uma colher de sopa de polvilho doce e/ou farinha de aveia e temperos a gosto. Por exemplo, sal, pimentas, orégãos... Com um garfo batem-se todos os ingredientes até se obter uma mistura homogénea (podem recorrer a um liquidificador). Colocar a mistura numa frigideira pequena, untada com um fio de azeite e tapar bem - e aqui reside o segredo . Podem também adicionar pedaços de queijo e de chouriço ou de presunto alguns segundos depois e no final, após 2/3 minutos têm o vosso pão saudável, saboroso, e saciante com queijo derretido, quase comparável a uma piza saudável , mas sem molho de tomate e sem glúten . Podem ainda acompanhar com uma peça de fruta e/ ou 3 ou 4 nozes ,  para uma refeição mais completa. Assim conseguem assegurar uma manhã sem fome e com mais foco nas aulas (ou no trabalho). Frutas como a laranja, o kiwi, ou as framboesas (3 ou 4) são ricas em vitamina C e antioxidantes e ajudam a fortalecer o sistema imunitário, e consequentemente a prevenir doenças como a gripe ou a simples constipação. As nozes têm ainda na sua composição nutrientes como zinco, cobre, potássio, magnésio, fósforo, enxofre, ferro, cálcio e vitaminas B1,B2, B5 e carotenos. Ricas em taninos, têm também uma ação adstringente e reparadora dos tecidos e melatonina, uma substância reguladora do sono . Se preferirem uma opção mais doce, basta substituir o sal e as especiarias por um pouco de mel ou de açúcar mascavado , e no final salpicar com um pouco de canela, coco ralado e/ou mel. Acompanhado com uma peça de fruta estão prontos a enfrentar uma manhã com as aulas mais desafiantes deste ano letivo .



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/cultura/noticia/2017/10/12/1156129/melhor-pequeno-almoco-estudantes.html







Banco Santander Totta e Fundação da Juventude disponibilizam 50 bolsas de estágios para Startups

12-Outubro-2017 - universia.net



Programa StartUP Santander Jovem do Santander Totta e Fundação da Juventude atribui 50 bolsas de estágio a jovens diplomados há menos de 2 anos, de cursos com grau de licenciatura, mestrado ou mestrado integrado, com idade máxima até aos 28 anos REGISTE O SEU CV GRÁTIS REGISTE AQUI O Banco Santander Totta e a Fundação da Juventude vão atribuir 50 bolsas de estágios em Startups , lançando um programa inovador StartUP Santander Jovem , depois de terem criado em 2016 um Programa de Bolsas de Estágios em PME’s . Ainda que o programa seja aberto a todas as Startups, será dada preferência a todas aquelas que se encontram inseridas numa Incubadora pertencente à Rede Nacional de Incubadoras (RNI) , entidade que, juntamente com a StartUP Portugal, apoiam este programa. Para Marcos Soares Ribeiro, Diretor Coordenador do Santander Universidades, “o Banco considera a integração no mercado de trabalho dos recém-licenciados, através da empregabilidade ou do empreendedorismo, um dos desafios mais importantes do Ensino Superior. O programa StartUP Santander Jovem, que lançamos em parceria com a Fundação da Juventude, visa, por um lado, reforçar a oferta de bolsas de estágio a recém-licenciados , que já tínhamos lançado no ano passado e, por outro, apoiar o crescimento das Startups , através de programa de estágios que facilitam o acesso a colaboradores qualificados”. Segundo Ricardo Carvalho, Presidente Executivo da Fundação da Juventude, “o Programa de Estágios StartUP Santander Jovem surge como um importante complemento à formação académica dos recém-diplomados, ao mesmo tempo que promove a integração dos jovens no mundo do trabalho , permitindo às Startup’s conhecerem e formarem estagiários com formação superior e com experiência na sua área de atividade”. Os estágios StartUP Santander Jovem têm a duração de 3 meses, e para além da experiência proporcionada aos estagiários, estes recebem ainda uma bolsa mensal no valor de 550€ e beneficiam de um Seguro de Acidentes Pessoais. Cada estágio decorre sob a supervisão de um orientador a designar pela Startup, o qual deverá acompanhar o desenvolvimento do jovem e o cumprimento do respetivo plano de formação. O programa de estágios StartUP Santander Jovem enquadra-se num dos principais campos de atuação do Banco Santander Totta, uma vez que, através do Santander Universidades, promove desde 2003 o apoio ao Conhecimento e Ensino Superior, no âmbito da sua Política de Envolvimento com a Comunidade. O Banco investe anualmente cerca de €7 milhões na área de Responsabilidade Social e Corporativa. Por outro lado, o programa faz parte de um dos vetores estratégicos da Fundação da Juventude – o Emprego e o Empreendedorismo  – através do qual se procura proporcionar aos jovens a oportunidade de complementarem a sua formação académica, promover o acesso ao primeiro emprego dos recém-diplomados, ao mesmo tempo que confere às Startups a oportunidade de formarem estagiários com formação superior e com capacidade para responderem aos desafios colocados pela empresa. As candidaturas das empresas e dos próprios jovens são efetuadas diretamente através da plataforma http://ms.fjuventude.pt/startupjovem/ . A Fundação da Juventude é uma instituição privada, de interesse público, sem fins lucrativos, focada na Formação, Empreendedorismo e apoio ao Emprego Jovem e uniu-se uma vez mais ao Banco Santander Totta através d o Santander Universidades, que colabora atualmente com 53 instituições de Ensino Superior portuguesas. Em 2016, o Banco investiu 6,8 milhões de euros em atividades relacionadas com responsabilidade corporativa, entre os quais 5,9 milhões diretamente no Ensino Superior em Portugal. Relembramos ainda que a  relação com o Ensino Superior continua a ser a grande prioridade da política de Responsabilidade Social Corporativa do Santander Totta. E se está à procura de uma oportunidade de emprego, ou de   enriquecer o seu currículo  com um estágio profissional remunerado, consulte também as outras oportunidades divulgadas na rede  Trabalhando . Registe-se e deixe-nos o seu currículo atualizado. Quer saber mais? Veja todas as notícias



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/destaque/noticia/2017/10/12/1156141/banco-santander-totta-fundacao-juventude-disponibilizam-50-bolsas-estagios-startups.html







Deputado Pedro Coimbra garante que contratação de doutorados é prioridade do Governo,

12-Outubro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



  O deputado do PS Pedro Coimbra enalteceu hoje, no Parlamento, as políticas objetivas e as medidas concretas do atual Governo no que diz respeito à promoção do emprego de[...] O post Deputado Pedro Coimbra garante que contratação de doutorados é prioridade do Governo, aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/pedro-coimbra/







STE quer progressões na carreira até 135 euros pagas de imediato

12-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



O Ministério das Finanças recebeu o Sindicato dos Quadros Técnicos do Estado para a última reunião sobre o descongelamento das carreiras.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/-WUic9RwyQ0/ste-quer-progressoes-na-carreira-ate-135-euros-pagas-de-imediato-8838743.html







Frente Comum quer descongelamentos ´para todos e ao mesmo tempo´

12-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



Frente Comum não aceita "esta" proposta de descongelamentos de carreiras da Administração Pública.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/4QFgh3osbF4/para-todos-e-ao-mesmo-tempo-8838274.html







Soflusa diz que ligação fluvial entre Barreiro e Lisboa será normalizada sexta-feira

12-Outubro-2017 - sapo.pt



A empresa Soflusa anunciou hoje que a ligação fluvial entre o Barreiro e Lisboa vai regressar à normalidade a partir de sexta-feira, estando disponíveis seis navios para assegurar todas as carreiras nas horas de ponta da manhã e da tarde.



Link para o texto completo:
 
http://noticias.sapo.pt/nacional/artigo/soflusa-diz-que-ligacao-fluvial-entre-barreiro-e-lisboa-sera-normalizada-sexta-feira_23096490.html







Milhares de elementos das forças de segurança em marcha pelo descongelamento de carreiras

12-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/eu6_8D7YO8k/315408-milhares-de-elementos-das-forcas-de-seguranca-em-marcha-pelo-descongelamento-de-carreiras







Universidade da Beira Interior quer contratar mais docentes a tempo inteiro

12-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/BZ09gDPHyGo/315405-universidade-da-beira-interior-quer-contratar-mais-docentes-a-tempo-inteiro







Mais de 2.000 trabalhadores saíram desde 2014 e reestruturação vai continuar

12-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/pWeji3gPrNs/315400-mais-de-2.000-trabalhadores-sairam-desde-2014-e-reestruturacao-vai-continuar







Equipa do arquiteto Gonçalo Byrne ganha concurso para ´Cidade da Música´ em Genebra

12-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/6O-OUEifHqE/315395-equipa-do-arquiteto-goncalo-byrne-ganha-concurso-para-cidade-da-musica-em-genebra







Equipa de arquiteto Gonçalo Byrne ganha concurso para ´Cidade da Música´ em Genebra

12-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/Bphxb0ZPYBU/315393-equipa-de-arquiteto-goncalo-byrne-ganha-concurso-para-cidade-da-musica-em-genebra







Quais as medidas que podem impactar os preços da electricidade em 2018?

12-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



Uma eventual descida das tarifas de electricidade no próximo ano poderá estar assente em várias medidas relacionadas com os contratos CMEC da EDP, que garantem uma remuneração anual estável a 16 centrais. As medidas já avançadas podem aliviar tarifas em 838 milhões.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/energia/detalhe/quais-as-medidas-que-podem-impactar-os-precos-da-electricidade-em-2018







A bandalheira orçamental de 2018

12-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



A população estudantil (ensino secundário) decresceu nos últimos 20 anos? O governo vai contratar mais 3500 professores. O sistema de pensões está desequilibrado?



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/opiniao/colunistas/camilo-lourenco/detalhe/a-bandalheira-orcamental-de-2018







Horas extraordinárias na função pública vão ser repostas em Janeiro na íntegra

12-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



Os cortes no valor das horas extraordinárias dos trabalhadores da administração pública vão acabar a partir de 1 de Janeiro de 2018, sem qualquer faseamento, disse hoje à Lusa fonte oficial do Ministério das Finanças.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/funcao-publica/detalhe/horas-extraordinarias-na-funcao-publica-vao-ser-repostas-em-janeiro-na-integra







Oi protocola novo plano de recuperação na Justiça

12-Outubro-2017 - ebc.com.br



A Oi protocolou ontem (11) o plano de recuperação judicial na 7ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, responsável por conduzir o processo. A proposta, que altera as condições para a negociação com credores, foi aprovada na terça-feira (10) pelo conselho de administração e pela diretoria e prevê uma capitalização de R$ 9 bilhões. Desse total, parte viria da conversão de dívidas em participação acionária, cerca de R$ 3,6 bilhões. R$ 3,5 bilhões em dinheiro aportado por bondholders (detentores de títulos) e R$ 2,5 bilhões vindos dos acionistas. A empresa espera conseguir consenso entre acionistas, bondholders e credores para que a proposta possa ser colocada em votação em Assembleia de Credores, já marcada para o dia 23 de outubro. "Com a capitalização, o patamar de investimento anual da companhia passará de R$ 5 bilhões ao ano para aproximadamente R$ 7 bilhões ao ano, pelos próximos três anos. O adicional de investimento a ser feito anualmente será destinado a projetos de expansão de fibra ótica, aumento da cobertura 4G, projetos de digitalização e TI", disse a empresa por meio de nota. Além disso, a Oi disse que vai negociar com os bondholders, que reúnem montante superior a R$ 22 bilhões de créditos. "A companhia já assinou acordos de confidencialidade com representantes destes grupos e iniciou discussões para buscar aprovação ao plano de recuperação da Oi", disse a tele em nota. Em agosto, a Oi apresentou para a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) uma proposta de recuperação judicial, que incluía uma capitalização de R$ 8 bilhões. Na ocasião, a agência determinou, diante do que considerou inconsistências, que o plano fosse refeito antes de ser submetido aos credores no final de setembro. A situação das dívidas da Oi com a Anatel ainda está sem resolução. A empresa disse que a partir deste momento, "há ampla oportunidade de avançarem as discussões com instituições e autarquias públicas que são credores da Oi e também com as autoridades e regulador do Governo, que vêm se manifestando publicamente pelo interesse comum de preservar os serviços prestados pela Oi e os empregos gerados pela companhia." A empresa deve cerca de R$ 11 bilhões em multas a agência reguladora. Na tarde de terça (10), após se reunir com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, a ministra da Advocacia Geral da União (AGU), Grace Mendonça, disse que o governo cogita uma mudança na legislação para ajudar a Oi, caso a solução definida pelo grupo não tenha respaldo na legislação vigente. O governo poderia enviar uma proposta (projeto de lei ou medida provisória) ao Congresso, segundo a advogada-geral da União. É um início de trabalho. Não há a exclusão de nenhuma possibilidade, disse após a reunião do grupo. A AGU é responsável por fazer a interlocução junto à Justiça dos interesses do governo e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e participa de um grupo de trabalho com representantes de vários ministérios para encontrar uma saída legal para a companhia. Grace Mendonça disse que o grupo de trabalho está disposto a analisar todas as opções, desde que haja sustentação jurídica. Entre as hipóteses, estão a renegociação parcial da dívida bilionária dentro das regras da Medida Provisória 780, que criou o parcelamento para as autarquias. o alongamento de prazos para o pagamento dos débitos e a conversão em investimentos de parte das multas aplicadas pela Anatel à operadora. O grupo Oi fez a requisição do pedido de recuperação judicial em 20 de junho de 2016. O caso é o maior e mais complexo processo de recuperação judicial da história do país. A empresa disse que vem trabalhando para resolver o imbróglio. "O objetivo da diretoria estatutária é assegurar a recuperação da Oi e por isso a companhia vem empenhando todos os melhores esforços para manter a companhia estável operacionalmente, tendo evoluído em todos os indicadores de qualidade, e também mantendo seu equilíbrio econômico-financeiro e competitividade comercial", disse.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/oi-protocola-novo-plano-de-recuperacao-na-justica







Chave do Concurso 81/2017

12-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/wGS11BsR-bA/315267-chave-do-concurso-812017







Grupo Lena pode ficar sem obras públicas

12-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



O Ministério Público pede uma pena acessória para as várias empresas arguidas do grupo Lena: não poderem ir, durante cinco anos, a concursos públicos.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/justica/detalhe/grupo-lena-pode-ficar-sem-obras-publicas







O 1º Treino de Alto Impato em Inteligência Emocional chega a Portugal com Instituto VOCÊ já esta 6ª feira, 13

12-Outubro-2017 - cision.com



Assente num dos motes que rege a Programação Neurolinguistica (PNL) “O Teu mundo muda quando Tu mudas!” convidam à experiência única de um momento de introspeção e partilha que fará toda a diferença na vida de cada um. A vinda do Instituto Você para Portugal tem o propósito de estender a sua missão de trabalhar pela valorização do ser humano, do seu desenvolvimento contínuo, relacionamento interpessoal, cidadania e eficiência, tendo em vista o seu crescimento pessoal e profissional. A ferramenta PNL utiliza a linguagem do cérebro para desenvolver a comunicação, o nosso comportamento e,



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/blood-com/r/o-1_-treino-de-alto-impato-em-inteligencia-emocional-chega-a-portugal-com-instituto-voce-ja-esta-6_-,c636433174050000000







Programas de reabilitação cardíaca em contexto comunitário e hospitalar

12-Outubro-2017 - rcaap.pt



O presente relatório traduz o trabalho realizado e o conhecimento adquirido ao longo de um ano letivo de estágio como fisiologista do exercício em Reabilitação Cardíaca em contexto comunitário, no Clube Coronário de Lisboa, e em contexto hospitalar no Hospital Beatriz Ângelo, Hospital de Santa Marta, Hospital de Santa Maria e Hospital Pulido Valente. Numa primeira fase do documento é feito um enquadramento da prática profissional sistematizando informações sobre doenças cardiovasculares, as suas implicações no exercício físico e a importância da reabilitação cardíaca. Numa segunda fase, são descritas as experiências vividas nos diferentes contextos, dando maior ênfase ao Clube Coronário de Lisboa cuja intervenção se manteve ao longo do ano letivo e fazendo uma breve descrição da passagem pelos hospitais. No final, é feito um balanço sobre o percurso realizado ao longo do ano salientando objetivos concretizados, objetivos não concretizados e dificuldades sentidas.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.5/14166







A multidimensionalidade do processo de formação de jogadores no contexto de uma academia de elite: relatório de estágio em futebol realizado na equipa de Sub 14 B do Sporting Clube de Portugal (1ª Divisão do Campeonato Distrital de Juniores C, época 2015-2016)

12-Outubro-2017 - rcaap.pt



O Futebol é a modalidade com maior número de praticantes federados em Portugal. Esta é uma modalidade onde os jovens portugueses aspiram chegar a profissionais. Contudo, poucos o conseguem alcançar. No contexto do futebol de formação o treinador, aliado ao seu conhecimento do conteúdo do jogo e dos métodos de treino, é responsável por formar desportivamente os seus jogadores, contribuindo também para a formação pessoal e social de cada jogador. Em contextos de academias de formação de elite, a gestão das expectativas deverá ser uma das preocupações do treinador. Este Relatório de Estágio reporta o trabalho desenvolvido na época 2015/2016 na equipa de Sub 14 B do Sporting Clube de Portugal. O processo ensino/aprendizagem estruturou-se em torno de duas grandes temáticas: 1) nos princípios específicos de jogo para direcionar os comportamentos dos jogadores no centro do campo - plano micro; 2) nos diferentes comportamentos e princípios de ação que suportaram a organização coletiva (estrutural e funcional) da equipa – plano macro. Relativamente à área de inovação e investigação aplicada ao Sucesso Escolar e Desportivo dos jogadores foi demonstrado, através de uma metodologia mista (quantitativa e qualitativa), que os atletas com pior aproveitamento escolar são também os que têm menor sucesso desportivo. No âmbito da área de relação com a comunidade, o grupo de estágio concebeu e dinamizou um seminário denominado ‘Dia do Sporting na Semana de Imersão’ com o intuito de dar a conhecer o contexto geral e o dia-a-dia de um estagiário na Academia Sporting. O documento relata ainda as práticas desenvolvidas num contexto de formação de elite, assinalando a multidimensionalidade do processo e a importância do domínio das diferentes áreas que este abarca por parte do treinador de formação, assim como a capacidade em lidar com a especificidade do contexto.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.5/14164







Exames nacionais, apoios pedagógicos e explicações: a complexa construção dos resultados escolares em Portugal

12-Outubro-2017 - rcaap.pt



A nossa investigação pretende compreender a combinação de fatores intervenientes no processo de construção dos resultados escolares em Portugal, na convicção de que o sucesso escolar dos alunos só poderá ser explicado se tivermos em conta a interligação das dependências que se estabelecem entre as dimensões familiar e escolar num ambiente de crescente mercantilização da educação. Este trabalho tem como principal objetivo conhecer as estratégias/iniciativas formativas das famílias e dos alunos relacionadas com a pressão dos resultados escolares (isto é, desenvolvidas para alcançar o sucesso académico), bem assim como as desenvolvidas pelo lado da oferta educativa, escolas e centros de explicações, na complexa construção dos resultados escolares. O estudo empírico aproxima-se da investigação por métodos mistos com recurso a estudos de casos múltiplos e à triangulação de recolha e análise de dados. Considerando um referencial teórico e empírico e a análise efetuada às listas de rankings de escolas publicadas em 2013, foi inquirido um grupo de alunos do 4º, 6º, 9º, 11º e 12º anos sujeitos a exames nacionais (Estudo 1) em duas escolas do topo e duas escolas da base das listas (uma pública e outra privada em cada um dos subgrupos), pretendendo conhecer e analisar quais as estratégias/iniciativas desenvolvidas dentro da escola – entrevistando a Direção sobre o tipo de apoios pedagógicos providenciados aos alunos na preparação para os exames nacionais face à pressão dos resultados académicos (Estudo 2); e/ou fora das escolas – em centros de explicações, entrevistando os diretores sobre as razões que poderão levar os alunos a frequentarem os seus centros (Estudo 3). Os principais resultados obtidos permitiram verificar que: i) os estudantes recorrem mais a apoios oferecidos fora das escolas – ‘explicações’ – do que a apoios oferecidos no interior das escolas (‘apoios pedagógicos’); ii) são diferentes os motivos que levam os estudantes a optar por recorrer/rejeitar estes dois tipos de apoios; iii) são positivos os impactos do recurso a apoios pedagógicos/explicações no desempenho académico dos alunos, no comportamento em sala de aula e em alguns indicadores psicopedagógicos; iv) os exames nacionais ocupam um lugar central na preocupação de escolas, alunos e suas famílias e alimentam um mercado paralelo de explicações; v) os intervenientes no estudo manifestaram uma postura anti-rankings embora se verifique a influência desta preocupação na organização e dinamização do trabalho pedagógico.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10773/18478







O uso da rede social facebook na comunicação da fé cristã

12-Outubro-2017 - rcaap.pt



O presente trabalho pretende abordar o tema das Redes Sociais como novos espaços de evangelização. Elas constituem oportunidades permanentes para o anúncio da Verdade e Fé. A Fé tem nestes espaços um lugar importante. Vivida, professada e anunciada no ambiente digital, ela é um compromisso da Igreja Católica na missão de cultivar os valores do Evangelho. A Igreja tem consciência de que não fará, nos tempos atuais, um trabalho eficaz de evangelização sem recorrer ao uso dos media.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.14/22949







QUALIDADE EM SAÚDE - “Os Indicadores de Qualidade no Serviço de Urgência Geral do CHLO”

12-Outubro-2017 - rcaap.pt



A elaboração deste trabalho alicerça-se no estudo do documento “Quality of Care - A process for making strategic choices in health systems” publicado pela World Health Organization (OMS), em 2006 e do trabalho de estágio no Serviço de Urgência Geral do CHLO que decorreu entre março e maio de 2017, sobre a orientação da Dra. Gabriela Rodrigues.por parte do Hospital e do Prof. Doutor Paulo Moreira por parte da universidade Atlântica. Do documento em análise fica como corolário a preocupação da organização mundial da saúde em incitar os estados a adoptarem politicas que promovam a qualidade e a avaliação permanente dos serviços de saúde prestados, apresentando-lhes um modelo a seguir para este efeito. A preocupação, manifesta pela OMS com a qualidade nos serviços de saúde e a avaliação da mesma, partindo da análise de indicadores de qualidade, é assumida pelo Sistema Nacional Saúde (SNS) nos Planos Nacionais de Saúde como um dever a ser seguido pelos diversos serviços do SNS. Do estágio, ressalta a elaboração e análise de um conjunto de indicadores de qualidade, proposto pelo SINAS e pela Direcção do Serviço de Urgências Geral do CHLO, como indicadores fundamentais para aferir a qualidade dos serviços prestados por está urgência. A Monitorização dos indicadores de qualidade, nomeadamente no serviço de Urgência Hospitalar é fundamental para a melhoria do serviço prestado aos doentes, assim como é fundamental para a administração do Hospital e do próprio SNS.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10884/1128







Análise exploratória de atividades de combate ao insucesso escolar na aprendizagem da matemática na Educação Pré-Escolar e no 1.º Ciclo do Ensino Básico

12-Outubro-2017 - rcaap.pt



O insucesso escolar assume uma conceção vasta com diferentes definições. Este fenómeno atinge diversas áreas do currículo, incluindo a matemática. Sendo esta uma área que é trabalhada desde a Educação Pré-Escolar e que apresenta um vasto potencial educativo, é importante que os futuros profissionais da educação aprofundem os seus conhecimentos sobre esta temática de forma a contribuir para diminuir o insucesso escolar a nível da matemática através das práticas pedagógicas que realizem. Durante as práticas pedagógicas realizadas na Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo em Ensino Básico, pretendi desenvolver os seguintes objetivos gerais: desenvolver estratégias que permitissem ao aluno compreender a importância da matemática no dia-a-dia; desenvolver estratégias que estimulassem nos alunos o gosto pela matemática, de forma a permitir uma aplicação sensorial nas atividades de aprendizagem e contribuir com conhecimentos inovadores que permitissem estabelecer ambientes de aprendizagem eficazes no campo da matemática. Os objetivos específicos que pretendi desenvolver foram: utilizar com os alunos atividades que lhes fossem familiares, aplicadas ao quotidiano, em vez de abstratas; construir materiais manipulativos específicos para determinados temas; construir atividades que facilitassem o ensino da matemática, com auxílio de ferramentas lúdicas e tirar partido das aprendizagens realizadas enquanto estagiária de forma a planificar atividades de ensino/aprendizagem que tivessem um maior potencial de promoção do sucesso educativo em matemática. Deste modo, após um momento de pesquisa, análise e reflexão sobre o insucesso escolar e as suas causas de forma a preparar-me para a implementação das práticas pedagógicas realizadas na Educação Pré-Escolar e do 1º Ciclo do Ensino Básico, este relatório de estágio tem como principal objetivo refletir sobre as práticas pedagógicas desenvolvidas e de que forma estas contribuíram para diminuir as dificuldades a nível da matemática que os alunos apresentavam. Após uma análise sobre as atividades matemáticas que proporcionei, posso afirmar que de uma forma geral estas contribuíram para o sucesso dos alunos a nível da matemática. Foi também realizado um estudo empírico que recorreu à metodologia qualitativa, onde se procedeu à realização e posterior análise de entrevistas realizadas na Educação Pré-Escolar e no 1º Ciclo do Ensino Básico. Dado o número de entrevistas realizadas, as conclusões obtidas restringem-se apenas aos entrevistados. Os resultados obtidos permitiram-me verificar que os entrevistados partilharam da mesma opinião relativamente à importância de utilização de materiais manipuláveis na promoção de aprendizagens matemáticas e que na sua opinião tanto os educadores/professores, alunos, encarregados de educação e escola são responsáveis pelo (in) sucesso escolar dos alunos.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.3/4453







Envolvimento de educadores de infância angolanos: Adaptação da Utrecht Work Engagement Scale e da escala de representações dos professores acerca dos comportamentos de cidadania docente

12-Outubro-2017 - rcaap.pt



O envolvimento dos educadores de infância tem-se tornado essencial numa época, em que tanto a procura quanto a oferta de serviços de assistência à primeira infância é muito elevada. Por forma a caracterizar o envolvimento dos educadores de infância em efetivo serviço em infantários da rede pública e privada de três províncias de Angola (Benguela, Kuanza-sul e Luanda), foi aplicada uma metodologia que inclui a Utrecht Work Engagement Scale (UWES), na sua adaptação portuguesa (Angst, Benevides- Pereira Porto-Martins, 2009; Frade, 2015) e a Escala de Representações dos Professores acerca dos seus Comportamentos de Cidadania Docente (ERP-CCID), de Rego (2001), com posteriores estudos de adaptação de Gonçalves e Veiga (2006), e de Fonseca (2009). O trabalho aqui descrito pretende apresentar o processo de validação das escalas utilizadas, denominadas Escala de Avaliação do Envolvimento de Educadores de Infância (EAE-EI1) e Escala de Avaliação do Envolvimento de Educadores de Infância – Comportamento (EAE-EI2), depois da sua aplicação a uma amostra de 198 educadores de infância. O estudo psicométrico das escalas abrangeu a análise fatorial de componentes principais com rotação varimax e a determinação dos coeficientes de fiabilidade. Destacam-se as dimensões vigor, dedicação (ViDe) e absorção (Abso) com uma variância total explicada de 55,96%, e a interpessoalidade (Inter) e consciência pedagógica e participação (CoPart) com uma variância total explicada de 71,97%. A validade externa das escalas foi também avaliada, tendo-se verificado importantes associações, destacando-se a correlação entre as dimensões ViDe e Inter. As análises apresentadas revelaram-se sólidas, realçando as qualidades das escalas e a sua utilidade para a pesquisa no âmbito da educação, destacando-se a aplicação ao contexto dos educadores de infância angolanos.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10451/29234







Relatório de Estágio

12-Outubro-2017 - rcaap.pt



O presente relatório de estágio surge no âmbito da Unidade Curricular de Prática Educativa Supervisionada (PES), desenvolvida nos contextos de Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico, no âmbito do Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico, constituindo o eixo central da qualificação profissional, pelo que, além de apresentar e refletir criticamente sobre este momento, tem o objetivo de evidenciar o percurso formativo vivido pela futura docente. A PES foi, assim, um espaço de crescimento pessoal e profissional, permitindo o desenvolvimento de capacidades e competências enquadradas nos Perfis de Desempenho Específicos do educador de infância e do professor do 1.º ciclo do ensino básico, assim como no saber, saber-fazer, saber-ser e saber-estar em educação. Para isto, contribuíram, ainda, as práticas educativas e os mais variados momentos critico-reflexivos sobre as mesmas. A prática educativa implicou a mobilização de referenciais teórico-legais, sustentados no paradigma socio-construtivista, dando ênfase à ação da criança no seu processo de construção do conhecimento. Para tal, tornou-se imprescindível a utilização da metodologia de investigação-ação, pelo seu ciclo espiral e dinâmico: observação, planificação, ação, avaliação e reflexão, permitindo um desenvolvimento holístico num ambiente lúdico, didático, diferenciado e significativo. Deste modo, o presente relatório constitui uma construção da identidade pessoal e profissional da mestranda.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.22/10335







Relatório de Estágio

12-Outubro-2017 - rcaap.pt



O presente relatório de estágio, desenvolvido no âmbito da unidade curricular de Prática Educativa Supervisionada, integrado no Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico, procurou espelhar o percurso profissional desenvolvido e vivenciado em contextos da Educação Pré-Escolar e do 1.º Ciclo do Ensino Básico, bem como as conceções teóricas que sustentaram e fundamentaram a prática educativa em ambas as valências. Além disso, procurou explanar o modo como essas conceções foram mobilizadas para a ação, por forma a desenvolver uma prática sólida, ou seja, sustentada e fundamentada, que levasse à construção de uma identidade profissional do docente proficiente. Para desenvolver uma prática proficiente revelou-se necessário mobilizar para a ação a metodologia de investigação-ação, à qual estão intrinsecamente associados os processos de observação, planificação, ação, reflexão e avaliação, que assumiram especial relevância, por possibilitarem o desenvolvimento de uma prática adequada e articulada, promotora do desenvolvimento holístico da criança. A par da metodologia de investigação-ação, destacaram-se as ações desenvolvidas na Educação Pré-Escolar e no 1.º Ciclo do Ensino Básico, que foram alvo de uma reflexão, bem como os contributos da prática educativa supervisionada para a construção de uma identidade profissional do docente de perfil duplo.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.22/10336







Revisão bibliográfica - Separação intra-canalar de instrumentos endodônticos

12-Outubro-2017 - rcaap.pt



O presente trabalho tem como objectivo a revisão bibliográfica, respeitante à separação intra—canalar de instrumentos Endodônticos. Será analisado o modo como o profissional deve atuar, meios de prevenção, causas de fratura de instrumentos e os procedimentos clínicos de resolução. A metedologia utilizada para a elaboração deste trabalho consta na análise de artigos pesquisados nos motores de busca online (Pubmed e B-on), bibliotecas e repositórios científicos. A separação de instrumentos pode ter como origem a fadiga cíclica ou a torção. Para cada uma das situações existem meios de prevenção que devem ser aplicados, como por exemplo, o controlo de uso e movimentos de Roane, respectivamente. As formas de resolução, consoante o mais praticado, são: bypass, remoção do fragmento fraturado, cirurgia apical e obturação in situ.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10284/6198







O papel da supervisão pedagógica no desenvolvimento profissional do professor e na construção da sua identidade

12-Outubro-2017 - rcaap.pt



Devido à amplitude do espetro das funções educativas, os professores têm sentido um alargamento e uma reconfiguração contínua das conceções e das funções relacionadas com a docência. Sem ignorar a meta por que os docentes se regem, promover o sucesso dos seus alunos, muitos profissionais sentem-se perdidos no meio de inúmeras e sucessivas solicitações. Para poderem responder mais adequadamente aos desafios e às transformações que lhes são exigidos, o ritmo a que as alterações ocorrem impede a reflexividade necessária à interiorização de características identitárias e desenvolvimentais. Daqui deriva, por exemplo, um fraco nível de identidade e de desenvolvimento profissional docente, traduzido, por vezes, em crises de identidade docente e carências no plano diretamente relacionado com o exercício profissional docente. Neste sentido, emergiu a questão de partida desta investigação: qual o papel da supervisão pedagógica no desenvolvimento profissional do professor e na construção da sua identidade? Por conseguinte, a revisão da literatura evidencia que a supervisão pedagógica pode emergir como plataforma individual e organizacional capaz de promover estratégias que potenciem o trabalho educativo e reforcem a identidade docente. A metodologia adotada nesta investigação é qualitativa, cujos moldes permitiram construir uma oficina de formação, partindo das necessidades observadas no terreno, através dum questionário por escrito realizado aos docentes. Os principais resultados traduziram-se no conhecimento das funções supervisivas e das competências do supervisor, a par do fraco conhecimento identitário e desenvolvimental. Considerando as carências evidenciadas, apresenta-se um projeto de formação docente centrada na escola, radicada no desenvolvimento de competências pessoais e profissionais, nos níveis da identidade e do desenvolvimento profissionais e da supervisão pedagógica. Para alcançar os objetivos propostos, propõe-se a implementação de uma oficina de formação, alicerçada na experiência e nos problemas dos intervenientes, na reflexão da prática e no desenvolvimento de novas possibilidades, em termos individuais e coletivos. A expectativa positiva sobre os resultados a obter com esta modalidade formativa, nomeadamente o impacto no crescimento dos níveis identitário e desenvolvimental, sustenta-se no trabalho empírico realizado.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10437/8254







Os escolhos da avaliação do desempenho

12-Outubro-2017 - rcaap.pt



O presente texto constitui uma breve reflexão sobre três assuntos inter-relacionados: (1) as bases/normas para avaliação do desempenho, (2) a subsequente ordenação dos avaliados e, finalmente, (3) os decorrentes prémios de desempenho. O texto centra-se avaliação do desempenho de trabalhadores do sector terciário, onde se engloba a área da saúde, e foca as subjectividades, limitações e perversidades associadas aos três aspectos supramencionados. Adicionalmente, apresenta a proposta do autor sobre a forma de ordenação dos avaliados.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.2/6636







Programa Nacional de Vigilância da Gripe: relatório da época 2016/2017

12-Outubro-2017 - rcaap.pt



O Programa Nacional de Vigilância da Gripe assegura a vigilância epidemiológica da gripe em Portugal, integrando as componentes de vigilância clínica e laboratorial. A componente clínica possibilita o cálculo de taxas de incidência permitindo descrever a intensidade e evolução da epidemia no tempo. A componente virológica tem por base o diagnóstico laboratorial do vírus da gripe o que permite detetar e caraterizar os vírus da gripe em circulação em cada inverno. Durante o inverno 2016/2017, a epidemia de gripe ocorreu mais cedo do que o habitual em anos anteriores, tendo-se observado uma atividade gripal de moderada intensidade. Salienta-se, no entanto, que durante o período de maior atividade gripal, o grupo etário com 65 ou mais anos de idade foi o mais atingido. O período epidémico ocorreu entre a semana 49/2016 (dezembro) e a semana 2/2017 (janeiro) e o valor mais elevado da taxa de incidência semanal de síndrome gripal (113,3/100.000) foi observado na semana 51/2016. A circulação do vírus da gripe foi detetado em co circulação com os outros vírus respiratórios. O vírus da gripe A(H3) foi o predominante tal como o observado nos restantes países europeus. Em Portugal foi identificado em 99,6% dos casos de gripe confirmados laboratorialmente. Foram detetados com menor frequência os vírus da gripe do tipo B e do subtipo A(H1)pdm09. Observou-se uma elevada diversidade genética entre os vírus circulantes. Os vírus influenza A(H3) pertenciam a 3 grupos genéticos distintos (3C.2a, 3C.2a1 e 3C.3a). A maioria dos vírus do subtipo A(H3) mostrou-se semelhante à estirpe vacinal 2016/2017, no entanto alguns vírus apresentaram alterações que os distinguem da estirpe vacinal (A/Hong Kong/4801/2014). Os vírus A(H1)pdm09 detetados mostraram-se antigenicamente semelhante à estirpe vacinal A/California/7/2009. Os vírus influenza B revelaram alguma variabilidade genética quando comparado com a estirpe vacinal. A avaliação da resistência aos antivirais inibidores da neuraminidase, revelou uma susceptibilidade normal dos vírus influenza A e B ao oseltamivir e zanamivir. A situação verificada em Portugal é semelhante à observada a nível europeu e mundial. A nível hospitalar, foi nos indivíduos adultos, com mais de 64 anos que se detetou uma maior percentagem de casos de gripe, o que está de acordo com o observado em épocas anteriores quando circulou o vírus da gripe do subtipo A(H3). Foi também nos doentes mais velhos (= 65 anos) que se verificou a maior taxa de internamento hospitalar e em unidades de cuidados intensivos. A febre, as cefaleias, as mialgias, a tosse e os calafrios foram os sintomas mais frequentemente associados a casos de gripe confirmados laboratorialmente. Foram estudados os doentes crónicos e as mulheres grávidas que constituem grupos de risco para a infeção pelo vírus da gripe. Foi nos doentes com obesidade, diabetes e doença respiratória crónica que se observou a maior proporção de casos de gripe confirmada laboratorialmente, seguindo-se dos indivíduos com doença cardiovascular e doença renal crónica. Nas mulheres grávidas foi observada uma maior proporção de casos de infeção pelo vírus da gripe quando comparadas com mulheres do mesmo grupo etário não grávidas. A vacina como a principal forma de prevenção da gripe é fortemente recomendada para pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, doentes crónicos e imunodeprimidos, grávidas e profissionais de saúde. Foi reportada em 17,1% dos casos notificados, valor superior ao observado na época 2015/2016. A deteção do vírus da gripe ocorreu em 17,1% dos casos vacinados e sujeitos a diagnóstico laboratorial estando essencialmente associados ao vírus da gripe A(H3). A confirmação de gripe em indivíduos vacinados poderá estar relacionada com uma moderada efetividade da vacina antigripal na população em geral e em indivíduos com idade superior a 64 anos. A pesquisa de outros vírus respiratórios nos casos de SG negativos para o vírus da gripe, veio revelar a circulação e o envolvimento de outros agentes virais respiratórios em casos de SG. Os vírus respiratórios foram detetados durante todo o período de vigilância da gripe, entre a semana 37/2016 e a semana 12/2017. O rinovírus, o coronavírus humano e o RSV foram os mais frequentemente detetados. A deteção de vírus respiratórios atingiu proporções mais elevadas nas crianças até aos 4 anos e entre os 5-14 anos de idade. O coronavírus e o vírus para influenza foram identificados em maior proporção no grupo dos adultos com mais de 45 anos. As infeções por dois ou mais agentes virais foram detetadas com baixa frequência. A Rede Portuguesa de Laboratórios para o Diagnóstico da Gripe, efetuou o diagnóstico da gripe em 8113 casos de infeção respiratória tendo sido o vírus influenza detetado em 1702 destes casos. Em 66,7% dos casos de gripe foi detetado o vírus influenza A(H3). Os vírus da gripe do tipo B e do subtipo A(H1)pdm09 foram detetados esporadicamente. Em 1571 casos de infeção respiratória foram identificados outros vírus respiratórios sendo o RSV, os picornavírus (hRV, hEV e picornavírus) e as bactérias os mais frequentes e em co circula- ção com o vírus da gripe. A grande maioria destes casos foi identificada nas crianças com idade inferior a 4 anos. Durante a época de gripe 2016/2017 o número de óbitos por “todas as causas” esteve acima do limite superior do intervalo de confiança a 95% da linha de base entre a semana 51 de 2016 e a semana 5 de 2017, estimando-se um excesso de 4.467 óbitos em relação ao esperado. Tal corresponde a uma taxa de 43 óbitos por cada 100.000 habitantes e a um excesso relativo de 27%. O excesso de óbitos foi observado em ambos os sexos, com um excesso relativo mais elevado no sexo feminino (30% versus 23%) e a partir dos 45 anos. Todas as regi- ões de saúde de Portugal continental apresentaram excessos de mortalidade. O período em que se verificou o excesso de mortalidade coincidiu com um período epidémico da gripe e com um período em que se registaram temperaturas extremamente baixas, estimando-se que 84% dos excessos sejam atribuíveis à epidemia de gripe sazonal e 16% à vaga de frio. O excesso de mortalidade foi igualmente verificado em outros países europeus. Na época 2016/2017 participaram na vigilância da gripe em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI) 29 UCI pertencentes a 24 hospitais. Durante a época foram reportados 127 casos de gripe. A proporção de admissões por gripe em UCI aumentou abruptamente a partir da semana 47, atingiu o máximo na semana 52 (11,6%), seguindo-se um decréscimo até à linha de base, na semana 9. O vírus influenza A foi identificado em todos os casos. Das 50% de amostras subtipadas, 98% foram identificadas como A(H3N2). Verificou-se que 75% dos doentes tinha 65 ou mais anos e 90% doença crónica subjacente, sendo a patologia cardiovascular mais frequente (63%), seguida da respiratória (53%) e diabetes (35%). Um terço dos doentes estava vacinado contra a gripe sazonal, valor superior ao estimado em épocas anteriores. Foi prescrita terapêutica com oseltamivir a cerca de 90% dos doentes, 75% necessitou de ventilação mecânica invasiva e 3% teve suporte de oxigenação por membrana extracorporal. O diagnóstico de gripe foi confirmado no próprio dia da admissão em UCI, em 60% dos casos, valor superior ao da época anterior (44%). Em cerca de metade dos doentes, a duração da hospitalização foi inferior a 5 dias. A taxa de letalidade foi estimada em 29%, valor semelhante ao da época anterior, mas a incidência no grupo com 65 e mais anos quase triplicou nesta época (91%). Este sistema de vigilância da gripe sazonal em UCI poderá ser aperfeiçoado nas próximas épocas, reduzindo a subnotificação e melhorando o preenchimento dos campos necessários ao estudo da doença. A época de vigilância da gripe 2016/2017 foi em muitas caraterísticas comparável ao descrito na maioria dos países europeus. A situação em Portugal destacou-se pelo início precoce da circulação do vírus e do início da epidemia anual da gripe. De forma semelhante aos restantes países europeus o vírus da gripe predominante foi do subtipo A(H3) associado a uma intensidade da epidemia moderada a alta. Verificou-se um excesso de mortalidade por todas as causas, essencialmente no grupo dos indivíduos mais fragilizados e com idade acima do 65 anos, fenómeno descrito anteriormente associado a épocas de predomínio de circulação do vírus influenza A(H3). O conhecimento das caraterísticas da epidemia da gripe, do seu desenvolvimento e dos vírus da gripe circulantes são essenciais para a implementação de medidas de prevenção e de controlo da doença em cada inverno.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.18/4797







O impacto do Registo Clínico Eletrónico na Economia da Saúde

12-Outubro-2017 - rcaap.pt



O sector da saúde é, atualmente, um dos que mais cresce no contexto das economias europeias. Cresce mais rapidamente e, consequentemente, cria mais novos empregos do que a maioria dos outros sectores. São vários os fatores que contribuem para o crescimento do sector da saúde. Destaco, desde já, o aumento da esperança de vida dos cidadãos com consequente envelhecimento da população, o aumento das exigências dos cidadãos e pacientes, em consequência do aumento da sua literacia e o aumento da mobilidade dos cidadãos (pacientes e profissionais de saúde). Neste contexto, as despesas governamentais com o sector da saúde continuam a aumentar, e muito, correndo-se o risco de em vários países europeus podermos chegar a sistemas nacionais de saúde públicos insustentáveis se, entretanto, nada for feito para a sua racionalização se não existir uma melhoria dos serviços prestados. A informática de saúde é normalmente apontada como uma área que poderá contribuir positivamente para o sector da saúde, desde que seja bem gerida pelas e nas unidades de saúde, o que não acontece diariamente. A informática de saúde é atualmente um assunto de importância crescente, pelo contributo que pode dar na modernização e melhoria da prestação de cuidados de saúde, através de uma melhor gestão da informação de saúde assim como dos recursos associados. Neste capítulo, como objectivo principal, irei fazer uma análise da situação da informática de saúde em Portugal e apontar algumas prioridades de evolução. Pelo fato de as tecnologias de informação serem hoje uma vertente bastante importante no âmbito hospitalar, pretendo analisar de que forma os sistemas de informação se relacionam, direta ou indiretamente, com a implementação das iniciativas no âmbito da qualidade como a certificação e acreditação. Com este estudo procurei verificar se os prestadores possuem práticas de documentação consolidadas e, embora a maioria deles possua já um sistema de informação instalado na sua organização, a verdade é que mais de metade dos prestadores ainda não se libertou totalmente da documentação em papel. A adesão aos SI ainda se faz de uma forma muito díspar entre os diferentes prestadores, observando- se prestadores que possuem toda a informação clínica agregada num mesmo sistema, assim como outros em que apenas a informação administrativa é documentada de forma informatizada. Verifiquei que embora já exista uma considerável adesão às mais diversas iniciativas no âmbito da qualidade, o recurso a sistemas de informação como meio de sustentação destas mesmas iniciativas é ainda muito primário, baseado sobretudo em soluções informáticas bastante elementares que não são claramente suficientes para aquilo que são as necessidades dos tempos atuais. Conclui-se que a organização dos sistemas de informação em Portugal, assim como a autonomia nos procedimentos das entidades que criaram estes sistemas, as diferentes bases de dados, são as possíveis causas destas discrepâncias, nas quais as unidades de saúde não têm nenhum grau de controlo, embora estas sejam as principais prejudicadas ao não ter informação fidedigna.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10884/1127







Trabalhadores do privado voltam a poder optar por subsídios em duodécimos

11-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



O pagamento em duodécimos de metade dos subsídios de férias e de Natal no sector privado volta a ser opcional em 2018, segundo uma versão preliminar da proposta de Orçamento do Estado a que a Lusa teve hoje acesso.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/financas-publicas/orcamento-do-estado/detalhe/trabalhadores-do-privado-voltam-a-poder-optar-por-subsidios-em-duodecimos







Governo quer alterar TSU paga pelas empresas consoante contrato de trabalho

11-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/IfaNIY3lAk4/315247-governo-quer-alterar-tsu-paga-pelas-empresas-consoante-contrato-de-trabalho







Católica aposta em Pós-Graduação em Comportamentos Aditivos e Dependências

11-Outubro-2017 - universia.net



Este curso que surge como um projeto de desenvolvimento de competências pessoais e profissionais para lidar com estas problemáticas, isto é, intervirem com as pessoas, famílias, grupos e comunidades, de forma a facilitar a sua adaptação e recuperação fornece 20 ECTS.Os problemas do comportamento aditivo atingem as sociedades com repercussões que ultrapassam as fronteiras do próprio indivíduo, originando problemas a nível familiar, laboral, social e outros . A relevância da qualidade da intervenção junto de pessoas, seus familiares e comunidades com comportamentos aditivos, é um desafio permanente para os diversos profissionais que em contexto real de trabalho lidam com esta problemática. Só trabalhando em equipa se poderá assegurar que as necessidades em saúde das pessoas e famílias são atendidas, proporcionando-lhes melhor saúde, melhor bem-estar e melhor qualidade de vida . Para compreender, dar resposta a essas necessidades e intervir de forma adequada, os profissionais necessitam de formação científica atualizada e adequada para a intervenção direta e foi a pensar nisto que o  Instituto de Ciências da Saúde da   Universidade Católica Portuguesa  criou  o Curso de Pós-graduação em Comportamentos Aditivos e Dependências. Esta pós-graduação surge como um projeto de desenvolvimento de competências pessoais e profissionais para lidar com estas problemáticas, isto é, intervirem com as pessoas, famílias, grupos e comunidades, de forma a facilitar a sua adaptação e recuperação. Com início em novembro 2017 e terminando em junho 2018, a  Pós-Graduação em Comportamentos Aditivos e Dependências (PGCAD) está dirigida a licenciados da área da Saúde e áreas afins  (Médicos, Enfermeiros, Psicólogos, Farmacêuticos; Fisioterapeutas; Terapeutas Ocupacionais; Psicopedagogos e outros); Técnicos Superiores de Serviço Social; Técnicos de Reabilitação e Inserção Social; Professores; Profissionais de outras áreas, mediante apreciação curricular e manifestação de interesse, funcionando de acordo com o seguinte horário: Quintas-feiras, das 17.30h às 20.30h; Sextas-feiras, das 17.30-20.30h, Sábados, das 9.00h às 12.00h. *Excecionalmente: Sábados das 9-13h e sábados das 13-16h A Pós-Graduação em Comportamentos Aditivos e Dependências (PG-CAD) abrange um leque de conteúdos organizado em 7 Unidades Curriculares (UC), nomeadamente: Fundamentos da intervenção profissional nos comportamentos aditivos. Quadros psicopatológicos e comorbilidades. Promoção da saúde e prevenção primária para os comportamentos aditivos. Avaliação, diagnóstico e intervenção em pessoas com comportamentos aditivos e dependências. Intervenção psicoterapêutica em pessoas com comportamentos aditivos e dependências. Seminários com especialistas em comportamentos aditivos. Projeto de investigação. Os interessados podem inscrever-se até 30 de outubro 2017. O valor de inscrição é de 105,00€ (a ser pago após confirmação da admissão no curso).  A frequência do curso com obtenção de créditos (20 ECTS) terá um valor de 1.280.00€ e o Certificado, 80€. Estão isentos da Inscrição os ex-alunos do ICS e das Escolas integradas (Escola Superior de Enfermagem de São Vicente de Paulo e da Escola Superior de Enfermagem da Imaculada Conceição). Formulário e informações detalhadas sobre Condições de Inscrição  AQUI . A Universidade Católica Portuguesa é também uma das 31 universidades portuguesas que integram a rede Universia em Portugal e uma das 1407 a nível ibero-americano.  Leia também mais notícias sobre a  Universidade Católica Portuguesa Quer saber mais?   Veja todas as   notícias



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/cultura/noticia/2017/10/11/1156128/catolica-aposta-pos-graduacao-comportamentos-aditivos-dependencias.html







Como automotivar um preguiçoso

11-Outubro-2017 - universia.net



A preguiça e a procrastinação são hábitos a erradicar por quem procura construir uma carreira de sucesso e ser bem visto nas empresas por onde passa. Possivelmente todos vamos um dia precisar de apresentar uma carta de recomendações  para a candidatura a uma oferta de emprego. Perante este cenário, e se quer ter quem lhe passe a dita carta para anexar ao seu currículo, há hábitos que deve erradicar  se pretende ser um bom profissional, como é o caso da preguiça e da procrastinação. Passar a vida a adiar continuamente as coisas, à espera que se resolvam por si, ou pior, à espera que alguém as resolva por si, não vai certamente deixar a melhor imagem junto de colegas e de superiores hierárquicos. O hábito de procrastinar deve ser combatido desde cedo, ainda na escola ou na faculdade . Evite falhar prazos de entregas de trabalhos finais, individuais ou em grupo. E aquele relatório que tem que entregar até sexta feira? Se possível deixe tudo concluído até quinta-feira e na sexta faça uma ligeira revisão antes de o entregar, para se certificar que não segue com algum erro ou alguma gralha. Se está desmotivado e numa fase de maior preguiça ou vive com esse hábito há anos, recorra a estas dicas de motivação para mudar de postura: Inicie a mudança aos poucos  As mudanças radicais são difíceis e nem sempre conseguem ser permanentes ou devidamente estáveis. É preferível ir introduzindo aos poucos algumas mudanças que sejam significativas e que lhe permitam avaliar quase de imediato o impacto positivo que têm na sua vida, funcionando como fatores automotivacionais e abrindo assim caminhos a mudanças maiores e ainda mais profundas. Aceite também as tarefas menos agradáveis Muitas vezes deixamos de fazer as coisas ou passamos a tempo a adiá-las recorrendo às desculpas mais esfarrapadas. Claro que há sempre alguma coisa mais interessante para fazer do que limpar o quarto ou arrumar a secretária, por exemplo, por isso não deixe que seus interesses pessoais superem as suas obrigações. Não seja perfecionista Um dos aspetos que mais contribuem para a procrastinação é fazer planos megalómanos ou demasiado complicados. Pode e deve ser ambicioso mas acima de tudo seja realista! Tenha cuidado com o perfeccionismo  e em vez de se agarrar aos pequenos detalhes foque-se no progresso que já fez. Conheça os seus limites Analise o seu progresso em termos globais e caso esteja a correr bem, não se deixe levar por uma onda de autoconfiança desmesurada que faça com que aceite mais tarefas do que aquelas que consegue acompanhar. Se o fizer corre o risco de cair numa espiral de  frustrações e de tentativas de superação de objetivos que podem não correr bem. Seja comedido. Divida as suas tarefas e planifique-as estabelecendo prioridades Perante um cenário em que tem várias tarefas em mãos  e com deadlines prestes a terminar, não se deixe apanhar pela ansiedade. Para conseguir cumprir com todas as suas responsabilidades tente fundir tarefas similares despachando vários assuntos ao mesmo tempo, tente realizá-las por ordem de prioridade e, se necessário, peça ajuda. Quer saber mais? Veja todas as notícias



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/cultura/noticia/2017/10/11/1156074/automotivar-preguicoso.html







Universidade de Coimbra abre concurso para Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia

11-Outubro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



A Universidade de Coimbra abriu esta terça-feira, dia 10 de Outubro, um concurso para atribuição de uma bolsa de gestão de ciência e tecnologia, no âmbito dos Jogos Europeus Universitários[...] O post Universidade de Coimbra abre concurso para Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/universidade-coimbra-abre-concurso-bolsa-gestao-ciencia-tecnologia/







Frota da Soflusa reforçada com um navio

11-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



Ligação Barreiro-Lisboa foi reforçada durante a tarde, após na segunda-feira a empresa ter suprimido oito carreiras na hora de ponta.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/oUrf0v7q1Ss/frota-da-soflusa-reforcada-com-um-navio-8835789.html







FPF e Nike renovam contrato até 2024

11-Outubro-2017 - feeds.tsf.pt



Novo acordo abrange 25 seleções nacionais de futebol, futsal e futebol de praia. "Foi há 20 anos que a Nike se associou à FPF",



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/g09SqUqK16A/fpf-e-nike-continuam-juntos-ate-2024-8835203.html







Arsenal segura Chambers até 2021

11-Outubro-2017 - sapo.pt



O Arsenal anunciou, esta quarta-feira, a renovação de contrato de Calum Chambers.



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/95515/arsenal_segura_chambers_ate_2021?utm_source=sapo







Trabalhadores do privado voltam a poder optar por subsídios em duodécimos

11-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/wTIm4iJ9t_I/315262-trabalhadores-do-privado-voltam-a-poder-optar-por-subsidios-em-duodecimos







Descongelamento das progressões na carreira será feito em dois anos

11-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/-sn0ZeKRp0A/315258-descongelamento-das-progressoes-na-carreira-sera-feito-em-dois-anos







Governo pretende duplicar limite de isenção de IVA para trabalhadores por conta própria

11-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/jEE1BBYFG7w/315251-governo-pretende-duplicar-limite-de-isencao-de-iva-para-trabalhadores-por-conta-propria







Governo quer alterar TSU paga pelas empresas consoante contrato de trabalho

11-Outubro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/1Kf80WhI_Wk/315244-governo-quer-alterar-tsu-paga-pelas-empresas-consoante-contrato-de-trabalho







Governo quer pagar progressões em dois anos

11-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



O Governo comprometeu-se a garantir que os funcionários recebem o valor que resulta das progressões em dois anos, e não quatro. Em cima da mesa está a possibilidade de pagar um terço do valor em 2018.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/funcao-publica/detalhe/governo-quer-pagar-progressoes-em-dois-anos







Oi já fechou acordo com cerca de 18 mil credores

11-Outubro-2017 - ebc.com.br



Faltando pouco mais de uma semana para findar o prazo, aproximadamente 18 mil credores firmaram acordos com a Oi, o que representa um total de R$ 243 milhões em créditos, segundo números divulgados hoje (11) pela empresa. Até o momento cerca de 30 mil pessoas cadastraram-se para receber as dívidas. A Oi tem por volta de 53 mil credores, dos cerca de 55 mil que fazem parte da recuperação judicial, com valores de até R$ 50 mil para receber. Eles têm até o dia 19 deste mês para participar do Programa de Acordo com Credores. Os pagamentos serão feitos em duas parcelas: a primeira, correspondente a 90% do valor, em até dez dias úteis após a assinatura do termo de acordo, e os 10% do crédito remanescente, em até 10 dias úteis após a homologação do Plano de Recuperação Judicial. A previsão é que o plano seja analisado na assembleia geral de credores, marcada para o próximo dia 23. Os valores serão recebidos por meio de depósito na conta bancária do credor. Para se cadastrar para receber os valores, os interessados devem acessar a plataforma eletrônica www.credor.oi.com.br , apresentando a documentação pedida. Outra alternativa é se dirigir aos centros de atendimento, cujos endereços podem ser obtidos na página da Recuperação Judicial da Oi na internet: www.recjud.com.br. Os centros estarão abertos nos dias úteis, das 9h às 17h, e aos sábados, das 9h às 15h. Outras informações podem ser obtidas pelo 0800-644-3111. Recuperação judicial O grupo Oi requereu o pedido de recuperação judicial em 20 de junho do ano passado. O caso é o maior e mais complexo processo de recuperação judicial da história do país. Ontem (10), o conselho de administração e a diretoria da tele aprovaram o novo plano de recuperação judicial. A Oi tem até esta quarta-feira para protocolar o documento na 7ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, responsável pela recuperação. A expectativa é que a empresa proponha uma capitalização de R$ 9,6 bilhões. Desse total, parte viria da conversão de dívidas em participação acionária, cerca de R$ 3,6 bilhões. R$ 3,5 bilhões em dinheiro aportado por bondholders e R$ 2,5 bilhões vindos dos acionistas. Além disso, a Oi deve propor a opção de entrega, ainda sem consenso, de 15% a 25% de ações para os detentores de títulos (bondholders ), que concentram R$ 32 bilhões em dívidas da tele. A situação das dívidas da Oi com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) está ainda sem sinal de resolução. A empresa deve cerca de R$ 11 bilhões em multas à agência reguladora. Na tarde de ontem (10), após se reunir com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, a advogada-geral da União, Grace Mendonça, disse que o governo cogita até uma mudança na norma legal para ajudar a Oi, caso a solução definida pelo grupo não tenha respaldo na legislação vigente. Segundo Grace, o governo poderia enviar uma proposta (projeto de lei ou medida provisória) ao Congresso. É um início de trabalho. Não há exclusão de nenhuma possibilidade, disse a ministra após a reunião. A Advocacia-Geral da União é responsável pela interlocução junto à Justiça dos interesses do governo e da Anatel e integra grupo de trabalho, com representantes de vários órgãos, que busca uma saída legal para a companhia. De acordo com a ministra, o grupo de trabalho está disposto a analisar todas as opções, desde que haja sustentação jurídica. Entre as hipóteses, estão a renegociação parcial da dívida bilionáriam dentro das regras da Medida Provisória 780, que criou o parcelamento para as autarquias. o alongamento de prazos para o pagamento dos débitos e a conversão em investimentos de parte das multas aplicadas pela Anatel à operadora. Além da Advocacia-Geral da União e do Ministério da Fazenda, o grupo de trabalho tem representantes do Ministério das Comunicações, da Anatel, do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/oi-ja-fechou-acordo-com-cerca-de-18-mil-credores







AGU pode propor mudança na lei para resolver dívida da Oi com Anatel

11-Outubro-2017 - ebc.com.br



Uma mudança na lei pode ser necessária para resolver a dívida de mais de R$ 10 bilhões da operadora de telefonia Oi com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e bancos públicos, disse hoje (10) a advogada-geral da União, Grace Mendonça. Ela participou da primeira reunião de um grupo de trabalho com representantes de vários ministérios para encontrar uma saída legal para a companhia, que está em processo de recuperação judicial desde junho do ano passado. Após reunião com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, Grace Mendonça disse que o grupo de trabalho está disposto a analisar todas as opções, desde que haja sustentação jurídica. Entre as hipóteses, estão a renegociação parcial da dívida bilionária dentro das regras da Medida Provisória 780, que criou o parcelamento para as autarquias. o alongamento de prazos para o pagamento dos débitos e a conversão em investimentos de parte das multas aplicadas pela Anatel à operadora. É um início de trabalho. Não há a exclusão de nenhuma possibilidade, declarou Grace. Além da Advocacia-Geral da União e do Ministério da Fazenda, o grupo de trabalho tem representantes do Ministério das Comunicações, da Anatel, do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal. Caso a solução definida pelo grupo não tenha respaldo na legislação vigente, o governo poderia enviar uma proposta (projeto de lei ou medida provisória) ao Congresso, segundo a advogada-geral da União. Grace Medonça, no entanto, não entrou em detalhes. Nesse caso, o governo teria de se socorrer no Congresso Nacional, declarou. Nossos esforços são para manter a prestação de serviços, a capilaridade da empresa e os empregos, acrescentou. A advogada-geral não comentou a possibilidade de a Anatel intervir na companhia ou de o Tesouro Nacional socorrê-la. A próxima reunião do grupo de trabalho está marcada para segunda-feira (16). Em 23 de outubro, a assembleia de credores da Oi promoverá uma assembleia para decidir se aceita a proposta de recuperação judicial da companhia. Diferentemente dos débitos com a Anatel e os bancos oficiais, as dívidas da operadora com os demais credores (como fornecedores e funcionários) em negociação na Justiça não podem entrar em parcelamentos especiais.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-10/agu-pode-propor-mudanca-na-lei-para-resolver-divida-da-oi-com-anatel







Estado mantém para já situações ilegais de precários

11-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



O que fazer com os precários ilegais que não queiram ir a concurso? "Despedimentos" dividiram a esquerda e depois de muita discussão a solução caiu. Quem não for a concurso não perde logo o lugar no Estado.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/funcao-publica/detalhe/estado-mantem-para-ja-situacoes-ilegais-de-precarios







Novas inscrições: ADSE quer cônjuges a pagar entre 30 a 85 euros

11-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



Nova proposta, que ainda será debatida com o Conselho Geral e de Supervisão, reduz limite de idade de 65 para 60 anos.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/funcao-publica/detalhe/novas-inscricoes-adse-quer-conjuges-a-pagar-entre-30-a-85-euros







O lento degelo das carreiras

11-Outubro-2017 - jornaldenegocios.pt



É uma das mais profundas trincheiras nas quais se disputa a relação de forças e a longevidade da geringonça. A função pública nas suas várias vertentes, mas com um foco mais carregado no descongelamento das carreiras.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/opiniao/editorial/tiago-freire/detalhe/o-lento-degelo-das-carreiras







A excelência do brincar e jogar no Pré-Escolar e no 1.º Ciclo do Ensino Básico : uma análise em contexto de estágio

11-Outubro-2017 - rcaap.pt



Mestrado, Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico, 4 de Maio de 2017, Universidade dos Açores.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.3/4448







A criança e as expressões : uma reflexão em contexto de estágio na Educação Pré-Escolar e no 1.º Ciclo do Ensino Básico

11-Outubro-2017 - rcaap.pt



Mestrado, Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico, 10 de Maio de 2017, Universidade dos Açores.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.3/4449







Relatório de estágio: intervenção no Centro de Apoio ao Desenvolvimento Infantil, CADIn

11-Outubro-2017 - rcaap.pt



O presente relatório apresenta o estágio realizado no Centro de Apoio ao Desenvolvimento Infantil (CADIn) no ano letivo 2015/2016. O trabalho desenvolvido no centro pela estagiária foi maioritariamente com crianças no âmbito das Dificuldades de Aprendizagem Específicas (DAE), tendo tido contacto também com Dificuldades Intelectuais e Desenvolvimentais (DID), Perturbação do Espetro do Autismo (PEA) e problemas de comportamento. Este estágio consistiu essencialmente na avaliação para despiste de DAE, com instrumentos específicos que permitem a elaboração de planos de intervenção e concretização da intervenção psicomotora, na maioria dos casos em contexto sala, ou ginásio. Assim, este relatório encontra-se dividido em duas partes. A primeira apresenta um enquadramento da prática profissional, que compreende uma revisão de literatura das DAE, que inclui a sua definição, características mais frequentes, comorbilidades, diagnóstico e intervenção, de maneira a fundamentar os casos acompanhados, e um enquadramento institucional, para a contextualização da atividade desenvolvida. Na segunda parte, são apresentados os objetivos e organização do estágio, assim como é referenciado o processo de intervenção, desde avaliações desenvolvidas a casos acompanhados, com enfoque nos estudos de casos, e ainda outras atividades complementares desenvolvidas no centro.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.5/14153







Revestimentos com base em gesso em edifícios antigos

11-Outubro-2017 - rcaap.pt



Agradece-se aos Estucadores entrevistados, pela disponibilidade demonstrada para ensinar todos os seus conhecimentos relacionados com a arte de estucar, outrora 10 envolta no maior sigilo. Sem o seu contributo inestimável não teria sido possível a realização do presente trabalho. Este estudo insere-se no projeto financiado pela FCT DB-Heritage (PTDC/EPH-PAT/4684/2014).



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10362/24016







Políticas de gestão e organização educativa: os contratos de autonomia das escolas portuguesas

11-Outubro-2017 - rcaap.pt



Esta investigação desenvolveu-se com o propósito de compreender as políticas de gestão e organização educativa, emergentes da modalidade dos contratos de autonomia das escolas. Para tal, propusemo-nos analisar e compreender o modo como o contrato de autonomia determina ou influencía a gestão das organizações escolares. Nas últimas décadas, as organizações educativas, a descentralização e a autonomia têm recebido bastantes desenvolvimentos ao nível do estudo teórico e ao nível da implementação prática. As diversas políticas educativas, apresentadas pelo Legislador, têm sido alvo de debates densos e alargados a todos os quadrantes da vida social, tal como os aspetos que se prendem com a contratualização aplicada ao contexto educativo. Seguimos a metodologia de investigação qualitativa e optámos pelo estudo de casos múltiplos, na região algarvia. Para a análise dos dados recolhidos junto de gestões escolares, utilizámos a análise de conteúdo, realizada através de um programa informático de análise qualitativa. Nos resultados apurados, encontramos indicadores referentes a descrições sobre o modo como se vivencía, o dia a dia das escolas e os processos de gestão. Estes não se referem apenas ao contratualizado e ao modo como as escolas tiveram que criar condições para a sua aplicação, mas também a dimensões de ação e de intervenção emergentes desta contratualização, em vários âmbitos e extensões do desenvolvimento organizacional e profissional. Destacam-se aspetos relacionados com a prestação de um serviço educativo com mais sucesso e ainda aspetos que se prendem com a adequação de procedimentos de autoavaliação mais eficazes, com vista a obtenção de melhores resultados dos alunos.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.1/10084







Diretores de turma no ensino articulado da música: perspetivas e experiências.

11-Outubro-2017 - rcaap.pt



A direção de turma constitui uma estrutura de gestão pedagógica intermédia, sendo desenvolvida por um professor designado entre o conjunto de professores de uma turma. Ao diretor de turma (DT) cabe um cargo de coordenação e orientação educativas com uma tríplice função: orientação educativa dos alunos. relações com as famílias e coordenação dos restantes professores da turma. Embora a legislação atente para a identificação de perfis adequados na seleção de DTs, na prática o mesmo é entregue indiferenciadamente a qualquer professor da turma, independentemente do seu tempo de serviço, da sua experiência de liderança de grupos, da posse ou não de formação especializada, ou de outras variáveis. Atualmente, o DT tem no seu horário uma hora semanal na qual se prevê que dê resposta às múltiplas tarefas administrativas-burocráticas e de interação com alunos, pais e professores. O ensino articulado da música é uma componente do sistema educativo do ensino básico, de ordem opcional, que garante, aos alunos interessados, frequentar formação musical e instrumental, havendo, para isso, um sistema protocolarizado entre escolas do ensino regular e escolas especializadas de música. No âmbito do ensino especializado da música também está prevista a figura do DT com uma tripla função, no entanto, acresce o seu papel de representante dos professores de música no conselho de turma sedeado na escola do ensino regular, sob a direção do DT do ensino regular. Nestes casos, cabe aos dois DTs a articulação entre a escola de música e a escola do ensino regular. O presente artigo, o qual faz parte de um estudo mais alargado sobre a direção de turma (cf. Antunes, Gomes, Martins & Sarmento, 2012), baseia-se em dados empíricos de testemunhos de DTs de escolas de ensino especializado de música sobre as suas perspetivas e experiências como DT no ensino articulado da música, no que se refere à orientação educativa dos alunos, à relação com os pais/EE e à coordenação docente com principal enfoque na coordenação entre o DT do ensino da música, o DT e os professores do ensino regular.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.14/22941







Relatório do estágio pedagógico em educação física realizado na Básica dos 2º e 3º Ciclos Dr. Eduardo Brazão de Castro

11-Outubro-2017 - rcaap.pt



O Estágio Pedagógico (EP) simboliza para os professores principiantes uma etapa importante, que permite ao professor colocar em prática toda a sua competência adquirida ao longo da sua formação académica, e que auxilia na sua intermediação enquanto profissional do Ensino de Educação Física (EF). O presente relatório tem por objetivo descrever, fundamentar e refletir sobre as atividades realizadas no âmbito do EP no ensino de EF nos Ensinos Básico e Secundário. O EP foi realizado na Escola Básica